Medium picture

netobtu João Paulo Bonome Neto

Bio: shock


about 3 years ago 2016-05-26

Uncharted 4: A Thief's End

Amigos, falar rapidamente do que achei de Uncharted 4: A Thief's End. Há alguns spoilers pela frente, mas nada da história em si, é só sobre um fato em específico.

Realmente em questão de enredo é o melhor. A Naughty Dog sabe muito mexer com construção e aprofundamento de personagem. O Sam Drake só é apresentado nesse jogo e em poucos minutos a gente já gosta dele. A relação dos personagens e o fato de quase em todo momento o Nathan Drake estar com alguém junto (Sully, Sam ou Elena) aprofunda bastante isso.

O climão de aventura continua forte, mas um pouco mais carregado de sentimentalismo. Senti que é o Uncharted menos comédia, e com mais tom de urgência. Tem sempre alguém pra ser salvo, e desde o começo a coisa é mais tensa do que nos outros.

Falar que o jogo é lindo é chover no molhado. Certamente os visuais mais inacreditavelmente belos da geração. A arte ajuda MUITO também, porque é um jogo realista com toques de cartoon na coisa. Mas ainda insisto que, pela magnificência dos gráficos, há partes que são comuns, como a Escócia. E teve uma parte em específico que eu achei que houve pouco esmero na produção, que foi na cena do hotel em Madagascar... ali alguma coisa bem estranha aconteceu, a iluminação estava aquém do resto do jogo, as texturas pioradas, a modelagem estava mais empobrecida. Mas, especialmente quando mergulhando perto de corais e em florestas, nossa, o jogo é lindo, sensacional mesmo.

As adições principais do jogo, o jipe e a corda-gancho, são ótimas e dão muita variedade ao jogo. A série anteriormente carecia um pouco dessa variedade de situações, era sempre escalar, ou tiroteio (com pequenos momentos de stealth) ou resolução de puzzle simples. Com a corda-gancho e o jipe, a coisa melhorou.



A corda-gancho auxilia muito no level design dos combates e também no platforming. Ficou tudo bem dinâmico. Já elogiei e elogio de novo o level design desse jogo, pelo menos até os últimos capítulos: te dar opção de abordar tudo furtivamente ou dando tiro, ou meio a meio, é algo muito bom, que faz muito bem ao jogo. É o melhor level design da série, a IA dos inimigos (zerei no modo difícil) é bem melhor do que nos anteriores, eles conseguem te cercar, ao invés de trocar uma ou duas vezes de cover. Esse jogo fez a série sair de um TPS comum para um TPS com algo a mais, o que é muito importante.

Ficar parado nesse Uncharted é um mau negócio. As arenas são amplas, poucas vezes temos somente um corredor pela frente. Normalmente são salas enormes com entradas de inimigos por vários lados, ou o topo de penhascos que fazem bom uso do platforming, stealth e tiroteio com covers. Excelente mesmo.

Achei uma pena, no entanto, que o jogo demore tanto a te dar situações de tiroteio plenamente. O jogo prefere mais dar uma atmosfera de desbravamento... mas como tudo é bastante linear, com algumas poucas bifurcações que acabam levando aos mesmos lugares, essa escolha não me agradou tanto. Lá pelo capítulo 15 ou 16 as coisas ficam muito mais interessantes e a versatilidade da série aparece: ficam muito bem divididas as partes de escalada e tiroteio, enquanto anteriormente a prioridade é escalar, andar e conversar com seus amigos.

Não posso dizer que não me frustrei de no final não ter nenhum inimigo "sobrenatural". Eu estava muito esperando enfrentar piratas esqueléticos que fossem ultra rápidos ou se teleportassem... todos os jogos da série têm isso no final, e costumam ser umas das melhores partes dos jogos, e nesse... não tem. Fiquei meio chateado... trocaram isso por uma luta de espadas com o Rafe, que achei, também, uma das piores partes do jogo.

Ah, e os puzzles estão melhores do que nos jogos anteriores, achei vários deles bem bolados!

Uncharted 4: A Thief's End é um ótimo jogo, mas com um início lento e que muitas vezes me deixou bastante enfadado... só que quando engrena e mostra o level design aprimorado, fica muito emocionante. Eu adoro, também, as cenas de fuga. Apesar de seguirem um script, a câmera se movendo rápido e inimigos vindo de todos os lados te perseguindo dão uma tensão muito massa... A Naughty Dog SABE fazer usar a cinematografia ao seu favor.

Se tivesse mais situações de tiroteio eu daria uma nota maior pro jogo, mas, sendo do jeito que é, minha nota pessoal é 8,0/10,0.

Abraços.


8.0 8.0 10
Overall
8.0 Gameplay
10 Story
10 Music
9.5 Graphics

8 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...