Medium picture

igor_park

Dos overrated aos underrated, também jogando os jogos alternativos que ninguém joga na alva!


2 months ago 2020-07-25

The Elder Scrolls V: Skyrim - Special Edition

Eu fui finalizar Skyrim em 2019, muitos anos atrasados após o Hype todo em 2011, eu investi umas 150 horas no mundo de Skyrim e posso dizer que não me arrependi,  explorei todas as guildas, as draedic quests e as duas Dlcs de história, fiquei variando o combate em primeira e terceira pessoa, passeando pelas dugeons e montanhas, Skyrim foi um jogo de extrema liberdade e imersivo e minha primeira experiência com a Bethesda.

E lá fui eu criar meu Redguard e explorar esse mundo.

Lore.

As diferentes raças, países, conflitos entre o Império e os Stormcloacks, Skyrim me pegou pela sua Lore, eu fiquei imersivo nos conflitos entre os Dark Elfs e os Nords, o tratamento que o Argonians recebiam.

Eu lia os livros sobre as cidades e locais, procurava saber o que havia ocorrido em cada cidade, quem comandava ali, a origem das guildas e tudo que fazia aquele mundo.

Eu me via parando e indo no Youtube para assistir vídeos sobre os Dwemer e o que ocorreu com aquela civilização, ou sobre o Snow Elf vivo que encontramos na Dlc Dawnguard.

História.

A história de Skyrim não é das mais interessantes, tanto a linha do Dragonborne e a linha da guerra civil, tem poucas missões marcantes e o roteiro em geral delas pecam em deixar o jogador envolvido.

As guildas também sofrem com suas estrutura na história, somente a guilda dos Ladrões e Dark Brotherhood tem missões interessantes e com uma lógica maior no enredo, por exemplo a guilda dos Ladrões, você começa de baixo e tem que fazer muitas missões para assumir o posto de líder, já a do Colégio dos Magos (Winterhold), onde rapidamente você ascende o Rank de Master.

Porém o jogo tem as quest Draédicas, que são bem interessantes e com roteiros divertidos.

As Dlcs tem histórias bastantes interessantes, tanto a Dawnguard e a Dragonborn, tem linha narrativas melhores que o jogo principal, que expandem ainda mais a Lore do jogo, trazendo raças esquecidas e lendas interessantes para o mundo de Skyrim.

Jogabilidade.

O combate de Skyrim tanto em primeira e em terceira pessoa não me agradou, era engraçado eu falando nos meus check-ins que era mais difícil enfrentar um Urso que um Dragão em Skyrim.

A locomoção também não era algo muito legal, o jogo tinha bastante problemas, por conta do seu terreno montanhoso e acidental, não era tão divertido passear por Skyrim quanto era por outros Rpgs que eu tinha jogado.

Porém a imersão que Skyrim dá é algo muito legal, quando eu entrava em um Castelo, Dungeon, templo antigo ou até outro plano.

Skyrim me fazia sentir que eu estava morando ali.

E talvez seja esse o maior mérito do jogo.

A forma de upar do jogo também é bastante interessante, quanto mais tu usa uma habilidade mais ela evolui, premiando o jogador e sua forma de jogar, me fazia até variar de armas para evoluir o nível de habilidade do meu personagem e me fazia testar variedades de estilos.

OST e Gráficos.

A música de Skyrim, é muito boa eu jogava com fone e me empolgava em lutas simples e e grandes encontros, a ost sempre setava um bom mood para o momento.

Graficamente Skyrim não é um dos jogos mais bonitos, porém ele têm uma boa variedade de monstros, vilas, cidades e dungeons, com uma grande liberdade para o jogador explorar.

Conclusão:

Skyrim é um jogo bastante imersivo, com uma construção de mundo bastante interessante, com várias cidades, vilas e locais.

Um cultura viva que mostra a riqueza do mundo de Elders Scrolls, sei que não falei dos Jarls, a cultura de Skyrim, o Império e os Thalmors, Skyrim é um jogo com tanto conteúdo e acontecimentos que condensar ele é bastante difícil.

Me frustrei em alguns momentos com o combate, por incrível que pareça sofri poucos bugs na minha jornada, mas fiquei imerso enquanto jogava Skyrim, que tem uma lore bastante interessante, joguei anos após o seu lançamento e cheguei a conclusão que nunca é tarde para jogar Skyrim.

8.0 8.0 10
Overall
8.0 Gameplay
8.0 Story
9.0 Music
7.5 Graphics
Lore.
Ótima trilha sonora
Imersão
História principal poderia ser melhor
Combate não é muito bom nem em primeira e nem em terceira

12 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...