This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • diogo_paixao Diogo Louzada Paixão
    2020-10-25 23:08:24 -0200 Thumb picture

    TOP 10 - Jogos/Série Que me Mudaram

    Teve um @desafio similar recentemente que foi o "como se fosse a 1° vez", eu havia bolado um desafio similar próximo ao meu aniversário, aonde eu estava tomado por nostalgia, mas não cheguei a fazer o post... bom, chegou a hora!

    Um Top 10 dos jogos que mudaram a visão do que é video game ou simplesmente marcaram a minha vida alguma maneira, não é necessariamente o Top de melhores jogos, mas sim aqueles que representam de certa maneira um "ponto de mudança".

    Bom vamos lá!

    Eu utilizei para esta lista, jogos que literalmente, eu lembro da ansiedade que era jogar eles, lembro da sensação da 1° vez que joguei e a 1° vez que terminei, são jogos que (óbvio, de maneiras diferentes) ao terminar, senti como um "milestone gamer" feito.

    10 - Série Souls

    Meu 1° contato com a série Souls foi o próprio Demon's Souls, havia visto trailers do jogo, e em busca de um RPG pro meu irmão (laaa em 2012) comprei o Demon's, o qual o meu irmão se jogou o tutorial foi muito hahaha, na época eu era bem novo e não tinha emprego ainda, então eu guardava o dinheiro do ônibus (ia andando pra escola as vezes haha) e de esporádicas "pseudo mesadas" para comprar jogos, então eu relativamente tinha "poucos jogos" e conseguia acabar todos. Fui tentar jogar o jogo quando comprei e não tive saco, quando havia terminado todos os jogos físicos que tinha (la no começo de 2013) decidi jogar ele, e PQP, amei o jogo e a temática, e sempre conto, que jogando o Demon's numa quarta/quinta comprei o Dark Souls na Submarino, terminei o Demon's no sábado lá pelas 10h as 13h/14h chegou o Dark, obviamente emendei um no outro e joguei Dark Souls MUITO mais que o Demon's, e várias vezes, e se tornou uma série única para mim, depois joguei o 2 Vanilla (obrigado @juninhonash), no PS4 Joguei o Bloodborne com a expansão (platinei ambos), depois Dark 3 Fire Fades Edition e por último o Sekiro (que além de ser o meu jogo favorito do ano passado, platinei também, e digo, eu sinto que dominei o jogo, literalmente para fazer o último troféu de aprender todas as habilidades, precisava farmar XP, como tava com preguiça, em UMA sentada rushei todos os chefes no New Game++ (ou +++ não lembro), e voltei pro ponto de farmar XP (já que a cada New Game aumenta o XP)) e recentemente joguei o Dark 2 Scholar, que realmente, é maravilhoso.

    9 - Duke Nukem 3D e Doom

    Agora vamos para um passado beeem longinquo, o dioguinho de 4/7 anos, tendo um dos seus primeiros contatos com jogos de PC (talvez não os mais corretos hahaha) com Doom, Doom 2 e Duke Nukem 3D, eu tinha (meu pai tinha haha) o CD original de ambos, e SEMPRE andavam comigo hahaha, eu ia pro trabalho do meu pai, levava o CD e ficava jogando no PC dele, ia pra casa de alguém pra ficar X tempo, levava comigo (junto com Pantera Cor de Rosa Passaporte para o perigo e outro jogo que falarei mais a frente), eu sempre que possível jogava Duke Nukem 3D em algum lugar hahaha Doom 2 inclusive terminei na empresa do meu pai mesmo hahaha sempre amei jogar esses FPS's, inclusive Duke Nukem rejoguei todas as versões que pude, Atomic, Megatom, no PC, PS Vita, PS3, PS4 hahaha (doom 1 e 2 também =P) terminar ambos foi uma satisfação única para o pequeno Diogo, posso dizer que são jogos que moldaram meu gosto por FPS.

    8 - Ragnarok

    Novamente abordando o pequeno Diogo, de 7 a 12 anos, sempre gostei de RPG, e ao ver meu irmão esperar a madrugada para jogar Ragnarok no pulso único e mais barato me encantou hahaha, ao me aventurar (na época como o Ragnarok só tinha servidor pago, me aventurar em servers "privados" =P), virei MUITAS noites jogando, fiz "micro" amizades dentro do jogo, perdi muito tempo, me diverti MUITO jogando Ragnarok, foi o pontapé para os MMO's (WoW <3) e tirei deste jogo a minha amiga que trouxe para a "vida real" mais antiga do "mundo online" a gloriosos 14 anos hahaha (ja conheci pessoalmente e tudo, na realidade é bem presente na minha rotina hahaha).

    7 - Metal Gear Solid 1, 3 e 4

    Agora abordando do pequeno ao jovem Diogo, Metal Gear é uma série que guardo um EXTREMO carinho, me marcou em todas as gerações que esteve presente (menos na ultima porque AINDA não joguei o 5), me lembro de no PS1 ser um dos 1° jogos que tive contato e ficar encantado por ficar jogando as missões VR e pelos personagens e mundo (que na época entendia 10% da história hahaha, depois tendo rejogado gostei mais ainda =P), foi um dos jogos que terminei sem Memory Card =)

    Demorei MUITO, MUITO para ter o PS2, tanto que quase pulei pro PS3 (meu Tio estava na Australia e sairia "barato"), ganhei o PS2 no natal com 2 jogos originais: Hitman Contracts e Need For Speed Underground 2, junto o CD de demo's, meu pai queria tentar ser correto e só me fornecer jogos originais, (mas claro que isso acabou não sendo muito viável), ao jogar o CD de demo enchi o saco dele para me dar o Metal Gear Solid 3, fiquei deslumbrado com o jogo, ele me deu, e fiquei uns 6/8 meses com o PS2 bloqueado jogando apenas esses 3 e outros que ia conseguindo com amigos (poucos), depois ele acabou desbloqueando, MAS, Metal Gear Solid 3 é um jogo que me marcou demais, ao terminar ele (algumas vezes) sempre senti que era um jogo único de sua época.

    Algo que se repetiria ao jogar Metal Gear Solid 4, que sim joguei antes do 2 (e quase antes do 3), como disse, meu tio que morava fora, tinha o PS3, ele veio ficar 1 mês na minha vó, e ÓBVIO que fui lá hahaha, então foi o 1° jogo que terminei no PS3 (inclusive até hoje meu Tio não jogou nem o 1° capítulo haha), joguei na TV tubão, quase sem enxergar a legenda, meu tio assistiu eu jogando e não entendeu caralhos nenhum, mas gostou muito do jogo, Metal Gear Solid 4 é para mim até hoje um dos melhores jogos da geração PS3 e o melhor Metal Gear para fâs da série (não recomendo ele para pessoas que nunca tenham jogado Metal Gear, ele claramente é o Kojima solto).

    Metal Gear me marca por ter mudado minha visão de como um jogo pode ser contato.

    6 - Sonic The Hedgehog 1, 2, Heroes e Generations

    Sonic 1 e 2 do Mega, são os 1°s jogos que lembro de ter jogado junto com Doom quando tinha meus 4/5 anos, que tenho IMENSO carinho eterno, minha infância foi REGADA a jogar eles, mesmo tendo outros jogos que adorava, eu tinha um fascínio por Sonic, acabava e reacabava, várias, várias, várias vezes hahaha e em TODAS plataformas que tive o prazer de jogar, rejoguei hahaha, hoje mesmo, se paro para jogar ele, sou automaticamente sugado.

    Pense no pequeno Diogo, fâ de Sonic, que foi do Mega pro PS1, não tinha um PC muito bom (ainda não havia jogado Adventure DX no PC (e nem o próprio Heroes), só aqueles jogos 3D de fã), vem o amigo de seu irmão mais velho, levar o PS2 para sua casa, com Sonic Heroes, sim, me marcou muito, inclusive o amigo do meu irmão emprestou o PS2 para ele, joguei MUITO Sonic Heroes e GTA Vice City =P, depois terminei Sonic Heroes no PC, até hoje, mesmo sabendo que não é o melhor jogo do Sonic, para mim, esta no meu Top.

    Sonic Generations, se não fosse o chefe final, provavelmente seria o melhor jogo do Sonic e um jogo perfeito, ele não me marcou como um "marco gamer" mas como uma ode a nostalgia e ao pequeno Diogo, um retorno ao que os jogos modernos do Sonic deveriam ser.

    5 - Série Max Payne

    Quando finalmente tive em casa um PC mais descente, me aventurei em Max Payne 2 e 1 (o 1 dublado, que é portador de muitas pérolas), de um jeito similar a Metal Gear Solid, me marcou de uma maneira cinematográfica e mudando como entendia a história de um jogo, óbvio, aqui mais focado na ação, mas não menos épico ou impactante, lembro de ter terminado umas 5 vezes no mínimo cada um, ou até mais hahaha ansiedade monstra pro filme (que fiz meu irmão ir comigo) e bom... decepção tão grande quanto a ansiedade e olha que eu era novo hahaha

    Max Payne 3 é um jogo que estava ANSIOSSISIMO desde o seu anúncio, e ao saber que ia se passar em são paulo fiquei MUITO curioso, comprei no dia de lançamento e joguei muito, foi o 2° jogo que me absorveu no online do PS3, e é uma continuação digna e maravilhosa.

    4 - F.E.A.R./F.E.A.R. - Extraction Point

    Ahhh F.E.A.R. e a "menininha", enquanto as pessoas focavam em Crysis, eu focava em F.E.A.R. hahaha, meu irmão tinha acabado de comprar um PC relativamente mais descente, então conseguíamos jogar F.E.A.R. no High (lembrando, eu nem PS2 tinha na época ainda), e eu joguei, fiz meus amigos TODOS conheceram essa merda, só falava desse jogo, terminei e reterminei ele.

    Foi o 1° jogo original que meu irmão me deu de PC, no meu aniversário me deu a Gold Edition, e até hoje esse pacote de F.E.A.R. + Extraction Point eu considero o ápice da série, Perseus Mandate é meio qualquer coisa e o 2 tem seu valor, o 3 tem um gameplay bacana mas tenho raiva dele, muita raiva hahaha

    Mas eu realmente não sei como transcrever em palavras o quanto eu joguei este jogo, e por eu ser bem novo (12/13 anos), eu me cagava todo jogando ele, meus amigos se cagavam todos jogando ele, era lindo, eu tinha o jogo todo e os mapas na minha cabeça depois de um tempo, é um jogo que com certeza se eu sentar hoje pra jogar, termino e retermino.

    3 - Warcraft 2 e 3

    qui novamente temos o pequeno Diogo em ação, andando com o CD do Warcraft 2 em todo lugar que ia, perdendo horas no criador de mapas, criando mapas e histórias absurdas e sem sentido, jogando várias vezes as campanhas, lendo e relendo o manual do jogo (os jogos originais de PC antes eram uma caixa gigante com um puta manual e info sobre o jogo), entendendo da onde viam e o que eram cada unidade. Um jogo que não só representa um dos pilares iniciais da minha "vida gamer" como um marco até hoje na minha vida, o universo/história/"cultura" de warcraft nunca saiu do meu ciclo de consumo, seja em jogos, livros, filmes, animações, etc.

    Warcraft 3 foi um dos jogos que foi "BOOOM" na minha cabeça, estava muito acostumado com o 2, e ao ver o 3, com os "incríveis" gráficos, as CG's absurdas, a história mais cinematográfica e realmente contada, foi um vicio instantâneo, aonde novamente, perdia horas no criador de mapas, rejogando campanhas, buscando coisas sobre o universo maravilhoso que é o de Warcraft.

    2 - The Last of Us/The Last of Us - Part II

    The Last of Us... muitos que me conhecem me associam a este jogo, The Last of Us foi minha 1° pré venda, e eu fui imerso naquele mundo, eu fui sugado pela história, pela atuação MARAVILHOSA de Troy Baker e Ashley Johnson, é um jogo que mudou tudo para mim, com uma história simples, mas uma execução fenomenal, junto a isso, um online competente, aonde dediquei mais de 400h provavelmente hahaha, jogando com amigos, conhecendo MUITA gente, pelo menos umas 5 ou 6 pessoas que trouxe para amizades da "vida real", saindo comigo, sendo integradas na minha vida, esse jogo é um marco absoluto para mim, o que o próximo jogo foi e é para mim desde os 7/10 anos, este foi para mim aos meus 18.

    The Last of Us - Parte II, no anúncio dele, ao qual eu estava comendo miojo vendo a conferência da Sony, eu estava chorando no meio do trailer já, pela emoção de poder revisitar aquela história e pela total confiança em Neil Druckman.

    Junto ao próximo jogo, nunca fiquei tão ansioso para o lançamento de um jogo como destes 2, cada notícia, cada trailer, foi assistido milhares de vezes por mim. Ai veio os spoilers, ao quais tentei desviar mais fui pego pelas 2 maiores surpresas do jogo (agora um momento do desafio como se fosse a 1° vez, eu queria, eu realmente queria, poder ter a experiência de jogar TLOU2 sem saber NADA, como eu queria ter jogado, mas graças a umas pessoas de índole duvidosa, não puder ter isso). Isso me demotivou? NÃO, 1° dia de pré venda, já havia feito a edição com o artbook e stellbook.

    Não falei muito desse jogo até agora, nem no meu TOP 5 meio do ano, esse jogo, ele me abalou de maneiras que eu não imaginava, foi uma experiência única, o ponto mais fraco do 1°, que era o gameplay, foi EXTREMAMENTE melhorado aqui, eu chorei várias vezes nele e bom, futuramente pretendo fazer uma análise.

    Mas além do gameplay, em relação a TLOU1... TLOU2 é... melhor em T U D O, sim, em tudo, tudo, ele tem um enredo mais maduro, complexo e de camadas, é uma experiência única jogar ele, não só para mim é o melhor jogo de 2020, como o melhor jogo da geração PS4/Xone.

    1 - Final Fantasy VII/Final Fantasy VII - Remake

    Final Fantasy VII, é o jogo definitivo da minha vida, tudo que TLOU foi para mim de 2013 até hoje, FFVII é para mim desde 2002.

    FFVII foi o jogo que não só moldou o meu amor por RPG's, como consolidou a minha paixão por essa mídia, pequeno Diogo novamente, perplexo com os personagens, com o mundo, eu joguei, rejoguei, joguei mais velho, e o amo até hoje, quando lançou advent children assistia feito uma criança viciada em açucar, praticamente todos os dias.

    FFVII Remake, o jogo o qual eu aguardo desde a esperança da Tech Demo do PS3 somado ao vislumbre que foi FFVII Advent Children, um jogo que tal qual TLOU2, eu me emocionava e ficava ansioso a cada trailer, mas devo admitir que achei que era um sonho que nunca seria feito, muito menos lançado, fiquei meio assim quando foi dito que o Remake só traria o arco de Midgar, mas ainda confiei na Square, ela sabe a força que o nome FFVII tem, se isso desse errado ou fosse mal feito, eles teriam ALGUNS problemas, e bem, FOI ME ENTREGUE EXATAMENTE o que eu queria, juro, ao começar a jogar o jogo, eu literalmente, chorei, por motivo nenhum, simplesmente por estar neste mundo, do jeito que eu imaginava e sempre quis estar.

    É o melhor jogo de 2020 para mim? Não, mas a sensação de jogar ele, de finalmente poder jogar ele, é algo que trouxe o Diogo que não pagava boletos e nem tinha alguns problemas, ele foi trazido imediatamente para os dias atuais, só de escrever isso já me deixa feliz, só não rejogo uma 3° vez, porque né, preciso jogar outros jogos que tenho na fila aqui hahaha

    ----------------------------------------------------------------------------

    Bom, esse foram os jogos que definiram o "Diogo Gamer", nem todos são os melhores que já joguei, mas com certeza são os mais especiais, e que nem se eu escrevesse textos 10x maiores, eu nunca conseguiria expressar o quanto emocionalmente, socialmente e intelectualmente, todos estes jogos agregaram a minha vida, seja por momentos, por amizades, por reflexões e diversos outros fatores, estes jogos podem resumir o meu gosto, gostaria de falar de mais? SIM! Mas um TOP 10, só pode 10 hahahaha

    Faça o seu também! =P

    23
    • Micro picture
      rax · 2 days ago · 2 pontos

      Compartilhei aqui pela paixão de como você escreveu e fez o desafio (foi mal não deu para me segurar com o trocadilho do seu sobrenome UAHSUAHSAUHSUAHSUAHUSHA XDD.)

      Ragnarok infelizmente não aproveitei a êpoca que a Level Up tava bombando,ai passei batido.Um dia jogo o original para ter a experiência.

      Warcraft 2 e 3 to devendo jogar pra valer.

      The Last of Us é TANTA gente que fala bem desse jogo que eu vou acabar jogando um dia (ao menos o primeiro),mesmo não sendo lá bem o meu tipo de jogo que mais curto.

      5 replies
  • lanzitto Allan Lemos
    2020-10-14 12:01:07 -0300 Thumb picture
    lanzitto checked-in:
    Post by lanzitto: <p>#img#[741200]</p><p>Final Fantasy VII Remake fin

    Final Fantasy VII Remake finalizado, o 15º jogo do ano. Fiquei com opinão mista sobre o título, se por um lado gostei do visual, das batalhas e de algumas mudanças em outros não gostei. Acho que dava para ter sido superior do que foi apresentado, nem falo isso sobre o enredo em si, mas de alguns problemas de desenvolvimento e polimento. Entretanto, não é ruim, para mim foi regular.

    12
  • lanzitto Allan Lemos
    2020-10-10 16:39:48 -0300 Thumb picture
    lanzitto checked-in:
    Post by lanzitto: <p>#img#[740520]</p><p>Outubro vem sendo um mês pes

    Outubro vem sendo um mês pesado na agência onde trabalho por conta das eleições e outros projetos que terminei ficando responsável, aí tempo para jogar que é bom nada. Nem os fds estão escapando dessa rotina puxada, mas sigo minha jornada no FFVIIR quando posso.

    Hoje consegui avançar bastante no jogo, estou no capítulo 13 e o game tem 18 então sigo mais perto do que longe para acabar. Confesso que esperava mais, não digo que fiquei decepcionado, tem boas lutas e ótimos momentos, mas mesmo assim fico com a sensação de que poderia estar sendo melhor.

    10
  • wjoanes Wellington Joanes
    2020-09-26 23:58:17 -0300 Thumb picture

    Zerado...

    Medium 737917 3309110367

    Que jogo, heim meus amigos? 45:34 horas de jogo... Simplesmente incrível de maravilhoso e lindo. Amei quase tudo nessa bagaça! <3

    22
    • Micro picture
      artoriasblack · about 1 month ago · 1 ponto

      Estranho essa sensação dizer ter zerado o FFVII Reamake quando ainda tem mais dois CDs para completar a história. mas parabe´ns

      1 reply
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 1 ponto

      Até o menu do jogo é foda!

  • lanzitto Allan Lemos
    2020-09-22 21:26:31 -0300 Thumb picture
    lanzitto checked-in:
    Post by lanzitto: <p>#img#[737144]</p><p>Comecei FFVIIR ainda no últi

    Comecei FFVIIR ainda no último domingo após finalizar Control, para mim esse é um dos jogos mais bonitos da geração sem qualquer dúvida. Venho jogando com certa regularidade, sigo no capítulo 7 e o jogo tem 18.

    Fiquei com a impressão que alguns pontos dava para ter sido diferente, uma dessas coisas é que esse FF está mais próximo de ser um jogo de ação do que um RPG ou até ARPG e isso meio que ficou a desejar no meu ponto de vista.

    Sigo gostando, tanto que quando posso vou devorando o game para ver como vai se comportar nos próximos capítulos já que até o momento segue linear e com pouca liberdade para exploração. Mas, ainda assim era um game que desejando faz muito tempo.

    14
    • Micro picture
      supermarkosbros · about 1 month ago · 1 ponto

      O combate desse achei sensacional, já os gráficos do cenário, aqueles de fundo, as vezes parece PS1 em certos pontos.

      1 reply
  • lanzitto Allan Lemos
    2020-09-16 19:40:28 -0300 Thumb picture

    Mais um pra coleção

    No dia do anúncio de FFXVI chegou aqui em casa o FFVII Remake. Depois de Control esse vai ganhar a vez.

    11
  • raiden Raiden
    2020-09-16 11:48:25 -0300 Thumb picture
    38
    • Micro picture
      jcelove · about 1 month ago · 2 pontos

      Hj o pessoal ta bem mais chato, mas o MoH era top pra sua época, não tinha outra cois apra concorrer com ele no PS1.

    • Micro picture
      ersatzgott · about 1 month ago · 2 pontos

      Alguém já me disse que uma vez no 60 FPS, impossível voltar pro 30. O que é uma mentira, jogo em PC a 60, console a 30 e seja lá quanto que portátil aguenta HUAHUA

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 month ago · 2 pontos

      Fato! ❤️

  • darlanfagundes Darlã Fagundes
    2020-09-07 19:38:00 -0300 Thumb picture
    Post by darlanfagundes: Boa crítica, direto ao ponto, opinião pessoal, não

    Boa crítica, direto ao ponto, opinião pessoal, não entrega nada do enredo. Mas claro que desagrada a pessoa que dá deslike em toda crítica a jrpg's aqui na Alvanista né? kkkkkkkkkkk

    Expandir.

    Review by: @igor_park

    Final Fantasy VII Remake, conta a história de Cloud Strife um mercenário ex membro da Soldier, que é contratado pe...

    Keep Reading →
    13
    • Micro picture
      hanzy · about 2 months ago · 4 pontos

      Tem um pessoal no Alva que parece que vai enfiar o dedo no cu e rasgar por causa desse jogo, não aceitam que alguém goste disso. Até entendo que muita gente tava esperando outra coisa, mas não parece nem de perto um jogo ruim

      2 replies
    • Micro picture
      igor_park · about 2 months ago · 2 pontos

      👍🏿👍🏿👍🏿

  • seufi Marcio Garcia Seufitele Pinto
    2020-09-07 11:53:51 -0300 Thumb picture
    Post by seufi: Só discordo que a jogabilidade seja divertida, mas

    Só discordo que a jogabilidade seja divertida, mas isso é só minha opinião. Pela demo que joguei, não me agradou muito, achei muito "esmagar botões". Não gostei do jogo, mas gostei da crítica. E apesra de não gostar do jogo, a critica destacou os pontos fortes e abordou alguns dos fracos.

    Expandir.

    Review by: @igor_park

    Final Fantasy VII Remake, conta a história de Cloud Strife um mercenário ex membro da Soldier, que é contratado pe...

    Keep Reading →
    14
    • Micro picture
      igor_park · about 2 months ago · 2 pontos

      Valeu. O jogo com o tempo evolui e melhora os combates, trazendo alguns bem complicados, já é melhor por natureza por ser action>>> turno, brincadeira kkkk.
      Curti o jogo,porém tem alguém que odiou muito esse jogo pois a pessoa negativou todas as críticas da página dele kkkk.

      3 replies
    • Micro picture
      tecnologgamer · about 2 months ago · 2 pontos

      "esmagar botões"
      Essencialmente qualquer jogo caro feito hj em dia.

  • 2020-09-06 17:35:14 -0300 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p>Zerado!</p><p>#img#[734046]</p><p>Gostei bastant

    Zerado!

    Gostei bastante do jogo, tanto que planejo fazer os outros desafios opcionais que abrem após zerar.

    Posso afirmar que me surpreendi com muitas coisas, mais positivamente do que negativamente.

    Como já disse, curto mudanças bruscas e re-imaginações na maioria dos casos e também não achava o roteiro original tão intocável.

    Combate: Gostei muito.

    História: Curti, porém ainda tem certos problemas do enredo original.

    Personagens: Continuam cringe, mas tem um grau de charme que supera bem isto.

    Missões e Bosses: Variados e interessantes, porém as secundárias são só enchimento de linguiça porém ainda há aspectos bons nelas, como a questão de conhecer mais as comunidades do jogo.

    No geral foi um ótimo jogo, certamente vai entrar no meu top 10 dos que eu joguei esse ano, curti o jogo em sua imensa maioria, agora é correr atrás da platina.

    20

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...