This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • darkside777 Leticia Rodrigues
    2021-03-14 11:57:49 -0300 Thumb picture
    darkside777 checked-in:
    Post by darkside777: <p>Achei longo demais kkk quase desisti, e essa ult

    Achei longo demais kkk quase desisti, e essa ultima area do boss final, DEUS ME LIVRE desse inferno, o lugar que eu me perdi. Mas eu tenho um carinho pelo jogo, mas cara dificil ser tão longo, e que porra de ultimo BOSS foi aquele kkk mto gay.

    1
  • 2021-01-01 13:56:20 -0200 Thumb picture
    23
  • 2020-12-28 00:49:13 -0200 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p> <strong>Zerado.</strong></p><p><strong><br></st

    Zerado.


    Berseria foi o primeiro jogo da série Tales que eu joguei. 

    Foi um jogo regular, não me decepcionei porém não fiquei empolgado em quase nenhum momento com o jogo tanto que do dia que eu comecei para o dia da finalização foram 5 meses.

    Berseria tem um cast de personagens bem interessante, que se aliam a protagonista Velvet Crowe, Laphicet, Eleanor, Rokurou, Eizen e Magilou dos controláveis, são personagens com motivações próprias, diferentes visões de mundo que se chocam entre si e o mundo do jogo.

    A história de vingança de Velvet Crowe, contra seu cunhado Dom Arthorius, é interessante, pois ela quebra um pouco o paradigma dos Rpgs, invés de controlar os salvadores do mundo, temos a galera que quer implementar o caos, uma batalha entre razões e emoções (salve nx zero kkkk).

    Falando sério o jogo trata bem essa dualidade entre a razão e emoção, trás no seu enredo temas como um equilíbrio entre as duas é interessante.

    Os maiores problemas do jogo para mim, foi o level design fraco e desinteressante dos mapas, o pace do jogo que exige backtrack e volta a lugares que você já visitou ( que se torna chato pela características anterior citada dos mapas serem bem mortos e sem sal).

    O combate também é problemático, os desenvolvedores tentaram encher de mecânicas e complexidades, mas o combate é uma briga de bar doida e desinteressante. 

    Esse foi o primeiro Tales Of que eu joguei, se fosse para dar uma nota seria 6 , um jogo regular cheio de altos e baixos, eu curti conhecer a série porém eu diria que é bem difícil eu jogar outro jogo da mesma, apesar de eu ouvir que esse é bem diferente dos outros, os outros jogos da série também sofrem muitas críticas. 

    No mais é isso não sei se irie fazer um texto mais detalhado sobre minha experiência com esse jogo, que para mim foi um jogo normal, regular, que não entra no meu top 10 e nem nas menções honrosas e nem vai para meu top piores de 2020, é um jogo que fica de fora, pois não marcou tanto positivamente e nem negativamente foi bastante neutro no geral.

    14
  • 2020-12-26 06:24:07 -0200 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p>Dungeon&nbsp; Final.</p><p>Hoje eu finalmente ze

    Dungeon  Final.

    Hoje eu finalmente zero esse jogo. 

    Que é uma complexa jornada de altos e baixos. 

    12
  • tassio Tassio Pinheiro
    2020-12-16 18:42:50 -0200 Thumb picture
    tassio checked-in:
    Post by tassio: <p>Terminei</p><p>#img#[750837]Finalzinho marcante.

    Terminei

    Finalzinho marcante. E depois apareceu essa opção de "Novo jogo +" que dificilmente irei ver.


    Teve alguns monstros que valiam recompensas que eu deixei pelo caminho, talvez eu volte no save antes das batalhas finais pra ver isso.

    Esse é o primeiro jogo dessa franquia que e joguei e terminei.

    11
    • Micro picture
      _gustavo · 4 months ago · 2 pontos

      Congratz, Berseria eu tenho q começar de novo pra frente, to embalado jogando o Vesperia

      1 reply
  • 2020-12-06 19:11:22 -0200 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p>Voltei a jogar esse jogo nos fins de semana.</p>

    Voltei a jogar esse jogo nos fins de semana.

    Alguns comentários que eu tenho a tecer sobre ele.

    Gameplay.

    É um briga de bar totalmente maluca.

    Esse jogo sofre com um excesso de mecânicas que tentam compor um grau de complexidade, porém a luta é bem superficial e totalmente desbalanceada.

    Enredo.

    É clichê porém é interessante, a mitologia do jogo é bem maluca, com todo tipo de bizarrice ao extremo, porém o cast da party é bem legal. 

    Velvet e sua trupe tem relações interessantes e são bem carismáticos, são personagens que tem discussões e diálogos interessantes. 

    Só acho que a progressão da história é bem truncada e problemática, parece que demora muito para avançar no jogo.

    Esse jogo tem um ar de PS2 nele, na forma que os mapas são dispostos, gameplay me lembra muito a sexta geração. 

    Agora só volto a falar desse jogo quando eu zerar.

    Acho que semana que vem eu finalizo o mesmo provavelmente. 

    17
    • Micro picture
      kalini · 4 months ago · 1 ponto

      A historia eu acho boa e nem tao cliche assim.

      1 reply
  • tassio Tassio Pinheiro
    2020-11-26 02:46:19 -0200 Thumb picture
    tassio checked-in:
    Post by tassio: <p>Bem curioso um jogo desses com idioma em portugu

    Bem curioso um jogo desses com idioma em português. O áudio eu deixo em japonês, e as legendas em português.
    É a primeira vez que eu jogo um jogo dessa franquia.

    13
    • Micro picture
      felipecassettari · 5 months ago · 2 pontos

      acabei de comprar pra ps4! o que achou do sistema de batalha?

      2 replies
    • Micro picture
      _gustavo · 5 months ago · 2 pontos

      O Vesperia tbm tem legenda em PT-BR mas tenho aversão a jogar jrpg assim kkkk, coloquei som japa e legenda em ingles mesmo

      1 reply
  • 2020-11-22 20:05:40 -0200 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p>Voltando para este aqui.</p><p>Me re- acostumand

    Voltando para este aqui.

    Me re- acostumando com a história, personagens e jogabilidade.

    17
    • Micro picture
      mateusfv · 5 months ago · 2 pontos

      Esse ai peguei em uma promoção no ano passado eu acho, assim que acabar o SMT IV devo ir pra ele, isso tudo quando tiver com vontade de jogar algum RPG claro kk

      3 replies
  • 2020-11-15 15:58:06 -0200 Thumb picture
  • mandaloriano_95 Henrique
    2020-11-13 21:35:45 -0200 Thumb picture
    mandaloriano_95 checked-in:
    Post by mandaloriano_95: <p>Comprei este aqui durante a promoção de Hallowee

    Comprei este aqui durante a promoção de Halloween da Steam. Até o momento, joguei por 13 horas no Hard, com a party estando mais ou menos no lvl 15.

    Uns dois anos atrás eu terminei o Tales of Symphonia e, embora eu ainda tenha o Dawn of the New World e o Xillia no PS3 para começar e tenha jogado o início do Hearts R no Vita, acabei querendo jogar o Berseria logo de uma vez.

    Acabo deixando a abertura rolar quase toda vez que abro o jogo. Inclusive, as cenas em anime num geral, animadas pelo estúdio ufotable, são bastante legais.

    Sem me aprofundar muito, uma coisa que eu gostei é que, até agora, o enredo tem uma pegada bem diferente do Symphonia (e, pelo pouco que joguei, do Hearts também), com a protagonista guiada por um forte desejo de vingança. O restante dos personagens que integram o grupo principal também são legais (destaque para a smug queen que é a Magilou) e compartilham alguns momentos bem calorosos, como a cena na taverna em que o Eizen e o Rokurou bebem juntos.

    E, pelo menos no Hard, gostei do combate também. Ele mantém aquele sistema de campo aberto e em tempo real característico da série, porém com um pequeno twist que é a mecânica de Almas, que você perde e obtêm por meio de algumas ações durante a luta e que ditam, de acordo com a quantidade, os golpes e habilidades que cada personagem pode usar.

    Por outro lado, devo dizer que, ainda nas primeiras horas, o jogo me surpreendeu de forma bastante negativa. Isso porque o level design dele é péssimo, um passo para trás gigantesco em relação ao Symphonia. Absolutamente todas as dungeons pelas quais passei até agora são completamente desprovidas de qualquer elemento interessante: não há mais nenhum tipo de puzzle, as áreas, além de vazias e preenchidas somente com um amontoado de monstros, são literalmente planas, sem verticalidade alguma, e não oferecem qualquer tipo de recompensa pela exploração, já que o jogador nem precisa procurar de verdade pelos tesouros. 

    Para piorar, as dungeons ainda possuem uns obstáculos totalmente sem sentido, como pedras impedindo a progressão que exigem que o jogador simplesmente aperte X para serem removidas, ou alavancas que abrem o caminho que está literalmente à frente do jogador. Nesse aspecto o jogo é muito decepcionante, ainda mais ao considerar que as dungeons no Tales of Symphonia eram realmente boas.

    Ao menos os campos abertos que ligam as cidades e as dungeons, mesmo que ainda extremamente simples, até que são ligeiramente melhor construídos, tendo um aspecto visual no mínimo interessante e uma exploração um pouco mais profunda.

    Its smug aura mocks me.

    Comentando agora de umas coisas mais aleatórias, eu gostaria que o jogo tivesse algum método de anti-aliasing mais eficiente. As únicas opções são o FXAA e o Subpixel Morphological Anti-Aliasing, que é o que estou usando, logicamente. Ainda assim, o serrilhado das sombras e a tremulação nos objetos distantes acabam me incomodando um pouquinho. Até tentei utilizar as soluções de AA disponíveis no driver da AMD, já que, de acordo com a página do PCGamingWiki, a API do jogo é o DirectX 9, mas não teve efeito, então nada de poder usar Super-Sampling ou MSAA. No entanto, não chega a ser realmente uma reclamação, pois, ainda que o jogo não ofereça muitas opções de ajuste gráfico, eu diria que essa versão para PC é bem competente.

    18

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...