• edknight Eduardo Botelho
    2018-10-10 11:02:07 -0300 Thumb picture
    edknight fez um check-in:
    <p>Acabei, dessa vez de verdade! Aliás, eu dei uma - Alvanista

    Acabei, dessa vez de verdade! Aliás, eu dei uma pesquisada aqui, e na versão do Nintendo DS, o chefão final é o Jabo / Shadar mesmo, então eu teria terminado o jogo no checkin anterior se estivesse jogando aquela versão. Vou tentar falar sem spoilar nada importante mas pra quem é muito sensível a spoilers pode pular aqui.

    Mas enfim, o arco exclusivo do PS3 começa quando o Oliver ia voltar para o seu mundo, mas os três grandes reinos do mundo são atingidos por uma nova ameaça, e a equipe de heróis só escapa porque o Marcassin aparece na última hora para salvar a todos. Also ele entra pra equipe, como reserva, e apesar de ser um personagem bacana com umas magias boas, eu já tava meio acostumado com a composição Oliver / Esther / Swaine.

    Outra personagem que passa a acompanhar a equipe é a Pea, a pequena garotinha fantasma que só o Oliver via, e que agora todo mundo consegue interagir. Mas ela não é um membro ativo da party, ela só acompanha porque nesse arco do console ela é o personagem chave.

    Depois de libertar os três reinos da corrupção desse novo oponente (o que foi razoavelmente fácil depois de conseguir a magia do Shadar, Evenstar), todos os reinos do mundo e até os piratas se unem contra esse novo inimigo. Enquanto todos os esforços de guerra estão focados ali, eu fui fazer umas quests porque sim. E bom, acabei descobrindo umas coisas boas nessa, como o fato de que eu larguei a "quest" do Horace pelo meio, e ela dá uma das magias mais fortes do jogo, deixando até a Evenstar no chinelo.

    Com uma varinha nova, dada por um "inimigo" na última dungeon (e foi uma lutinha bem dificil, diga-se de passagem), e essa nova magia, a maioria das lutas seria um atropelamento, mas com os inimigos fortes nessa última torre, eu usei Veil e passava direto por eles, só enfrentando quando eu achava um Tokotoko que dá MUITA EXPERIENCIA.

    E enfim a luta contra o chefe final, teve altas revelações mas nada tão mindblow que não se pudesse supor com um pouquinho de antecedencia. De novo, a luta contra o chefe foi em fases, a primeira acabou sendo mais difícil porque lutar contra um mago que apela jogando 5 MAGIAS DIFERENTES NA SUA CARA EM SEGUIDA SEM DAR TEMPO DE RECUPERAR O COMANDO DE DEFESA É SACANAGEM. A segunda fase é uma luta loooooooooooooonga porque o chefe transformado tem um bazilhão de HP, mas os ataques são bem telegrafados e o mais perigoso deles leva uns 10 segundos pra executar, o que dava tempo de dar counter com Astra ou colocar um familiar com Evade e anular completamente. 

    Acontece que ainda tem uma terceira luta, e essa, apesar de um membro extra novo na equipe, é um tormento, porque o boss fica invocando uns minions que ficam interrompendo suas magias, e ele tem uma magia em especial que basicamente mata toda a sua equipe se você não colocar todo mundo pra defender. Eu precisava usar Astra 3 vezes pra eliminar todos os minions, mas depois de usar uma vez TODOS OS INIMIGOS ME FAZIAM DE ALVO. Olha, gastei muito item nessa luta, todos que economizei no resto do jogo. Mas na segunda tentativa, venci. E o final foi bem bobinho, de fato podiam ter feito como a versão do NDS e terminar o jogo após a luta com o Shadar que influencia diretamente no desenvolvimento do protagonista.

    Agora abriram novas sidequests e hunts, mas vou descansar um pouquinho de Ni No Kuni antes de terminar tudo. No geral, um jogo recomendadíssimo, tem algumas coisinhas meio chatas nele mas é um dos melhores RPGs de fantasia que eu me recordo de jogar recentemente.

    24
    • Micro picture
      wilford_fernandes · 7 dias atrás · 1 ponto

      congratza.. quero mto jogar esse tbm ;/

    • Micro picture
      joanan_van_dort · 7 dias atrás · 1 ponto

      O que eu gosto muito nele são duas coisas. A primeira são os designs e as animações do Studio Ghibli no jogo. Eu amo o estilo e as obras Ghibli e sem dúvidas é um diferencial poderosíssimo do jogo. E em segundo lugar e principalmente o modo como ele aborda a questão do luto e a superação dele na narrativa. Eu passei pelo mesmo processo, de outra maneira, claro, quando criança e me identifico demais com as emoções e os enredos do Oliver. Acho as simbologias e as alegorias belíssimas, muito delicadas mesmo não sendo muito sutis na maioria das vezes. E fica mais impactante desse jeito. Vejo o Oliver progredindo, se superando ao dar um passo de cada vez e penso "a vida é dura, mas de uma forma ou de outra temos que seguir em frente, sempre seguimos em frente".
      Adoro esse game!

      3 respostas
  • edknight Eduardo Botelho
    2018-10-05 11:59:35 -0300 Thumb picture
    edknight fez um check-in:
    <p>Depois de liberar o miasma do pântano, consegui - Alvanista

    Depois de liberar o miasma do pântano, consegui atravessar, rumo ao confronto final com o Dark Djinn. Mas é obvio que não seria assim tão fácil, e o chefão mandou seu guarda costas, Vileheart

    Eu tô ficando confiante de novo, porque um chefe que era pra meter medo e eu consegui passar tão fácil dele. Ele dropou um item chamado Soulsnare, que era onde a alma da grande maga Alicia estaria presa e... bom, essa parte aqui tem tantas reviravoltas que irei me abster de comentar muito. Basta dizer que ganhei uma magia nova, Mornstar, e tive que lutar com um boss de novo, mas usando a magia recém aprendida, eu conseguia arrancar entre 300 e 400 de dano com cada lançamento.

    Depois disso, fui de novo para Miasma Marshes, e enfim para o palácio do Shadar, Nevermore.

    A dungeon é bem linear, mas é difícil porque os corredores estreitos não são práticos pra evitar batalhas, e eu tive que encarar quase todas as lutas pelo caminho. Meus familiares estão bem fortinhos, mas os inimigos me vencem pelo cansaço, já que lá pelo meio do castelo a mana para lançar magias de cura está crítica. Mas depois de um bocado de esforço, peguei todos os baús, explorei todo o mapa, recrutei uma Ghost Wisperer que precisava pra adiantar a última quest disponível, e cheguei no Shadar.

    Primeiro, ele tenta dissuadir a equipe de lutar com ele, contando uns spoilers da história. Oliver decide enfrentar ele mesmo assim. E a luta foi muito fácil. Fácil demais. Não gosto quando uma luta contra o chefe final é fácil demais, porque isso geralmente é sinal de que tem uma segunda fase.

    Shadar usa um summon pra colocar o Eternal Knight na treta. Bom, ele parecia meio difícil, então e gastei meu mana nele com gosto, ele ficou com a vida crítica com meus usos da Mornstar, e uns poucos Glims Dourados terminaram o serviço. E daí eu descubro, depois de gastar todo meu recurso nessa luta, que ainda tem mais uma fase da luta contra o Shadar.

    A última fase foi fácil, o único golpe realmente perigoso dele é telegrafado demais (mas ainda assim errar a defesa é quase uma sentença de morte da party inteira). Mas eu consegui vencer ele praticamente usando o Dynamite, e com uns glims azuis que eu conseguia, usava Mornstar nele. Demorou um pouquinho, mas venci.

    Aí teve um grande diálogo entre o herói e o vilão, teve o backstory do Shadar, e o momento final feliz, onde todas as pessoas que o Oliver salvou iriam para uma festa em Ding Dong Dell e ele faria sua despedida desse mundo de fantasia, após crescer bastante em sua jornada e conseguir forças para seguir adiante.

    Mas, de novo, tudo tava indo bem demais...

    18
  • edknight Eduardo Botelho
    2018-10-03 10:39:22 -0300 Thumb picture
    edknight fez um check-in:
    <p>Surpresa hoje não começar com checkin de Opera O - Alvanista

    Surpresa hoje não começar com checkin de Opera Omnia, mas voltei a jogar no Play (tem uns jogos pendentes ali que quero terminar, e logo).

    Nesses últimos dias eu tava tentando me lembrar como que joga isso, já que eu parei na parte em que o Oliver tenta restaurar o poder da Monstar, e isso faz alguns anos já. Mas aí peguei minha lista de sidequests, cacei uns monstros, procurei itens pro povo, e mais ou menos peguei o jeito, então fui em busca das três jóias da varinha.

    Um dos pontos tava apontando para o mar do norte, quando cheguei lá teve uma bossfight bem fácil. O que eu não imaginava era que a luta foi fácil porque o boss de verdade vinha depois. O Capitão Crossbones foi terrível, não pela dificuldade da luta (que foi bem difícil para quem tava voltando ao jogo agora), mas porque um dos principais ataques dele causavam um dano absurdo na party, e convertia esse dano em cura para ele. Só consegui equilibrar a luta quando toda a party morreu e ficou só o Oliver soltando fogo e defendendo contra esses ataques esperando sair um orbe dourado pra usar Burning Heart.

    O próximo foi o Aapep, o chefe foi meio chato também, mas menos que o anterior, já que ele não tinha cura. Usei a mesma tática do chefe anterior e deu certo. Acho que a maior dificuldade aqui foi a dungeon em si, já que uma boa parte dela o time está transformado em sapo.

    Por fim, fui para Yule, a terra da neve. Lá peguei mais umas quests, fui pra uma das dungeons mais terríveis até o momento (cada luta contra mob era um esforço tremendo, acentuado pelo fato que meus familiares mais usados chegaram no último estágio e voltaram para o primeiro nível). Mas depois de muitas tentativas, cheguei no Cerboreas, a luta contra esse chefe é sensacional. De novo solei com o Oliver, e dessa vez ainda mais dependente do Burning Heart.

    Depois de juntar as joias, a galera foi pra Hamelin, mas o Marcassin não conseguiu restaurar a Monstar. Depois de um belo rolê achamos quem poderia fazer isso, a líder de Perdida, Khulan. O problema foi chegar lá e ver que a cidade estava esquisita, nem musica toca lá, e logo descobrimos a raiz do problema, e mais uma bossfight.

    Eu lembrava mais ou menos de umas duas lutas contra Nightmares, ainda assim esse aqui deu bastante trabalho. Os movimentos especiais dos Nightmares são fáceis de bloquear, mas esse aqui dava muito status negativos, às vezes mesmo bloqueando. Além disso ficam umas nuvens pretas no chão que causam poison. Foi fácil uma meia hora de combate aí.

    Liberando a Khulan, liberou também o amor como um dos "itens" que eu consigo com Take Heart, logo fui fazer sidequest de novo. Isso foi bom porque vi que tava jogando meio errado, melhorei alguns familiares, ganhei bastante lv, tinha umas caças de alto nível que eu tava enrolando pra fazer, fui terminá-las. 

    A Khulan disse que pra enfrentar o chefão Shadar eu ia precisar de um instrumento forjado pelos reis das 3 grandes nações. Pegar a madeira sagrada em Al Mamoon foi fácil, em Ding Dong Dell fomos roubados, e na jornada para recuperar esse item, acabamos achando outro Nightmare.

    Esse aqui era mais fácil que o anterior, mas a prova que eu tava jogando muito errado era que cada bossfight desse checkin eu demorei entre 20 e 30 minutos, e esse último Nightmare foi pro saco em menos de 5. E com toda a party viva. Enfim, derrotando o fantasma da Ambição, fiz mais quests restaurando os "brokenhearts" do mundo todo, cacei uns bichos mais fortes, revisitei todas as dungeons pra pegar os baus roxos, e fiz todas as sidequests exceto uma. Restaurei o instrumento Clarion, e parei logo na entrada do pântano logo após sair de Perdida.

    19
  • raiden Raiden
    2018-08-18 21:54:28 -0300 Thumb picture
    raiden fez um check-in:
    <p><a href="http://alvanista.com/raiden/posts/25003 - Alvanista

    Já finalizei essa obra de arte a mais de 4 anos atrás, escrevi uma análise completa, e hoje depois de alguns aninhos volto eu aqui no fantástico mundo de Oliver!!!! PQP!!!! Que jogo magnífico!!!! Verdadeira obra de arte em todos os sentidos!!!!!

    19
  • raiden Raiden
    2018-08-18 17:13:19 -0300 Thumb picture

    Que felicidade!!!

    Quem me acompanha a mais tempo sabe que eu doei  a muito tempo atrás o meu PS3 mas fiquei com os meus jogos aqui empoeirando. Mas graças ao  meu aluno José Pianta (que me fez um preço muito bom) comprei de novo um PS3!!!! Muito obrigado José!!!!!

    E os primeiros jogos da lista que irei tirar da estante e matarei a saudade são óbvios!!!!!!

    Rejogar essas pérolas não tem preço!!!!!!!

    38
    • Micro picture
      raxgmr2 · 2 meses atrás · 2 pontos

      Parabéns! xD PS3 é MUITO bom <3 <3 s2

      1 resposta
    • Micro picture
      solidrenan · 2 meses atrás · 2 pontos

      Boa!!! Tenho que usar mais o meu, tenho muito jogo pendente da época que peguei o ps4

      1 resposta
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 meses atrás · 2 pontos

      Pensando em comprar um, tem muita coisa que me interessa nele!

      1 resposta
  • joanan_van_dort Joanan Oliveira Batista
    2018-07-26 13:54:45 -0300 Thumb picture

    Ni no Kuni edições especiais! (Meu coração e$tá $angrando!)

    Ni no Kuni edições especiais! (Meu coração e$tá $angrando!)
    Não tenho dinheiro pra comprar NENHUMA dessas versões... triste...

    Esse é o meu jogo, que é americano

    Ni no Kuni: Wrath of the White Witch é um JRPG simplesmente FABULOSO! Nem tanto pelas mecânicas de batalha que se tornam repetitivas com o tempo, ou pela exploração de ritmo lento dos mapas, ou ainda pelas dungeons um tanto quanto lineares, ou então (essa parte é bem legal!) pelos Familiars, que são os bichinhos (tipo pokémon extremamente simpáticos e carismáticos) que ajudam nas batalhas, uma vez que é necessário que cada membro da party tenha o seu, e que são colecionáveis o tempo todo (444 no total), inclusive evoluem e tals.

    Este é o primeiro Familiar que Oliver ganha. E eles são adoráveis!

    Nada disso é tão memorável assim, muito embora dentro das propostas funcionem perfeitamente! Mas são componentes do todo. O pilar de sustentação está na produção, na historia e no modo como ela é contada. 

    Toda a parte artística, desde a trilha sonora, concepção dos cenários, personagens e animação das CGs, foi produzida e feita pelo Studio Ghibli S2. Até onde sei este é o único jogo com algumas partes feitas totalmente dentro do Studio. O 2 não teve participação dele, somente de algumas pessoas que trabalham ou que trabalharam lá, e também do Joe Hisaishi novamente nas músicas. Acho que essa é a ligação mais forte do segundo jogo com o primeiro, assim como com Ghibli.

    O tema central é a jornada do luto. Oliver perde a mãe logo no começo e fica sozinho no mundo. A partir deste ponto toda a trama acontece. Um tema abordado com muita base psicológica e com camadas de profundidade bastante densas, mas apresentado com narrativa e construção leves, de maneira suave, entretanto com características emocionais e empatia com o personagem Oliver muito fortes, uma vez que tudo acontece conforme seria do ponto de vista de uma criança. E assim ele segue a vida e amadurece (eu passei por algo parecido quando perdi meu pai, mas sem a fantasia e a magia que o jogo entrega, claro). 

    Oliver mais novo e sua mãe

    Dentro do jogo: Oliver e Drippy  no reino do King Tom XIV, que é um gato gigante. Essa imagem é de um gameplay meu =)

    Enfim, é um jogão que deveria ser experimentado por todos que gostam de jogos visualmente bonitos (Studio Ghibli é vida!), historias profundas e bem contadas e gostosos de jogar. 

    Mas vamos ao que vim realmente mostrar... as edições especiais e extras que saíram com o jogo no mundo!

    REVIEW | NI NO KUNI: Aventure-se em um outro MUNDO cheio de MAGIA! (Nintendo DS e Playstation 3)

    Nesse vídeo eles mostram detalhadamente as duas edições do jogo. A normal de DS que saiu no Japão e que parece uma edição especial!

    A edição do Nintendo DS vinha com o livro no pacote, uma vez que é preciso tê-lo para conseguir jogar

    Depois a edição de colecionar norte americana que é um treco excepcional! Ah! como eu queria pôr minhas mãos gordas e suadas de emoção nessa! xD

    A versão americana completa com o CD especial, as artes, cards e a moeda

    TIRANDO DA CAIXA! - Ni no Kuni: Wrath of the White Witch - Wizard's Edition.

    Aqui o Leon abre uma versão lacrada da edição de colecionador européia. Poderia conseguir essa, não tem problema, pois o jogo americano eu tenho! xD

    Wizard's Edition europeia

    Há também uma edição da OST do Joe Hisaishi e que foi lançada em CD duplo nos EUA depois da edição especial do jogo. Essa eu queria MUITO também! A trilha sonora é FANTÁSTICA! Hisaishi é sempre genial. 

    Infelizmente não encontrei nenhum vídeo com as músicas completas, somente esse teaser da gravadora/distribuidora

    A primeira imagem é a versão que vem dentro da edição norte americana e que tem duas músicas. A segunda tem a trilha sonora completa e foi vendida de forma avulsa. E ainda tem essas artes bonitosas impressas em cada disco...

    Para quem quiser comprar digital, está à venda na Amazon americana e custa U$17,98 o álbum, ou U$0,99 cada, sendo 33 músicas no total:

    https://www.amazon.com/Ni-Kuni-Wrath-Original-Soun...

    Pra quem é pobrão que nem nóis, taí alguns links "free"

    Aqui basta clicar na música pra ela tocar
    https://downloads.khinsider.com/game-soundtracks/a...

    E eis o download das músicas em formato .flac pra quem quer ter o arquivo pra converter e colocar no celular.

    Disco 1:
    https://mega.nz/#!u9km3Qib!vmA4oAR-8sGSAO6-IAU8It2...

    Disco 2:
    https://mega.nz/#!7k0TAA4K!aM7rFtAN0LypqNPwtN4USbU...

    Pra quem quiser ver, segue o livro online:
    https://imgur.com/a/lyoth#0

    Em pdf:
    https://docs.google.com/uc?id=0B2eiGofvfv8nbXZGbV9...

    Acho inclusive que deveria sair na Steam. Se o 2 saiu, porque raios o 1 não? Algum problema de licenciamento com o Studio Ghibli, talvez? É provável. Até porque ele é bastante restrito, pois a versão de DS só saiu no Japão e a de PS3 é um tanto quanto cara... Nunca vi pra vender por aqui nenhuma das edições especiais que possuem o livro impresso do Oliver em inglês.
    Esse livro faz parte do jogo. No PS3 ele é acessível pelos menus, uma vez que é essencial para o desenvolvimento do personagem. Contém coisas extras que explicam sobre os Familiars, sobre a historia dos lugares, as lendas e, principalmente, guarda as magias que ele aprende e usa na jornada. Uma edição impressa dele é um sonho pra mim! 

    As versões de lojas estrangeiras passam facilmente dos R$2K se pensarmos em taxas e impostos.

    Bom, é isso. Essas são todas as informações destas versões que possuo agora. Espero um dia poder mostrar a vocês a minha Wizard's edition! xD

    30
    • Micro picture
      santosmurilo · 3 meses atrás · 2 pontos

      Adorei o jogo e procurei essa edição especial por muito tempo! O preço é salgado e infelizmente não pude comprar. Mas caso eu pudesse, compraria c os olhos fechados.

      Esse livro tem uso. É o msm livro de feitiços usado ingame e conta com todas as informações da versão digital

      1 resposta
    • Micro picture
      mattfenrir · 3 meses atrás · 2 pontos

      Eu errei a build do meu familiar, dei a comida errada hasuahusa. Preciso urgente jogar de novo. Diga-se de passagem que no Brasil só tem a contracapa em espanhol, por ser a versão América Latina.

      3 respostas
  • 2018-07-08 21:41:30 -0300 Thumb picture

    Galera que jogou Ni no Kuni no ps3

    Eu vi que o jogo vem em dois downloads ele acabou por baixar e instalar a versão de 5gb e tem mais uma com 16 gb, quem jogou porfavor me explica como isso funciona?

    Nunca vi um download estranho como esse kkkk.

    18
  • solidrenan Renan Do Prado
    2018-06-30 18:35:03 -0300 Thumb picture

    Desafio das 20 músicas

    @desafio de músicas que me marcaram de alguma maneira, ou que ficaram eternamente gravadas na mente por algum motivo.

    Dia 8:

    Por uma completa sacanagem um canal do youtube mandou tirar TODOS os vídeos comas as OSTs de Ni No Kuni 1 e 2 do youtube. TODOS. Eu queria usar um vídeo que até tinha favorito que tinha as letras, mas vou ter que me contentar com essa versão "estendida" que nem ouvi inteira pra ver como que ta, mas vai essa mesma...

    11
  • raiden Raiden
    2018-06-21 10:38:28 -0300 Thumb picture
    raiden fez um check-in:
    <p><strong style="background-color: initial;">Desaf - Alvanista

    Desafio dos 10 jogos!!!

    @desafio 10 games que causaram impacto em mim. Uma imagem apenas, sem explicação. 1 game por dia. E a cada game uma indicação de amigo para participar.

    Dia 7

    Link do Dia 8

    Link do Dia 6

    Minha crítica do game!!!

    Não vou indicar mais ninguém... Acho que todo mundo que conheço já fez então, se você está morrendo de vontade de fazer mas ainda não fez porque ninguém lhe indicou, eu lhe indico! Faça! Pode me marcar! ^^

    17
  • srnicko012 SrNick012
    2018-06-20 00:56:44 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 10 Jogos

    @desafio dos 10 games que causaram impacto em mim e que consiste em colocar uma imagem apenas, sem explicação. Um game por dia e a cada game, indicar um amigo para participar.


    Dia 4

    Você ai que ainda não fez, bora fazer! o/ 

    15

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...