Medium picture

vine Vinicius Do Prado Vieira

Leeeeettt's paaaarrrty... If you think you can keep up


over 7 years ago 2013-02-28

Dark Souls

Dark Souls é, sem dúvidas, uma das experiências mais completas que tive nesses mais de 15 anos jogando videogames.

Trilhando pelo mesmo caminho de seu antecessor espiritual (Demon's Souls, ou "DS" para os mais íntimos) o jogo traz todas as características que já possuía, e traz um pacote imenso de novas e sofisticadas características.

Jogabilidade

O ponto mais forte do jogo pra muitos, e primeiramente pra mim também, quando me interessei pela série Souls. Os comandos não são como os usuais de um action-RPG, você pode levar um tempo pra se acostumar caso seja um novo jogador da série, mas funcionam perfeitamente dentro de toda a arquitetura do sistema de combate e exploração do game! O design das áreas, posicionamento de monstros, armadilhas e detalhes é meticuloso e mesmo após muita experiência alguns pontos do jogo ainda são desafiantes pelo inteligente design com que foi concebido. Só não recebeu um 10 na minha análise por conta de alguns glitchs que podem acontecer, tais como o "buffering do R1", que faz com que seu personagem realize um ataque com um atraso que é engatilhado por levantar seu escudo novamente, vez ou outra isso acontece mas com o tempo você aprende a lidar com o glitch e tudo roda suavemente.

Como já deve ser bem sabido por quem procurou essa review, o jogo é sim bem difícil. Ele vai te punir pelos seus erros e fazer você chegar muito próximo do limite de ter de executar as coisas beirando a perfeição algumas vezes, principalmente quando você não tem uma estratégia pronta pra atacar o inteligente design e precisa contar apenas com seus reflexos e capacidade de reação. Mas não se assuste! A experiência realmente traz resultados (e bem rápido) nesse jogo, o negócio é não desistir, porque quanto mais difícil for maior será sua sensação de recompensa quando você derrotar aquele chefe que te travou ou aquela passagem que acaba com seus recursos.

E vai aqui uma dica: planeje-se! Esse jogo tem mecânicas muito bacanas e que permitem personagens de baixo nível atacarem incríveis desafios com êxito, mas não tente ser um herói principalmente se você for um jogador de primeira viagem. Abuse da vantagem estratégica e tática que você tem antes mesmo de se jogar no coração da batalha, escolha bem seus equipamentos e invista os atributos no seu personagem com consciência.

História

10 com mais gosto que dei na minha vida, caros leitores! Dark Souls é o jogo que mais se aproxima da interação com a história que você possui num RPG clássico, num RPG "de mesa". O role-play é intenso pra quem gosta, a história é apresentada de forma sublime e pode passar batido na maioria das vezes (aconteceu comigo durante os primeiros playthroughs, até que joguei sossegadamente e comecei a ler descrições de itens, reparar na localização de cadáveres e itens ou mesmo em eventos engatilhados pelo jogo em determinadas situações). Mas além de permitir a você e ao seu avatar no mundo de Lordran uma interação fantástica com o enredo, ele te faz querer buscar o mesmo por não ser óbvio e "jogado na sua cara", ele te obriga a investigar pra saber mais, e deixa muito espaço pra especulação e imaginação; o que particularmente vejo como uma ferramenta dos desenvolvedores pra aumentar ainda mais a interação do jogador com o mundo de Dark Souls. A "lore" de Dark Souls é fantástica, é um ticket de viagem pro mundo de Lordran e seus mistérios, pra sua imaginação, e serve até como um "exercício" dos seus valores morais (do seu personagem, na verdade!) de acordo com as suas decisões.

Quem já jogou o game e não viu muita coisa na história, recomendo fortemente que voltem pro jogo e leiam os itens com atenção, reparem na localização das coisas e nos diálogos. Vale muito a pena pra quem gosta de role-play e de um enredo bem construído e misterioso.

Música

Sou suspeito a dizer sobre esse aspecto porque sou grande fã do Sr. Sakuraba, o compositor das OSTs de vários outros RPGs que já joguei (props pra trilha sonora de Valkyrie Profile aqui). No geral as músicas são orquestradas, com corais femininos e masculinos, ouvir a OST em qualidade de CD é quase um orgasmo musical!

A ambientação do jogo é silenciosa, você não mais ouvir músicas até entrar numa batalha importante ou qualquer outro evento especial. Acredito que isso seja uma ferramenta também pra ajudar na imersão e dar aquele "tchan" pra sua empolgação quando chegar em uma batalha contra chefe(s) extremamente difíceis!

Gráficos

Os efeitos de luz são bons, a arte é de extremo bom gosto tanto nos monstros quanto nos equipamentos do seu personagem. O jogo tem a qualidade gráfica necessária pra conseguir fazer você sentir o que os desenvolvedores queriam que você sentisse. A ambientação é primorosa e muito importante até pra lore do jogo.

Não sei dissertar longamente sobre a parte gráfica, mas é um jogo que me agradou muitíssimo em seu visual.

É isso. Esse jogo é um "must play" dessa geração, é um dos (se não "O") melhores jogos que já joguei em toda minha vida, pude experienciar tudo que um game pode te fazer experienciar com essa obra de arte.

9.5 9.5 10
Overall
9.5 Gameplay
10 Story
10 Music
8.5 Graphics

8 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...