Medium picture

juninhonash Juninho Rodrigues

It's gonna be a hell of a party


about 4 years ago 2015-06-22

Batman: Arkham Origins Blackgate - Deluxe Edition

Arkham Origins já foi recepcionado de forma bem dividida, e Blackgate foi ainda mais porém pesando mais pro lado negativo. A proposta, inicialmente muito boa, é jogada no lixo por diversos fatores.

História do jogo já começa de forma errônea, copiando descaradamente elementos de Arkham City, trocando a mansão Arkham pela prisão Blackgate dividindo os setores da prisão em três partes, uma pra Coringa, outra pra Máscara Negra e outra pra Pinguim.

Ou seja, já começa errado pegando elementos totalmente prontos e jogando-os de qualquer  forma, a diferença é que aqui mostra a Mulher-Gato tentando forçadamente apresentá-la ao universo da série Arkham.

Não vou negar que a conclusão é interessante e bem ousada pelo menos, mas ainda assim, não deixa de ser parcialmente uma colagem.

O gameplay é a parte menos dolorosa de toda a tortura que é jogar Blackgate, apresentando um sistema simples, levemente eficiente, mas que também falha e num combo você pode mirar no personagem e dar um soco no ar, o que é estranho uma vez que os combates são em duas dimensões e não em três como no habitual da série.

Acontece que temos dois planos na hora dos combates, mas não se sabe exatamente quando entra em um ou outro e nos combates isso fica absurdamente confuso.

A inteligência artificial dos inimigos é dividida em duas, os desarmados que mal se movem e os armados que são como ninjas, te percebem a quilômetros e te atiram de forma que te matam dando pouco espaço pro entendimento do que realmente aconteceu.

Chega a ser totalmente ilógico, eles conseguem te achar escondido mesmo sem dar o menor sinal, e os tiros em Blackgate matam MUITO rápido. Mas dentro de tudo isso na prisão existe uma boa ideia, que é achar partes de outras armaduras do Batman e apetrechos dele e etc, porém explorar Blackgate é MUITO chato. Exploração nesse jogo é sinônimo da palavra tédio.

No começo é empolgante, mas você percebe o quanto é confuso o level design do jogo, não somente por usar aspectos em 2.5D e sim por ser terrivelmente bagunçado, algumas partes o mesmo comando pra subir ou descer são diferentes e me deixaram até meio confuso, é como se a própria lógica funcional do jogo se alterasse e as batalhas com chefes são em grande maioria baseadas em Quick Time Event mas são dolorosamente chatas e as boas como de Grundy, Deadshot ou Coringa são ofensivamente curtas. Mas a batalha final é bem boa, pena que também é curta.

Gráfico do jogo é feio se tratando de uma versão caseira, originalmente feito no Vita, provavelmente não incomodaria no portátil mas nos consoles é jogado de qualquer maneira, gerando um aspecto meio feio, mas o que eu realmente gostei foram as ilustrações usadas pra contar parte da história, por mim usariam o traço dela nos sprites.

E nem mesmo musicalmente Blackgate escapa, a maioria do tempo toca músicas muito mornas, não necessariamente ruins, mas implicando total tédio na já tediosa exploração da prisão.

Infelizmente, Blackgate é uma excelente ideia mas usada de maneira completamente errada e absurdamente tediosa. É um jogo quase que "metroidvania" porém usado de maneira confusa e muitas vezes sem uma recompensa satisfatória, se tornando assim um jogo terrivelmente maçante, tedioso e repetitivo.

O famoso tiro que saiu pela culatra. Blackgate tinha tudo pra ser um jogo absolutamente incrível.

3.5 3.5 10
Overall
5.0 Gameplay
4.0 Story
5.0 Music
4.0 Graphics
Explorar é legal, nos primeiros momentos
Parte da história é contada por ilustrações muito boas
Quantidade saudável de colecionáveis, caso goste de explorar
Três finais levemente diferente de acordo com o último chefe vencido
Tédio ao explorar Blackgate
Itens escondidos são MINÚSCULOS e não são fáceis de ser vistos a uma distância considerável
Uso cansativo do scanner
Mapa extremamente confuso
Portado de qualquer maneira

13 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...