This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • hanzy Gustavo
    2021-03-21 09:10:51 -0300 Thumb picture
    Post by hanzy: <p>#img#[766944]</p><p>enquanto a EA vai lançar os

    enquanto a EA vai lançar os 3 Mass Effect completos remasterizados com as DLCs e a porra toda, a Atlus vai lançar um jogo remasterizado, vendendo separadamente uma dificuldade e um boss diferente. 

    Olha eu amo a Atlus, muito por causa de SMT/Persona, mas sempre adorei Etrian Odissey e os jogos da Vanillaware, mas sinceramente vai tomar no cu, se fosse pelo menos o IV que ficou no portátil e tem DLCs a parte, ainda seria uma filha da putisse, mas isso é demais. 

    Vou emular ele com a consciência tranquila , depois eu pego em uma sale quando tiver uns 75%  de desconto.

    21
    • Micro picture
      jcelove · 27 days ago · 3 pontos

      Pelo preço estupido q ela ta pedindo nao da pra pagar mesmo nao. Pior q ate no steam ta esse absurdo. E pensar q o persina gokden saiu a 70 pila....

      6 replies
    • Micro picture
      mastermune · 27 days ago · 2 pontos

      STONKS!!!

    • Micro picture
      noblenexus · 27 days ago · 2 pontos

      Quando os caras tão mais mercenários que a EA o bagulho ta feio

      1 reply
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2021-03-19 11:08:25 -0300 Thumb picture

    Shin Megami Tensei III : Nocturne HD classificado para PC

    O ESRB orgão de classificação etária americano, e o PEG Europeu, classificaram Shin Megami Tensei III : Nocturne HD Remaster para o PC

    A remasterização foi anunciada em Outubro de 2020 para Switch e PS4 e chega neste Outono no Ocidente, a versão PC ainda não foi anunciada oficialmente pela Atlus

    31
  • wiegraf_folles_ Michael Oliveira
    2021-01-02 06:43:07 -0200 Thumb picture
    Post by wiegraf_folles_: Nah Dragon Eye e skills do tipo são muito restritas

    Nah Dragon Eye e skills do tipo são muito restritas a bosses e sub-bosses

    Snipe no MC com crit é muito mais causa de RNG screw do que qualquer coisa (as skills de Claw dos mobs tem base power muito alto a ponto de ser uma das melhores que você pode usar e quase todo monstro com garras tem).

    Por isso que além de Use buffs distribua em Vit é uma ótima pra jogo.

    Todo mundo odeia o Demi-fiend

    Review by: @manoelnsn

    Shin Megami Tensei é uma franquia de RPG da Atlus (que hoje faz parte da Sega) já existente desde os primórdios dos...

    Keep Reading →
    6
    • Micro picture
      manoelnsn · 4 months ago · 2 pontos

      A partir de certo ponto do jogo TODA área que tu vai tem algum inimigo normal com Dragon Eye/Beast Eye. Na certa tu teve sorte e nem percebeu, ahuahaua

      E como eu falei: não importa se seu Demifiend está preparado, isso não significa que ele está imune a tudo (Masakados faz isso, mas lá pro end game). Mas a graça de Nocturne também é justamente isso, aahuahuah

      3 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2021-01-01 12:22:03 -0200 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Com pouco mais de 60 horas... Jogo finalizado!</

    Com pouco mais de 60 horas... Jogo finalizado!

    Ontem devo ter ficado umas 10 horas jogando, só parando pra comer e ir no banheiro, porque depois que um jogo passa as 40/50 horas já começo a ter pressa para terminá-lo de uma vez. A dungeon final do Nocturne foi gigantesca, cheia de puzzles com teletransportes que me tiravam do sério, mesmo com eu usando detonado!

    O final boss foi bem fácil até (aliás, todos os bosses comuns desse jogo tendem a ser fáceis, exceto se a RNG resolver tirar uma com a sua cara) e meu time com a Harlot (a prostituta da Babilônia da bíblia), Daisoujou (o melhor fiend do game) e o Black Frost (hee-hoo!) derrotaram o globo de boate (que depois virou um cabeção) sem muitos problemas... Mas quando chegou o Lucifer, vulgo Lulu, a porca torceu o rabo!

    No começo ele é bem tranquilo, mas depois de perder HP o miserável começa a usar High King, Dekunda, Dekaja e Root of Evil direto, com esse último sendo um golpe onde ele pode não fazer nada com o personagem (se ele tiver imunidade à status negativos) ou te deixar com um farelo de HP, o que foi matando meu time inteiro! Daí tive que pegar alguns capetas na reserva pra aguentarem uns hits e me darem tempo de reviver o time principal (já que eles estavam treinados, entupidos de mitamas e coisas do tipo). A batalha deve ter durado uma meia hora, mas pouco depois da meia noite, em meio à alguns fogos do ano novo, o capetão sucumbiu e comecei o ano com um jogo a menos na minha lista!

    No geral, posso dizer que Nocturne é exatamente aquilo que eu pensava mesmo antes de jogá-lo: um jogo com uma ambientação incrível, um lore vasto, um combate básico de fraquezas elementais (só que punitivo, o que te dá satisfação ao conseguir superar as roubalheiras que a IA faz, como Dragon Eye e monstros mais lentos começando a luta com prioridade), dungeons gigantescas repletas de puzzles, uma história picolé de chuchu, um cast insosso e um pobre de um protagonista que serve de capacho pra todo mundo e sequer pode se dar ao luxo de usar uma camisa (ou algum look mais ameaçador do que uma bermuda esmagando os testítulos e tênis) ou de ter sua própria personalidade e princípios. 

    Não é um jogo ruim, mas também não é incrível/maravilhoso/epítome da maturidade/melhor sistema de combate ever/entre outras coisas que comumente são ditas pra ele. No geral, ele me lembra bem Earthbound, já que ambos têm uma boa ambientação e worldbuilding, além de um sistema de combate basicão, mas que possuem problemas em partes um tanto importantes para um RPG... Enfim, essas são minhas impressões finais do jogo, mas a episteme de tudo só vai vir na review mesmo, a qual devo começar a fazer hoje, e como são muitas coisas para falar, talvez só a termine amanhã... 

    Enfim, é isso, até o próximo check-in (provavelmente de outro jogo sombrio de outro console da Sony), e feliz ano novo pra todo mundo aqui da rede! E que 2021 seja bem melhor pra todo mundo!

    35
    • Micro picture
      kalini · 4 months ago · 3 pontos

      "Outro jogo sombrio da Sony"... Agora vai jogar Koudelka/Shadow Hearts?

      1 reply
    • Micro picture
      kalini · 4 months ago · 3 pontos

      Feliz 2021 pra voce tambem, manoel!

      1 reply
    • Micro picture
      kalini · 4 months ago · 2 pontos

      Suas impressoes são quase identicas que aminha, com a diferença de que realmente amei bastante o sistem ade batalha, justamente por voce colecionar uns demonios e tudo que vale pra voce vale pro inimigo na maioria das vezes. A historia tem uma narrativa e conclusoes decepcionantes mesmo, mas a lore compensa muito.

      12 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2020-12-26 09:29:26 -0200 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Pessoas normais passam o natal com a família em

    Pessoas normais passam o natal com a família em confraternizações... Eu passei jogando Nocturne, com o Sérgio Malandro, ahauhaua

    Estou com 27:54, quase 28 horas. Queria ter chegado pelo menos a 30 ontem, mas hoje devo resolver isso. Enfim, quanto ao jogo em si as coisas continuam caminhando num ritmo bem arrastado com relação à história, onde só passou até então uma única dona contando a Reason dela, que é um lance darwinista, da sobrevivência do mais forte.

    Não fica muito claro como ou porquê essa dona frágil chegou à essa conclusão (na verdade nem sei muito sobre essa dona, no geral), mas creio eu que explicam alguma coisa na dungeon extra que tu tem que completar com os candelabros, o Labirinto de Amala...Quanto ao combate, é aquilo que eu já tinha percebido desde o começo: um jogo de turnos focado em buff/debuf e fraquezas elementais, só que punitivo, já que tu se lasca se errar o ponto fraco do oponente, se falhar o golpe e por aí vai. O oponente também pode fazer o mesmo, MASSSS eles têm certas vantagens contra ti, em especial coisas como Dragon Eye (que dá press turn de graça pros putos) e o fato de se o protagonista morrer ser game over, e alguns inimigos A-DO-RAM focar os ataques nele...

    Eu entendo o motivo do jogo ser opressor assim, com cada batalha random podendo ser a última, e nesse sentido tá o ponto que mais tô curtindo da coisa toda: a ambientação. Isso sim é uma ambientação sombria de acordo, com várias dungeons diferentes, embates comuns que podem te matar rapidamente... Mas o sistema de combate no geral são outros 500 e até o momento acho ele bem repetitivo e um tanto cansativo (especialmente pelo fato de tu ter que trocar de capeta/magatama toda hora), mas ainda devo estar lá pra metade da coisa toda, então vejamos como as coisas vão se suceder daqui em diante...

    Ah sim, também apareceu um minigame de montar blocos onde tu controla o Pyro Jack, e é legalzinho até. Tive que passar 20 fucking níveis para conseguir outra Magatama (se não me engano preciso de todas para adquirir a Masakados, que vai me ser bem útil contra o Lucifer). AAnyway, meu objetivo hoje é chegar até umas 35 horas, mais ou menos e terminar esse jogo até o final de semana que vem, mas até lá... Bora novamente rumo à porta dos desesperados!

    22
    • Micro picture
      kalini · 4 months ago · 2 pontos

      Passou o natal rejeitando a deus, hahaha!

      é.... parece que voce não vai curtir esse jogo. Se não achou grande coisa as batalhas, então o jogo ja morreu por aí mesmo.

      3 replies
    • Micro picture
      fonsaca · 4 months ago · 2 pontos

      Se curtiu o lance da sobrevivência, jogo Breath of Fire Dragon Quarter. Lá cada batalha também pode ser a última e os saves são limitados como nos Resident Evils.

      6 replies
    • Micro picture
      carlospenajr · 4 months ago · 2 pontos

      To só esperando a reclamação da Torre que tem as 3 irmãs do destino XD
      A história é bem arrastada e estranha, mas ainda assim é o meu SMT favorito, talvez por ter sido o primeiro que eu realmente joguei a finco (primeiro mesmo foi o Persona 2, mas nhé :/)
      A dungeon extra não explica coisa da história principal, não dos outros personagens pelo menos, mas faça ela, é bem interessante, as outras explicações ocorrem durante o jogo mesmo, só demora XD

      6 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2020-12-20 11:34:10 -0200 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Serginho Malandro voltou!</p><p>#img#[751435]</p

    Serginho Malandro voltou!

    E agora já se foram 9 horas de jogo (8:59, pra ser mais preciso) e realmente não parece que estou jogando um RPG japonês aqui... Não me refiro à parte gráfica da coisa toda (já que anjas voluptuosas com roupa de sadomasoquista tu só acha no Japão mesmo) e sim à maneira como a aventura acontece, com tu controlando um zé roela self insert cujo objetivo é incerto e que precisa sobreviver em um mundo tremendamente hostil e nada familiar ao jogador.

    Em resumo: é como se eu estivesse jogando um RPG ocidental, só que sem aquele lance de liberdade de exploração, já que Nocturne é bem linear (ao menos nesse começo, com eu no máximo conseguindo passar uma ponte e grindar com uns bichos mais fortes do outro lado). A trama também é quase inexistente, e aos poucos o Sérgio Malandro vai encontrando os outros candangos que sobreviveram à hecatombe da macumba que transformou o mundo em um enroladinho gigante.

                   NEM PENSE EM SAIR DO TIME, PIXIE! JÁ SEI QUAL É A SUA!

    Quanto ao gameplay, é uma versão mais pauleira do sistema dos personas do Hashino, só que ao invés do 1 more e do all out attack tu tem o famigerado press turn, onde tu tem que acertar fraquezas, evadir ou dar danos críticos pra conseguir mais turnos, com os inimigos também podendo fazer o mesmo. Isso seria o sistema de turnos perfeitamente equilibrado? Bem, é cedo pra dizer, mas acredito que não, pois tenho a impressão que os inimigos aqui têm bem mais vantagens que o jogador... Os demon talks continuam legais como sempre, mas a capetada aqui é bem gananciosa e vive te pedindo grana e itens, ou mesmo sugando seu HP e nem todos são recrutáveis, ao menos à priori... Também tem uma sacanagem que nem sempre o pokémon que tu capturar vai vir com as skills que ele usou no meio do combate: isso aconteceu quando tava procurando um capeta com rakukaja, vi a Hua Po usando na luta, peguei ela e a cretina ainda não tinha aprendido a droga da magia...

    E falando em sacanagem, apareceu o boss mais famoso do jogo: Matador e como eu tinha me preparado bastante antes de encarar o caveirão toureiro, consegui derrotá-lo sem mais problemas. Porém agora entendo muito bem o motivo de tanta gente dar ragequit no jogo depois de encarar ele, pois o game realmente não te prepara pra essa batalha. E é fácil de entender isso por alguns motivos:

    1 - Todos os inimigos do jogo até então tinham algum tipo de fraqueza fácil de se explorar (ou se não tinham, possuíam pouco HP). Ele não tem nenhuma.

    2 - Todos os bosses do jogo eram fáceis até então e sempre eram antecedidos de alguma sala de healling ou savepoint. Matador aparece no meio da dungeon (tem um aviso do candelabro ficando doidão antes, mas como tu nunca viu isso antes, não dá pra saber o que está por vir).

    3 - Nenhum, repetindo: nenhum inimigo, boss ou o que quer que seja te instiga a usar buffs e debuffs. É até possível chegar nesse boss sem sequer saber o que é sukukaja e só dando porrada em tudo que se move...

    Claro que sim, as ferramentas para derrotá-lo estão sempre ali, porém se não houver um preparo absurdo por parte do jogador (ou muita, mas MUITA sorte) ou bastante tentativa e erro (sem queimar no golpe, dropar o jogo e ir jogar um Persona da vida) é bem difícil saber como lidar com a situação. E sim, ele não é impossível (derrotei ele de primeira, por exemplo), mas realmente é um salto absurdo de dificuldade que o jogo joga na tela, acredito ser parte da ambientação que ele quer passar, porém... Não deixa de ser uma escorregadela na progressão da coisa toda (tal como aquela montanha insana de Zelda 2 logo no early game, por exemplo).Uns portraits teriam caído bem pra mostrar a expressão dos personagens, Atlus...

    EEEEEEEEnfim, meus planos pra hoje são chegar, ao menos, a umas 16 horas de jogo e como já peguei o embalo planejo ir jogandoo durante a semana pra já ir adiantando o meu time... Ainda mais que quero pegar o true demon ending, e ele vai me exigir muuito grinding, muuito capeta e muuito tempo de gameplay, então bora lá, Serginho Malandro!

    25
    • Micro picture
      the_muriel · 4 months ago · 2 pontos

      Eu poderia ficar horas debatendo com vc sobre o jogo, porém ele tem mulheres descalços então argumentos são desnecessários kkkkkkkkkkkkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      ersatzgott · 4 months ago · 2 pontos

      Discordo sobre o press turn, se tem alguém que tem vantagem, esse alguém acaba sendo você e não a AI

      1 reply
    • Micro picture
      ersatzgott · 4 months ago · 2 pontos

      E o TDE não exige muito grinding, eu parei no máximo 4h pra isso, contando eu confirmando e cancelando fusão até vir as skills que eu queria

      6 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2020-12-15 23:29:47 -0200 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Estavam nos meus planos jogar o Cold Steel 3 ago

    Estavam nos meus planos jogar o Cold Steel 3 agora... Mas depois de 2 trails 2d lindões sem aquele protagonista insosso/betamale/pau de mel/gary stu/ssj/ with mechas e sem a trolha da escolinha eu desanimei bastante e decidi adiar meu sofrimento (e o escárnio) para quando o 4º jogo sair na Steam e entrar em promoção, daí maratono os 2 e mando esses trilhos de aço frio pro raio que o parta de uma vez... Daí voltei pra minha programação normal e no topo da lista tava esse cara aqui...Sendo beeem sincero, eu nunca me interessei muito em SMT mainline... Isso porque eles são jogos que nunca me pareceram ser muito alinhados com aquilo que sempre procuro em RPGs, que são personagens únicos e boas parties e tudo quanto é elogio que vejo desse cara é só sobre combate e lore, duas coisas que considero bem secundárias num jogo do tipo... Mas como mais cedo ou mais tarde ia me deparar com Nocturne (ainda mais com o remaster vindo aí), e como sou bitch de RPG eletrônico, então bora pra ele!Primeiro, o nome... Como é um jogo cheio de capirotagens, em homenagem à Oradukapeta das manhãs do SBT, chamei o protagonista de Sérgio Malandro, hauahuahaua. Não, o Pedro de Lara é só para aventuras repletas de jovens batendo evil adults, como sei que aqui terão momentos dignos da Porta dos Desesperados, não poderia ser mais propício esse nome, ahuahuahua

    Apesar de ter o PS3, decidi jogar no emulador mesmo, e peguei a última versão do PCSX2,, que tá rodando o game muito bem, ao menos por enquanto. É perceptível que a Atlus não tava bem de grana nessa época, porque os models são bem feinhos, mesmo tendo a arte lindona característica da franquia.

    Depois de andar um pouco na cidade aconteceram uns bagulhos meio doidos e o mundo mudou, com todos sumindo e virando almas, além da capetada ter começado a aparecer. Também tinha essa professora e uns gatos pingados dentro do hospital que ficaram imunes à essa mudança de hábito, e o Serginho Malandro... Levou uma larva na fuça e ficou com uns tribais bisonhos... Além de ter ficado só de bermuda...

    No mais, não joguei muita coisa. Dia de semana anda bem cansativo, então só devo pegar pra valer durante o fds mesmo e ver onde as aventuras do Sérgio Malandro na Oradukapeta irão me levar...Ah, e consegui meu primeiro pokémon, quero dizer, meu primeiro cramulhão, a Pixie. Algo me diz que os outros não serão tão amistosos em entrar pra party quanto ela, ahuahuaa

    30
    • Micro picture
      igor_park · 4 months ago · 2 pontos

      Kkkk pau de mel não seria um elogio ao personagem do cold steel? Kkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 2 pontos

      Eu já prefiro jogos de RPG com um combate bacana e um bom sistema de customização.

      3 replies
    • Micro picture
      emphighwind · 4 months ago · 2 pontos

      pior que dos jogos de PS2 da Atlus o Nocturne é o mais bonito

      1 reply
  • 2020-10-12 19:22:21 -0300 Thumb picture

    Efeméride Gamer #23

    Medium 740907 3309110367

    12 de Outubro de 2004.

    Há 16 anos atrás, Shin Megami Tensei 3: Nocturne era lançado na América do Norte para Playstation 2. Desenvolvido e publicado pela Atlus.

    2
  • 2020-10-07 15:31:47 -0300 Thumb picture

    Não gosto do final verdadeiro.

    [SPOILER] !!! Finalizado. Fiz o que acordo e vejo todos os meus amigos salvos e bem, então recebo um e-mail. Fim. 

    O verdadeiro, como acredito que a galera SMT daqui deve  saber, você vira "O BICHÃO MESMO"  e se junta ao exército do capiroto. 

    Prefiro o final que fiz. 

    8
    • Micro picture
      jcelove · 6 months ago · 3 pontos

      Tamo junto, tbm n~~ao curto a idéia do final true demon ser o "melhor". Geralmente curto mais qdo tem uma rota neutra realmente neutra como no Devil Survivor que apesar de ter o true chaos como "canon" tem um final legal em que salva todo mundo.

  • thecriticgames Matheus Pontes
    2020-09-17 20:05:18 -0300 Thumb picture

    Kelpie

    Arte promocional do meu livro (não esta presente no livro em si) por nosso amigo @vinicios_santana

    Um espirito metamorfo da Escócia que possui a forma de um cavalo aquático, embora também possa assumir uma faceta humana. Atrai suas vítimas para próximo de lagos onde após deixar serem cavalgados as arrastam para o fundo do mar onde as devoram deixando suas entranhas nas margens do lago.

    Link para compra do livro: https://ed-coerencia.lojaintegrada.com.br/c

    Instagram do Vinicios: https://www.instagram.com/Vinicios.ink/

    19

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...