This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2020-10-14 22:24:13 -0300 Thumb picture

    Efeméride Gamer #28

    Medium 741329 3309110367

    14 de Outubro de 1999.

    Há 21 anos atrás, JoJo's Bizarre Adventure era lançado no Japão para Playstation 1. Desenvolvido e publicado pela Capcom.

    5
  • kalini Kalini Andrade
    2020-10-08 11:44:18 -0300 Thumb picture
    kalini checked-in:
    Post by kalini: <p>#img#[740093]</p><p>Acho que alguns de voces (si

    Acho que alguns de voces (sim, todos voces 4) devem ter notado minha ausencia por aqui (se é que alguem liga pra minha irrelevante existencia, haha!). Bem eu tive uma piora no meu estado de saude pouco tempo atras, fiquei com sequelas do conoravirus que prejudicaram um pouco minha respiração, mas agora ja me sinto um pouco melhor. Ja posso caminhar por um bom tempo ser perder folego, embora não possa mais caminhar por muito tempo.

    Também aproveitei pra deixar os games de lado um pouco pra ver animes... e JoJo's Bizarre Adventure foi o que eu mais gostei. Sério, me apaixonei bastante por ele, por todas as partes. As referencias, as poses, a musica, o humor e as batalhas super criativas e bizarras me ganharam! Depois de terminar o anime, fui dar uma conferida nos games baseados em JoJo, e o que estou jogando nesse momento é esse jogo de luta...

    ... que é baseado na parte 3 do mangá, Stardust Crusaders, trazendo os 6 protagonistas (incluindo Joseph da parte 2) e ele, DIO, o chefão final do game. Todos eles são bem fieis a aparencia que tem no mangá (exceto Midler, que nem aparece completamente, e acaboiu ganhando um novo visual, bem bonito por sinal), e são dublados na batlhas, com o Jotaro soltando seus tipicos "ORA ORA ORA" e DIO falando "MUDA MUDA MUDA" ou "ZA WARUDO", que nem no futuro anime.

    Cada personagem é unica e tem seu próprio STANDO POWAH, que pode ser ativado apertando "A", tem sua propria barrinha de "life" (a azul, chamada "STAND", bem abaixo da barra lilás da personagem), e se essa barrinha se esgotar, o stand se desativa. Tirando isso, o resto do gameplay é no mesmo estilo que os Marvel vs Capcom e Street Fighter III, com dois tipo de botão pra atacar e formar combos simples (soco e chute), entrar em guarda andando pra trás, pular com o direcional ra cima, e tendo tambem os "especiais" que são bem... bizarros.

    Além do modo arcade, tem um modo historia bem simples e resumido baseado no mangá, com alguns frames de animação pra ilustrar a spartes mais marcantes da historia, que é sobre o retorno de um vampiro maligno chamado DIO, derrotado uns seculos atrás por Jonathan Joestar (seu irmão adotivo, e que depois teve seu corpo roubado e absorvido pelo DIO), ancestral do protagonista da vez, Jotaro Kujo. DIO pôs uma maldição na familia Joestar, concedendo a eles e a si memso com um poder sobrenatural chamado "Stand", tipo um espirito que luta ao lado do seu invocador (por isso "stand"), mas o stand de sua mãe, Holly, se volta contra ela e começa a mata-la aos poucos, forçando a Joseph Joestar, avô de Jotaro, a ir atrás do mesmo na prisão para viajar até onde DIO está, no Egito, e salvara  vida de Holly.

    Jotaro, um deliquente metido a bad boy, se mandou pra prisão porque seu Stand (chamado por ele de espirito maligno) Star Platinum era incontrolavel, se recusava a sair a qualquer custo, o que forçou a Muhammed Abdul, amigo de Joseph, a tirar ele la na marra, com seu stando "Magician's Red". A batalha contra ele foi bem dura, mesmo eu tendo vencido os dois rounds de primeira. Depois tive que enfrentar Kakyoin Noriaki e seu stand "Hierophant Green", e perdi os dois rounds seguidos, haha! A dificuldade desse jogo é muito alta e vai gradualmente aumentando, e jogar no teclado torna tudo ainda mais dificil!

    A tela de game over é bem legal (e bizarra, pra variar, haha): Mostra um dos vilões do mangá, Daniel D'Arby, mandando uma contagem regressiva, começando do 10. Apertando o botão de ação antes da contagem acabar, permite voce a continuar exatamente na luta onde parou... caso contrario, ele invoca seu stando Osiris e aprisiona sua alma numa ficha. Game over!

    Gostei muito desse jogo. Ele realmente te faz sentir dentro dessa obra incrivel e bizarra do genio Hirohiko Araki. Pena que não tenho um joystick pra ter uma experiencia melhor, mas até que tive uma experiencia dourada...

    talvez eu volte a jogar Koudelka e Persona 2 ainda essa semana, vai depender do meu tempo livre, mas saco e paciencia pra jogar agora eu tenho de volta.

    28
    • Micro picture
      igor_park · 17 days ago · 2 pontos

      Melhoras

    • Micro picture
      jcelove · 17 days ago · 2 pontos

      Eita, o coronga pegou vc tbm? Nao sabia, pensei q tivesse dado uma pausa na redeo_O. Mas que bom que esta melhor!
      Muita gente aqui no Brasil conheceu JoJo ppr esse jogo, eu incluso. Ate hj o terceiro arco é meu favorito provavelmente por causa dele, e o melhor q da pra salvar o mundo com Iggy XD

      2 replies
    • Micro picture
      ikke · 17 days ago · 2 pontos

      _Ora ora ora ora ora ora.
      _Muda muda muda muda muda muda.

  • 2020-08-20 23:37:07 -0300 Thumb picture
    diego_lacuna checked-in:
    Post by diego_lacuna: <p>Arrumei mais um tempinho aqui pra jogar esse aqu

    Arrumei mais um tempinho aqui pra jogar esse aqui que estava devendo a um tempo, ja havia jogado no Arcade a um tempo mas não tinha finalizado, agora fui até o fim com o Jotaro, é um game muito bom, via várias vezes nas barracas de camelô na época do PSone mas nunca tinha pego -.-, 

    4
  • 2020-08-04 23:45:54 -0300 Thumb picture

    Jojo's Bizarre Adventure

    Ano - 2012

    Número de episódios - 152 (até o momento)

    Disponível em Netflix - Não

    Disponível em Amazon Video - Não

    Disponível em Crunchyroll - Sim

    Sinopse: Em 1868, Dario Brando salva a vida de um nobre inglês chamado George Joestar que anos depois resolve criar o filho do seu salvador, Dio, juntamente com seu filho, Joseph. Esse pequeno ato de bondade selaria o destino não só de ambos, como também de toda a sua linhagem, que sofreria as consequências daquele ato durante gerações.

    ______________________________________________________________

    Jojo's Bizarre Adventure é um mangá de 1987, que passou toda a década de 90 e a primeira década dos anos 2000 sem ganhar uma única adaptação em anime... Correção, ele até ganhou uns OVAs, mas foram bem questionáveis, além de não abordarem a história desde o começo, algo que só foi acontecer há pouco tempo atrás, em 2012, sendo portanto uma obra retrô com roupagem moderna, mas sem perder seu diferencial e ser afetada por moe ou bullshits do tipo! O anime é uma história sobre as diferentes gerações da família Joestar, com cada uma delas tendo uma figura principal que usa o apelido de Jojo (sempre somando uma sílaba do primeiro nome e a segunda do sobrenome, dando assim JO-JO).

    Tudo começou com Jonathan (que era um rapaz bem honrado e cavalheiro), que acabou tendo que aceitar Dio Brando em sua casa, já que ele era filho de alguém que supostamente havia salvado a vida do seu pai anos atrás. Mas Dio era um maquinador que queria ser grande na vida, matara seu pai e quase envenena o pai de Joseph, e ao ser expulso de casa vira um vampiro com a ajuda de uma máscara de pedra, e o protagonista precisa aprender a arte do Hamon (uma energia que flui da força da respiração e que simula a luz do sol) pra poder combatê-lo. É um arco bem curto e dá uma boa introdução pra história que se seguiria depois.

    O segundo arco fala do neto de Jonathan, Joseph Joestar, que tem que lidar com os vampiros ancestrais que criaram a máscara que transformou Dio antigamente. O arco tem mais episódios (17 contra os 9 do primeiro) e o Jojo da vez é mais sacana e vive tirando sarro dos seus inimigos, sendo bem diferente do seu avô, o que torna ele um protagonista bem inusitado para um anime do gênero, chegando a fazer amizade até mesmo com um robô nazista que usa um canhão na barriga, huahua

    E o terceiro arco fala do neto do Jonathan, Jotaro Kujo (que é basicamente um Kenshiro com pinta de bad boy) e é nele onde surgem uma das principais características da franquia: As Stands, que são materializações do espírito de luta da pessoa, que podem lutar no lugar de seu portador como se fossem Pokémons, e só podendo ser atingidos por outra Stand (porventura, se o usuário for ferido, ambos levam o dano e vice-versa). Esse é o maior arco do anime até o momento, tendo um total de 48 episódios, e nele Dio retorna e Jotaro, juntamente com Joseph (que agora está bem velho) e mais vários outros lutadores saem viajando pelo mundo à procura do vampiro loiro, caso contrário a mãe do protagonista atual (e filha do anterior) vai acabar morrendo.

    O lance de temporadas focando em diferentes gerações é muito interessante no anime, já que como cada um conta uma história separada, o espectador pode escolher ver o que quiser e ignorar completamente os outros (apesar de ainda ser aconselhável ver esses 3 pelo menos), além de mostrar protagonistas diferentes e um cast lotado de personagens carismáticos e memoráveis.

    Porém o ponto mais chamativo do anime se dá pelo fato do cast ser formado por caras musculosos enormes que fazem poses espalhafatosas de Sidney Magal, além de muitas vezes usarem roupas cheias de penduricalhos totalmente sem noção, não é à toa que se chama Bizarre Adventure, ahauhua

    Porém, você leitor deve estar se perguntando: se são 152 episódios, por que apenas 74 foram citados no post? É porque os dois arcos seguintes, um focado no filho bastardo de Joseph, Josuke, e outro no filho de Dio, Giorno, possuem uma estética bem diferente dessas 3 primeiras temporadas (os caras não são mais bombadões desproporcionais e sim um bando de magrelas) e também a narrativa deles segue um padrão bem diferente, então a Velha não recomenda nenhum deles e, se quiser, veja por sua própria conta e risco, huahua

    Porém, uma coisa é certa: sejam esses dois arcos ou os 3 citados aqui no post, Jojo's Bizarre Adventure mostra muito bem o nível que mesmo obras feitas para o público infanto-juvenil de antigamente são capazes de mostrar e certamente é uma obra bem influente, especialmente no meio dos videogames, com Benimaru, de King of Fighters, tendo sido inspirado no personagem Polnareff, e mesmo as Personas da série Persona sendo são uma óbvia referência às Stands. Portanto, Jojo é uma ótima pedida e certamente que a Velha assina e carimba embaixo!

    41
    • Micro picture
      _gustavo · 3 months ago · 3 pontos

      HOLY SHIT !! IT'S THAT A MOTHERFUCKING JOJO POST ???

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · 3 months ago · 3 pontos

      É obvio que o Joseph é o melhor JoJo o cara faz aniversário no mesmo dia que eu, n tinha como ser outro kk

      Apesar da parte 4 e 5 decaírem ainda tem alguma coisa que de pra aproveitar, no caso da 4º parte só o Killer Queen antes de conseguir o Deus Ex Machina do Bites Za Dusto, e a 5º tem as melhores stands pro combate (tirando a vara de pescar do Pesci que é bem idiota kk) e muita luta boa, fora que o Giorno mata todo mundo que ele tiver a oportunidade de matar, diferente do bundão do Josuke kk

      Diamond is Unbreakable podeira ser bom se:

      Realmente fosse uma história de investigação e não um slice of life safado kk

      Kira fosse um vilão inteligente e não um idiota que é pego na metade da parada, apanha do Jotaro, foge, troca de cara, apanha do Jotaro de novo e morre atropelado por uma ambulância kk

      Josuke fosse um protagonista de verdade, já que ele mal aparece na própria história, o Rohan e Koichi são mais protagonistas que ele, até o Jotaro faz bem mais que ele, fora que ele é um bundão que não mata ninguém, ele dá uns destinos piores, tipo transformar o Angelo em pedra e prender o cara lá no papel, mas não é pq ele acha isso pior e sim pq ele só n quer matar ninguém, o único cara que talvez ele queria matar era o Kira, mas o Jotaro contribuiu mais pra morte dele do que o Josuke kk

      JoJo é bem famoso hoje em dia, mas se tivesse tido uma adaptação nos 90/2000 que nem CDZ ou DB/DBZ, hoje em dia seria tão famoso quanto estes aqui na terra tupiniquim pelo oque imagino kk

      13 replies
    • Micro picture
      miguel_pardal_crack · 3 months ago · 2 pontos

      achei que tinha bem mais do que 152 so

      1 reply
  • ersatzgott Ersatz-Gott
    2020-06-14 15:02:57 -0300 Thumb picture
    42
    • Micro picture
      vante · 4 months ago · 2 pontos

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Micro picture
      rax · 4 months ago · 2 pontos

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  • wildwolf Rafael Trindade
    2020-01-03 22:34:49 -0200 Thumb picture

    Battle Tendency.

    Spoilers para a primeira temporada de Jojo. Se é que isso importa.

    Você conhece Jojo. Eu conheço Jojo. Vamos falar de Jojo.

    Eu acabei vendo (até o momento) a primeira temporada do anime, que aborda Phantom Blood e Battle Tendency.

    E adivinha só. Battle Tendency é bom pra cassete. Mas o quão maneiro?

    Ok, essa pergunta é idiota, porque você tem a MERDA DE UM VAMPIRO QUE VOA LUTANDO CONTRA UM AMERICANO UTILIZANDO UM AVIÃO NAZISTA, E AMBOS VÃO EM DIREÇÃO A UM VULCÃO E ACONTECE UM MONTE DE COISA ESTRANHA E SENSACIONAL

    eu avisei que esse post teria spoilers.

    Bem, muitas coisas são absurdamente superiores em Battle Tendency quando comparadas a Phantom Blood. Vamos aos pontos:

    Protagonista e Personagens

    Ok, vamos deixar isso bem explicado: EU GOSTO DOS PERSONAGENS DA PARTE 1. Mas não dá para negar que eles são meio fracos. Jojo e Dio são bons personagens, cuja antítese é absurdamente bem trabalhada. Você tem o Speedwagon e o Zeppelli, que também são bons personagens. A partir daí começamos a ir para os personagens menos legais: O Straits só é um personagem mais conhecido na parte 2, Tonpetty faz literalmente nada além de dizer que o Zepelli iria morrer e o Dire... O Dire é um meme. De resto, LITERALMENTE TODO MUNDO é esquecido. Até o Wang.

    Já em Battle Tendency, é bem difícil você esquecer de algum personagem que não seja um figurante. Até o Smokey tem um certo tempo de tela na série, mesmo sendo completamente inútil. Tirando o Loggins e o Messina, todos os personagens são memoráveis em Battle Tendency.

    E falando sobre os protagonistas... Sim, o Joseph é obviamente mais legal do que o Jonathan, e cria uma impressão muito mais impactante do que ele logo no primeiro episódio. Além do mais, não é todo dia que você vê um cara literalmente puxando uma Tommy Gun da bunda pra matar um vampiro. Mas não apenas isso, como Joseph ainda compartilha dos pontos positivos de Jonathan e melhora nos negativos, sendo criativo e inteligente em seus métodos de luta. E claro, ele é mais forte do que o Dio, levando em conta que ele enfrentou vários vampiros no nível dele (levando em conta a parte 1).

    Quanto aos Pillar Men, eles são bons personagens. ACDC é ok, sendo um Pillar Man mais cômico. Wamuu é literalmente um dos vilões mais incríveis que já vi em animes até hoje, e Kars é um desgraçado (não tanto quanto o Dio, mas ainda assim).

    Cenário

    Ok, esse é o ponto onde Phantom Blood literalmente não tem como vencer Battle Tendency.

    Toda a primeira parte de Jojo se passa na Inglaterra de 1880 (com exceção de Flashbacks e do Episódio 9). E não apenas isso, como a grande maioria das lutas de Jojo se passam no período da noite (por motivos óbvios, mas ainda assim).

    Já Battle Tendency se passa no México, EUA, Suíça e Itália durante os meados da década de 30, e uma boa parte das batalhas (incluindo a própria batalha final) se passam de dia.

    Acho que já dá para entender o ponto que quero fazer. Quanto mais cenários inovadores e interessantes sua história tem, mais "refrescante" ela é de se acompanhar. Obviamente isso não é tudo para uma história de qualidade, mas pelo menos são pontos positivos.

    História/Fator Bizarro

    "ahaha, bizarre adventure, muito criativo"

    CALA A BOCA! O ANIME LITERALMENTE TEM BIZARRE NO NOME, ENTÃO EU QUERO O QUE ELE ME PROMETE.

    Ok, vamos lá. O que temos na parte 1?

    Um cara pobre vê um acidente que aconteceu na carruagem de um homem rico e tenta roubá-lo, mas o cara rico acorda e entende a situação de maneira errada, e pensa que o cara pobre estava tentando ajudá-lo. Nisso ele faz uma promessa de ajudá-lo quando precisasse.

    Até aí nada muito bizarro. Vamos continuar.

    Anos depois, os filhos desses caras (Jojo e Dio) crescem distantes um do outro e se encontram, sendo que Dio se torna o irmão adotivo do Jojo. Dio odeia Jojo e tudo o que o rodeia por literalmente (não aparentemente, literalmente) motivo nenhum, e o próprio Jojo tenta gostar do Dio (esse processo leva literalmente alguns anos da vida do Jojo), mas finalmente ele percebe que o Dio é um vagabundo.

    Muito bem, isso já é um pouco bizarro. Mas ainda muito normal.

    Então os dois caem na porrada e o Dio vê uma máscara de pedra que estava na casa caída no chão, com algumas "agulhas" nele. Dio, pensando que aquilo era um objeto de tortura, decide tramar um plano e não briga com o Jojo por um tempo. Alguns anos depois, Jojo decide se tornar um arqueólogo e pesquisa a máscara, e Dio vê uma oportunidade de matar Jojo nisso. Ele pega a máscara, entra em uma briga com um bêbado e acidentalmente transforma ele em um vampiro.

    Ótimo! Já atingimos uma parte verdadeiramente bizarra. Demorou um pouco, mas conseguimos. E quanto ao resto da trama?

    Dio então volta para a mansão dos Joestar, onde é revelado que ele estava envenenando o pai de Jojo para matá-lo e conseguir sua herança. Dio finge que deseja se entregar a polícia, mas tenta matar Jojo para utilizar a máscara. George se sacrifica para proteger o filho, e Dio se torna um vampiro usando a máscara e o sangue de George. Ambos se enfrentam, e no final, Dio é dado como morto. Mas ele foge, e transforma uma pequena cidade em seu esconderijo, e os moradores dela foram todos transformados em zumbis, além de várias outras pessoas que cruzaram seu caminho. Agora, Jojo deve aprender o Hamon, a arte da energia gerada pelo controle de sua respiração para derrotar Dio e seu exército.

    A partir daqui dá para perceber que Phantom Blood é bem bizarro, mas ainda assim muito normal nas partes que levam até seu clímax. Não que isso seja ruim, obviamente. Mas e quanto a parte dois?

    Um cara que se tornou rico (Speedwagon) e seus amigos vão até o México para verem uma placa de pedra com um cara musculoso e múltiplas máscaras de pedra, e um dos amigos dele (Straitz) mata todo mundo, utilizando a máscara em si mesmo. 

    Yes.

    Enquanto isso, um garoto na cidade de Nova Iorque (porque eu não consigo cometer um erro ortográfico sem machucar minha alma) rouba a carteira de um estrangeiro, porém é descoberto por dois policiais que o agridem e desejam parte dos seus roubos. O estrangeiro surge para defender o ladrão, mete a porrada nos policiais, e fica receoso com a bronca que irá levar de sua avó (SEIBA - Digo, Erina) após isso.

    YES.

    Logo depois, Jojo, Smokey e Erina visitam um restaurante onde um homem racista está sendo babaca com o Smokey, e nesta cena o famoso truque de "Esta é sua próxima frase" de Joseph é apresentado. O racista é derrotado sem muito esforço, e logo após é dada a notícia de que Speedwagon está "morto". Alguns dias depois, Straitz chega à cidade de Nova Iorque (AaaAaAaAAAARGH) e ataca Jojo, que utiliza como arma uma Tommy Gun que estava escondida em suas... costas (?).

    YES.

    É isso o que eu espero, cassete. Essas reviravoltas absolutamente estranhas porém naturais e a loucura sem fim que Jojo possui são absolutamente perfeitas, e foram muito bem trabalhadas nas mãos da David Productions.

    sério, o que eu fiz dropando esse anime?

    Enfim, se você não viu Jojo... Veja. Ou não. É um caminho sem volta.

    Tchau e tomem cuidado com potenciais galinhas que cruzarem seu caminho. Tipo, o animal heráldico galinha. Sim, tome cuidado com elas. Elas geralmente andam em grupo e são territoriais, então fica a dica.

    16
    • Micro picture
      igor_park · 10 months ago · 1 ponto

      Jojo parte 2 é muito ruim, tudo se resolve com o Joseph que é muito chato, todo mundo é fraco e dispensável, o protagonista é sem graça e para mim é a pior parte da série, todos os pillars man são ruins, a única coisa que salva a parte 2 é a comédia que é Santana e Strohein o Alemão.

    • Micro picture
      noyluiz · 10 months ago · 1 ponto

      Tomara que vc goste das outras partes tbm

  • 2019-12-07 12:57:26 -0200 Thumb picture
  • 2019-09-28 18:21:47 -0300 Thumb picture

    [Off] Terminei de assistir Stardust Crusaders

    É isso aí, terminei de assitir a parte 3 de Jojo's Bizarre Adventure, mas eu estou furioso porque eu escrevi uma review completinha e na hora de postar o Alva aqui travou e apagou tudo... então vou fazer de forma mais resumida agora porque estou com vontade de tacar meu PC na parede. 

    O plot é bem simples, você pensou que o novo arco teria um vilão novo, mas era eu DIO!

    E agora o capetão voltou no corpo do Jonathan e isso bugou toda a família Joestrela, de forma que todos começaram a desenvolver Stands. Jotaro, o novo protagonista desenvolve um e sua mãe também, mas o corpo dela não suporta o poder do Stand, então Joseph Joestar (o mito) junto Avdol vão para o Japão e recrutam Jotaro para derrotar o Dio e salvar sua mãe. Durante sua jornada, um japonês chamado Kakyoin Noriaki (meu personagem favorito) e um francês chamado Jean Pierre Polnareff (o cara que tem MUITO azar com banheiros) se unem ao time porque o Dio manipulou eles, e ambos querem vingança. 

    A equipe então faz um percurso do Japão até o Egito em busca de Dio Brando, e no caminho enfrentam vários usuários de Stand que sempre dão um jeito de atrapalhar a jornada fazendo com que a viajem demore muito mais que o previsto, e é claro ela repleta de bizarrices, como um porco dentro da privada, uma verruga que tenta te matar, malabarismo de cereja com a língua, créu, entre outras coisas anormais em qualquer universo diferente de Jojo.

    O que todos falam dessa temporada como o maior ponto (e é o melhor mesmo) é o clímax final, já que ninguém tem ideia das habilidades do Dio, e ele deixa tanto a equipe quanto o telespectador assustado sem saber como ele consegue fazer o que ele faz já que sua habilidade é extremamente apelona (não vou contar pra não estragar a surpresa, embora muita gente já saiba), e a luta final em si foi incrível! Não teve enrolação, não teve muito bate papo desnecessário, só muito ORA ORA ORA de um lado e MUDA MUDA MUDA de outro.

    Fora isso acho que o único detalhe a ser ressaltado é que TODA A LUTA SOLO DO JOTARO SE RESUME A ISSO:

    Vilão: Meu Stand é mais poderoso! (bate no Jotaro e acha que ganhou)

    Jotaro: Yare yare daze (começa a tocar uma musica pika das galáxia)

    Jotaro: ORA ORAORA ORA ORA ORA ORA ORAORA ORA ORA ORA (surra o oponente sem piedade).

    Mas de certa forma é bem satisfatório, já que o autor faz a gente odiar o vilão, e ao final ele tem o que merece.

    No geral achei uma temporada excelente. Não sei dizer se foi melhor que a Battle Tendency, mas a equipe dessa parte foi muito divertida de se acompanhar até o final da jornada. E como sempre, as aberturas são sensacionais!

    Não sei dizer qual das duas é a melhor kkkkkkk.

    7
    • Micro picture
      arthurdias25 · about 1 year ago · 2 pontos

      Essa parte vou começar a ver terça agora, como quero acompanhar com um amigo (pq ai vai zoando o monte de merda que acontece) eu vou ter que ir um tanto mais devagar que o normal
      Mas pelo menos nesse meio tempo eu posso ir terminando o Monogatari

      1 reply
  • arthurdias25 Arthur Dias
    2019-09-27 18:58:52 -0300 Thumb picture

    [OFF] Vi JoJo

    Dps de tanto ver uma galera falando de JoJo e ter viciado nos memes dessa porra dps do "Jotaro Play FEH" eu finalmente comecei a ver e eu acabei de terminar a primeira temporada (que tem as 2 primeiras partes)

    E..... oq que tá acontecendo?

    Bom, vamos por partes (literalmente)

    Phantom Blood, uma porra, proximo...

    Brincadeiras a parte, eu não vi graça alguma na Parte 1, tudo lá simplesmente acontece.

    Só o começo acaba sendo ok... mas dps que começa a luta com os capangas do Dio fica chato, pq o Jonatan é um saco, o Zeppeli parece o Neymar, o jogo mal começa ele já tá rolando no campo, o Speedwagon tá ali mais de expectador doq o expectador, fora que as lutas não são tão boas

    Mas pra compensar Battle Tendency foi bem daora, arrisco dizer que a personalidade de JoJo acaba se definindo aqui, principalmente essa parte um pouco mais excêntrica dos personagens e essa questão das poses.

    Fora que ele abraça o Bizarre do nome com gosto, eu vi essa parte com um amigo e a gente ficou mais tempo zoando o anime doq vendo msm kkk

    Tipo cogitando a física sobre aquela parte do cara que usa o Vento como Armadura pra se proteger do Sol....

    Fora que eu gostei pra caramba os personagens, principalmente o Joseph.

    Eu gosto desses personagens de Shounen mais estratégicos, não que ele seja um Shikamaru da vida, mas é divertido em varias partes, principalmente quando ele usa a Tecnica secreta da Família Joestar

    Mas eu nem sei direito oq foi mais divertido, se foi o anime ou ver ele zoando ao mesmo tempo kkk

    Vou ver se continuo vendo as outras partes com esse meu amigo pra continuar a zoeira

    13
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 year ago · 2 pontos

      Joseph é o melhor Jojo da série, o cara é sacana demais

      1 reply
    • Micro picture
      vante · about 1 year ago · 2 pontos

      Parece que a minha postagem com o meme do Jotaro jogando Fire Emblem Heroes contagiou geral huahuahuahuahuahua. E eu gosto muito da parte dois, o Joseph Joestar é um dos meus protagonistas favoritos dos animes, e sua habilidade especial Niguerundayo é de longe a mais inovadora entre os protagonistas de Shounen que tendem a nunca fugir de uma boa luta kkkkkkkk. Eu terminei de ver a parte 3 ante ontem e vou comentar dela aqui amanhã.

      1 reply
    • Micro picture
      noyluiz · about 1 year ago · 2 pontos

      a parte 2 é ainda a minha favorita (to terminando a 4),mas os stands adicionam muito na série (e são a coisas mais da dahora depoia da poses)

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-08-27 02:25:32 -0300 Thumb picture
    Post by luchta: <p><a href="https://i.kym-cdn.com/photos/images/new

    Deixa eu parar com os posts "polêmicos", tem um pessoal que não entende, fica ofendidinho e para de seguir.

    4
    • Micro picture
      vante · about 1 year ago · 1 ponto

      Rerureureurerureureurerureureurerureureureru

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...