• vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-16 21:30:14 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[598374]</p><p>Pensei que agora que tenho a - Alvanista

    Pensei que agora que tenho acesso aos elevadores, o labirinto que é esse templo, ficaria mais fácil, mas eu estava enganado, é muito fácil se perder e se parar num andar e for pra outra sala de elevador vazia, não há como chamá-lo. Então eu praticamente limpava um andar e depois voltava pro elevador, mesmo já tendo encontrado a escada pro andar seguinte. Esão MUITOS andares. Aqui senti falta de um mapa ao estilo Zelda, iria ajudar bastante.

    Cada andar possui portas bloqueadas com selos mágicos. Os azuis já podemos abrir, recompensa por ter derrotado o último boss, os demais são encontrados nos corredores desse labirinto.

    Fiquei algumas horas indo e vindo entre os andares e  já estava ficando estressado.

    Por fim chegamos no andar mais baixo onde outro elevador nos leva, e suas escadarias infinitas. Lá em baixo, finalmente a sala do trono.

    Assim que entramos, somos surpreendidos por bolas de energia que são lançadas por Fou-Lu,incapacitando os amigos de Ryu.

    Eles conversam, Fou-Lu tenta trazer Ryu para seu lado, ofendendo seus amigos, Ryu o golpeia, mas não passava de uma ilusão.

    O verdadeiro Fou-Lu nos aguarda do lado de fora, Ryu vai conversar sozinho com ele, há uma batalha e quando Ryu está quase sendo morto, Nina o cura.

    Fou-Lu continua tentando convencer Ryu a se unir a ele contra a humanidade, e cita várias coisas cruéis pelas quais a humanidade não merece viver. Em contrapartida, Ryu mostra as pessoas que foram boas com Fou-Lu, como a mulher do vilarejo que "cuidou" dele até o fim.( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Fou-Lu disse que tudo não passa de sentimentalismo e pergunta pra Ryu de qual lado ele está.

    Dependendo da sua resposta, há fatos diferente.

    Se Ryu ficar do lado de Fou-Lu, os dois se fundem, mas Fou-Lu toma conta de seu corpo e agora temos que enfrentar nossos amigos transformado num poderoso dragão, Infini, numa batalha impossível para eles.

    Fou-Lu loiro mata todos e os créditos sobem.

    Agora caso Ryu seja fiel aos seus amigos, Fou-Lu invoca Tyrant, e temos uma batalha contra ele.

    Após derrotá-lo Fou-Lu se mostra irritado e se transforma na sua forma definitiva, Astral. Que por sinal é ridícula. Após uma batalha desnecessariamente longa, Ryu absorve Fou-Lu, ficando loiro e usa seu poder para exilar todos os deuses/dragões, fazendo assim que seu poder não seja fonte de guerra entre os humanos.

    O jogo termina e exibe minhas pontuações finais.

    Falando um pouco sobre o jogo, inicialmente o que me chamou a atenção para jogar Breath of Fire 4 , foi seu belíssimo visual e um combate no formato de turnos, mas com seus diferenciais, mas sinto em dizer que o jogo é apenas isso. A história é bem fraca e como já disse aqui durante os check-ins, são tantos desvios do resgate principal, que passa a sensação de eu estar jogando apenas side quests e focando na campanha principal nas últimas 10 horas do jogo.

    Não odiei o jogo,mas com certeza ele não se destaca.

    Um fato curioso é que toda a mitologia, visual dos dragões, roupas e templos, remetem a mitologia coreana.

    22
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 meses atrás · 3 pontos

      Ae, parabéns por ter conseguido!

      Esse Astral é muito escroto mesmo, teria sido melhor enfrentar o Sephiroth da Capcom na forma dragão normal dele, preferencialmente em sprite e não esse model 3D esquisito aí, huahaua

      Anyway, o jogo é isso mesmo: falta substância nele, méritos próprios, algo que te faça se lembrar dele após alguns anos. Ele não é necessariamente um jogo ruim, mas tá longe de ser incrível, apesar de bonito.

      Como tu terminou ele, te aconselho bastante o 3. E algo me diz que o @jclove também, hauhaua

      7 respostas
    • Micro picture
      vianna · 3 meses atrás · 2 pontos

      Esse jogo é muito bom, mas muito fácil de se perder (na história e no mapa)

      1 resposta
    • Micro picture
      volstag · 3 meses atrás · 2 pontos

      Pra mim é uma obra prima da capcom, e também um jogão maravilhoso, que aliás estou com muita saudade já hahaha

      1 resposta
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-14 22:13:56 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[597979]</p><p>Sigo até Astana,com a autori - Alvanista

    Sigo até Astana,com a autorização de seu superior, Ursula consegue permissão para irmos até o subsolo da cidade, onde o canhão era carregado com a alma das pessoas como oferenda.

    No fundo da cidade, há um castelo luxuoso, aqui é o local onde a irmã de Nina estava presa e onde fomos capturados pelo império na metade do jogo.

    Assim que entramos no castelo, somos atacados por monstros,algo incomum dentro de cidades.

    Seguindo cada vez mais fundo no castelo, pegamos um elevador, que nos leva ao subterrâneo, onde parece ter havido experiencias macabras. Todo o local até aqui, é repleto de soldados mortos pelos monstros.

    Ao fim da sala, há uma porta que nos leva até um cômodo bizarro, cheio de órgãos que usamos como caminho.

    Uma veia impede o acesso, quando a voz da irmã de Nina, nos diz que uma lâmina normal não é capaz de cortar esses órgãos, apenas a Dragonslayer o pode fazer,arma que está em poder de Yuna.

    Voltamos para a cidade e de lá seguimos em busca de Yuna, logo o encontramos na Capital.

    Ele parece surpreso ao nos ver e tenta nos enganar, mas Ryu, já sem paciência, o golpeia fazendo com que deixe a Dragonslayer cair. Ele foge.

    Voltamos para o castelo, mas agora ele está diferente, com uma aura maligna e monstros mais poderosos bloqueando o caminho.

    Depois de algumas batalhas, voltamos até a sala dos órgãos, usando a Dragonslayer partimos a veia pulsante e ao fim da sala, há um quarto macabro, onde experimentos humanos de certo eram realizados, saindo desse quarto chegamos numa área aberta dentro do castelo, onde uma casa abriga Elina, a irmã de Nina.

    Yuna aparece e diz que é tarde pra Elina, que mesmo viva eles já acabaram com ela. Yuna foge mais uma vez.

    Ao entrar na casa, Elina está numa cama, aparentemente muito fraca.

    Ela pede para que falar a sós com Cray e pede também que deixem ali a Dragonslayer.

    Todos saem, mas com um certo receio.

    Yuna aparece mais uma vez ( cara chato) e diz que não adianta fazer nada com Elina e começa a falar de seus experimentos macabros e logo se revela que Elina foi modificada para ter um corpo forte que resista a todo tipo de tortura para assim alimentar o canhão de Hex, todos aqueles órgãos grotescos, faziam parte dela.

    Yuna foge mais uma vez, pra variar.

    A seguir um momento emocionante, Elina pede para que Cray a mate, que ela não aguenta mais viver sendo torturada e que não sobreviveria fora dessa cama. Cray a ama, ela sabe disso e esse foi o motivo de ele ter sido o escolhido para tão árdua tarefa.

    Cray sai em silencio do quarto, nada é dito, mas no fundo, todos sabem o que aconteceu.

    Com o coração pesado, seguimos para a capital.

    As ruas estão completamente destruídas, corpos inertes de soldados descansam em cada esquina, tudo isso feito por A-Tur, segundo Tigre protetor de Fou-Lu, que, seguindo as ordens de seu mestre, destruiu a cidade.

    Não tarda e cruzamos nosso caminho com a própria besta.

    Após a batalha, Ursula se mostra mais sentimental, visto que uma das vítimas da fera é o seu General, que mais tarde descobrimos ser seu avô adotivo.

    Adentrando ao castelo da capital, somos recepcionados novamente por A-Tur, mas dessa vez, ele é um emissário, que nos levará até a entrada do templo onde descansa seu mestre.

    O templo é um imenso labirinto, com várias salas, corredores e caminhos a seguir.

    Alguns dos caminhos convergem para um boss, Dragonne, um dragão extremamente poderoso, que guarda a entrada dos elevadores.

    Ao derrotá-lo, consigo agora entrar em portas que antes estavam lacradas com um selo azul.

    Descendo aos níveis inferiores, há mais labirintos, mas essa sessão será explorada numa próxima jogatina.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    16
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 meses atrás · 3 pontos

      Essa parte da irmã da Nina é a única parte que gostei do jogo. Sério.

      Juro que esperava que ao menos o cast tivesse um developmentzinho aí, mas necas...

      8 respostas
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-12 22:07:52 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[597669]</p><p>Na entrada da tumba, Won-Qu - Alvanista

    Na entrada da tumba, Won-Qu segue fiel protegendo o local de descanso de seu mestre. Ele reconhece Ryu como irmão de Fou-Lu, mas mesmo assim não pode permitir que ninguém entre na tumba.Ordens são ordens.

    Ele se levanta e uma batalha desafiante se inicia.

    A tumba é repleta de salas labirínticas, que só se abrem ao se fazer alguns puzzles, na última sala, dois dados de 6 faces nos surpreendem numa batalha realmente difícil. Com o tempo fui aprendendo os padrões dos dados, até derrotar um deles, dai em diante, a batalha ficou mais tranquila.

    Após derrotar os dados, Won-Qu reaparece e reconhece que somos de fato dignos de encontrar seu mestre, nos dando assim a joia que abre o caminho para a superfície.

    Explorei um pouco, upei alguns níveis e agora é seguir para Astana e ver o estrago causado por Fou-Lu.

    Eu joguei bem pouco,cerca de uma hora e meia ou menos, tempo da soneca da tarde do meu filho, durante a noite não consegui jogar, então o check-in foi bem curto mesmo.

    Estou na reta final do jogo, fui até rápido, mas sei que não estou tirando tudo que o jogo possibilita, estou ignorando os Mestres, pescaria e fadas, focando apenas em seguir na história, até o momento não tive problemas, vamos ver na reta final.

    Algo que me preocupa é que estou no nível 32, enquanto nosso amigo Fou-Lu está no 67, se ele for o final boss, tô ferrado kkk.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    16
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 meses atrás · 2 pontos

      Esquenta não, o Sephiroth, quero dizer, o Foulu é very easy pra derrotar

      13 respostas
    • Micro picture
      jclove · 3 meses atrás · 2 pontos

      hahahaha, se ferrou com o Fou lu. XD
      Ele me deu um pouco de trabalho mas é por causa da minha mania de rushar e chegar no final sem grind e sem skilss boas. Nem magia de cura pro grupo eu tinha...tive de correr atrás pra conseguir vencer XD
      Tem o final ruim em que vc não luta, mas é mais um game over que final mesmo...

      2 respostas
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-10 22:00:43 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[597255]</p><p>Essa jogatina rendeu, fiquei - Alvanista

    Essa jogatina rendeu, fiquei praticamente a tarde toda jogando e depois um pedaço da madrugada, coisa rara de se acontecer.

    Antes de chegar no outro continente, ainda paramos numa ilha para averiguar rumores de um suposto deus que assombra o local.

    Pensamos que poderia ser o Dragão do Mar, mas era só mais um monstro que o poder subiu a cabeça e se intitulou de deus.

    Sem mais imprevistos, chegamos até Lyp, a cidade costeira, aqui não há muito o que se fazer, apenas buscar informações de como se chega ao Império.

    Aqui temos a informação que um eremita que mora afastado, sabe como atravessar a pé a passagem de mar que ainda separa o pequeno arquipélago do continente Imperial.

    No meio do caminho encontramos uma criaturinha esquisita, que mais tarde se revela a esposa desse eremita (?????)

    Ele nos ajudará, por termos sido gentis com sua esposa, mas temos que esperar a maré baixar, nesse meio tempo, um de seus filhos está doente e vamos buscar remédio pra ele.

    Agradecida,a mãe nos leva até uma praia, onde uma estrada se abre quando a maré está baixa e daqui seguiremos até o continente.

    Seguimos por esse caminho até anoitecer, já exaustos, paramos numa ilhota para acampar e de manhã..... a estrada está novamente submergida. Não há o que fazer, além de esperar, upar e pescar.

    Nesse meio tempo, Fou-Lu chega até o Castelo do Império, força a entrada e adentra o templo, lá há um altar, de onde surge o segundo de seus leões guardiões, que reconhece o mestre e em seguida recebe a ordem de destruir o vilarejo. Fou-Lu está cansado da humanidade, eu não o culpo.

    Seguindo adentro do templo, Fou-Lu encontra novamente o velho Yohm, que fica surpreso, se desculpa, mente e por fim nos ataca com seus monstros Kahbo e Kamyu. Após a evidente derrota, Yohm fica tão desesperado com o que Fou-Lu possa fazer com ele, que se suicida ateando chamas em seu corpo.

    Fou-Lu, enojado com os mortais, se teletransporta para o Santuário, onde o Imperador usurpa seu trono.

    Aqui os soldados tentam, em vão, impedir seu avanço.

    Na sala do trono, Yuna, o braço direito do imperador, lhe entrega uma espada matadora de dragões, que o protegerá de Fou-Lu.

    Logo chegamos e somos apunhalados, mas não parece ter surtido efeito.

    Aqui uma curiosidade, na versão original, Fou-Lu retira a espada e decapita o Imperador e em seguida toma de volta seu trono, na versão americana, a tela fica preta e voltamos ao grupo de Ryu. ( Nossa amiga censura atuou novamente.)

    De volta ao grupo, o caminho finalmente se revela mais uma vez.

    Seguimos até a costa, e vamos seguindo até Chingua, uma cidade suspensa em um lago. Aqui um senhor gordo, que morou no Império e agora coleciona itens raros, nos pede alguns itens pra nos ensinar o caminho, logicamente, tenho que ir em mais uma jornada em busca dos tais itens.

    Depois disso ele nos ensina o caminho, bastava descer o rio, ai ai.

    Os portões do castelo Imperial estão fechados, devido a um ataque,sabemos bem quem está atacando kkkk, então temos que procurar uma rota alternativa, um fazendeiro local sabe um caminho que passa pela tumba de Fou-Lu, mas adivinhem, ele quer mais favores, que raiva disso, ninguém faz nada sem esperar algo em troca. Enfim, tenho que ir buscar seus frangos perdidos, depois de um mini-game chato pra dedeu, finalmente descubro o caminho para a tumba de Fou-Lu, de onde, provavelmente seguirei para o Castelo.

    Aqui termina minha jornada, por hora, a próxima jogatina promete fortes emoções.

    Durante todo o caminho, consegui coletar todos os cristais das transformações de Ryu e todos os espíritos do dragões restantes.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    16
    • Micro picture
      jclove · 3 meses atrás · 2 pontos

      Se continuar nesse ritmo o próximo checkin ja sera o ultimo.hehe

      1 resposta
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-08 21:54:34 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[596911]</p><p>Na procura de uma rota alter - Alvanista

    Na procura de uma rota alternativa para cruzar o Oceano, seguimos até Shikk, uma cidade costeira, que pode ter barcos para nos ajudar a cruzar os mares.

    Durante o caminho encontrei mais alguns Dragões que me cederam seus poderes.

    O posto de Alfândega, situado antes da cidade de Shikk, está fechado pelo Império e somos procurados, logo nossa passagem não é permitida.

    Mas logo conseguimos pular por sobre os portões, usando carroças estacionadas.

    Na cidade de fato há um barco, mas o capitão é exigente e coloca vários desafios para finalmente permitir que sigamos viagem com ele. 

    E mesmo assim, ainda implica com as mulheres, exigindo mais testes de força e coragem, os testes são completados facilmente, mas aparentemente, apesar de Ursula não temer fantasmas, monstros ou ratos, ela odeia insetos e fica apavorada com alguns semelhantes a  baratas, chamados de piolhos do mar. Aqui ela passa por maus bocados, mas cumpre o desafio.

    Zarpamos para o mar, mas logo somos mais uma vez atrapalhados por um velho conhecido Kahn, que insiste em nos derrotar para fazer parte da tripulação e se vingar de suas derrotas prévias. ( ele era o segurança do agiota Marlok) . Ele é facilmente derrotado e finalmente seguimos viagem.

    O que nos aguarda no outro lado do oceano?

    Isso, só o próximo check-in dirá. 

    Bom é isso, até o próximo check-in.

    19
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-06 22:28:04 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[596487]</p><p>Na vila peruana, Hershin aco - Alvanista

    Na vila peruana, Hershin acorda, mas a vila está deserta, apenas ela e a anciã ficaram para proteger o local, mas por que os aldeões fugiram? Porque as tropas do Império, lideradas por Rasso, invadiram a cidade, em busca do Garoto Dragão.

    Hershin deve se mover sorrateiramente, mas falha miseravelmente e é visto por todos os soldados.

    Após algumas batalhas, o próprio Rasso decide dar cabo de Hershin e com um único golpe, destrói a armadura.

    Quando o grupo de Ryu retorna a vila, ficam chocados com o que aconteceu a Hershin e partem ao amanhecer, pois os soldados já partiram para os vales, em busca dos aldeões escondidos.

    A viagem até o vale é longa e paramos para descansar durante a noite, ao amanhecer, somos surpreendidos por outro grupo do exército Imperial, dessa vez controlado por Ursula.

    Ursula ordena que se entreguem, mas todos estão preocupados com os aldeões e só vão se mover caso ela prove que eles não foram torturados.

    Ela não sabe do que eles estão falando e pra tirarem a dúvida, marcham com os prisioneiros até o esconderijo dos aldeões.

    Chegando lá Rasso os recepciona e mente dizendo que não havia ninguém lá, mas nesse instante uma criança anda em nossa direção e desmaia, devido aos ferimentos.

    Rasso diz que apenas queria que informassem onde estava o Dragão, Ursula não concorda com os meios de conseguir informações usado por Rasso, mas não há tempo de discussão, pois ele planeja derrotar o grupo de Ryu e levar consigo o Dragão até o Império.

    Aqui há uma batalha muito difícil, todo o grupo está gravemente ferido e após ser derrotado, Ryu perde o controle e invoca um novo dragão, que pulveriza Rasso e seu Guardião.

    Antes que mais pessoas fossem mortas, Ryu é parado por um abraço de Nina.

    Enquanto isso na vila dos agricultores, Fou-Lu não havia fugido, mas sim estava escondido enquanto a poeira baixava.

    Um dos fazendeiros, diz que a mulher se deixou levar, para que ele escapasse e ele não o fez.

    Saindo da vila, há um templo com a passagem bloqueada, mas algo incomum acontece, um dos animais da floresta, que havia antes enfrentado Fou-Lu, agora o acompanha e bate sua cabeça na pesada porta, até que ela se abra, mas os ferimentos são fatais. Fou-Lu fica sem entender. talvez ele não seja tão mau assim. Atravessando o templo chegamos até uma floresta, aqui Fou-Lu tem um mal persentimento.

    Enquanto isso temos um vislumbre do que o Império planeja com a refém, ela é usada como sacrifício para dar munição ao canhão de energia Hex, o canhão é armado e apontado para a floresta onde Fou-Lu está.

    O tiro é certeiro e destrói a floresta, apesar de muito ferido, Fou-Lu está vivo e insanamente furioso, percebe que essa energia veio da mulher que o ajudou e ri. ( Será que ele se importa com ela?)

    De volta ao grupo de Ryu, ele está dormindo, enquanto os outros decidem o que fazer com Ursula, Nina tem uma ideia um quanto como ousada, ela diz que já que estamos procurando por Fou-Lu e ele se encontra no continente do Império e que o Império nos está caçando, porque não ir de livre e espontânea vontade para o Império ? Assim evitam-se lutas desnecessárias.

    Nem todos concordam com o plano. Mas acabam acatando, assim Ursula fica encarregada de nos escoltar até o Império e entra para o grupo.

    Retornamos para a vila e lá Deis se sente culpada por deixar Hershin morrer, ela acaba se apegando a armadura e volta a ficar dentro dela, abandonando o corpo da medium. Ela se faz de durona, não deixa que saibam que fez isso por se importar com Hershin.

    Agora com o grupo cheio, seguimos até o teletransporte, mas este está desativado desde a última batalha que ocorreu ali, então a única maneira de seguir viagem, é rumar pelo deserto até Shyde, mas pra isso precisaremos de um barco do deserto, mas pra isso precisamos de dinheiro, depois de uma tentativa falha de sequestrar um navio do deserto, encontramos Marlok, que "gentilmente" nos empresta o dinheiro, mas secretamente tem segundas intensões e esperar lucrar com nossa ida ao Império.

    Agora que possuímos um barco do deserto, podemos fazer fast travel de pontos específicos e também viajar num mini game de corrida, é legal nas primeiras vezes, mas tem potencial pra ficar bem chato quando se está com pressa. kkkk

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    17
    • Micro picture
      jclove · 3 meses atrás · 2 pontos

      Agora ja ta chegando perto do fim. A entrada da ursula me pegou de surpresa na época, ela é tipo um general Leo do FF VI.
      Nem lembrava mais que a Deis voltava pra dentro da Hershim.hehe

    • Micro picture
      vinicios_santana_3 · 3 meses atrás · 1 ponto

      Esse arco da Deis eu gostei , têm questões bem filosóficas.
      A entrada da Ursula tbm me surpreendeu, mas foi bem justid=ficada, bom que ela vai vendo que Ryu e companhia não são os vilões e quem sabe ela até mude de lado.

  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-11-02 22:51:53 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[595829]</p><p>Segui bastante na história e - Alvanista

    Segui bastante na história e como o @jclove havia me alertado, os eventos a seguir, foram cheios de revelações.

    Descendo a montanha, estamos em Chek, uma vila com aspecto peruano, onde todos são crianças.

    A vila guarda o segredo dos cultos de invocação dos dragões e a matriarca da vila, a única adulta, fala sobre auras, dragões serem deuses e principalmente, que Ryu não é o único dragão do grupo.

    Hershin seria apenas uma casca para o espírito de um dragão que ao ser invocado, não tinha um corpo, algo semelhante ao que acontece com Alphonse em Fullmetal Alchemist.

    Entramos dentro da "mente" de Hershin, para libertar a alma do Dragão aprisionado.

    Após uma boss battle contra 4 colunas elementais, libertamos Deis, a princípio ela fica agradecida, mas só poderia nos ajudar se tivesse um corpo físico.

    Ela é vaidosa e quer um corpo bonito, mas colocam no médium que se dispôs a receber o espírito.

    Como ficou por muito tempo presa numa armadura, ela quer antes saciar suas vontades reprimidas, como devorar um belo churrasco.

    Enquanto isso, Fou-Lu ainda está sob cuidados.

    De volta a Chek, Hershin ou Deis, já satisfeita, diz que o Império sabe das invocações e que Ryu é a Contra parte do imperador Fou-Lu, mas que por ele ser mais poderoso que Ryu, se eles se unissem, a consciência de Ryu iria se esvair, sobrando apenas o mau.

    Enquanto isso, Fou-Lu, já recuperado, sai da casa onde estava e se vê numa vila de fazendeiros.

    O líder da vila o acha estranho e mesmo se passando por primo da mulher que o salvou, Fou-Lu ainda levanta suspeitas. Ainda mais depois de derrotar monstros que assolavam a floresta próxima a vila. ( Que povo mais mal agradecido).

    Voltando para Ryu e os demais, todos estão nervosos, querendo saber como podem se tornar mais fortes, para que Ryu prevaleça sobre Fou-Lu, Deis sabe a resposta, mas está dormindo e não parece querer acordar.

    Então, entrando novamente em sua mente e dessa vez, atrapalhando seus sonhos eróticos, ela diz que devemos conversar com os outros Dragões, num templo próximo. 

    É pra lá que vamos, mas no meio do caminho, a armadura vazia de Hershin, está viva por ter absorvido um pouco de energia de Deis, ela nos segue, mas Deis não a quer por perto, então a armadura volta e aguarda na vila.

    De volta a Fou-Lu, o vulcão próximo a vila está com atividade atípica e os fazendeiros dizem que o Deus da montanha está zangado. Fou-Lu, vai investigar esse suspeito Deus e descobre que não passava de uma criatura poderosa que se intitulava deus.

    Após derrotá-la, a população mais uma vez se mostra desagradecida.

    No templo, Ryu e os demais, conversam com os avatares dos Dragões e após muita negociação, concordam em ceder seu poder para Ryu, bastando que ele os encontre quando o momento chegar.

    Já Fou-Lu, volta a vila de fazendeiros e é surpreendido pelas tropas do Império, chamadas pelo líder da vila. As tropas cercam a casa onde ele ficou em tratamento, mas a dona da casa, Mami, tranca a porta e se despede emocionada, enquanto Fou-Lu foge por um buraco na parede.

    Os homens do Império a pegam como refém.

    Nesse momento, achei que Fou-Lu fosse usar seu poder e salvar Mami, mas há um corte e voltamos para o templo; como o Dragão do vento já é nosso chegado, ele já cede seu poder a Ryu e aprendemos Tempestade., agora é encontrar os Dragões restantes.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    18
    • Micro picture
      manoelnsn · 4 meses atrás · 3 pontos

      Deis é a melhor personagem de toda a franquia. Ela é arrogante, vive implicando com a Nina e sempre que aparece, rouba a cena!

      Infelizmente no BOF4 ela tem a pior participação de toda a franquia, isso além dela não estar no seu corpo de naga tradicional...

      11 respostas
    • Micro picture
      jclove · 4 meses atrás · 2 pontos

      Ah finalmente descobriu o segredo da hershin.hehe
      Deis é uma personagem recorrente na série como Ryu e nina mas com a diferença de ser ela mesma nos 4 jogos, sempre roubando a cena.
      Infelizmente no 3 e 4 ela não é jogável mas essa parte do sonho tarado dela é a melhor do jogo!

      Li em algum lugar q o nome hershin significa mestre ou algo assim em chinês, a armadura sempre estava se referindo a sua mestra Deis

      Essa aparição dela sem relação com a dos outros jogos e sem mençao a outra deusa a da destruicao é um dos motivos de se acreditar q o 4 é o primeiro jogo na cronologia.

      Esse lance do ryu ser a outra metade do foi li é o pretexto pro nas Enf do jogo, caso opite por cumprir o destino dele ao invés de encarar um final boss papelão...hehe

      8 respostas
    • Micro picture
      jclove · 4 meses atrás · 2 pontos

      Simplório é não simpósio...vou desligar esse corretor de merda!!!hehe

  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-10-31 22:29:30 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[595827]</p><p>Voltando para o castelo de W - Alvanista

    Voltando para o castelo de Wyndia, informamos ao rei que precisamos da Flauta do Vento e ele avisa aos guardas para abrirem caminho até as catacumbas.

    No subterrâneo do castelo, cavernas com precipícios e fortes ventos, guardam a Flauta.

    Uma vez em posse dela, seguimos para a Torre dos ventos, ao mesmo tempo, Ilgor, um dos lacaios de Ludia, recebe as informações de Scias, dando-lhe seu pagamento, um saco com algumas moedas.

    Chegando na Torre do Vento, devemos subir em seu interior, até o topo, onde um barco voador nos levará até o Dragão do Vento.

    Mas Ilgor já nos aguardava com uma embocada.

    Batalhamos contra um grupo forte de soldados esqueletos e mais chegam, até que......

    Scias aparece, ter traído o grupo o deixou perturbado, ele devolve o pagamento a Ilgor e nos ajuda na batalha contra os esqueletos.

    Após a batalha, Ilgor foge.

    Scias tenta se desculpar, mas não é preciso, sua atitude falou mais que qualquer pedido de desculpas.

    O dispositivo nos catapulta junto do barco e planando acima das núvens, acontece uma das cenas mais bonitas do jogo. 

    Surge P'ung Ryong, o Dragão do Vento.

    P'ung Ryong fala que Ryu não é uma simples pessoa, ele é um dragão ( não me digaaaa) , quase um Deus, que surge de tempos em tempos e tem um poder colossal, e por isso o Império deseja o capturar, para usá-lo como arma.

    O Dragão do Vento nos deixa no topo de uma montanha e diz que na base dela, há um vilarejo, onde aqueles que lá habitam, poderão ajudar Ryu a saber mais sobre suas origens.

    Ele parte, nos deixando ali com mais perguntas que respostas.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    17
    • Micro picture
      jclove · 4 meses atrás · 2 pontos

      Prepare-se pra grandes revelações. Ou não.hehe

      3 respostas
  • vinicios_santana_3 Vinicios Santana
    2018-10-29 21:17:32 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana_3 fez um check-in:
    <p>#img#[595013]</p><p>Eu achava que as fadas estav - Alvanista

    Eu achava que as fadas estavam sendo atacadas novamente, mas elas me chamaram foi pra ajuda-las a formar uma vila funcional para elas.

    Aqui é a parte " Harvest moon " do jogo e confesso que não estou com paciência pra isso, então fiz o básico e já saiu, direto pra Wyndia.

    Wyndia é uma cidade cheia de catavento e possui um castelo flutuante, sem falar que todos os habitantes possuem asas, não atoa esta é a cidade natal de Nina.

    Sou barrado ao tentar entrar no castelo, mas ao tentar novamente, dessa vez controlando Nina no lugar de Ryu, os guardas a reconhecem e dizem que o rei a aguarda.

    Nos aposentos reais, Nina e seu pai tem um reencontro emocionante. Ele estava preocupado com ela.

    Na sala de jantar ele reconhece o esforço de Cray e promete ajudar em sua busca.

    Ele diz que na floresta ao norte, vive a Oracula do Vento que pode nos ajudar a encontrar o Wind dragon.

    Na floresta, depois de muitas batalhas e mais puzzles, finalmente chegamos na casa da oráculo.

    Aqui ela nos diz que escondido nas masmorras do castelo de Wyndia, está a Flauta dos ventos, que abre passagem para a Torre dos ventos.

    (Esses nomes estão parecendo muito com Zelda kkkk)

    O castelo é meu próximo destino, mas antes fico um pouco mais na floresta, para upar alguns níveis e juntar dinheiro para os ótimos equipamentos vendidos em Wyndia.

    Saindo da floresta, Scias desaparece, e desconfiamos que ele foi contar nossos planos para Ludian.

    Cray fica visivelmente irritado.

    Saindo do acampamento, seguimos viagem de volta para Wyndia.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    17
  • hard_frolics David Waters
    2018-10-26 23:24:45 -0200 Thumb picture

    Ae você baixa quela trilha do jogo que pirou nela e...

    TÃ-DÃ!

    ...Bem, vou aproveitar que o dia foi produtivo e ja fiz altas paradas pros meus joguitos e tô livre e vou organizar as pastas de musica!

    25

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...