This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • edknight Eduardo Botelho
    2018-06-21 10:32:17 -0300 Thumb picture

    Desafio musical pt 3

    Hoje é com joguinho de luta, eu acho que a música do protagonista do jogo é sempre uma boa pra definir qual é a pegada da OST do game, e em BlazBlue os caras acertaram em cheio:

    E os Bônus pq não tem como deixar de fora esse baixo incrível

    E também tem que ter BANG BANG BANG BAAAAAAAANG

    8
  • ygorvieira Ygor Vieira
    2018-04-25 22:30:42 -0300 Thumb picture
    ygorvieira checked-in:
    Post by ygorvieira: <p>Modo Arcade finalizado com o Ragna the Bloodedge

    Modo Arcade finalizado com o Ragna the Bloodedge.

    8
  • 2017-11-17 17:10:53 -0200 Thumb picture

    097 - Blazblue: Continuum Shift Extend (Playstation 3)

    Medium 494596 3309110367

    Esse game demonstra o quão foda é a galera da Arc System, a jogabilidade, a trilha e a arte é muito linda, ele é menos complicado que o seu "irmão" Guilty Gear, mas enfrentar o Hazama ou o Ragna na ultima não adianta, é sempre chato, kkkkk, ao meu ver os melhores games de luta da atualidade são Blazblue e Guilty Gear. 

    Nota: Muitos não sabem, mas isso esse visual 2D que vemos dos games deles na verdade é 3D, e é assim que será em Dragon Ball FighterZ

    6
  • gradash Elton Gradash
    2017-04-23 08:43:16 -0300 Thumb picture
    gradash checked-in:
    Post by gradash: <p>Depois de mais de 5 horas, terminei a primeira c

    Depois de mais de 5 horas, terminei a primeira campanha que é a do jogo anterior que tem completa no segundo. Agora vou para a segunda história e depois cada personagem tem a sua! Conteúdo não falta no jogo.

    13
    • Micro picture
      _gustavo · almost 3 years ago · 2 pontos

      Tomara q o CentralFiction venha do mesmo jeito as campanhas kkkk. Mas pelos 53gb de espaço requerido , é provável

      8 replies
  • gradash Elton Gradash
    2017-04-21 22:00:46 -0300 Thumb picture
    gradash checked-in:
    Post by gradash: <p>Peguei todos os jogos da série na promoceta que

    Peguei todos os jogos da série na promoceta que tá rolando no Steam, o primeiro jogo não rodou nem fudendo, simplesmente dava crash ao abrir, fiz de tudo e nada resolveu, então pedi o refund e fui para o segundo que rodou de boa (pena ser 720p).

    E caralho... QUE JOGO BOM! Nunca tinha me importado com o Blazblue pois achava que era só mais um daqueles jogos de luta arcade para ficar jogando online e eu ODEIO jogar online. Mas não o jogo é CHEIO de conteúdo SP! Vou perder muito tempo para ver tudo! O que vale meus 7 temeres gastos ;P

    Depois que terminar tudo, vou para o 3 ;P

    E dropei a cartinha da esquilinha e acho que não vou vender ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    15
    • Micro picture
      nathankennedy · almost 3 years ago · 4 pontos

      n perdeu nada n rodando o Calamity Trigger (fora a melhor abertura da série q se pode ver no youtube), a primeira história do CSE é um remake da história dele

      1 reply
    • Micro picture
      luchta · almost 3 years ago · 2 pontos

      Onde tem esse monte de conteúdo single player que eu nunca vi?

      9 replies
    • Micro picture
      aranha96 · almost 3 years ago · 1 ponto

      Eu joguei ele no 360 tem muita coisa mesmo e o gameplay é bem divertido, boa jogatina!!!

      1 reply
  • matheusps92 Matheus Paraizo
    2016-11-30 18:21:12 -0200 Thumb picture
    matheusps92 checked-in:
    Post by matheusps92: <p>Comecei a treinar o combo da ruivinha e pensei "

    Comecei a treinar o combo da ruivinha e pensei "esse é muito difícil, não vou conseguir fazer contra a máquina". Resultado: peguei o troféu na primeira tentativa =P

    Fight for Survival
    Using Tsubaki, executed all of the "D" versions of her special attacks in a single combo.

    Essas imagens dos troféus do jogo são muito legais \o/

    Mais um troféu pra conta, agora só faltam três troféus específicos de personagens: o do Ragna (90 hit combo), o do Hakumen (10k de dano em um hit) e o da Mu-12 (que vai ser tranquilo depois que eu desbloquear a Unlimited Mu-12). 

    E mais uma vez o mypst não sincronizou com o troféu mais recente ¬¬

    14
    • Micro picture
      ralphdro · over 3 years ago · 1 ponto

      Opa, vai platinar?
      Muito legal a imagem, e, parece ter sido complicado (e muito legal) esse combo XD

      13 replies
    • Micro picture
      ralphdro · over 3 years ago · 1 ponto

      Ah, me diz uma coisa, jogos de luta não estragam os botõezinhos do vita?
      Pensei em pegar esse BB, mas fiquei com dó XD

    • Micro picture
      katsuragi · over 3 years ago · 1 ponto

      Platinar um jogo de luta exige bastante dedicação e paciência. Eu quase o fiz com KOF XIII mas o Online horrível me impede (no PS3). :(

  • matheusps92 Matheus Paraizo
    2016-11-29 21:43:26 -0200 Thumb picture
    matheusps92 checked-in:
    Post by matheusps92: <p>Voltei a jogar semana passada, depois de platina

    Voltei a jogar semana passada, depois de platinar o Grim Fandango. Consegui alguns troféus de combo que me fizeram desistir uns dois anos atrás (quando comprei o jogo):

    Fangs for the Memories!
    Used Hazama's Rising, Falling and Devouring Fangs during a battle

    Ice Ice Ice Baby
    Used all three of Jin's special attacks that freeze opponents in a single combo.

    Esse do Jin me deu um trabalho desgraçado, basicamente porque os combos sugeridos nos guias não funcionavam ¬¬ Tive que passar um tempinho no training pra bolar uma saída, mas pelo menos eu consegui.

    E peguei também esse troféu lindão da deosa Litchi, que pra mim era um dos troféus mais difíceis do jogo:

    Sharp Shooter
    Hit the opponent with all of Litchi's Great Wheel attacks.

    O mypst não sincronizou o troféu do Jin.

    Aos poucos vou avançando no jogo, em um ritmo muito melhor do que quando joguei pela primeira vez. É estranho, quando eu comecei o Injustice eu não consegui fazer muita coisa nele, mas alguns anos depois eu voltei e aprendi o jogo inteiro de uma hora pra outra, tanto que fiz todas as missões do jogo com três estrelas. Agora isso tá acontecendo no BlazBlue também, mas dessa vez eu acho que consigo a platina, pra mim BlazBlue é infinitamente melhor que Injustice e eu tô bem mais empolgado agora.

    Já aproveito pra pedir uma ajudinha aos @platinadores: alguém aí tem o jogo e tá afim de fazer boost dos troféus online? Tem um troféu do Hakumen que é impossível fazer contra a máquina, então eu preciso de um dummy do Tager (alguém que jogue com o Tager e não me ataque pra eu fazer o bagulho). Eu pretendo retribuir sendo dummy também, até porque eu preciso jogar 100 partidas ranked mesmo, posso ficar algumas de bobeira pra ajudar o/

    11
  • edknight Eduardo Botelho
    2016-11-10 06:47:55 -0200 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Finalmente, terminei o modo Arcade com os chefõe

    Finalmente, terminei o modo Arcade com os chefões, finalizei as duas histórias que faltavam no Story Mode, vi as duas histórias extras, liberei o True Ending e completei quase tudo o que queria fazer (faltam uma porção de itens na Gallery). Com isso posso dizer com certeza agora que meus personagens favoritos são o Tager (lógico, tinha que ser o grappler), e o Hakumen (o range dele é bem confortável, e apesar da lerdeza ele pode se dar ao luxo de esperar o oponente atacar e então só contra-atacar).

    Relius Clover

    Mais um personagem que entra pra minha lista de "eu quero aprender a jogar bem com esse personagem". Achei que o Relius seria meio parecido com o Carl, mas ele é bem diferente, lembra um pouco os personagens do JoJo do PS1. Ele invoca a marionete Ignis, ou faz ela sumir, com o Drive, diferente do filho, que tem sempre a Nirvana do lado. Ignis não ajuda tanto defensivamente (Nirvana servia bem de escudo), mas é muito mais rápida, e como você não tem tanta necessidade de ficar controlando onde ela vai, é mais ofensiva. Um ponto legal de citar é o Astral Heat do Relius, "The Puppeteer's Altar", em que a dupla dinâmica faz "experimentos" com os adversários, e cada oponente tem uma forma diferente de punição.

    Hazama

    Depois de enfrentar o Hazama Unlimited centenas de vezes, achei que seria um personagem legal de usar, mas particularmente não curti. Ele é bem limitado em questão de movimentação e alcance, não consegui criar muitos combos com ele, e ele fica muito dependente do Drive, Ouroboros, a cobra-corrente dele, pra se movimentar decentemente. Consegui achar um ou dois meios de apelar contra a IA, mas esses meios se provaram bem pobres nas últimas lutas. Basicamente, o que consegui usar efetivamente com ele foi o supermove que ele carrega, e depois você pode apertar A/B/C pra usar um ataque diferente, ou aquele Distortion onde ele puxa o oponente pra perto e dá um combo ligeiro e solta as cobras no fim (eu usava isso praticamente toda vez que derrubava um oponente, já que apesar do range roubado é bem facil pular e simplesmente evitar esse Distortion)

    μ 12

    A Unidade 12 é uma personagem bem bacaninha de jogar. Com o Drive ela coloca armadilhas pela fase (máximo de 4 armadilhas), que dão um disparo de laser logo de cara, e você tem duas técnicas especiais que usam essas armadilhas, seja um laser que vai ricochetear em todas elas (na ordem em que foram colocadas) ou outra que vai explodir todas elas ao mesmo tempo, e um Distortion que faz cada uma dessas armadilhas disparar uma rajada de lasers. Ela é uma personagem meio frágil (no corpo a corpo ela leva bastante desvantagem), mas a maioria dos ataques dela é bem bom pra manter o inimigo à distância, e ela é um tanto rápida. Aliás, em alguns casos, eu consegui colocar um monte de armadilhas, usar o laser-ricochete, enquanto o laser estava batendo no inimigo, eu corria, batia nele com os golpes do botão C, e depois dava um dash e voltava a luta a uma posição mais neutra.

    Ah, preciso fazer um comentário aqui: Era bem puxado enfrentar o Hazama Unlimited no final do modo arcade. Foi mais puxado ainda usar o Hazama normal pra enfrentar o Ragna Unlimited. Mas sefude quem teve a idéia de colocar o Hakumen Unlimited nessa luta final da Mu. Os golpes dele tem muita prioridade, ele dá counter em tudo (e o Distortion dele, que deveria ser um counter, ativa mesmo quando você não o ataca, e causa 723543458438435494 de dano), e ele é MUITO FUCKING RÁPIDO (sendo que a lerdeza do Hakumen era a principal fraqueza do personagem normal)

    6
    • Micro picture
      nathankennedy · over 3 years ago · 2 pontos

      hã... não. o Hakumen não é lerdo e a principal fraqueza dele é o Drive, que é quase inútil, e as formas Unlimited não mudam a velocidade do personagem, aquela é a mesma da forma normal... :v

      4 replies
    • Micro picture
      colt47 · over 3 years ago · 1 ponto

      Megaman

  • edknight Eduardo Botelho
    2016-10-31 07:28:41 -0200 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Mais quatro personagens que finalizei no modo Ar

    Mais quatro personagens que finalizei no modo Arcade e Story.

    Tsubaki Yayoi

    Tsubaki tem uns auto-combos, que tornam ela bem fácil e agradável de jogar, praticamente qualquer input que você apertar duas vezes ela consegue emendar. Ela é uma personagem ligeira e tem um alcance bem curto. O Drive dela é o Install, que carrega uma barrinha que vai alterar as propriedades e o dano de alguns ataques especiais, quando executados com o D, e o Distortion Confutatis Maledictis. O Distortion Macto Maledictis deixa ela com a barra de Install infinita por um período de tempo (que vai depender do quanto essa barra está cheia no momento em que você usar ele), o que ajuda a spammar ataques que usam a barra.

    Makoto Nanaya

    Makoto ataca muito de perto (exceto por um ataque que é um projétil), tem alguns movimentos que ajudam a aproximar do adversário, mas principalmente, quando está próxima ela consegue fazer uns combos bem bons e bater fácil nos inimigos. Eu particularmente costumava colocar meus adversários de costas para a parede e arrebentar eles de jeito. O Drive dela é um soco (Impact) que pode ser carregado em até 3 níveis, a barra enche e depois esvazia novamente, bem rápido. Os ataques geralmente são mais fortes e tem um tempo de recuperação bem menor no nível 3, além de quebrar alguns pontos da defesa do oponente, ou seja, se o adversário ficar bloqueando muito ele pode levar um guard break fácil. Algumas poucas vezes eu segurei o Impact além do nível 3 (ou seja, ele voltou para os níveis anteriores), embora perdesse um pouquinho do dano e velocidade, criava "armadilhas" para alguns inimigos, que baixavam a guarda e tomavam um socão na cara.

    Platinum the Trinity

    Platinum é bem interessante de jogar, por ser bem versátil. Os ataques dela tem um alcance mediano, tem alguns projéteis, mas o Drive dela é o que faz ela ser um personagem tão diferente. Perto da barra de super tem um ícone escrito "NEXT" perto, quando você aperta o D ela equipa essa arma, que tem uma quantidade de usos. Quando essa quantidade de usos acaba (ou usando um determinado movimento), ela tem que apertar D novamente para equipar outra arma. A ordem das armas é aleatória, mas você sempre consegue ver a próxima que vem. E tem tanto ferramentas de combo (a panela deixa o oponente rodando, é facil dar um dash e continuar batendo nele), espaçamento (o bastão de baseball afasta o oponente, a corrente-gato tem um alcance enorme, a bomba é boa pra manter a distância), e até um projétil (balas gigantes em formato de gatinhos). E tem a marreta, que é mais pra colocar pressão no inimigo (não tem tanto alcance, mas quebra alguns primer e o oponente corre o risco de tomar um guard break se não ficar esperto). Todos esses items podem ficar mais fortes quando você usa o Distortion Miracle Jeanne. E o Astral Finish dela é bem fácil de acertar, ela manda um laser em linha reta que cruza o cenário, é só manter a distância e usar quando o oponente estiver tentando cobrir a distância.

    Valkenhayn R. Hellsing

    Por fim, o Hellsing (vou colocar o sobrenome dele, é mais fácil de digitar que o nome), também tem uma certa versatilidade. Ele tem ataques fortes com um bom range, mas não é tão rápido, o dash dele é curto. O Drive dele transforma ele em um lobo, que perde a habilidade de se defender e um bocado do alcance, em troca de uma mobilidade absurda. O segredo é jogar transformando em lobo, aproximar, bater um pouco, e voltar a ser humano, bater, virar lobo... Eu sinceramente não consegui jogar muito bem com ele, passei a maior parte do tempo na forma humana, conseguindo transformar em lobo apenas alguns poucos momentos quando metia uns combos manjados (especialmente com um Konig Wolf pra lançar o oponente para o ar, seguido de alguns Eisen Wolf)

    2
  • edknight Eduardo Botelho
    2016-09-12 19:46:41 -0300 Thumb picture
    edknight checked-in:
    Post by edknight: <p>Mais 4 personagens que testei, terminei no modo

    Mais 4 personagens que testei, terminei no modo arcade e já fiz o story mode.

    Bang Shishigami

    O Bang é um personagem que é bem rápido e ataca melhor a uma curta distância. Ele tem duas mecânicas, a dos Pregos (ele começa a luta com 12 pregos, que servem para usar alguns projéteis, um Distortion e pra colocar os pregos no cenário, que dão um dash grátis quando você toca eles), e o Fū-Rin-Ka-Zan (風林火山 -  Vento Floresta Fogo e Montanha). Esse último é ativado com o ataque do Drive, que é um bloqueio (que pode ser cancelado num teletransporte) seguido de um ataque, e a cada acerto desses ataques aparece um dos quatro kanjis ali. Quando os quatro estão ativados e você tem 50 de Heat, pode usar o "Bang Shishigami Forbidden Art: Fū-Rin-Ka-Zan", o Bang fica brilhante, toda a movimentação dele é substituída por dashs, e ele pode dar uns três dashs no ar, embora perca a defesa. Nesse modo ele é ainda mais agressivo, visto que é mais fácil se aproximar do inimigo ou se afastar, e perder a defesa significa que você não pode ficar esperando muito (embora a barreira ainda funcione). Eu particularmente não consegui jogar muito bem com ele, e não consegui finalizar um único inimigo com o Astral dele, o alcance é curto e só dá pra executar no ar, e não consegui achar um combo que encaixasse bem pra poder executar esse movimento. Acho que a melhor coisa do Bang é a música tema quando você executa o Fū-Rin-Ka-Zan, é bem épica e tem cara de música de herói de anime.

    Carl Clover

    Um personagem que eu odiava só de ver a cara dele no portrait, na hora de selecionar o lutador, e jogando o modo história de um monte de personagens me fez odiar ele ainda mais. Apesar disso, quando chegou a hora de jogar com ele, achei um personagem até bacana, não dominei a forma de jogar com ele mas apesar disso foi bem divertido.

    Carl não é um personagem muito forte, e o alcance não é tão longo, mas ele é bem ligeiro e dá uns combos bons. O Drive dele serve pra controlar a Nirvana, você segura D e qualquer movimento com o Carl também move sua irmã. Quando você solta D, dependendo da direção que você estava segurando, ou do comando que você fez antes, Nirvana executa algum ataque. Ela é lenta e bate forte. A parte legal de jogar com o Carl é usar o personagem pra aproximar do oponente, fazer combos rápidos, e ao mesmo tempo tentar usar a Nirvana pra causar bastante dano no meio desses combos. As duas táticas que mais usei foram a do "sanduíche" (deixar o oponente entre Carl e Nirvana e bater com ambos ao mesmo tempo, por cima e por baixo, pra não dar chances de defesa), ou usar a Nirvana de escudo (fiz isso na última luta, contra o Hazama, porque não consegui cercar ele muito bem), nesse caso a maioria dos inimigos acaba batendo na Nirvana, que não sofre o impacto dos golpes e continua os combos de boas, desde que a barra de vida dela não acabe.

    λ-No.11 

    Lambda foi uma personagem bem estranha, depois de acostumar com uma porrada de personagens focados em se aproximar e enfiar combos, jogar com ela (que faz exatamente o oposto, luta à distância) foi meio difícil. O Drive dela é invocar umas espadas, que acertam bem à distância, e ela tem um ataque que controla a gravidade, tirando isso nem sei se tem muito mais o que falar dela. Apesar da força dela ser o combate à distância, acabei achando umas opções de combos à curta distância, e usei ela assim mesmo, usando " C (carregando até acertar todas as espadinhas) - →+C - Act Parser Zwei: Cavalier (meia lua pra frente + C, lança o oponente longe e ele bate na parede e volta) - repete do começo (às vezes precisa dar um pequeno dash pra acertar o C de novo)". Eu que sou noob consegui uns combo de 30+ hits, embora o dano não seja alto, dá pra dar um pouco de dor de cabeça pro inimigo.

    Hakumen

    Mais um personagem que curti bastante. Hakumen é meio lerdão, mas ele nem precisa se aproximar muito do oponente, já que o alcance da espada dele é ridículo de tão grande (e ainda apara projéteis e causa um buraco negro momentâneo no cenário, que causa um tiquinho de dano mas limita bastante o oponente). O Drive dele é basicamente um counter, achei ótimo porque dá pra usar na maioria das vezes que o Hakumen dá brecha, e aí quando o oponente acha que vai se aproveitar da sua falha toma um Fatal Counter delicioso. O maior problema do Hakumen é que ele não tem uma barra de Heat convencional, a barrinha dele vai enchendo automaticamente ou quando você acerta um counter, e quando ela se completa, adiciona um Magatama, de um máximo de oito. Seria excelente, se o personagem não usasse no mínimo um Magatama para cada ataque especial (eu particularmente gostei bastante do alcance, dano e combos que aprendi com Renka e Zantetsu, mas eles consomem 2 e 3 Magatama, respectivamente). Isso força você a usar poucos especiais. Os Distortion Drives dele usam 4 Magatamas, e apesar de ter uma certa variedade de movimentos, eu usei basicamente o Yukikaze (mais um counter, mas esse tem uma animação muito maneira e chega a ser roubado de tanta vida que tira), e o Astral, Akumetsu (outro counter). Acho que, depois do Tager, Hakumen é o meu personagem predileto do Continuum Shift.

    5

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...