Medium picture

juninhonash Juninho Rodrigues

It's gonna be a hell of a party


about 5 years ago 2015-05-13

Toren

Toren é sem dúvidas um dos jogos mais promissores que já tive contato, poderia ter sido tão maior e melhor que até entristece. Apesar da nota, não o veja como algo ruim, terão motivos pra que essa nota chegue onde está mesmo o jogo sendo bom.

Primeiro de tudo, a história é bem simples e não jogamos necessariamente com um personagem e sim com um conceito em si, o conceito do crescimento, do amadurecimento, mostrando várias faces dessa evolução, desde o ponto mais ingênuo e inocente de uma criança até a determinação de um adulto bem resolvido.

O problema é que são 2 horas de campanha, um conceito tão brilhante retratado de maneira tão inteligente e abordado de maneira tão curta, como eu disse, não jogamos com um personagem e si e sim com um conceito, tanto que ela é nomeada Criança da Lua, então poderia haver um melhor desenvolvimento no personagem/conceito pra que houvesse muito mais carisma e simpatia por parte do jogador.

Não que não houvesse da minha parte, houve e muito mas quando a coisa começa a esquentar, ela esfria porque simplesmente acaba. É absurdamente curto e conceitos assim já foram explorados em milhares de RPG's com pegada psicológicas, não que houvesse a necessidade de ser um do gênero mas eu digo que há muito o que explorar em algo tão bom. 

Uma menção mais que honrosa é pras batalhas contra o Dragão, não é uma ação frenética ou um esmaga botões, é pouco estratégica e bem significativa tanto mecanicamente quanto no enredo. É gratificante e é fácil se sentir na pele da personagem uma vez que compreendida a sua fraqueza e seu esforço pra vencer o medo e ir superando tudo de pouco à pouco, em especial nos combates onde temos de usar o cenário a nosso favor, como vento, pilastras e por aí vai.

Graficamente é bem interessante, uma arte bem própria por parte da equipe, conseguiu um traço bem único e não incomoda muito, porém de perto não é que chega a ser feio mas falta alguns polimentos aqui e ali. Mas o que me aborreceu é que o gráfico do jogo muitas vezes "falhava" e a personagem caía no nada e as texturas não são muito atraentes. Em alguns momentos cheguei a cair em lugares absurdamente seguros sem ter por onde cair, ou mesmo fui atingido duas ou três vezes por ataques do dragão que não eram pra ter me acertado no único ponto onde a Moonchild fica 100% protegida.

Um erro ocasional é a câmera que apesar de muito boa do nada bota a garota em ângulos onde não se pode a ver com nenhuma clareza ou entender o que está ao redor dela e o pulo em vários momentos passa por situações de falta de regulagem, o mesmo pulo pode falhar ou dar certo, totalmente aleatório em algumas partes onde exigem mais pulo.

A trilha sonora é de longe a parte mais incrível, dando um tom muito único e épico pro jogo, com bastante originalidade e o uso de fones de ouvido pra essa experiência é quase obrigatório. É simplesmente um trabalho espetacular de muitíssimo bom gosto.

Toren é um jogo onde não é só jogar, é mergulhar de cabeça numa experiência da qual o conceito de "Moonchild vs Dragon" é uma mera alusão à algo bem mais inteligente, à um contexto bem amplo pra várias interpretações que só não é ainda melhor pela curtíssima duração. Não é um jogo ruim, principalmente levando em conta o preço dele (torno de 20 reais) mas é um conceito muito grande pra um jogo tão curto, o que chega a ser triste.

Mas o trabalho da equipe é extremamente esforçado e dá pra ver isso com clareza, espero mesmo que continuem fazendo jogos desse tipo, cada vez melhores e tão profundos quanto, e principalmente maiores.

6.5 6.5 10
Overall
6.0 Gameplay
8.0 Story
9.0 Music
8.0 Graphics
Profundidade interpretativa no enredo
Excelente trilha sonora
Batalhas com o dragão
Preço muito baixo e acessível - torno de 20 reais.
Direção de arte fantástica
Duração ridiculamente baixa, em torno de 2 a 3 horas
Gameplay com resposta lenta em alguns momentos
Bugs ocasionais, mas não comprometem a jogatina
Extremamente fácil, sem nenhum tipo de desafio

28 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...