This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2020-06-17 23:15:39 -0300 Thumb picture
    gicba checked-in:
    Post by gicba: <p>#img#[716115]</p><p>Terminado, foi uma boa exper

    Terminado, foi uma boa experiência, mas umas boas coisas que resmunguei sobre nos outros dois anteriores ainda estão por aqui. Não são nada que estrague o jogo, mas quebra um pouco da expectativa que me fizeram ter sobre o jogo.

    Por exemplo, hyparam que o combate desse era melhor, e eu sinceramente não vi muita diferença. Como disse nos outros jogos, não sou fã desse sistema ainda, parece uma versão inferior do de Grandia. A ideia de afetar turnos é interessante, mas acho que não é explorada o suficiente, e o negocinho de andar pelo campo de batalha mais enche o saco que adiciona alguma coisa pro jogo.

    O forte mesmo é a música, a história e os personagens, e foi o que me fez continuar jogando. A base não é muito distante de um JRPG normal e básico, eu diria, mas dá pra ver que os caras realmente gostaram do universo que criaram, fazendo bastante worldbuilding e uma história grande e expansiva que se passa em vários lugares e jogos interconectados.

    Aí que eu acho que esse deu uma escorregada pra mim. Eu achei que o SC teve momentos mais marcantes, e embora a ideia de um jogo com só uma dungeon enorme que você vai desdobrando lentamente até chegar no fundo (como no meu querido Etrian Odyssey), e a ideia de expandir mais a história soam interessantes, mas não foram feitas do jeito que eu esperava.

    A dungeon mesmo é metade lugares rehashados do jogo anterior, com direito até a chefes repetidos do mesmo (outra coisa que pessoalmente detestei, parece que o jogo não tem identidade própria e só quer te impressionar com "ei cara lembra disso? daora né quer de novo? não? foda-se vai fazer de novo sim"). Acho que dava pra ter feito algo mais legal, mas até que deixo passar já que quando fizeram, aparentemente a série era super nicho e eles mandaram como um sendoff tipo o EO Nexus.

    Na parte da história, inicialmente as portas me intrigaram e eu gostei delas, mas achei que teve mais portas sem graça e mesmo que todos os personagens tenham uma cena dentro dela, eu ainda achei que deixaram a desejar em alguns personagens. Agate mesmo eu esperava bem mais, e só tem ele coadjuvante na da Tita e treinando os 3 patetas. Dá pra argumentar que o arco dele já passou, ele já superou o que tinha que superar, mas um flashback sobre a irmã dele como disse, teria sido legal de se ver.

    Fora das portas, a história principal funciona. O Kevin é bem bacana e é bom descobrir sobre ele. A backstory dele me surpreendeu, apesar de ainda achar que demora um pouco pra realmente começar a avançar nisso. Por causa desse ritmo meio formulaico eu acho que prefiro o SC, as coisas que acontecem nele serem no mundo real ajudam a ter uma sensação que tem algo acontecendo e o mundo tá sendo afetado por várias pessoas com ambições diferentes, enquanto nesse temos um capítulo inteiro de "Ei! Eu sou um fantasma! Eu não sou a pessoa de verdade, só uma projeção dela, essa luta não é real, mas precisamos lutar ou você não vai avançar". 

    Verei se começo crossbell assim que possível e espero não ter burnout, tenho expectativas altas pros próximos dois jogos.

    14
    • Micro picture
      manoelnsn · 27 days ago · 1 ponto

      Engraçado, que considero o terceiro o melhor da trilogia in the sky, justamente pela história e pelo cast. Kevin é um ótimo protagonista, e ter ele com a Ries no palco principal é bem mais interessante do que Estelle e Joshua que apesar de serem legais... Bem... São bem genéricos, ainda mais por terem aquele velho lance japonês de que irmão de criação = pode trepar que é moralmente correto.

      o lance de não ter história limitando sua party também é muito bom, detestava nos jogos anteriores a cada capítulo sua party ir mudando e só no final que tu conseguia todo mundo, aqui tu vai adquirindo os personagens aos poucos e no final tu tá com a trupe inteira pronta.

      O combate do 3rd é o mesmo dos outros dois, só tem algumas nuances a mais. Eu até curto as batalhas dessa franquia, mas não têm nada de mais mesmo.

      6 replies
    • Micro picture
      rax · 27 days ago · 1 ponto

      Parabens :D o/

  • 2020-06-17 02:55:25 -0300 Thumb picture
    gicba checked-in:
    Post by gicba: <p>Fiquei um tempo sem o que comentar, aí acabei ch

    Fiquei um tempo sem o que comentar, aí acabei chegando no penúltimo capítulo.

    Completei todas as Moon Doors, faltam umas 4 Star Doors, foda-se as sun doors. Não entendi por que os órfãozinhos lá mereceram uma porta longa, mas ok né, não vou questionar. É bonitinha, mas é uma cena longa que podia ter sido gasta em um flashback de algum char como o Agate, ou o Zin treinando com o Walter e a Kilika, sei lá. Enfim.

    A melhor porta até agora foi a que foi focada no Olivier, óbviamente. Não só por focar nas palhaçadas do meu personagem favorito, mas também pela setup e worldbuilding que ela tem.

    Piorzinha fico entre a Moon da Kloe zanzando na escola e a dos estagiários do Agate.  Achei um desperdício a do Agate em especial. Poderia ter sido um flashback sobre o relacionamento dele com a irmã mas nãããão controle 3 chars lixos por um tempo ai amigo

    Capítulo 5 foi bacaninha, com 2 personagens inesperados sendo recrutados. Não direi quem são, mas ambos não saíram da minha party desde que entraram. Um deles é tão roubado que me lembra o grande Citan de Xenogears quando ele resolve voltar a usar a espada hahahhaha

    Já o 6, eu pessoalmente achei meh. Ter que ficar passando em locais rehashados com bosses repetidos que não são nem um pouco interessantes (tirando AQUELE mas é só pelo hype de lutar contra o cara mesmo), não é muito engajante. Pelo menos eu ouvi de novo a música dos Enforcers, que tava com saudade.

    Pra terminar tudo eles trouxeram de volta um char importante da história dos anteriores pra ser o chefe final do capítulo. Sinto que deveria ser emocionante e hype mas só consegui ficar :| pq não ligo tanto pra ele assim, acho que o C devia ter sido o chefe final do capitulo e seria mais impactante.

    Enfim estou escrevendo isso tarde assim por que eu fiquei curioso demais pra ver o que tinha no começo do capítulo 7. Fiquei satisfeito e curioso, mal espero pra continuar. Um dos twists foi meio bobo e tava telegrafado demais, outro deu um susto e eu realmente me surpreendi. 

    Próximo check in planejo que seja o último, então vou reservar algumas coisas que tenho pra falar sobre pra ele

    8
  • 2020-06-14 19:06:17 -0300 Thumb picture
    gicba checked-in:
    Post by gicba: <p>Capítulo 4 terminado, aproveitei e fiz a limpa n

    Capítulo 4 terminado, aproveitei e fiz a limpa nas portinhas disponíveis tbm.

    Moon door 3 foi um pouco arrastada demais pra mim, sem contar o fato que eu odeio a escolinha da Kloe e tenho PTSD de zanzar por ela do SC. A Moon 2 porém, essa sim foi boa. Não foi arrastada e teve nostalgiabait com a música de batalha normal do FC voltando, a historia foi bem comovente e interessante tbm. Espero que as outras duas que faltam sejam nesse nível.

    Como esperado, a história deu uma andada a mais finalmente, e o fato de eu ter feito bastante portas nesse espaço de tempo me relaxou mais no ritmo de história-gameplay aqui.

    E finalmente o Agate voltou. Hora de spammar wild rage e dragon dive (:

    14
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 1 ponto

      Eu bem que queria não ter passado essa porta da Klaudia, ahuahuha

  • 2020-06-13 19:03:16 -0300 Thumb picture
    gicba checked-in:
    Post by gicba: <p>Terminei o capítulo 3, os dois chefes foram tão

    Terminei o capítulo 3, os dois chefes foram tão sem graças que eu juro que rolei os olhos pra cima, kek

    Porém finalmente o jogo parou com o ritmo de Kevin e Ries acham um char novo e tiram ele/a do cubo>Char novo se pergunta o que caralho tá acontecendo>eles basicamente dizem que não tem a minima ideia>depois de uma boss fight o carinha mascarado lá aparece, fala umas bosta mwahahah sou do mal e some>migalha de backstory do Kevin e da Ries>ciclo repete

    Finalmente teve um plotzinho a mais, espero que continue assim pq AGORA sim tá ficando mais interessante.

    Pau no cu do jogo por me obrigar a usar a Josette tho

    11
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 1 ponto

      Se curtir spoiler te falo o principal plot twist da porra toda

      2 replies
  • 2020-04-28 22:36:13 -0300 Thumb picture
    gicba checked-in:
    Post by gicba: <p>Fazendo progresso igual uma lesma mas fazendo pr

    Fazendo progresso igual uma lesma mas fazendo progresso

    Terminei o capítulo 2.

    impressões rápidas:

    Gosto da ideia de ser um jogo só em dungeons, e de ter alguns locais familiares pra quem jogou os 2 anteriores revisitados, mas como dungeons. Tipo o que houve no segundo capítulo. Depois da introduçãozinha porém, eu admito que fiquei curioso sobre um jogo com o Kevin indo por aí fazendo missões pela igreja enquanto descobre algum plano da Ouroboros que ele eventualmente tem que impedir, nem que fosse mais curto por isso

    A ideia das portas são interessantes e dá um motivo a mais pra explorar, apesar de achar as 2 que eu entrei tiveram as cenas um tiquiiiiiiinho arrastadas sem necessidade

    Os chefes demandam mais atenção, mas ainda acho que o sistema de batalha não é particularmente interessante

    Agora, não diria que tô decepcionado ou que tô achando ruim a ponto de doer de ler, mas a história não é muito legal no momento. Até agora é só "wow onde estamos que lugar misterioso precisamos andar por aqui salvando pessoas dos cristaizinhos pra descobrir sobre". O 1 eu achei embaçado pq o começo era mt chato e não acontecia nada interessante, mas depois pegava vapor, então talvez seja o caso desse tbm. Acho que de certa forma a história SÃO as portas mas eh. Talvez seja pq não achei alguma dos meus personagens favoritos ainda

    Highlight é definitivamente a OST porém. Boa parte das músicas tem um tom super agradável e grudam bastante na cabeça

    10
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 months ago · 1 ponto

      Esse é o melhor jogo da trilogia, disparado. Claro que tu não tem mais a exploração das cidades e talz, porém a história do Kevin é excelente, e sem contar o fato que agora tu vai poder ter acesso a todos os personagens dos 2 jogos anteriores pra montar seu time.

      Ah é, também tem a Ries, ela é outra personagem legal pra caramba.

      2 replies
  • 2019-12-08 21:43:54 -0200 Thumb picture

    The Legend of Heroes - Trails in the Sky 3rd

    Disparado o melhor jogo da franquia Trails que eu já joguei... E essa arte anos 90 ajuda bastante também!

    10
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2019-05-09 21:18:14 -0300 Thumb picture

    Mermay 2019 #3 e #4

    Ontem passei por uma daqueles momentos na vida onde tu para pra pensar naquilo que está fazendo da sua vida e se pergunta: "Por que estou perdendo tempo com isso? Por que ainda insisto em uma atividade trabalhosa a qual poderei ficar anos praticando sem nunca alcançar um nível aceitável?"

    Eu poderia estar jogando meus RPGs, vendo alguma série/animação, mas por que ainda insisto em desenhar, sendo que mesmo com o curso que estou pagando, continuo tendo problemas? Fui dormir ontem seriamente pensando em cancelar o curso, desistir de desenhar e...

    Bastou uma boa noite de sono pro ânimo vir novamente, hauhauha

    Essa eu fiz ontem mesmo, uma sereia freira. Como tive alguns errinhos na cabeça dela, até pensei em refazê-la, mas desencanei, já que a graça do desafio é fazer sketches mais soltos, então saia o que tiver que sair!

    E essa eu fiz hoje, uma sereia egípcia. Acabei fazendo ela junto com alguns hieróglifos, e até gostei do resultado, já que deu pra usar um pouco o pincel e nanquim, que não mexia há um bom tempo.

    Bem, é isso... Não sei se um dia pensarei em parar de desenhar novamente, mas de uma coisa eu sei: rabiscar é legal pra caralho e não vou desanimar tão fácil... Especialmente não depois de uma noite de sono, ahuahua

    @andre_andricopoulos, @bakujirou, @bmark, @danielpuia, @darlanfagundes,@douglascruz19, @ermeson, @filp, @fragucci, @ghostsnakin, @gus_sander, @hilquias, @igor_park, @inksketch, @jokenpo, @jugemu, @katsuragi, @laumiramos, @mastermune, @mateusfv, @manhundead @nono, @ralphdro, @raygoulart, @rodrigomesquita, @seufi, @srdeath, @vinicios_santana_3, @volstag, @wildwolf, @yukiiookumura

    Quem quiser ser marcado/desmarcado nesses rabiscos do mês só me falar, correto?

    33
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 1 year ago · 4 pontos

      Cara, passei quase 5 anos sem desenhar, por vergonha, por achar ser coisa de criança, eu desenhava dois ou três desenhos por dia, de 2007 a 2011, fiz 3 desenhos apenas. Minha mesa digitalizadora ficou na caixa quase todo esse período.
      Nesse mesmo ano de 2011, formei um grupo de incentivo a desenho VHBG, onde eu e mais dois amigos na mesma situação, nos forçamos a fazer desenhos diários, cerca de uma semana depois, conhecemos o inktober, foi o primeiro que participei e único que fiz todos os desenhos.
      Evolui demais nesse mês e a paixão pelo desenho voltou, depois de um tempo, só desenhar com canetas não bastava, comprei um kit de aquarelas escolares e fui treinando o uso das cores,
      Fui evoluindo e senti a necessidade de um material melhor e adquiri um kit profissional de aquarelas.
      Surgiu o projeto Hunter, passei 6 meses desenhando praticamente todo dia e a vergonha voltou, dessa vez dentro da minha casa, minha esposa e familiares, achavam perca de tempo o que eu fazia, já que não teria retorno financeiro, passei a desenhar de madrugada pra não incomodar ninguém, nem ser incomodado. A Hunter foi lançada, tive 50% dos apoios e por isso não consegui entregar na qualidade de impressão que eu queria. O lucro foi baixo, cerca de 200 reais, mas estava fascinado com o que fiz e a repercussão de quem lia.
      Mas pessoas que não estavam ligadas ao projeto, dificilmente se interessavam pela leitura, isso foi me desanimando, me deixando triste.
      Desde o lançamento da revista, eu não desenho isso têm quase um ano, apesar de estar cheio de ideia, muitas coisas foram acontecendo, mudança, reforma, mudança de novo e agora a separação, todo esse tempo eu fui deixando o desenho de lado e agora, triste e longe de quem amo, estou tentando me reconstruir e só me sobrou o desenho.
      Então, não desista de desenhar.

      4 replies
    • Micro picture
      mateusfv · about 1 year ago · 3 pontos

      Eu penso próximo com o meu curso, mas no caso do meu só vejo como desperdício de dinheiro msm hsushsh, mas no meu caso penso isso todo dia que tô lá, só continuou pq é o último semestre e pq é capaz de tomar um pé na bunda do trabalho ainda huhaashu, senso já tinha parado a tempos, mas como digo não tem nada melhor que dormir, isso sempre faz eu esquecer de tudo, até eu lembrar de volta no dia seguinte huhaashu

      7 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 1 year ago · 3 pontos

      Belos desenhos...
      ...
      Que bom que decidiu manter o hobbie...

      3 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2019-04-04 21:35:35 -0300 Thumb picture

    Desafio: 30 dias de videogames #3

    Continuando essa bodega...

    Decidi dividir esse desafio em alguns posts, ao invés de fazer algo diário. Cliquem na hashtag 30 dias o caramba abaixo se tiverem curiosidade com os últimos posts... Enfim...

    19 - jogo que curtiu, mas não terminou

    Need for speed most wanted, do PS2. Eu acho esse jogo muito duca, mas as malditas corridas de drag me desanimam de jogá-lo novamente. Aquele negócio de passar marcha enquanto o carro corre sozinho é um chute no saco, ainda mais que se tu bater tem que começar a corrida toda de novo...

    20 - Jogo mais criativo

    Secret of mana, do SNES. Um action rpg simples, sem batalhas random, com 3 personagens com funções específicas que podem inclusive serem controlados por jogadores diferentes. A genialidade desse jogo é tanta que me dá asco só de pensar na sua funesta sequência do PS1... E no seu ridículo remake que saiu há uns anos atrás...

    21 - Passou muita raiva jogando

    Lufia: Rise of Sinistrals. O primeiro Lufia é um jogo horrível, em todos os sentidos, e o segundo jogo, lançado bem no final da vida do snes, se sai maravilhosamente bem... Mas como eu odeio puzzles e o jogo te joga em um a cada 5 minutos eu saí muito do sério jogando ele! Mas é um bom jogo e vale muito a pena conferir...

    22 - Melhor jogabilidade

    Tales of Eternia, do PS1/PSP. O gameplay desse action RPG é incrível, tendo uma boa dificuldade(mesmo no modo normal), bosses bem desafiadores e gráficos em sprites lindões. A história é bem mais ou menos, mas vale cada segundo a experiência mesmo assim!

    Aliás, a imagem é do anime de Tales of Eternia, quem ainda não conferiu vale muito a pena também!

    23 -Chefão mais difícil

    Tem muitos bosses difíceis, mas por hora vou citar Cassius Bright, o fodão da trilogia The Legend of Heroes Trails in the sky. Desde o primeiro jogo todo mundo fala o quão ele é poderoso e incrível e no terceiro jogo quando tu finalmente enfrenta ele... O cara é realmente tudo isso! Ele sozinho, tu com uma equipe de 4 personagens, e o desgraçado ainda dá um trabalho do cão! Sem dúvidas um grande boss, não só pelo desafio, como por toda lenda que tinha sobre ele no game!

    24 - Final decepcionante

    Quem me acompanha há algum tempo aqui na rede sabe o suplício que foi pra mim fazer esse jogo funcionar. Dragon Quest é uma das minhas franquias preferidas de RPG, então fiquei muito ansioso por esse game... Pra chegar na terceira parte do jogo e querer rushar até o final o mais rápido possível pra não ter que presenciar a merda que fizeram com o game. 

    O final do jogo em si tem uma bait pra qualquer fã da franquia, e eu como tal curti bastante, mas... Não é o suficiente pra me fazer engolir o que fizeram com a história aqui, foi algo decepcionante a um nível estratosférico...

    Bem, cansei. Amanhã posto o final do desafio... Ah, e marcando o @mateusfv

    22
    • Micro picture
      _fernando · over 1 year ago · 2 pontos

      Acho que eu sou um dos poucos que curte bastante JRPGs da epoca do SNES mas não gosta de Secret of Mana ahueahu

      4 replies
    • Micro picture
      santz · over 1 year ago · 2 pontos

      Legend of Mana é top!

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · over 1 year ago · 2 pontos

      NFS MW daria pra dizer que é um que curti mais não terminei... De novo hsushsh, já que já terminei ele e muito tempo atrás, mas ano passado comecei de novo só que não me empolguei muito, sla parece que não tenho mais a msm vontade de jogar jogo de corrida hsushsh.

      Mana e Tales são duas séries que tenho que jogar ainda hsushsh, DQ tbm mas só de saber que a série é focada em grind (algo que odeio apesar de ser necessário muitas vezes nos JRPGs) me faz a vontade de começar um ser bem pequena hsushsh

      1 reply
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2018-06-09 08:18:33 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 10 jogos - #3

    Basicamente consiste de postar uma imagem, sem explicação, de algum jogo que te marcou, sendo 1 jogo por dia. A cada jogo, um amigo precisará ser indicado.

    Bem, todo mundo que eu sigo fez o @desafio, então quem ainda não o fez, sinta-se desafiado por mim!

    24
    • Micro picture
      tiagodantas · about 2 years ago · 2 pontos

      Esse tá na minha lista para jogar (algum dia XD)

      1 reply
    • Micro picture
      mastermune · about 2 years ago · 2 pontos

      Um dia jogarei, preciso terminar o 1 e 2 primeiro, auehuehaeauhaeuaeh!!!

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · about 2 years ago · 2 pontos

      Eu tenho o 3 na Steam, comprei quando saiu, mas não terminei o 1 até hoje e não tenho o 2 kkkkkkkkkkkkk

      1 reply
  • deenilsonn Denilson Key
    2017-12-25 18:39:50 -0200 Thumb picture
    deenilsonn checked-in:
    Post by deenilsonn: <p>#img#[507578]</p><p>TERMINEI!</p><p>Que jornada

    TERMINEI!

    Que jornada gigante foi essa!

    A batalha final é magnífica! Vocês divide os personagens em 4 grupos e cada grupo enfrenta um boss colossal ao mesmo tempo, deu game over poder chorar kkkkk

    Destaque pro Anima, o boss final que na verdade não era nem Lord of Phantasma e nem a Rufina, era o lado obscuro do stigma do Kevin. Esse deu trabalho!

    2
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 years ago · 1 ponto

      Adoro quando aproveitam os personagens dessa maneira, até me lembrou o final de Final Fantasy VI.

      Eu tu usou quase a mesma equipe que eu no final boss, só que ao invés do Joshua eu fui de Renne

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...