This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • hard_waters David Waters
    2020-07-19 22:56:12 -0300 Thumb picture
    hard_waters checked-in:
    Post by hard_waters: <p>Farmei bastante, salvei uns NPCs, juntei uns ite

    Farmei bastante, salvei uns NPCs, juntei uns itens, derrotei uns chefes... Agora é esperar meu enteado voltar da casa do pai dele pra juntarmos cristeis pra tunar meu sabre, e juntarmos as armas pra fazer a armona dele pra enfrentarmos o bichão e irmos pro Hard! O/

    24
  • hard_waters David Waters
    2020-07-19 14:01:08 -0300 Thumb picture
    32
    • Micro picture
      mateusfv · 3 months ago · 3 pontos

      Caramba eu nem sabia que tinha uma borracha no circle pad, eu jurava que ele inteiro era de borracha kk

      O meu controle do PS2 que aconteceu isso ai, guardei ele n sei aonde, ai as barata/rato/sla oque comeram as borracha kk

      10 replies
    • Micro picture
      vante · 3 months ago · 2 pontos

      O meu também tá mais ou menos assim kkkkkkkkk. Já soltou, mas eu fico encaixando de novo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Micro picture
      mastershadow · 3 months ago · 2 pontos

      A minha ainda ta legal, mas sei q um dia isso vai acontecer, ao menos continua funcionando, depois acostuma sem borracha, alguns games é ate melhor sem ela, sei pq meu controle de X box do PC,saiu ela e eu prefiro assim.

  • hard_waters David Waters
    2020-07-12 17:25:21 -0300 Thumb picture
    hard_waters checked-in:
    Post by hard_waters: <p>Matemo!</p><p>#img#[722306]</p><p>Minha grande b

    Matemo!

    Minha grande build!

    24
  • 2020-07-12 01:04:51 -0300 Thumb picture
    Post by framp: <p>porra, puta saudade de terraria</p>

    porra, puta saudade de terraria

    1
  • hard_waters David Waters
    2020-07-10 23:36:52 -0300 Thumb picture
    hard_waters checked-in:
    Post by hard_waters: <p>Jogando de galera! O/</p><p>#img#[721748]</p>

    Jogando de galera! O/

    29
    • Micro picture
      rax · 4 months ago · 2 pontos

      ostentador dos famosos "treixdêési" auhsuahsuahs Boa Jogatina :D õ/

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-06-23 20:26:06 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Terraria

    Zerado dia 22/06/20

    Conheci esse jogo há poucos anos atrás. A primeira impressão foi de ele ser apenas mais um jogo qualquer, até que tempos depois descobri que o mesmo era um "Minecraft 2D", rótulo que muita gente dá a ele até hoje. Com o passar do tempo, comecei a perceber que Terraria era um jogo relevante, o que foi me deixando curioso até finalmente o baixar no PS Vita. Uma coisa que me desmotivava a começar era seu visual, meio indie meia-boca, e isso me fazia acreditar que a experiência podia não ser pra mim.

    Eras depois, o jogo continuava lá e por ser tão leve, não tinha nem motivos pra jogá-lo com o intuito de liberar espaço no portátil.

    Acompanho os vídeos do Pewdiepie e os streams de Minecraft dele estavam super populares (apesar de eu não ter assistido nenhum. Após a campanha, seus seguidores indicaram o Terraria e ele começou a jogar. Assisti um episódio ou outro e fiquei muito interessado. Alguns outros youtubers, como o Vinesauce começaram a jogar também depois de pouco tempo e isso me deixou com bastante vontade!

    Dei a ideia pra uns amigos e fizemos um time de 5 pessoas comprando um daqueles pacotes de grupos (um dos amigos já tinha o jogo) e a experiência saiu por apenas R$14! Muito mais barato que os R$100 das outras plataformas.

    Infelizmente o elemento cross-play do jogo é praticamente inexistente também, mas julguei que usar o mouse pra esse tipo de jogo fosse ser melhor.

    No primeiro dia de jogatina, já tinha deixado claro que queria jogar até zerar e acho que todos meio que já tinham esse objetivo, mesmo que quase ninguém soubesse nada sobre a aventura (o que inclusive gerou questionamentos sobre a qualidade de Terraria antes da compra).

    Escolhemos uma da pessoas para criar um mundo e agir como servidor (infelizmente não vi a opção de criação de um "Realms" de Terraria). Ele escolheu a dificuldade do jogo (Normal) e o tamanho do mapa (médio), entre outros detalhes.

    Em seguida criamos nossos personagens, e há bastante personalização para um jogo de sprites tão simples. Eu mesmo fiz um personagem parecido com o Sonic, com suas cores, penteado e tudo mais.

    Ainda no espírito do recém-jogado Minecraft, fui fazendo o básico e esperava aprender tudo sem usar a internet. Logo saíram armas, machados e picaretas. O amigo que já conhecia um pouco sobre Terraria foi fazendo uma casa e a mobília necessária, sendo a mesa de construção a mais importante.

    Catamos madeira para usar diretamente como paredes da casa e usamos parte dos recursos na bancada para criar o background. Logo chegaram NPCs para morar com a gente e percebi que essa era uma parte importante do jogo: criar cômodos. Quanto mais cômodos mobiliados com itens de decoração você tiver, mais pessoas vem morar na sua casa, sejam ela encontradas pelos mapas do jogo ou automaticamente conforme você avança na campanha.

    A grande importância disso é que todos os NPCs tem funções diferentes (geralmente vendem coisas específicas ou prestam algum serviço). Tem a enfermeira que te cura completamente pagando uma acerta quantia, o velhote que vende umas armas, o Guia, que te diz tudo o que você pode criar com as armas e recursos que você o mostrar, o Goblin, que reforja seus equipamentos para conseguir diferentes modificadores/bônus e muito mais.

    O jogo tem um relógio ingame que faz com que transições aconteçam, como anoitecer/amanhecer (fora as mudanças de clima). Durante a noite é comum ver inimigos nas proximidades da casa e que tudo escureça (coloque tochas pra todo lado)! Esse período é importante, pois é apenas durante a noite que certos eventos podem acontecer, como ataques zumbi e mesmo a aparição de chefes!

    Há uma mecânica no jogo que conforme você se fortalece, certas coisas começam a acontecer, impossibilitando que fique muito forte antes de certos desafios. Além disso, alguns eventos só podem acontecer se outros objetivos tiverem sido cumpridos anteriormente.

    Nesses primeiros ataques percebemos que deveríamos nos fortalecer, e é aí que entra uma das partes mais legais de Terraria: minerar! Escolha um lugar em algum dos diferentes biomas e comece a minerar com a sua picareta. Quebre e colete blocos de terra, areia, pedra etc etc etc.

    Abaixo da terra você vai encontrar de tudo: diferentes inimigos, baús, minérios, lava e equipamentos!

    Assim como Minecraft, as coisas vão escurecendo conforme você cava, então ponha muitas tochas. Uma diferença muito bacana em Terraria é o mapa! Você sabe onde já explorou ou não, onde morreu e o quão longe está de casa.

    Nossas primeiras expedições tiverem um bom gosto de Steamworld Dig com Spelunky e focamos em achar minérios para melhorar nossa situação. Começamos com equipamentos de pedra, bronze, prata e fomos pros de tungstênio e ouro. Não há sistema de níveis, apenas equipamentos, e a diferença é notável. O primeiro chefe, que era bem tenso, logo ficou super fácil.

    Minerar em grupo é obviamente bem mais rápido. Procurávamos minérios para todos poderem sobreviver. O lado negativo é que, depois que você se equipa, você quer ir pra próxima, mas acabava tendo que continuar explorando para ajudar o próximo.

    Outra parte legal são os achados. Encontrar um baú é sempre um motivo de felicidade e garante quase sempre novas armas, armadura ou acessórios bacanas (você tem cerca de 10 slots de acessórios, embora metade seja exclusivo para alguns tipos deles).

    Alguns desses acessórios mudam drasticamente a experiência, como as botas que fazem correr ou a nuvem na garrafa, que permite o pulo duplo. O pessoal invejou bastante quando fui o primeiro a encontrar um gancho, que me permitia sair agarrando a paredes e tetos, sendo bem mais rápido para alcançar diferentes áreas.

    Outros tipos de acessórios incluem melhorias em status do personagem, regeneração mais rápida de vida, montarias, pets (apenas estéticos) e por aí vai. Todos nos tornamos personagens diferentes, em habilidades, status e até mesmo nos tipos de ataque e outras ações, conforme cada um recolhia loot.

    Eu foquei em armas e acessórios de força bruta, enquanto entregava todos os itens mágicos pra um amigo, focado em ser mago e uso de mana (que inclusive se tornou consideravelmente melhor que o meu durante a aventura quase toda).

    Ganhei confiança no meu guerreiro, derrotamos chefes e mais chefes e logo terminávamos a primeira parte da campanha, que basicamente se foca em enfrentar chefes em todos os biomas até chegar ao inferno, no fundo do mapa. Terminando por lá, o jogo automaticamente muda pro chamado "Hardmode".

    Eu achei que o Hardmode era o mesmo jogo, só que mais difícil, tipo que nem em Diablo, mas estava errado. Nesse modo, o mapa não reseta e nada muda senão a dificuldade dos monstros. Na verdade, você só vai perceber que algo mudou quando ver monstros diferentes e mais fortes por aí, pois não há créditos nem transições entre os modos.

    Por terminar o modo anterior, ganhamos um martelo que pode quebrar altares que víamos pelo mapa. Ao quebrar os três primeiros, cada um deles irá determinar quais novos minérios aparecerão pelo jogo, capazes de nos fortalecermos ainda além. Os nossos foram: cobalto, oricalco e titânio, sendo esse último o mais raro.

    Até então estávamos usando equipamentos de pedras do inferno, mas graças à poções e radares, conseguíamos saber quando tinha algum minério por perto e os pegar. Tivemos que fazer picaretas melhores para conseguir os recolher e depois de maratonas de jogo, fechamos os próximos sets de armaduras. Já estávamos usando ferramentas muito mais rápidas nesse momento, como uma furadeira que cavava SUPER rápido pelo mapa.

    Depois disso, tivemos que ir atrás dos próximos chefes e conferir novas coisas que apareciam pelo mundo. Os próximos sets de armadura consistiam em matar diversas vezes os novos chefes ou matar inimigos um zilhão de vezes atrás de itens com até 1% de chance de serem derrubados.

    Chegou um ponto que já tínhamos testemunhado todo tipo de chefe, eventos, raridades, referência e tínhamos ótimos equipamentos com efeitos diferentes, criando torretas e familiars para nos ajudar. Sabres de luz, uma pistola que atira arco-íris, uma espada que invoca meteoros com cada ataque, voava em um OVNI, espadas gigantes que atiravam raios, muitas conquistas da Steam e um vício absurdo!

    Eu dependia do meu amigo abrir o jogo para acessar nosso mapa e ficava meio que com vergonha de ficar pedindo, mas eu não parava de querer jogar esse jogo! Em 8 dias, fizemos 80 horas de jogo. 10 horas por dia e indo dormir às 5 da manhã.

    É tanta coisa pra fazer, é tanto conteúdo e um jogo tão incrivelmente profundo que mesmo tendo finalmente matado o verdadeiro chefe final no Hardmore, continuamos jogando atrás de mais coisas e "farmando" a última batalha para fazer as melhores armas do jogo e rezando pra conseguir itens de pouca chance de aparecer. Na verdade, até agora tenho vontade de voltar lá, apesar de não ter quase nada mais pra fazer.

    Resumindo: Terraria foi uma experiência incrivelmente completa e totalmente surpreendente a ponto de eu achar que R$14 não foi um preço justo a ser pago. Uma ótima jogatina que não conseguíamos largar, enquanto conversávamos sobre ela e estratégias do que fazer em seguida e fazer piadas ou falar sobre a vida. O jogo chegou a me desmotivar em alguns pontos nas primeiras horas do Hardmode, principalmente quando fui atrás das melhores armaduras possíveis e ainda estava sofrendo com os dois primeiros chefes, mas logo conseguimos ir além e no final das contas, me tornei praticamente invencível, o que eu realmente achei que não fosse acontecer. Duvido que eu jogue algo melhor esse ano!

    De bom: jogabilidade simples (acabei jogando com um controle de Switch e achei bem melhor que mouse e teclado, sendo que eu imaginava o contrário pra esse jogo). O visual não é feio como eu lembrava e até lembra bastante jogos como Final Fantasy V. Muito conteúdo e variedade. Muita variedade. Muitas opções de customização, começando pelo personagem, armaduras e armas e até mesmo cores que você pode modificar. É uma delícia ficar forte e meter a porrada naquele chefe que era tão difícil. Explorar é sempre um mistério e sempre uma fonte de achados legais. Ótima experiência multiplayer. O NPC que revela tudo o que você pode fazer com qualquer coisa que mostrar pra ele é uma super boa ideia do jogo pois se você estiver em dúvida se vale a pena guardar alguma coisa, basta mostrar pra ele. As coisas no jogo mudam conforme você derrota certos chefes (eventos ficam mais difíceis e nos monstros aparecem).

    De ruim: achei que o jogo poderia ter tido uma continuidade mais lógica, visto que no Hardmode alguns coisas são absurdamente difíceis no começo e mesmo gastando horas para achar a melhor armadura do minério mais raro, eu ainda apanhava. É uma grande infelicidade que o personagem não fique atrelado à uma conta, mas sim ao save no seu PC, pois gostaria de usá-lo em jogatinas casuais futuras e no meu PS Vita. Alguns itens são exageradamente raros de serem conseguidos, como um casco de tartaruga do gelo, que tem 1% de chance de ser derrubado e passei horas as matando e derrubando outro item múltiplas vezes, de 1.33%. O jogo é traduzido para o português, mas cheio de erros.

    No geral, eu realmente adorei Terraria e finalmente entendo o amor por ele em tantas plataformas, inclusive alguns amigos com centenas de horas no meu Nintendo Switch. Adorei as surpresas, todas as modificações e melhorias que meu personagem passou e o quão profundo esse jogo pode ser em relação à mecânicas e itens. Nem lembro a última vez que um jogo de exploração assim me divertiu tanto. Sem querer intriga, mas isso daqui dá de mil a zero em qualquer Minecraft.

    32
    • Micro picture
      volstag · 4 months ago · 3 pontos

      Amo Terraria, já faz um tempinho que não jogo, mas eu tinha visto um trailer esses tempos que falava que eu iria ter final de verdade agora, mas acho que estou longe pra poder fazer ele, seja lá como se faz hahaha

      1 reply
    • Micro picture
      andrexdl23 · 4 months ago · 3 pontos

      Meu irmão e os colegas deles jogaram MUITO isso em 2012, e por algum motivo voltaram a jogar agora. O end game me atrai muito, com aqueles chefes enormes e pomposos, armas extremamente destacadas, coloridas e poderosas, tudo um caos! Devido a isso, tenho muita curiosidade em jogar, hehe.

      1 reply
    • Micro picture
      xch_choram · 4 months ago · 2 pontos

      Basicamente oque mudou na atualização nova no PC não está traduzido.

      2 replies
  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-05-11 17:01:35 -0300 Thumb picture
    volstag checked-in:
    Post by volstag: <p>Como assim eu nunca postei nada de Terraria de P

    Como assim eu nunca postei nada de Terraria de PS4 aqui? tem alguma coisa errada...

    Ou não, antes eu jogava no computador, bem capaz que não postei mesmo minha troca de sistemas.

    Bom, já faz um tempinho que joguei pela ultima vez, tipo quase uns dois meses eu acho, mas nesse jogo infinito eu sou assim, dou pausas e volto depois.

    Quem me conhece sabe que não vejo lá muita graça em jogos eternos, tirando rarissimas exceções, como World of Warcraft por exemplo, e este aqui, que por algum motivo eu acabo sendo atraído de tempos em tempos pra criar um mundo novo e explorar.

    Enfim, talvez agora que está pra sair a atualização final (ou até já saiu e eu não fui conferir) em que o jogo aparentemente terá final, me faça querer jogar até ver isso, senão, de tempos em tempos eu volto novamente hahaha

    22
    • Micro picture
      xch_choram · 6 months ago · 2 pontos

      Dia 16 sai, pra pc pelo menos, não sei se pra todas as plataformas.

    • Micro picture
      santz · 6 months ago · 2 pontos

      Se eu não me engano, esse jogo não é infinito, só é longo pra porra.

  • 2019-07-05 00:32:45 -0300 Thumb picture

    Bem vindo @gh7seven!

    Seja bem vindo ao Alvanista @gh7seven! Essa rede social é demais, com certeza você vai gostar! =]

    703

    21
  • 2019-04-16 21:34:51 -0300 Thumb picture
    Post by kazuhiro0: <p>Fiz uma torre que vai do subterrâneo até o topo

    Fiz uma torre que vai do subterrâneo até o topo do mapa e a cada 8 blocos eu usei um material diferente, é ótimo pra jogar com amigos

    1
  • luckyg Lucas Martins
    2019-01-28 16:44:02 -0200 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...