This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2020-06-03 22:39:52 -0300 Thumb picture
    l_perugia checked-in:
    Post by l_perugia: <p>#img#[712378]</p><p>De modo geral, é bem inferio

    De modo geral, é bem inferior ao primeiro. E digo bem inferior mesmo... Se no primeiro jogo tínhamos a opção de rebobinar o tempo com a habilidade de Max e abrir novas linhas de diálogo, e até mesmo novas perspectivas com essa habilidade, aqui temos, bem nada... A história é contada a partir do ponto de vista de Sean, um adolescente magrelo, rebelde sem causa, fumador de beck que tudo que faz durante a trama é ensinar coisa errada ao irmão (ou talvez nem tanto). AFINAL O JOGO É 90% LINEAR E AS SUAS ESCOLHAS DURANTE OS 4 PRIMEIROS CAPÍTULOS AFETAM EM QUASE NADA O DESENROLAR DAS COISAS, EXEMPLO; DANIEL ROUBAR ALGO OU NÃO, CERTO PERSONAGEM SE FERIR OU NÃO, CERTO PERSONAGEM APARECER OU NÃO NÃO ENCERRAMENTO DO CAPÍTULO.

    O capítulo final é provavelmente o único com algumas grandes mudanças, já que dependendo de suas escolhas (até que enfim) você pode ter um final diferente, 4 ao todo, sendo um bonzinho, 2 razoáveis, e 1 ruim. O que eu fiz acredito ser o ruim, o que eu chamo de vida bandida, Sean e Daniel escapam pro México e viram bandidos em Puerto Lobos.

    Enfim, vou encerrar essa piralha. O jogo é bem mal desenvolvido em relação ao primeiro (se bem que o primeiro nem é tudo isso, mas de modo geral é um jogo decente) aqui a trilha sonora (marca da série) não empolga, os desfechos dos capítulos variam de mediano a sem sal, e os personagens só aparecem e se vão e não empolgam (em sua maioria) nem um pouco.

    Em tempo: A cassidy é uma personagem fofinha (smile)

    6
  • 2020-05-18 21:25:46 -0300 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p><strong>Platina 147</strong></p><p>#img#[708320]

    Platina 147

    Vamos lá.

    Life is Strange 2,é um jogo tão marcante quanto o primeiro.

    Aborda temas sérios e delicados igual ao primeiro, conta uma história que eu achei até mais interessante que o primeiro em alguns aspectos, porém sofre com o mesmo problema que o primeiro jogo da série.

    Um deuteragonista que não me cativou, o irmão de Sean ,Daniel não tem um grande desenvolvimento na sua relação com Sean, talvez pela escolha dos desenvolvedores de ter um grande espaço de tempo entre os episódios, achei isso um erro pois perdemos desenvolvimento da história, em certos momentos Daniel se mostra mais como um grande pestinha que não consegue respeitar o básico na situação que ambos se encontram, mesml ele sendo uma criança de 9 anos, certas atitudes perante ao risco que ele tomou seriamente deixariam qualquer um de cabeça quente.

    Os jogo traz vários personagens interessantes, é bom ver uma certa reconciliação deles com a mãe, conhecer gente legal na estrada durante a jornada como Cassidy e a galera do acampamento na Califórnia.

    O jogo em si trouxe uma história bem peculiar, que aborda preconceito, aceitação e racismo, a história é bem retrato do debate que ocorria nos EUA  na época, ele é um verdadeiro produto da sua época.

    Fiz o final de separação e não me arrependo, dei uma olhada na outras opções  e realmente ainda bem que escolhi esse final.

    No fim fico no aguardo por um terceiro jogo, quer ver o que eles vão abordar no próximo, alguns temas e  histórias nos jogos acho que só uma série como Life Is Strange pode abordar, qual será o Setting e a história do próximo jogo?

    Ganhei uma Badge no Mypst por finalizar toda a franquia life is Strange no PS3 e PS4.

    29
    • Micro picture
      kleber7777 · 3 months ago · 2 pontos

      "em certos momentos Daniel se mostra mais como um grande pestinha".
      haha essa é uma reclamação comum. Eu tb tive uma reação parecida mas, no fim das contas, eu relevava muito. Afinal um irmão muito menor acaba sendo assim mesmo. E ainda mais com toda tensão da fuga, saudade do pai e por estar longe de casa colaboram muito para que ele se tornasse um vilão.
      Um jogo em que testa seu poder de empatia e cuidado com o irmão é algo pouco visto. Nesse ponto eu gosto bastante do jogo.

      1 reply
    • Micro picture
      igor_park · 3 months ago · 1 ponto
    • Micro picture
      fredson · 3 months ago · 1 ponto

      Há rumores que vão anunciar o 3 esse ano ainda. Eu também zerei esse a pouco tempo.
      . http://alvanista.com/fredson/posts/3786115

      2 replies
  • 2020-05-17 09:50:17 -0300 Thumb picture
    igor_park checked-in:
    Post by igor_park: <p>O primeiro Life Is Strange, trouxe uma&nbsp; abo

    O primeiro Life Is Strange, trouxe uma  abordagem de narrativa comteporânea, diferente, com um aspecto de seriado com escolhas, cada personagem daquela Arcadia Bay era interessante e tinha uma background que despertava curiosidade no jogador.

    Ao jogar o primeiro eu tive várias reflexões, em ações, dialógos e comportamentos que o primeiro jogo passava para o jogador, tinhamos temas como preconceito, suícidio, ativismo entre outros.

    Nesse segundo eles aprofundaram ainda mais em temas e abordagem, estou curtindo a experiência, os temas, os protagonistas e os secundários que a narrativa nos apresentam.

    O jogo é protagonizado pelos irmãos Diaz, Sean e Daniel, que acabam por sofrer um grande trauma no ínicio do jogo e partem numa missão rumo ao México.

    Daniel o irmão mais novo desenvolve habilidades sobrenaturais após o ocorrido.

    É interessante que aqui muita das suas escolhas do Sean irão servir de modelo para Daniel.

    Desculpa mais para mim esse carinha aí é o Seth Rogen, ele é um dos personagens mais legais até agora ( só joguei até o fim do cápitulo 2).

    Teve essa Punk aqui também provavelmente ela vai ter uma participação maior no próximo episódio.

    Referências Arcadia Bay firme e forte é claro!

    O interessante desses jogos é que depois você fica refletindo algumas escolhas, eu mesmo queria voltar no cápitulo 2, só para mudar uma reação relacionada ao pai do Chris, apesar de ser meio morno o episódio 2 fica bastante interessante pois você conhece de antemão alguns personagens se tiver jogado a demo/mini-jogo Captain Spirit.

    Agora é seguir a aventura e ver como a Dotnod pode surpreender nos próximos episódios.

    22
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2020-05-05 22:11:17 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado Episódio 5: Wolves.</em><

    Finalizado Episódio 5: Wolves. É o final de Life is Strange 2... um final incrível, com cenas e momentos extremamente simbólicos, principalmente sobre a questão racial, neste último né. A excelente narrativa talhou com perfeição a relação dos irmãos Diaz, e a evolução de cada um deles (Sean e Daniel) é percebida visivelmente, tudo graças ao roteiro inspirado. Toda a questão dos poderes é abordada de forma realista e muito pé no chão, sem perder o efeito UAU em nenhum momento... e estou dizendo especificamente isso porque minhas escolhas me levaram até essa experiência em particular, mas pelo que ouvi existem 7 finais diferentes né? enfim... 

    Como se isso não fosse suficiente tem toda a parte técnica. A engine dos caras é muito foda, eu curto demais o visual meio sem bordas deles... mais ou menos como a nossa realidade só que com um filtro especial. A trilha sonora da série também é outro fator que me conquista sempre, muitos artistas novos, todos excelentes, e a trilha original segue no mesmo nível. Concluindo, o jogo ganhou alguns prêmios importantes, atuação e narrativa se não me engano, e tudo é muito muito merecido, Life is Strange 2 é um jogo importante e necessário, diferente de tudo. Sou fã né, fazer o que? Foda demais. 

    galera xD

    22
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2020-05-01 02:57:09 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado Episode 4: Faith.</em></s

    Finalizado Episode 4: Faith. Como o próprio nome antecipa, este episódio fala de religião e seus cultos, fala também de reencontros e perdão, persistência e superação. A quantidade de merda que acontece neste episódio é de proporções inimagináveis. Extremamente enervante e difícil de se manter humanitário xD Mas não impossível né. 

    Sean neste episódio é puro sofrimento, pura determinação, ele é Solid Snake, é um grande herói dos games! Vamos para o episódio final. 

    24
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2020-04-25 01:51:54 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado Episode 3: Wastelands.</e

    Finalizado Episode 3: Wastelands. Continuando a história dos irmãos Diaz, mais um ótimo episódio. Muitas escolhas relacionadas a sexualidade do Sean e muitas questões morais envolvendo o pequeno Daniel, tudo feito de maneira orgânica e excelente na minha opinião. Um roteiro pesado e que leva o jogador muito a sério. Tá foda!

    24
    • Micro picture
      igor_park · 3 months ago · 2 pontos

      Cada vez que tu posta bate a vontade de jogar kkkk

      1 reply
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2020-04-22 02:37:47 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in:
    Post by raccoon: <p><em><strong>Finalizado Episode 2: Rules</strong>

    Finalizado Episode 2: Rules. Tá complicado esse jogo mano, muitos ninjas shinobi e uma grande quantidade de cebolas. Capitan Spirit marcando presença. Seguindo na estrada. 

    Não esquecendo dela...Cassidy.

    27
    • Micro picture
      dlima · 3 months ago · 2 pontos

      kkkkk é triste assim mesmo? eu não sai ainda do Life is Strange 1 ep 1 kkk tenho q lembrar de pegar na próxima sale, faz tempo q não choro num jogo

    • Micro picture
      shucrute · 3 months ago · 2 pontos

      Eu terminei semana passada e cara... por mais que os outros episódios tenham seu momento "feels", acho que nenhum episódio foi tão dolorido quando a 1ª parte do episódio 2.

      1 reply
    • Micro picture
      kleber7777 · 3 months ago · 2 pontos

      Momento triste pra mim era conversar com a Lyla. Eu fiquei de cara quando vi no YouTube que muitos jogadores não telefonavam pra ela.

  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2020-04-20 02:47:53 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado Episode 1: Roads</em></st

    Finalizado Episode 1: Roads. Eu sou fã da série Life is Strange, só faltava jogar o dois e acabei esperando ele sair inteiro pra ir de uma vez. Esse primeiro episódio foi extramente intenso, o que era de se esperar. Eu simplesmente amo a trilha grunge/indie/Portland desse jogo. A engine dos caras é muito legal, visual lindo mesmo... e a humanidade da história e dos personagens é inspiradora, sinceramente. Sem esquecer a riqueza de detalhes do level design e o excelente trabalho dos atores, enfim... Continuando a saga dos irmãos Diaz, os irmãos lobo.

    18
  • shucrute Cleidson Ferreira
    2020-04-15 13:06:13 -0300 Thumb picture
    shucrute checked-in:
    Post by shucrute: <p>Check-out!</p><p>É chegado o fim da linha de Lif

    Check-out!

    É chegado o fim da linha de Life is Strange 2, foi até bom não falar nada ontem a noite (quando terminei) pra esfriar a cabeça e pensar mais friamente sobre o jogo.

    Vou tentar ser o mais sucinto possível pra evitar spoilers, mas após um acontecimento até então inexplicável, nossos protagonistas precisam iniciar uma jornada pelas estradas do oeste dos Estados Unidos, jornada essa que lhes rende altas histórias e conhecem pessoas marcantes, pro bem ou pro mal. 

    Minhas impressões são as seguintes:
    Esse clima de jornada é bem o que Life is Strange precisava, até por sempre primar pela ambientação e contemplação, nesse aspecto essa narrativa caiu como uma luva, pois cada episódio é bem único por conta disso.

    A história tem seus altos e baixos: 

    Os altos claramente são as escolhas difíceis que sempre dão aquela angústia, as situações novas a cada passo e as conversas simples que acabam gerando uma bola de neve mais a frente, e algo interessante é que o jogo tem mais de um final pra cada escolha feita. A química dos irmãos funciona muito bem também e até por eu ser irmão mais velho me identifiquei com algumas coisas.
    Ah! E os episódios estão mais longos que o normal, que pra mim foi um ponto positivo, pois deu pra destrinchar melhor a história.
    Os baixos são praticamente as mesmas coisas que os altos pois algumas escolhas que o jogo faz não são as que eu faria e infelizmente não tenho nenhum poder sobre isso, no 2º episódio mesmo o jogo me leva a um lugar que, se eu tivesse escolha, nunca iria! No 5º episódio também teria uma forma facílima de resolver um problemão enorme que o jogo empurrou.
    E odeio entrar nesse assunto, mas o jogo tem um lado político bem claro, nada sutil, demonizando certo espectro de pessoas e mostrando a bondade de um outro espectro. O que torna alguns personagens meio gratuitos, deixando o jogo estereotipado, muitas vezes previsível (e até desonesto de certa forma).
    E talvez seja frescura a minha, não sei, mas a quantidade de palavrões no jogo está um tanto forçada e a legenda ainda faz o "favor" de botar mais palavrão onde não tem. Achei de mal gosto, minha opinião.

    Graficamente ele deu uma bela melhorada em relação ao antecessor, dando mais detalhes aos personagens e ampliando mais os cenários, mas ainda peca na movimentação labial, que continua bem aquém do esperado, provavelmente por limitação do motor gráfico da Dontnod.

    Em comparação, ainda gosto mais do 1º Life is Strange mesmo mas esse aqui não faz feio, tem seus contras, mas seus prós se sobressaem. O Before the Storm continua sendo o mais fraquinho.

    Obs.: Lembrando que o jogo começa mesmo em Captain Spirit, então nada de pular!

    8
  • shucrute Cleidson Ferreira
    2020-04-09 19:12:57 -0300 Thumb picture
    shucrute checked-in:
    Post by shucrute: <p>Comecei agora pouco e é aquela coisa: Tudo está

    Comecei agora pouco e é aquela coisa: Tudo está bem até não estar mais. Caraca, que porrada do absoluto nada! 

    Foi uma bela 1ª impressão do jogo. Vamos ver como tudo se desenrola... Tô preocupado com esses moleques!

    8

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...