Medium picture

juninhonash Juninho Rodrigues

It's gonna be a hell of a party


11 months ago 2018-12-26

King of Fighters XIV

The King of Fighters é uma das poucas que conseguiu bater de frente com grandes nomes dos anos 90, como Mortal Kombat, Street Fighter e ainda ajudou a propagar a ideia de jogos de trios/times e causar um enorme diferencial por conta disso.

Porém, o tempo passou, as ideias se alternaram e muitos não as aceitaram, e assim chegamos ao KOF XIII, um jogo excelente, feito pra verdadeiros fãs, amado pela crítica e pelo público, mas com gigante barreira de execução, combos gigantes e complexos, sprites gigantescos em Full HD que custaram fortuna e uma venda muito mediana que quase faliu a empresa, e então, uma empresa chinesa comprou a SNK Playmore e então tudo se tornou nebuloso.

Então vieram os anúncios, entupidos de rage devido aos gráficos e animações, descrença total pois mesmo em jogabilidade 2D era a segunda vez que a SNK apostava nos gráficos 3D em jogos de luta da franquia (Maximum Impact a primeira) e todo o cerco estava armado para o desastre.

A história é bem básica, Antonov, um cara que se diz o "primeiro campeão" comprou os direitos do torneio The King of Fighters, e anuncia um grande evento, na visão dele, o evento foi desprezado pelos criadores anteriores e cria algo maior, na visão dele melhor e chama times de todos os cantos do mundo, incluindo do Brasil. O que é uma desculpa pra colocar muitos personagens no jogo, e uma desculpa funcional eu diria.

Os finais dos trios são bons, quase sempre agregando ao universo do jogo e tentando justificar presenças que não deveriam estar ali, e ainda de quebra abrindo enormes possibilidades pra personagens em games futuros. E de quebra um novo protagonista, dessa vez obviamente chinês por motivos que nem precisam de muita explicação, né?

Quando o jogo saiu e tinha a gigante quantidade de 50 personagens, isso sem nenhum DLC (e posteriormente, dois pacotes saíram com 4 personagens cada, totalizando o elenco de 58 personagens).

A cada final alguma coisa é passada ao jogador no final, porém usando os trios "corretos" (os pré-selecionados na tela) pra entender o que de fato aconteceu com cada grupo ao vencer, nisso temos algumas coisas interessantes aqui e ali mas nada absurdo.

O sistema que esse sim, houve controversas mas ao meu ver, o seu maior ponto negativo é o Rush Combo, um sistema de metralhar quadrado e sair um combo pronto, de baixo dano e que se tiver barra sai com especial e tudo. Tais ideias automáticas raramente dão certo em jogos de luta, e nesse jogo deu o mesmo que em Persona 4 Arena, ao tentar um poke (cutucada) simples, você acaba apertando soco fraco duas vezes e sem querer começa um combo automático, e como não precisa apertar muitas vezes, as vezes é até difícil "frear" tal coisa.

Nada que não seria resolvido com uma simples opção de desativar, tal como tem em Marvel vs Capcom Infinite. Sério, faz toda diferença.

Tirando isso, a ideia no geral foi simplificar o sistema pra veteranos que cresceram e agora tem menos tempo devido a trabalho, estudos, família e etc, e obviamente chamar novos jogadores, afinal de contas, jogos de luta são algo com público cada vez menor com breves exceções aqui e ali.

Nisso, temos o Max Mode, um modo que ao apertar de três botões (facilmente mapeável por atalhos nas defesas) você cria uma barra extra que te permite usar golpes mais fortes em EX, cancelar golpes pra combos e permite uso de especiais mais fortes. Sem sombra de dúvidas o KOF mais simples e acessível mesmo pra não-fãs da franquia. E os que são fãs podem ter certeza que vão conseguir coisas absurdas usando isso. Porém não se engane, sem treino e dedicação, não vai ter muito resultado além do extremo básico do Rush Combo.

Os cenários são quase sempre sóbrios e bonitos, visivelmente tentaram optar em jogar o jogo na cena mais competitiva apostando em menos detalhes desnecessários que poderiam tirar a atenção do jogador e cores menos vibrantes, mas independente disso, SNK nesse ponto continua impressionante mesmo com baixo orçamento do jogo (já chego lá), e a trilha sonora quase toda é simplesmente ótima. Vários temas marcam logo de cara como a música de abertura do jogo com o "oooh oh oh ooohhhhh" e o tema do Kyo, e isso tipo, abrindo o jogo.

Apesar do visual dos personagens ser ótimo, temos um grande problema que é a animação. O gráfico em si não chega a ser feio mesmo antes de sua atualização que melhorava parte dos gráficos, o problema é na animação que em muitos momentos parece de plástico, até mesmo inferior a de jogos do final da geração passada, o que é lamentável e mostra como claramente faltou orçamento. O uso do 3D facilita muito animar golpes e especiais, especiais que quase sempre são muito bons, mas dos golpes em si in game é realmente meio decepcionante. E isso de fato incomoda.

Porém, vejamos a parte boa: ótima trilha, jogabilidade acessível, updates constantes que tornaram SIM o jogo relativamente bem balanceado (e isso vindo de KOF é raridade, convenhamos), trials mais simples, lógicos e úteis, ao contrário dos combos gigantes de profissionais do XIII, uma quantidade espetacular de personagens sem serem todos iguais e é um puta jogo bom pra se jogar com um amigo.

Porém, o online do jogo não é bom em quase nenhum aspecto seja pela quantidade pífia de players ou da estabilidade dos servidores... Somando isso com as críticas negativas iniciais que (infelizmente) não foram contornadas mesmo com diversas mudanças positivas que o jogo recebeu, fora o preço caro de lançamento, temos um início desastroso de um ótimo jogo, que deu a volta por cima mas ninguém sabe ou se importa o suficiente. Como sempre, só no Japão, onde o jogo saiu nos Arcades e é um tremendo sucesso. 

8.0 8.0 10
Overall
9.0 Gameplay
7.0 Story
9.5 Music
6.0 Graphics
Pra quem considera quantidade melhor que qualidade, ta aí
Ótima trilha sonora
Finais legais
Acessibilidade no ponto certo
Mesmo não sendo o melhor da franquia, é sem dúvidas uma ótima porta de entrada pra novatos
Online bosta em todos os sentidos
Rush Combo basicamente atrapalha um bocado nesse jogo e não precisa ser expert pra notar isso
Ausência de cross play ou algo que mantenha o online vivo mais tempo
O gráfico não é tão ruim mas a animação dos golpes de alguns personagens incomoda MUITO

8 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...