Este jogo não tem nenhuma crítica. Seja o primeiro a criticá-lo!

Adicionar Crítica


  • gus_sander Gabriel Macêdo
    2018-10-07 21:51:53 -0300 Thumb picture
    gus_sander fez um check-in:
    <p><strong>Check-in & Check-out</strong></p><p><em> - Alvanista

    Check-in & Check-out

    Hoje eu e um amigo meu tiramos o Domingo praticamente inteiro pra jogatina. Guitar Hero, Brawlhalla e uns outros mais na mesma pegada de luta e ritmo. Foi de longe uma das melhores jogatinas que já tive. Entre uma jogatina e outra renderam uns bons vídeos, bem como ótimas risadas, uma tensa competição pra ver quem se saia melhor e até um jogo finalizado no mais puro hype. O jogo em questão é o Just Shapes & Beats.

    Não consigo quantificar o quanto esse jogo mexe com sua percepção de fofura seja com bons ou maus momentos.

    O jogo não tem a história como grande foco principal, focando mais nas músicas e como os shapes vão agir de acordo com elas. É de longe um dos melhores jogos de ritmo que já joguei! Os shapes obedecem muito bem ao ritmo musical e tudo na tela vai depender da intensidade melódica e rapidez da mesma. Seu objetivo é tentar sobreviver a todas as fases em prol de objetivos dispostos na história do jogo.

    Com relação ao história, como já disse mais acima, o jogo não tem grande foco na mesma, mas ainda assim, ela faz bem o seu trabalho, instigando o jogador a sempre seguir em frente.

    Um aspecto que acho interessante salientar é o quão interativo esse jogo é, já que você não só controla seu "personagem" dentro das fases, como há interações na escolha dos mapas. Inclusive, o jogo acontece ao mesmo tempo que você vai em busca do próximo mapa em diversas ocasiões, é simplesmente incrível.

    Acho que levamos em torno de 4 horas pra concluir o modo história e posso dizer que foi muuito satisfatório terminá-lo. A dificuldade dele varia muito nos níveis, e as músicas sempre te dão uma indicação de como o nível vai ser, tenso, calmo ou... os dois.

    O jogo é cativante e o rumo que a história leva é muito boa. Alguns fatos do enredo chegaram a me arrepiar por completo!

    Por fim, com relação as músicas, devo antes lembrar que há uns 4 ou 5 anos não escuto tantas eletrônicas frequentemente por falta de algumas atuais que me agradassem, e isso me fez ter um certo preconceito com o jogo, pensando que não ia gostar muito por isso, mas eis que a situação foi bem inversa ao esperado hehe. A cada nova fase e extra fase, as músicas só tendiam a me impressionar, em foco algumas que permanecem na minha cabeça até o dado momento que escrevo este check-out.

    Particularmente, considero como spoilers algumas músicas presente em jogos (sim, sou estranho), mas ainda assim, para aqueles que não se importam, deixo aqui as que mais me fizeram querer repetir a fase só pra ouvir novamente xD:

    Não coloquei o vídeo desse porque era uma das boss fight.

    Essa de baixo é uma das minhas fases favoritas pela formação  dos detalhes:

    Aqui uma das fases que exemplifica um pouco a dificuldade do jogo:

    Por fim, outra fase e música excelentes, de longe meus preferidos, mas esse contém muito spoiler. Se você tiver certeza mesmo que não vai jogar ou já jogou, pode ver:

    No mais, foi um baita jogo! Esse inclusive me deu uma grande vontade de escrever uma análise sobre, de tão incrível que o achei!! Depois que organizar meu backlog, jogos e contas por completo, talvez apareça com uma análise desse jogo por ai pelo Alva. =D

    33
    • Micro picture
      jclove · 12 dias atrás · 2 pontos

      Puxa, esse eu não conhecia, parece realmente bacana. manda essa analise ai.

      1 resposta
    • Micro picture
      filipessoa · 12 dias atrás · 2 pontos

      Fiquei especulando sobre qual era o jogo que você e o outro rapaz iriam jogar mas nunca teria imagino esse. A experiência deve ter sido super bacana pelo jogo, as músicas e a companhia que rendeu até vídeos (mande links aqui kk). No mais, parabéns pela finalização e que venha uma análise (-;

      1 resposta
    • Micro picture
      giovanavoig · 11 dias atrás · 2 pontos

      Nossa, bem diferente esse jogo e parece bem divertido jogar tb! ^^

      1 resposta
  • 2018-06-18 13:38:06 -0300 Thumb picture

    Review: Just Shapes & Beats

    por André Stábile

    Vivendo em um mundo corrompido, você luta para trazer o equilíbrio para esse ecossistema onde cada batida constrói uma barreira. A criação do universo é uma bela canção, mas nessa versão o criador gosta de um dubstep no mínimo violento. E o minimalismo é o molde da vida.

    Just Shapes & Beats é o mais novo jogo da Berzerk Studio, presença antiga e familiar aos frequentadores de sites de jogos em flash, como Newgrounds e Armor Games. Conhecendo os outros títulos da desenvolvedora, nunca esperei algo da qualidade, da sutileza e da sensibilidade deste lançamento, que está definitivamente à frente dos trabalhos anteriores. E alguns passos acima.

    Continue lendo no Gamerview

    6
  • farusantos Farley Santos
    2018-06-07 09:15:37 -0300 Thumb picture

    Análise: Just Shapes & Beats

    O apelo visual e sonoro de Just Shapes & Beats oferece uma experiência sem igual. É divertido escapar de perigos ao som de música eletrônica, principalmente por causa da ambientação energética e estilosa. Os comandos são simples, porém as partidas são bem difíceis e exigem muita destreza — algumas fases beiram o frustrante de tão intensas. O maior destaque é o multiplayer — é bem mais legal tentar superar os desafios na companhia de amigos. Just Shapes & Beats é justamente como uma festa: simples e colorido, divertindo enquanto dura.

    Análise completa

    2
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...