Medium picture

sarda Guilherme Sarda

Redação para web e tv | www.facebook.com/fgcsarda | Contribuo com o GameOver (youtube.com/tvgameover


mais de 5 anos atrás 2013-07-03

Dungeons & Dragons: Chronicles of Mystara

Dungeons and Dragons: Chronicles Of Mystara

Talvez você tenha passado um tempo gastando o troco do lanche nos fliperamas ou quem sabe, como nós, a sua mãe simplesmente falava pra você ficar em casa assistindo o último programa da Mara Maravilha. Seja lá qual tenha sido a sua educação, a Capcom tem relançado uma grande porção do seu catálogo de títulos clássicos com uma gorda frequência nos últimos anos. Desde Super Street Fighter II Turbo Hd Remix, passando por Third Strike Online, Darkstalkers Ressurection, Capcom Arcade Cabinet e alguns outros, a novidade agora é o relançamento de dois dos mais complexos beat'em'ups da década de 90. Aqueles famosos jogos de "andar e bater nos carinha". A bem da verdade, esses games incluíram tantas novas mecânicas na fórmula do gênero que o utilizar o nome "beat'em'up" chega a ser quase uma situação chata. Estamos falando, é claro, dos dois Dungeons & Dragons. Tower Of Doom e Shadow Over Mystara.

O clima é exatamente o que você espera de um D&D e, caso você não seja um iniciado no mundo do lápis, papel e uns dados com número de lados maior que as parcelas oferecidas no crediário das lojas populares, lembre-se do clássico Caverna do Dragão. Você pode escolher entre Guerreiro, Clérigo, Mago, Anão, Ladra e outras classes de personagem que possuem tantas características diferentes em seu gameplay que fazem os personagens de Final Fight Guy e Haggar parecerem irmãos gêmeos. Na coletânea batizada de Chronicles Of Mystara, encontramos jogos onde não é preciso apenas andar e bater mas combinar um rico arsenal de itens, que dão direito até mesmo a botão de seleção, com uma vasta possibilidades de pulos, agachamentos, rolamentos e técnicas como Shoryuken e Hadouken que precisam ser executadas no controle para desferir os golpes especiais. Até mesmo o Anão possui uma espécie de "mãozinha do E.Honda", onde apertar rápido do botão garante uma sequência rápida e mortal de machadadas.

A série D&D está no topo da cadeia alimentar dessa família onde seus primos são clássicos como Streets Of Rage, Final Fight, Battletoads e Guardian Heroes. Os jogos combinam gráficos, trilha sonora e uma ambientação fora de série. Então, o que a Capcom jogou aí pra dar uma melhorada?

Novos filtros visuais, permitindo ao jogador manter o climão dos flipers sujos de bituca de cigarros, ou então mascarando os pixels com efeitos, uma nova opção de configurar o controle com botões extras, inclusive ações mais complexas com disparo rápido, esse último sendo um ótimo recurso para os frangos. Ah, além disso, o multiplayer é possível tanto offline com os amigos quanto online através do sistema GGPO, o melhor já inventado pela raça humana até os dias de hoje. Assim, 4 jogadores podem entrar e sair livremente de uma seção, graças a um rico sistema de opções entre conexão e abertura de salas.

Pra finalizar, há também a possibilidade de alterar as regras do jogo, deixando-o mais fácil com novas habilidades como recuperar um pouco de energia, ou life, ou sangue (dependendo de onde você morar né jovem?) a cada inimigo derrotado. Avançar no jogo, seja lá quais forem as suas configurações, resulta além de tudo isso em uma quantidade de pontos que podem ser gastos para liberar artes oficiais da época e outros quitutes gráficos. E se você por um acaso tiver um daqueles primos que zerava Shadow Over Mystara com uma ficha, existem estatistícas aprofundadas de uso dos personagens que podem ser compatilhadas em um ranking global.

Dungeons & Dragons: Chronicles Of Mystara já está disponível para Playstation 3, PC e Xbox 360 e uma versão para Wii U que dará suporte ao uso das magias e itens através da tela do GamePad chegando logo logo. O preço para abrir esse baú de prata protegido com o selo do fogo de Tyamat é de 15 dólares. Pegue um controle arcade, ou o seu controlinho mesmo, e corra esfaquear grifos, elfos e pôneis saltitantes.

9.0 9.0 10
Nota Geral
10 Jogabilidade
7.0 História
9.0 Música
9.0 Gráficos

4 de usuários gostaram desta crítica.


Outras críticas do mesmo autor:

Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...