This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • rodrigockp Rodrigo
    2020-02-16 05:07:03 -0300 Thumb picture
    rodrigockp checked-in:
    Post by rodrigockp: <p><strong style="background-color: initial;">[CHEC

    [CHECK - OUT: POKÉMON SHIELD - NINTENDO SWITCH - FINALIZADO]
    Sim! finalmente fechei um pokémon sem usar detonado! Okay, é o modo historia, tem bastante coisa pra fazer ainda, porém, nada é obrigatória pra concluir o game, sendo assim, vou considerar finalizado! Gostei bastante do jogo até, mesmo com uma galera falando que era um lixo só porque não dava pra montar o time do Ash...

    Tabelinda!

    E quem quiser saber, meu time eu montei aleatoriamente nesse site AQUI e ficou assim:

    [Save the date - 16/02/2020]

    27
  • juninhowii360 Juninho Junior
    2020-01-08 06:59:35 -0200 Thumb picture
    juninhowii360 checked-in:
    Post by juninhowii360: <p>Fazer um check in Aqui depois de 7 meses.&nbsp;<

    Fazer um check in Aqui depois de 7 meses. 

    16
  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-01-04 12:44:47 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Pokémon Shield

    Zerado dia 01/01/20

    Olha aí o primeiro jogo do ano de 2020! E não poderia melhor do que fechar já de cara um jogo de peso que tenho jogado por duas semanas: Pokémon Shield.

    Esse jogo foi anunciado há um bom tempo e eu não vi nada de mais o que resultou num hype zero, mas com a proximidade de seu lançamento eu fiquei muito curioso por explorar seu grande mundo, clima, novos pokémon e se juntar ao que todos estariam jogando. Cheguei até a cogitar pagar um alto preço, mas consegui me segurar e raciocinar. Felizmente uma amiga acabou comprando duas cópias e vendeu uma pra mim.

    Com o jogo em mãos, me segurei e baixei um pouco o hype enquanto terminava outras coisas, o que foi muito positivo, mas eu prometi jogá-lo na minha viagem com calma, e foi o que aconteceu.

    Começando a viagem já embarcado e confortável, puxei o Switch e já abri o jogo. O começo é tudo do pouco que eu já tinha visto em trailers, como as vilas, NPCs e tal. É aí que nos é apresentado o personagem Hop, um amigo que tem o sonho de se tornar o grande campeão das batalhas pokémon da região. Mal imaginava eu que esse cara seria um dos mais chatos posteriormente.

    Já podendo explorar um pouco, é possível ver os monstrinhos andando por aí em áreas com grama, algo que já tínhamos visto em Let's Go Eevee/Pikachu. O enredo também não é muito original pra série e já te manda ir visitar o "professor" da região, que é sempre aquela pessoa que estuda os pokémon e demais fenômenos relacionados, que aqui é o Dynamax, fenômeno que faz os monstros ficarem gigantes em batalha.

    Tive logo a possibilidade de escolher meu inicial, e nunca foi tão difícil. Os três são muito bacanas e os designs muito carismáticos, mas eu cheguei a ver suas evoluções e é SOFRÍVEL. Não sei qual é o mais sem sal/feio. Pra falar a verdade, eu achei que suas últimas formas tinham mais cara de segunda forma.

    Com meu inicial em mãos, temos a primeira batalha. Nada de novo senão os monstrinhos. Nesse momento eu lembrei que vi gente dizendo que Sword/Shield é um jogo de Nintendo 3DS melhorado, e é bem isso mesmo. Quer dizer, o jogo é bem fluído e as texturas, apesar de melhores, são no máximo ok. Basicamente eu não senti um salto muito distante desde a geração anterior.

    O jogo que já começa linear, como de costume, parece querer te segurar pelas mãos o tempo inteiro. Vão para tal cidade e me encontre lá, e chegando lá a pessoa já está na entrada com uma cinemática te esperando (isso durante o jogo todo, praticamente). O mapa é bem coisa do tipo que vimos por muitas gerações: corredores ligando cidades. O problema é que há sempre tanto a ser visto fora dos limites que você pode alcançar que a noção que dá é que você vai poder ir lá, mas não, é tudo enfeite. Imagine jogar Breath of the Wild mas o jogo te limitar nas rotas e você acabar se sentindo mais preso do que tudo!

    Claro que aqui é Pokémon e meio que sempre foi assim, mas chega a ser meio frustrante o quanto o jogo te limita, apesar de existir tanto cenário. Já as cidades são bem esquisitas, mas nada de muito diferente. Esquisitas porque sempre tem umas casas aqui e ali, você entra, fala com as pessoas e elas ou falam algo totalmente irrelevante ou te dão algo, como um TM.

    Uma coisa que achei bacana é que cada uma dessas cidades é bem original depois de uma ou outra, como uma que é meio mexicana e me lembrou bastante o mapa de deserto do Mario Odyssey, uma que é numa floresta cheia de cogumelos luminosos, que me lembrou Xenoblade, e uma que é basicamente Londres. Porém, é como eu disse, você chega lá, o Hop fala alguma coisa e já te manda pro ginásio. Muitas vezes eu ficava com preguiça de conhecer os lugares a fundo, por mais que o tenha feito, porque eu no máximo ganharia itens que nunca usaria e ouviria papo furado.

    Já passou da hora da Gamefreak perceber que esses jogos tem que ir além!

    Terminado o ginásio, próxima rota com mais pokémons (tava capturando tudo) e logo uma outra cidade, mais Hop aqui e ali e ginásio. Tem momentos que você ganha insígnias uma atrás da outra, é super bizarro. E imersão zero em cada cidade nova, pois nem dá tempo ou há motivos pra te fazer conhecer o lugar propriamente e o valorizar.

    Sobre os ginásios, eles são levemente diferentes do comum. É normal que você tenha uma mecânica nova e tenha que resolver puzzles/desafios para chegar até o líder. As vezes é algo criativo, as vezes é mais do mesmo.

    A batalha dos líderes são aquelas que acontecem no estádio, cheios de gente torcendo e onde os pokémon podem ficar gigantes. Esses fenômenos Dynamax e Gigantamax funcionam da seguinte forma: qualquer pokémon pode ficar grandão, mas apenas um deles por batalha. Para ativar a mecânica, basta selecionar o ícone dentro do campo Battle, que é onde você escolhe os ataques (exatamente como funcionava a Mega Evolution). Ao selecioná-lo, seus ataques mudarão para seus equivalentes de tipo do Dynamax (todos os ataques de fogo se tornarão Max Flare, por exemplo). Depois de escolher o golpe, acontece uma cutscene e seu monstrinho fica gigante e usa aquele ataque, que normalmente é devastador e ainda causa alguma efeito no campo de batalha, como Sandstorm, por exemplo.

    Seu pokémon só fica 3 turnos gigante e depois retorna ao normal e os líderes costumam usar a mecânica apenas no último pokémon. E contanto que você tenha um bom tipo de pokémon na batalha, nenhum deles é muito forte, mesmo grandão.

    Depois de vencer umas cidades, eu finalmente conheci a tal da Wild Area. As WA são basicamente um passo mais perto do sonho de muita gente pra série: liberdade, controle de câmera, um campo abertão, diversos biomas e climas diferentes. É legal.

    Infelizmente eu não curti um bocado de coisas nesses lugares. Primeiro que o level design basicamente não existe. É muito amador! Basicamente é um lugar grande, umas árvores aqui e ali, assim como pontes, vários gramados e tudo cercado por uma parede de rochas. É legal ter diferentes níveis de chão e tal, mas as vezes você precisa dar uma super volta para chegar ali do lado. Imagine você a área inicial de um jogo como Ocarina of Time, onde há rampas, diferentes elevações e lugares pra subir. Agora imagine o mapa do mesmo jogo, que apesar de ser simples, tem pontos que te localizam. Em Pokémon Shield é tudo muito básico e ainda há trocas repentinas de clima de um lugar para 2 centímetros ao lado, que não sei se curto ou não.

    Agora a parte que eu mais achei estranha é que existem pokémons super fortes nesses lugares. Na primeira visita eu deveria estar lá pelo nível 15 e já fui correndo pra um Onix que vi. Nível quase 30 o danado, me massacrou e nem deixava eu fugir nem capturar (o jogo te proíbe de capturar monstros de determinado nível pra cima até que você tenha algumas insígnias). Depois capturei alguns e me frustrei com outros minúsculos, mas fortes. Basicamente você deve ignorar esse tipo de lugar e voltar mais tarde quando estiver mais forte.

    Resumindo: Pokémon Shield é legal, mas mais do mesmo. Com exceção de estar jogando num novo console de tela grandona ou a possibilidade de jogar na TV, eu mal senti que estava jogando um lançamento. É quase um Sun/Moon 2. E isso não implica que seja ruim (até porque eu curto bastante a sétima geração), mas apenas uma pequena evolução já esperada e uma campanha boba. Depois de tudo, de toda a exploração e fechado metade da pokédex, eu somei 25 horas de jogo...

    De bom: uma nova região e novos pokémon, que são até bem feitos. Interações online muito bacanas, incluindo logs do que as pessoas estão fazendo, inclusive seus amigos. Surprise Trade, outra interação online, serve meio que como um Wonder Trade e é bem maneiro. Definitivamente um jogo bem mais legal de ser jogado constantemente online. Sem HMs e a necessidade de equipar itens como bicicleta ou vara de pescar, pois tudo é feito com rapidez e inteligência. Os modelos dos pokémon são muito bonitos. Curti o corte de pokémons, pois faz sentido não ter todos em uma região (como nunca teve) e não há um número maçante de capturas a serem feitas, além de que a gente pode valorizar mais os disponíveis. Algumas customizações de jogo ajudam bastante, como a possibilidade de usar os "casual controls", que deixam a jogabilidade parecida com Pokémon Let's Go.

    De ruim: a capa do jogo é horrível. Algumas texturas feias ou esquisitas. Campanha fácil e curta. O jogo explora muito mal os seus cenários e te manda toda hora pra um lugar novo. Elementos que sempre voltam continuam a voltar, como o Team Yell (re-skin de outro time qualquer da série). Achei que o jogo insiste em trazer os mesmos personagem a tona muito frequentemente, como o Hop, a professora e até os líderes de ginásio, que você enfrenta mais de uma vez. Monstros super fortes e sem indicativo fazem sentido pro mundo do jogo, mas pro jogo é bem esquisito. Não poder mexer a câmera em todo lugar é uma decepção, ainda mais que em muitas partes você tem que andar em direção à tela.

    No geral, Pokémon Shield foi uma boa experiência e ainda tenho uma vontade de jogar mais e completar a pokédex, mas como não tenha a intenção de ficar com o cartucho, não sei se faria sentido. Sobre a experiência, vale a pena jogar se você curte a série, quer um RPG casual e principalmente se curte o competitivo, que infelizmente não é o meu caso. Não foi dinheiro jogado fora, mas a sensação foi a mesma de jogar os últimos lançamentos da série: com bem menos empolgação. Sobre a série, tenho cada vez menos vontade de comprar as gerações que virão.

    25
    • Micro picture
      bartd3 · about 2 months ago · 2 pontos

      Parabéns excelente análise

    • Micro picture
      mutux · about 2 months ago · 2 pontos

      Quero ler essa análise depois

    • Micro picture
      dan8d · about 1 month ago · 2 pontos

      Gostei bastante da analise amigo, parabéns.
      Bem, vamos la, queria sua autorização para colocar sua publicação em uma revista digital que estou desenvolvendo aqui para o alvanista, ela é totalmente gratuita, estou fazendo para criar um portfólio e por um amor pessoal meu por revistas gamers kk
      Vou deixar o link do edição dois que fiz para você avaliar e ver se me libera a usar sua analise
      http://alvanista.com/dan8d/posts/3767105-revista-alvanista-002

      2 replies
  • sandrotoon Sandro
    2019-12-30 19:05:30 -0200 Thumb picture
    sandrotoon checked-in:
    Post by sandrotoon: <p>Checkout</p><p>Modo história finalizado</p>

    Checkout

    Modo história finalizado

    24
  • mutux Rodrigo Braga
    2019-12-19 07:49:33 -0200 Thumb picture

    Battle Cafe (Discord)

    Quero convidar todos os usuários dessa rede que tenham algum dos novos jogos e assinem o online do Switch para conhecerem o Battle Cafe:

    https://discord.gg/Gk4dFCp

    Criamos esse servidor no Discord, não como um retorno da LAP, mas para organizar umas jogatinas, trocas e caçar umas raids conforme a Game Freak for soltando os bichos lá!

    Também podemos ajudar a testar seu time pra algum campeonato que pretenda participar e eventualmente até montar pequenos torneios pra interagirmos mais!

    Todos são bem vindos!!

    11
  • luan_ Luan Alves
    2019-12-11 14:43:02 -0200 Thumb picture
    luan_ checked-in:
    Post by luan_: <p>Galera meu Switch chegou hoje, mandem os códigos

    Galera meu Switch chegou hoje, mandem os códigos para eu adicionar vocês ( mandem dicas para novatos também, agradeço... ).  Muito vício pela frente!!   

    27
    • Micro picture
      edfalcao · 2 months ago · 2 pontos

      Também tô com Switch novo! Acho que hoje ou amanhã eu olho meu código e coloco aqui também!

    • Micro picture
      lukenakama · 2 months ago · 2 pontos

      7159-3857-3781 É nóis :)

    • Micro picture
      edfalcao · 2 months ago · 2 pontos

      Achei! SW-5394-0262-9717

  • hukori Victor 細川
    2019-12-05 13:45:40 -0200 Thumb picture
    hukori checked-in:
    Post by hukori: <p>Final!!!</p><p>Bora terminar essa saga&nbsp;<a h

    Final!!!

    Bora terminar essa saga @slashgoodboy!

    Depois do problema com o Cavaleiro Negro, Sonia decidiu montar uma maquina que marcasse sinais de Dynamax para monitorar as ações de Galar e se prevenir de problemas futuros, mas o teste dessas maquinas veio antes que se pudesse imaginar.

    Houveram relatos de pokemons dos Gym perdendo o controle e ficando na forma Dynamax, e agora como campeã de Galar, tenho que visitar e resolver o problema.

    Foi rápido mas voltar a interagir com os líderes é algo que eu queria bastante, e ver a Melon♥ ela é muito amorzinho, vou sentir falta dela jogando o Sword.

    E os caras causaram problemas a pessoas e Pokemons em TODAS as cidades por que? Por egoismo e querer mostrar superioridade... Minha vontade é de bater neles com as mãos, não usando Pokemons... Foi tanto problema que Dande teve que ajudar...

    Mas o melhor é o tapa moral que a vida deu na cara deles, ver eles sendo rejeitados pelos lendários e assistirem de camarote outras pessoas sendo escolhidas.

    Depois dessa confusão toda Hop se mostra mais confiante e depois de perde pra mim uma ultima vez ele diz "vocês duas são incríveis, você se tornou professora e minha amiga de infância é a campeã de Galar, tenho orgulho de ser amigo de vocês e por isso me decidi que farei algo para se orgulharem também!" E vendo que ha pessoas babacas como a família real de Galar, ele decide viajar pelo mundo protegendo Pokemons que podem estar em perigo.

    Fiquei bem feliz por ele, ele é um personagem que eu me apeguei bastante, queria ver ele com um final feliz também e achei bem legal essa dele se tornar um "herói" dos pokemons.

    E os palhaços reconheceram suas inferioridade moral e parece que vão parar de palhaçada e se comportar.

    E esse foi o final do jogo, agora sim, história totalmente concluída!

    Agora é isso, Mirya, Campeã e Defensora de Galar pronta para montar um time e subir a torre!

    21
    • Micro picture
      slashgoodboy · 3 months ago · 2 pontos

      Que legal! Parabéns por concluir a história!
      Agora, qual o objetivo? Pokedex?

      4 replies
    • Micro picture
      hilquias · 3 months ago · 1 ponto

      melony é muito legal, gostei de mais

      1 reply
  • hukori Victor 細川
    2019-12-04 22:28:29 -0200 Thumb picture
    hukori checked-in:
    Post by hukori: <p>Como assim o jogo não termina com a liga? Pois é

    Como assim o jogo não termina com a liga? Pois é meus amigos, nossa aventura ainda não terminou!

    Pois é, para quem não lembra, a um tempo atrás disse que a história estava sendo contada de dois pontos, um esportivo e outro mais mítico, e a conclusão dele não foi a batalha contra o Cavaleiro Negro.

    Depois dos créditos, o jogo volta com um sonho, nesse sonho vem a imagem da lapide dos antigos reis de galar e você decide checar, Hop fala que foi o mesmo sentimento que levou ele até esse local.

    Sonia então chega e diz que foi para esse local porque é o trabalho dela, a sua avó literalmente passou o manto e agora ela é uma pesquisadora.

    A gente então agrade a ajuda que tivemos dos antigos guardiões Zacian e Zamazenta e devolvemos a espada e o escudo que a gente usou na batalha contra o Cavaleiro Negro.

    Mas quando estávamos indo deixar o local, me aparece as figuras com os piores design que eu já vi na história dessa franquia.

    Eles dizem ter o sangue da família real, e estavam lá para pegar aquilo que era de "direito" deles, eles querem usar as relíquias para forçar os guardiões a aparecer e então pega-los para eles.

    A gente obviamente se opõem, os guardiões devem ser livres para ajudar a todos quando for preciso da força deles.

    Mas eles tacaram o "foda-se pq isso é meu" e roubaram as relíquias, então tivemos que para-los a força. O legal é que o time do cabeça de escudo que eu enfrentei é bem a cara da Inglaterra, e isso eu gostei, pega fogo com uma facilidade linda...

    Eu recuperei o escudo, mas o Hop não conseguiu deter seu oponente e ele foge com a espada. Hop se culpa e se sente bem inferior com relação aos outros personagens, pois todos estavam conseguindo aquilo que buscavam ou se encontrando na vida, e ele não, ele era apenas o irmão do grande Dande.

    Sonia se preocupa com as relíquias mas também diz estar bem preocupada com Hop, ele viu sua melhor amiga vencer tudo e todos, até se tornar campeã, sua outra rival se tornou líder de ginásio, Sonia se tornou pesquisadora e seu irmão partir em uma longa jornada. Tudo isso aconteceu ao seu redor e ele não se sente como se conseguisse conquistar nada...

    Esse é um tema BEM importante e legal que Pokemon levantou ele para debater com seus jogadores jovem.

    12
  • hukori Victor 細川
    2019-12-04 21:07:42 -0200 Thumb picture
    hukori checked-in:
    Post by hukori: <p>Chegamos a grande final!!!</p><p>Se prepara&nbsp

    Chegamos a grande final!!!

    Se prepara @slashgoodboy que essa vai ser só sobre a batalha final.

    A alvanista não tava deixando eu fazer upload... Mas agora foi!

    Entrando no estadio deu pra notar a mudança do clima, o publico estava mais animado, e tinha mais gente torcendo por mim.

    Dande chega a dizer "a dois dias atrás dava para ouvir meu nome", o acontecimento do Cavaleiro Negro mudou bem o clima da batalha e é estranho, mas eu me senti bem mais confiante ouvindo a torcida.

    A casa estava cheia, bem animada e Dande tinha Pokemons variados, eu conhecia apenas seu Charizard e seu Hibunny. Mas a batalha estava bem legal.

    Para vocês entenderem, aqui está a musica da batalha final (e sim, essa é a torcida da luta).

    A batalha seguiu me empolgando cada vez mais, fazia muito tempo que eu não ficava empolgado assim com uma final de Pokemon.

    Houve um momento que a câmera mostrou minha mãe na torcida, e isso foi muito legal, ela não é um NPC que viu tudo pela TV, ela realmente participou da jornada até a batalha final.

    Chegamos no ultimo Pokemon de Dande, seu amado Charizard.

    "Ai vem o 'Champion Time!'" Seu charizard segurou todos os meus ataques elétricos, nem parecia que ele era um pokemon voador, e sua força fez eu perde meu Dynamax.

    Pensei bem, até a conclusão meio doida de "ok, quer ser tratado como dragão, então irei tratar você como dragão."

    Minha ultima escolha foi minha querida Brim-on! 

    E deu certo, ela segurou o ultimo ataque do Charizard e finalizou a partida com seu poder mágico!

    Foi uma grande batalha contra um grande treinador,  com isso terminou a era de vitórias do Dande e seu Charizard como campões de Galar.

    "Champion Time is Over"

    Muito obrigado pela grande batalha, campeão!

    Com isso, Dande fez seu ultimo grande discurso como campeão de galar, durante ele, pude ver que realmente estavam todos acompanhando a batalha.

    "E agora um grande e novo tem chega com a nova campeã de Galar, Mirya mostrará seu valor, pessoal vamos continuar nos divertindo!"

    Essa foi a ultima mensagem de Dande como campeão de Galar.

    Devo dizer que essa saga esportiva foi MUITO divertida, adorei os líderes terem tido tanto foco e participação com a história, as batalhas e liga foram muito empolgantes, eu não me empolgava assim com as batalhas desde o Pokemon Black/White (que é meu favorito), e arrisco dizer que os gym me divertiu mais agora do que na época que joguei o BW.

    Voltando ao menu inicial, vejo que agora fica mostrando eu como atual campeã de Galar e meu time completo, vou pegar o nome deles em inglês para vocês saberem quais foram.

    Rillaboom - Mudsdale - Toxtricity - Hatterene - Arcanine.

    Sim, joguei o jogo todo com 5 pokemons, queria seguir e tratar isso como uma história da minha personagem Mirya, então tenho pokemons que ganhei e que peguei para me ajudar na jornada, não fiquei fazendo mais hora do que acredito que um personagem faria na história e é bem mais divertido quando joga desse jeito....

    Ué... Mas pera... Não acabou o jogo com a liga? Não?!

    9
  • hukori Victor 細川
    2019-12-04 17:50:15 -0200 Thumb picture
    hukori checked-in:
    Post by hukori: <p>Final do segundo dia do torneio!</p><p>Já vou ma

    Final do segundo dia do torneio!

    Já vou marca o @slashgoodboy para não esquecer igual no post passado. xD

    Antes de lutar Sonia diz que o poder dos guardiões de Galar é necessário mas não sabe como chama-los, então Hop te lembra que antes de partirem na aventura encontraram com um pokemon grande e forte na floresta, Dande então diz que vai tentar ganhar tempo enquanto a gente busca os guardiões de Galar.

    Chegamos a encontrar eles novamente, e deu para reparar que eles estavam bem feridos da ultima luta que tiveram. Mas diferente dos outros jogos, a gente só falou com eles e eles saíram deixando a gente chegar no tumulo dos antigos reis de Galar.

    Tudo bem que tinha a piada com o lendário do Sword ser o Link, mas esse cenário tá muito Legends of Zelda.

    Chegando no tumulo, achamos uma espada e um escudo velhos e bem zoados, não é dizer que os personagens acreditavam que iria ajudar muito, mas Hop disse para levar e usar como amuleto de sorte.

     Voltando para a torre, encontramos os funcionários de Roz também confusos e tentando parar ele, mas já era tarde de mais, o Cavaleiro Negro havia acordado e Dande estava enfrentando ele. Fomos tentar achar Dande, mas encontramos Roz no caminho, para saber onde Dande estava tivemos que enfrentar ele.

    Roz tenta nos convencer de que isso era preciso, cedo ou tarde aconteceria, mas mano, se pode evitar uma para, evite, não adiante ela, tu é só maluco Roz...

    Mas ele vem de uma família leal a família real e fez isso para devolver Galar a seus reis.

    Após a luta, descobrimos que Dande estava no telhado e chegando lá vimos Dande e seu Charizard perderem para o Cavaleiro Negro, como ele era um Pokemon que usa energia de Dynamax, não tinha como lutar usando esse recurso e para piorar, vimos ele se tornando Gigantamax.

    No inicio da luta Hop diz para puxar os amuletos que pegamos no tumulo dos reis para que isso desse sorte, e deu, nossa vontade de lutar e proteger Galar deu coragem a seus protetores que lutaram ao nosso lado nessa batalha lendária.

    Após a batalha a gente pode pegar o Cavaleiro Negro, e assim eu fiz, pelo menos em uma Pokebola ele trás menos risco para a humanidade...

    Depois dessa grande batalha os lendários protetores de Galar se despedem e retornam para o lugar de onde vieram.

    Dande pede para que a gente volte para o hotel, agora o problema seria resolvido com a policia e tínhamos que comemorar no refeitório.

    Dois dias se passaram até as coisas se resolverem e nesse dia, teremos a grande final da Liga Pokemon! E já na porta do hotel tinha fãs torcendo por mim.

    Mas vou falar da final em outra postagem pq quero mostrar bastante coisa.

    14
    • Micro picture
      slashgoodboy · 3 months ago · 1 ponto

      Cara Legend of Zelda total aquele cenário.
      É impressão minha ou esse jogo tem cutscene pra caramba?

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...