This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • volstag Guilherme De Assis Pinto
    2020-10-26 16:22:47 -0200 Thumb picture
    volstag checked-in:
    Post by volstag: <p>Cara do céu, esse jogo na coletânea é hard de ve

    Cara do céu, esse jogo na coletânea é hard de verdade, não é ficha infinita não!!

    Passei umas boas semanas ralando, jogando do zero várias vezes, até conseguir zerar, mas foi satisfatório como nunca realizar esse feito.

    As imagens assim reduzidas ficaram bem feias, mas na televisão tava bonito, não usei nem filtro nem nada, acho que só dei um zoom na bagaça pra aproveitar um pouco mais o espaço hahaha, mas quando reduziu aqui no Alva cagou total o visual.

    Um lance que reparei negativamente tanto nessa coletânea quanto na do Castlevania, é que infelizmente a qualidade sonora não é a mesma que nos jogos originais, talvez a maioria das pessoas não note isso, mas se você foi um jogador daqueles que jogava sempre, percebe as diferenças.

    Agora, tirando isso, de resto a coletânea é maravilhosa, na moral, pra quem curte os classiquentos é tudo de bom!!

    Não tirei muitos prints porque esqueci mesmo, o jogo é difícil e a correria impede bastante de você parar pra fazer qualquer coisa que não seja metralhar sem parar pra todo lado hahaha

    E fica ae meu record, sei lá por que, mas as vezes posto pra quem curte comparar.

    23
    • Micro picture
      rax · 2 days ago · 2 pontos

      Parabéns.Esse dai joguei um pouco e deixei pra lá,na coletânea.Só na primeira fase eu ja morri várias vezes mais do que a versão de NES.

      1 reply
    • Micro picture
      realgex · 2 days ago · 2 pontos

      Joguei anteontem no Switch e estranhei também não ser ficha infinita, séloko, bandonei na hora kkk !

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 1 day ago · 2 pontos

      Quantas fichas te dão para tentar zerar o jogo?

      3 replies
  • 2020-09-17 22:21:21 -0300 Thumb picture

    A colisão usada em Contra

    Anos atrás, o programador Allan Blomquist produziu uma matéria falando de pontos-chave do código do Contra de NES. Já fazia um tempão que tinha guardado o link dessa matéria, mas ainda não tinha analisado ela muito bem, só ontem é que fui ver certinho. O sistema de colisão usado nesse game foi uma das revelações mais interessantes.

    O hitbox retangular fica nos inimigos e nos projéteis, não no protagonista. O que tem no protagonista é só um ponto. O acerto é detectado, obviamente, quando o hitbox dos inimigos sobrepõe o ponto do protagonista. Notem que o hitbox muda de acordo com o estado do protagonista: de pé, agachado ou pulando.

    Deem uma olhada em outras curiosidades na matéria:

    http://tomorrowcorporation.com/posts/retro-game-in...

    29
    • Micro picture
      tiagotrigger · about 1 month ago · 2 pontos

      Eles não falaram os motivos no texto, mas imagino que um dos motivos (o principal, provavelmente) é que a verificação de colisão entre um ponto e uma área é mais rápida do que duas áreas.

      Verificar colisão entre um ponto e círculo é o mais rápido de todos (ve se a distância do ponto é menor ou igual o raio do circulo), mas no NES usavam mais retângulos mesmo (que é mais rápido do que ver colisão entre dois retangulos). Nos computadores de hoje a diferença é imperceptivel, mas nos antigos era importante economizar recursos.

      E usar o hitbox do jogador posicionado no inimigo também economiza recursos pois se fosse o contrário pra cada inimigo precisaria ter 3 colisões diferentes dependendo do estado do jogador (em pé, deitado ou pulando). Mas, assim todos os inimigos usam as mesmas colisões do jogador + a colisão do inimigo.

      6 replies
    • Micro picture
      mastershadow · about 1 month ago · 2 pontos

      Olha só se não é o Rick Resurgindo das cinzas com detalhes técnicos de games do NES kkkkk!

      1 reply
  • thiones Sebá Oliveira
    2020-08-26 13:57:34 -0300 Thumb picture

    Metade do vídeo é só a intro(típico do Elba)

    Uma opinião interessante sobre o lixo que a FUCKonami se tornou. 

    Detalhe para a indicação do Elba ao canal Aperta Start que eu sempre divulgo também. 

    12
    • Micro picture
      jcelove · 2 months ago · 2 pontos

      Esse eu nao conheço mas o aperta start é bacana

      2 replies
  • hard_waters David Waters
    2020-08-19 15:48:44 -0300 Thumb picture
    hard_waters checked-in:
    Post by hard_waters: <p>#img#[730956]</p>

    34
    • Micro picture
      seufi · 2 months ago · 3 pontos

      Até a TV do cara tem motivos de Megaman... Isso que é ser fã ^~^

      1 reply
    • Micro picture
      vinicios_santana · 2 months ago · 3 pontos

      Lembrei de quando eu e meu irmão jogávamos, dava game over na última fase? Bora jogar tudo de novo sem morrer ou morrendo menos.

      1 reply
    • Micro picture
      onai_onai · 2 months ago · 2 pontos

      Legal!

      1 reply
  • 2020-07-13 10:11:48 -0300 Thumb picture
  • 2019-08-24 13:02:09 -0300 Thumb picture
  • lukenakama Lucas
    2019-08-22 18:05:58 -0300 Thumb picture
    lukenakama checked-in:
    Post by lukenakama: <p>Enfim, zerei o Contra de novo e gravei em duas p

    Enfim, zerei o Contra de novo e gravei em duas partes, mas porque eu dividi em duas? não era minha intenção, se vocês verem o vídeo vão entender, eu sou um fodido kkkkkk

    Parte 1: 

    Parte 2:

    Enfim, considerações:

    - O áudio ficou pior que o primeiro vídeo de Castlevania, gomen

    - "Você não gosta de ver vídeos seus pois você já se atura a vida inteira" lição que o Luke te passou nesse vídeo.

    - Sim, eu já joguei um jogo da saga Contra na escola(duas vezes, uma delas foi o Contra de NES) não é como se eu tivesse jogado no meio da aula, mas foi legal, porém essa história foi só uma desculpa pra eu contar minha indignação sobre meu trabalho de escola em grupo que eu suei pra fazer, já que eu comecei a fazer de última hora, tive que me apressar, achei que ficou bem feito mas nosso grupo tirou a menor nota dos 4 grupos kkkkkkkkkkkkk

    - Eu não odeio o Nando Moura, só discordo de várias coisas deles(nem é em questão de âmbito de política)

    - Foi isso, to gostando de fazer, vou dar uma pausa e fazer outros daqui uma semana, tá legal, pois pela primeira vez vocês não estão ouvindo(ou lendo) o Lukenakama, vocês estão ouvindo o Lucas Siqueroli, cara que tem problemas, que é totalmente diferente do Lukenakama, que tem suas histórias pra contar, e que é mais mosca morta que tudo.

    To gostando, alivia meu tédio, faz vocês me conheceram mais, é como se fosse uma seção de auto ajuda kkkkkkkk

    18
    • Micro picture
      gennosuke6 · about 1 year ago · 1 ponto

      Não sabia que vc fazia gameplay. @_@

      1 reply
    • Micro picture
      _fernando · about 1 year ago · 1 ponto

      Rapaz, primeira vez que eu to vendo um pouco do primeiro Contra. Acredite, nunca nem vi nada sobre esse jogo antes hauheha pelo visto é bem bacana. Eu to afinsao mesmo é de jogar o Contra 3 no SNES Mini, isso se eu conseguir um hauheha.
      E bem, assim como você eu sou meio piadista e animando, na verdade eu sou MUITO assim, tipo demais mesmo, mesmo que eu seja sem graça pra caralho hauehah mas por mais que falar isso seja vergonhoso, eu também sou muito sadboy e pessimista, o que possivelmente é o que faz eu ser ruim em muitas coisas no geral, e eu me irrito pra caramba por ser assim, mas é complicado mudar :v
      Eu falei isso aqui pra você vê que não é o unico hauehaue

    • Micro picture
      _fernando · about 1 year ago · 1 ponto

      Also, jogou Contra na escola duas vezes, rapaz vida loka demais, sem duvida.

  • tobycroft Toby Croft
    2019-07-30 16:41:18 -0300 Thumb picture

    Contra (Nes)

    Em 2633, dois Comandos da Marinha de Elite " Contra ", chamados Bill e Lance, são enviados em uma missão para neutralizar uma organização terrorista chamada Red Falcon que planeja tomar o mundo inteiro e cabe a este exército de dois homens colocar um acabar com essa loucura de uma vez por todas.

    0
  • jimmyramalho Jimmy
    2019-06-21 20:32:12 -0300 Thumb picture

    Obra de Arte

    Jogo finalizado n° 5

    Contra é um jogo de ação/plataforma no estilo shoot em' up desenvolvido e publicado pela Konami, lançado originalmente para o Arcade. A versão caseira foi lançado para o Nintendo Entertainment System (NES) em 1988 e foi justamente essa versão que eu finalizei. Quem sabe um dia a versão de Arcade aparece aqui também.

    Enredo

    Contra se passa em um futuro distante do ano 2633 D.C., onde a malvada Red Falcon Organization estabeleceu uma base no arquipélago fictício de Galuga, perto da Nova Zelândia, em uma conspiração para acabar com a humanidade. Dois soldados, Bill Rizer e Lance Bean, da unidade Contra da Earth Marine Corp (um grupo de elite especializado em guerrilha), são enviados à ilha para destruir as forças inimigas e descobrir a verdadeira natureza da entidade alienígena que as controla.

    Jogabilidade

    Contra apresenta uma variedade de perspectivas de jogo, que incluem uma visão lateral padrão, uma visão pseudo-3D e um formato de tela fixa. Até duas pessoas podem jogar simultaneamente, com um jogador como Bill e o outro jogador como Lance. Quando um dos protagonistas salta, ele se curva em um salto mortal em vez de fazer um salto convencional como em outros jogos, além disso, o jogador tem a possibilidade de atirar em todas as 8 direções, inclusive para baixo. 

    A arma padrão do jogador é um rifle com munição ilimitada que pode ser atualizado para uma das quatro outras armas que podem ser obtidas destruindo os sensores da caixa de comprimidos e cápsulas de itens voadores que os contêm, ou derrotando os guardas vestidos de vermelho nas bases inimigas. Há também dois power-ups auxiliares que só aparecem em certas áreas quando o jogador está armado com sua arma padrão.

    Gráficos

    Os gráficos são incríveis, ainda mais pra mim que sou um amante dos pixels. O jogo de cores também é muito bonito, o NES conseguiu usar o máximo da sua palheta de cores e soube transformar o jogo em uma verdadeira obra de arte. Comparando com o Arcade, a versão de NES é muito mais bonito.

    9
    • Micro picture
      onai_onai · over 1 year ago · 2 pontos

      Jogão. Esse aí demorei um bocado até conseguir finalizar.

      1 reply
    • Micro picture
      bye · over 1 year ago · 2 pontos

      Parabéns! Um jogo pra poucos.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · over 1 year ago · 2 pontos

      Mano essa parte aí da screenshot é um parto, especialmente com 2 jogadores.

      1 reply
  • xboxmaniabrasil Xboxmania
    2019-06-14 11:19:18 -0300 Thumb picture

    E3 2019 - Contra: Rogue Corps chega em setembro

    Medium 3727611 featured image

    Demorou, muito, mas finalmente a Konami atendeu a um dos pedidos mais intensos da comunidade gamer em geral, a franquia Contra está de volta.

    Durante a apresentação da Nintendo Direct na E3 2019 a Konami fez a alegria dos jogadores raiz e revelou o retorno da franquia Contra. Famosa nas décadas de 80 e 90, Contra: Rogue Corps chega com várias novidades, um novo visual em 3D (os originais eram 2D), apresentando novos personagens, modo co-op local e online e muito mais.

    A história por trás de Rogue Corps acontece anos após os eventos de Alien Wars, os heróis agora são caçadores de recompensas que estão atrás de tesouros na Damned City. Os novos heróis tem a sua disposição um arsenal com armas poderosas e as atualizações melhorias cibernéticas. As missões da campanha podem ser realizadas alone ou em modo co-op, local e online, sendo que seus espólios vão contribuir para atualizar as armas e demais melhorias.

    Contra: Rogue Corps tem data de lançamento para 26 de setembro, porém sem pré-venda até o momento
    0

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...