This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-07-15 12:15:54 -0300 Thumb picture

    Saga Castlevania : O que é um homem? (Parte 1)

    Um vídeo do canal do Zangado, em que ele inicia a primeira parte da saga Castlevania, contando a história dos primeiros jogos da franquia.

    8
  • wjoanes Wellington Joanes
    2019-07-07 13:00:28 -0300 Thumb picture

    Saudades, Castlevania!

    Medium 646482 3309110367

    Por que a senhora deixou esta saga maravilhosa de lado, dona Konami?

    27
    • Micro picture
      fernandovst · 12 days ago · 4 pontos

      Faltou ter caído uma carne aí uahuhauea.
      Sem o Iga na Konami é melhor deixar abandonada mesmo, pelo menos agora tem o Bloodstained.

      3 replies
    • Micro picture
      onai_onai · 12 days ago · 1 ponto

      Ainda bem que temos o Bloodstained agora...

    • Micro picture
      rax · 12 days ago · 1 ponto

      A Konami é idiota,sério.

      Fizeram Lords of Shadow que praticamente teve uma parcela da culpa de terem matado a série.

      Bloodstained ta ai pra dizer que a formula dos Castlevanias metroidvania da série ainda da certo mesmo hoje em dia.

  • salottilegal salottilegal
    2019-07-05 12:05:31 -0300 Thumb picture
    salottilegal checked-in:
    Post by salottilegal: <p>Stages 13-14-15. Tentar pela 1000ª vez, pau no c

    Stages 13-14-15. Tentar pela 1000ª vez, pau no cu desse porra de Grim Reaper.

    O que motiva é que essas fases têm a melhor música do jogo, até agora, na minha opinião. Vambora

    0
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2019-05-22 21:19:30 -0300 Thumb picture
  • hard_frolics David Waters
    2019-05-20 05:37:39 -0300 Thumb picture

    A Konami Nunca se Importou.

    Que video lindo! Não pela sujeira das empresas, mas pela mensagem do verdadeiro valor dos desenvolvedores, ressaltando que o trabalhos deles sim foi importante e não as grandes empresas! Temos carinho pelos jogos e atribuimos ele as marcas, mas infelizmente isso é um bonus pro acionistas e chefões, a verdeidaeira Konami que possam amar, foram os funcionarios que deram seu suor e se esforçaram pelos jogos!

    E isso não se atribuiu só a Konami, diversas empresas provavelmente fazem isso, houve um protecionismo de nem divulgar nome de devs nas antigas, uma soma de não dar crédito e mater eles em cativeiro pra que outra empresa não levasse eles embora, é triste, mas felizmente hoje a informação está livre no que é possivel e podemos ver no que esses profissionais que sim fizeram as coisas acontecer, trabalharam no passado.

    Alias, gostaria de deixar um ponto sobre a idolatria em nomes associados à franquias, quando associar Mario apenas a Miyamoto, ou Mega Man apenas a inafune (esse é um caso mais grave), lembre-se que houve muito mais gente por trás, porém, eles se tornaram os garotos propaganda, rostos que a empresa atribuiu a marca... Se possível, vá atrás de saber que é ou foi toda essa gente boa que ajudou o jogo que ama a ver a luz do dia :)

    22
    • Micro picture
      raphaelcarvalho · 2 months ago · 3 pontos

      "A Konami nunca foi boa. Boas eram as pessoas."

      É um resumo de 99% das empresas, meu povo. É como funciona o sistema, o dono da Konami não vai ser diferente do dono da empresa que você trabalha, que lhe explora, assedia moralmente, paga pouco, etc etc etc etc.
      Não dá pra ter esse romantismo, essa imagem de que porque empresa X trabalha com entretenimento/arte que a coisa vai ser feita com amor. O objetivo é sempre o capital, sempre.
      Sempre se idolatrou a Rockstar e, recentemente, rolou papo de funcionário trabalhando trocentas horas semanais, desrespeito a leis trabalhistas e etc.
      Não tem santo em meio nenhum, muito menos no meio dos games.

      5 replies
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-05-13 23:43:51 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Castlevania

    Zerado dia 13/05/19

    Eis aí um jogo que dá vergonha de só estar terminando agora: Castlevania, de NES! Eu sou relativamente familiarizado com essa série da Konami no console de 8-bits e inclusive já cheguei a jogar um pouco na infância, mas a dificuldade mais elevada e o movimento super limitado do personagem meio que me afastaram de me interessar em continuar. "Jogo tosco."

    Já na época do GBA e suas emulações, Aria of Sorrow era um hit pela internet afora. Joguei e amei a experiência bem antes de conhecer Symphony of the Night. Além disso, tive o prazer de pegar um Circle of the Moon emprestado mais tarde e jogar até dizer chega no meu próprio GBA SP!

    Bom, continuei jogando a série no Game Boy, DS, 3DS e outros mais recentes, mas meio que ignorando os primeiros, que eu nem sabia exatamente quantos eram. Joguei até uma das versões do Kid Dracula e postei aqui no Alvanista.

    Já aqueles que começaram tudo, ficaram no meu PSP já fazem uns 3 anos, só esperando a hora certa. Acho que eu posso dizer que o meu amor pela série + ter quase tudo que importa fechado no NES + a vergonha de não ter zerado um dos jogos mais importantes de todos os tempos + dois protagonistas serem agora personagens jogáveis no Super Smash Bros. Ultimate meio que me animaram a jogar. Liguei o portátil só pra dar uma olhada e fiz duas fases ontem. Ocupado, só pude voltar hoje,as pelo menos fui até o fim.

    Castlevania é definitivamente um jogo difícil. Eles mistura muita plataforma com um bocado de inimigos chatos com padrões piores ainda. Quase como uma versão da Konami de Mega Man.

    O jogo é linear e conta com o protagonista Simon Belmont (traduzido como Belmondo nos créditos) adentrando o castelo do Dracula e subindo até a torre mais alta para enfrentá-lo. No meio do caminho você visita as mais diversas partes do lugar, desde o salão de entrada, passando pelos esgotos, catacumbas etc.

    Os estágios iniciais são tranquilos e servem mais para conhecer os comandos básicos, usar bastante o seu ataque contra monstros fracos, subir escadas, atacar abaixado, inimigos velozes e tal. Eu já estava achando que eu fecharia o jogo numa boa e esperava uma experiência bem mais frustrante.

    Nas fases seguintes, Castlevania mostra o porquê de sua fama: muitos buracos no chão, plataformas que se movimentam e novos monstros, que atacam e pulam de um lado para outro ou demoram demais pra morrer. Sua vida sempre cai muito rápido mas a maior dificuldade de todas as dá por conta do fato de que quando você é atacado, o personagem é jogado para trás. Isso resulta em muitas mortes injustas por fatores muito difíceis de evitar, como a famosa Medusa Head, que voa na sua direção subindo e descendo constantemente.

    Agora imagine você numa plataforma pequena em movimento, com um inimigo difícil de prever como esse e no final encostar nele e ser jogado pra trás, direto para a sua morte...

    São cerca de 6 fases, apenas. Cada uma culmina num chefe, que nada mais é do que o já esperado: um monstrão com barra de vida e que causa muito dano, como um morcegão ou o próprio Frankenstein!

    Para facilitar na sua jornada, você encontra as mais variadas armas e upgrades derrota do inimigos ou destruindo velas pelo cenário. Tem a cruz-bumerangue que vemos em todos os Castlevanias seguintes, a água benta, machado, faca, relógio e umas coisas que nem tenho certeza, mas parece que aumentam seu dano. Há ainda os corações, que servem como Mana, e a possibilidade de ganhar mais vidas ao alcançar determinadas pontuações.

    Castlevania ainda ajuda em ter continues infinitos, te dando a possibilidade de tentar a vontade, mas sempre voltando para a área inicial antes do chefe, nesse caso. Ou seja, um estágio é formado por cerca de 3 fases e perder uma vida te retorna para o começo da ultra alcançada, mas dar Game Over te volta para a inicial, logo depois do último chefe derrotado.

    Resumindo: Castlevania é um jogo de plataforma acima da média de dificuldade, que requer bastante tentativa e erro e com certeza necessitava de muitas jogatinas para pegar o jeito e conseguir terminá-lo na época. É um jogo bem feito, mas um pouco frustrante em diversos aspectos e por isso, talvez não tenha envelhecido muito bem. 

    De bom: trilha sonora clássica, cheia de músicas boas. Grande variedade de inimigos e power-ups. Continues infinitos deixam a jogatina bem mais interessante. Curto demais a ambientação!

    De ruim: jogabilidade travada e alguns inimigos chatos fazem a combinação perfeita para diversas vidas perdidas de graça e muita frustração. O Simon toma muito dano por qualquer besteirinha. Ser jogado pra trás quando recebe dano em um jogo de tanta plataforma. Alguns inimigos aparecem em lugares que não deveriam ou dão respawn infinito, como as medusa heads (nesse jogo isso faz muita diferença). Sem muito enredo e até o zeramento é muito seco. Dos dois últimos chefes são demasiadamente difíceis/injustos.

    No geral, quando comparado com outros jogos da série posteriores, melhor ficar com o IV ou Rondo of Blood ou ainda aqueles do gênero "metroidvania", mas a rápida experiência foi bem legal, principalmente pra ver como uma excelente série se iniciou. Recomendo demais pra quem curtia essa época ou gosta da série e espero jogar o II e III em breve!

    23
    • Micro picture
      vinicios_santana · 2 months ago · 4 pontos

      Dos clássicos de Nes, o 3 é o melhor, recomendo demais.

      6 replies
    • Micro picture
      spider · 2 months ago · 2 pontos

      Parabéns por ter voltado às origens para terminar esse belo e difícil jogo! Eu estou indo no sentido normal, falta um do DS pra terminar e depois é ir para os próximos.

      5 replies
  • 2019-04-25 03:12:59 -0300 Thumb picture

    Restrospectiva Castlevania Parte 1 - NES e MSX

    E pra comemorar o inusitado feito (?!) do dia, segue a primeira parte de um total de três da restrospectiva feita pelo strafefox. Pra quem não sabe, a série Splash Wave do canal documenta com grande esmero e paixão retrogames e suas histórias desde sua produção, curiosidades e muito mais.

    Seguirei traduzindo a legenda para boa parte dos episódios que não possuem português disponível. Para quem é fã de Castlevania, aviso: imprescindível assistir esses episódios, viu?

    Assiste lá e não esquece de ligar a legenda. Amanhã possivelmente termino a parte dois.

    4
  • lgd Leandro "Tommy"
    2019-04-25 00:48:05 -0300 Thumb picture
    lgd checked-in:
    Post by lgd: <p>Fiquei preso no início, mas a primeira jogada eu

    Fiquei preso no início, mas a primeira jogada eu gostei, bem ao estilo MediEvil do PS1.

    10
    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 2 pontos

      Espere até o jogo chegar nas partes de plataforma.

      1 reply
  • hard_frolics David Waters
    2019-04-18 18:52:02 -0300 Thumb picture
    hard_frolics checked-in:
    Post by hard_frolics: <p>Disclaimer rapidex, meu pc ta uma porcaria, uma

    Disclaimer rapidex, meu pc ta uma porcaria, uma ram morreu :/ ...Logo nem o firefox to podendo usar, to usando o 'Pale Moon' que é um firefox oldschool xD

    Falando em oldschool, parei pra jogar o primeiro castlevania e pqp, que dificil, não pelas fases, e ele é até gentil de ter continue infinito, mas pela fisica dele, vc cai que nem m3rd@ HSAUHSUASHAUHSA... E as cabeças de medusa, o que falar dessas féla da p0t@!?

    Mas, eu finalmente passei da segunda fase! o/ 

    Bom, vamo que vamo! o/

    35
    • Micro picture
      aguinner · 3 months ago · 4 pontos

      Falando nisso, eu tenho que tomar vergonha na cara e jogar alguns Castlevanias x_x até hoje nunca joguei nenhum, acredita?

      8 replies
    • Micro picture
      katsuragi · 3 months ago · 2 pontos

      A dificuldade mesmo começa a partir da Stage 5, lá é aonde meninos são separados de homens! AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHA

      1 reply
    • Micro picture
      eduardo_wrzecionek · 3 months ago · 2 pontos

      Sei como é cara, zerei ele semana passada foi um sofrimento na luta final digo boss final, misericórdia santa paciência. tirando tudo isso o jogo é ótimo.

      3 replies
  • darlanfagundes Darlã Fagundes
    2019-04-10 01:20:11 -0300 Thumb picture
    18
    • Micro picture
      deathcorps · 3 months ago · 1 ponto

      Ah Medusa Heads e sua Cheapness.

    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 1 ponto

      Já era fi, ela já está perto demais para você desviar.

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...