• 2018-10-12 17:36:29 -0300 Thumb picture
    sobezero fez um check-in:
    <p>Primeiro jogo que eu dropo. Não fui com a cara d - Alvanista

    Primeiro jogo que eu dropo. Não fui com a cara do jogo, achei a jogabilidade péssima e particularmente não curto muito esse humor nojento.

    2
  • mateusfv Mateus Vailate
    2018-02-01 22:55:19 -0200 Thumb picture
    mateusfv fez um check-in:
    <p>Esse é a lenda que a Nintendo resolveu não parar - Alvanista

    Esse é a lenda que a Nintendo resolveu não parar uhashuasuh, caramba esse jogo tem tanta referencia, tem um humor bizarro, tem umas piada foda huashushu, esse jogo é TOP :v

    Ele foi um dos que me apresentou ao grandioso Laranja mecânica, já que o começo dele é uma recriação do começo do mesmo, até a música é a mesma husahuasuh.

    Queria botar imagens de ambas as cenas mais não vai dar pq não tem como marcar como NSFW e vai que tomo um BAN huasuhhu

    Edit: descobri que tem sim como marcar como NSFW, mas faço isso no próximo uhasuhashu

    15
    • Micro picture
      kratos1998 · 10 meses atrás · 2 pontos

      Ainda preciso jogar essa pérola, ainda mais eu, que gosto muito de comédias de referência.

    • Micro picture
      thiones · 10 meses atrás · 2 pontos

      Você pode marcar como non safe depois de postar. É só clicar em editar hehe

      1 resposta
  • spawngamestation Daniel Lunas
    2018-01-09 17:47:16 -0200 Thumb picture
    <p>Hoje é dia de voltarmos para Conker's Bad Fur Da - Alvanista

    Hoje é dia de voltarmos para Conker's Bad Fur Day, um dos jogos mais controversos do Nintendo 64. Será que a gente consegue zerar essa aventura bizarra?

    2
  • joanilsonsantos Joanilson Santos
    2018-01-06 06:30:12 -0200 Thumb picture
    <p>Só falta uma caixa original, essa é réplica. Ace - Alvanista

    Medium 512505 3309110367

    Só falta uma caixa original, essa é réplica. Aceito de presente. kkkkkkkkkkkkkkk

    3
    • Micro picture
      old_gamer · 10 meses atrás · 1 ponto

      Esse eu tenho o jogo americano lacrado de fábrica.

  • 2017-10-22 03:41:12 -0200 Thumb picture

    Top ? consoles??? favoritos

    @desafio indicado pelo @andre_andricopoulos que eu achei interessante fazer rapidamente. Primeiramente, eu nem me considero gamer, da mesma forma que não acho que sou metaleiro por gostar de metal, mas esse é um papo de outra hora sobre tribo social e só meti essa desculpa logo de cara pra a minha simplória história com esse hobby. Indico o @tarrierdragoon9 e o @leider10 pra participarem da parada.

    Então... por onde começo? Como podem ver no título, nem eu sei bem avaliar se as escolhas vão ser válidas, mas decidi fazer o texto mesmo assim para tentar organizar minhas memórias do que se passou uhauhsua. Explicando: a minha primeira experiência com videogames - que eu lembre - foi com jogos de arcade, mas no PC, já. Lembro que um conhecido muito sábio de terras distantes veio com um lendário CD mágico para casa, e instalou um programa com centenas de jogos... eu não tinha a mínima ideia do que era um emulador, e para mim bastava poder jogar um Metal Slug ou o Samurai Shodown sem questionar a feitiçaria daquele homem misterioso.

    Isso se repete para jogos de outras plataformas, a não ser para: o Master System - que doei para espalhar a palavra e a diversão das pequenas coisas uhasua -, o Xbox 360 e o Xbox One - que são os consoles que tenho.Porém,ainda vou tratar os jogos que joguei em emuladores como jogados na plataforma original, e tentar criar um TOP ?, mesmo que não faça sentido algum, porque sou desses. 

    Bem, eu lembro que o primeiro console que eu queria muito ter era o playstation 2, mas o que deu pra ter foi o Master System mesmo uhahsua. 

    5ºLugar- Master System

    O que esse console simples conseguiu foi logo quebrar preconceitos imbecis que eu tinha por já ser datado: trocentos jogos em uma plataforma simples, diversão quase eterna uahsuha. Jogar e conhecer o famigerado Golden Axe, curtir mais MK e apreciar Sonic, mesmo sem saves e sendo um completo imbecil, foi divertido.

    4º Lugar - SNES

    Joguei em emulador mermo, mas deixo o mario world, o mario kart e o Chrono Trigger como grandes obras pra mim... infelizmente ainda tenho a pendência de zerar o zelda link to the past / metroid (talvez faça esse no gameboy...). PS: por todas as divindades, como Chrono Trigger é bom!!!

    3ºLugar - GBA

    Minha memória falha ainda, e depois de tantos computadores pifando não tenho registros do tanto que joguei no emulador dessa belezura. O que eu não consigo esquecer é a minha saga com megaman zero 1, 2 e 3, jogos lindíssimos em todos os aspectos, na minha opinião. Além disso, tive o prazer de terminar o Pokemon Fire Red nele, também. Talvez eu volte a jogar o Pokemon fanmade que eu tinha começado, com três gerações, monte novamente o dreamteam com megaevoluções e capture todos os outros uahsuahusa. Pra mim prestou até a terceira geração e pronto kkk. Dreamteam a seguir:

    2ºLugar - N64

    Quantas boas memórias... Mario 64 (não terminei); Star Fox 64 - eu dificilmente passava da segunda fase mas gostava demais do jogo uhahsua -; Mario Kart 64 com a rapazeada; Majora's Mask - a pressão de tempo limitado e a desorientação de moleque me impediam de terminar kkk -; Ocarina of Time absolutamente lendário e por muito tempo meu jogo favorito; Super Smash Bros como provavelmente o jogo mais divertido de luta que joguei e nunca cansa de brincar; e finalmente Conker Bad Fur Day, uma obra que me fez realmente repensar como moleque o que é um enredo e como um conto bem contado pode ser uma das experiências mais engraçadas, épicas e solenes da sua vida. Realmente esta última é inesquecível e me influenciou muito...

    1ºLugar - Xbox 360

    Com o x360, a gama de possibilidades foi expandida demais... battlefield 3 (meu fps preferido, disparado); skullgirls - jogo de luta muito underated, a ambientação e temática são lindas demais, além de ter o melhor sistema de tutorial de luta que já vi -; palavras não descrevem Halo Reach, Skyrim e Dark Souls; Hitman Absolution e Dead Space me surpreenderam muito, adorei os jogos... enfim, acho que vocês entenderam.

    Epílogo

    O xbox one hoje é a parada mais prática que eu tenho para dar aquela relaxada no tempo livre ( ͡° ͜ʖ ͡°). Com certeza, o console vai trazer muito tempo de diversão, mas escolhi dar o valor a esses que fizeram parte de períodos gloriosos. Realmente caguei pesado para a console war PS4 X Xone: escolhi pelo antecedente do 360, o recurso da retro e porque simplesmente gostei:tem exclusivos legais e confiei no serviço da Xbox Live. Já comentei na alvanista que tem mto exclusivo do PS4 show, principalmente indie, que não vou ter oportunidade de jogar, mas não dá pra ter tudo na vida mesmo auhhsua. Ser grato pelo que tem e aproveitar a sua condição real é o que há a fazer. 

    4
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 1 ano atrás · 2 pontos

      Só videogames top (menos o PC... Kkkk).
      Mesmo não o tendo mencionado, MASTER SYSTEM foi muito importante e bom pra mim também, adorava os óculos 3D e a pistola. Os games em geral também....
      ...
      Definitivamente bastante injusto esses top 5....

  • 2017-10-21 11:18:20 -0200 Thumb picture

    Conker's Bad Fur Day [Nintendo 64]

    Passwords :

    Na tela de Passwords, insira os códigos abaixo:

    Jogar "Zombies and Villagers" no modo Multiplayer : BEEFCURTAINS

    100 Barras de Chocolate: Visite o "devil" e insira ITISEASY

    Jogar com Gregg, The Grim Reaper no modo Multiplayer : BILLYMILLROUNDABOUT

    Jogar com Frying Pan no modo Multiplayer de corrida: DUTCHOVENS

    Nova animação de morte no modo Single Multiplayer: SPUNKJOCKEY e após isso use a serra-elétrica ou a katana para cortar a cabeça do Tediz no War Level

    Jogar com Sergeant and Tediz Leader no Modo Multiplayer: RUSTYSHERIFFBADGE

    Jogar com Cavemen no modo Multiplayer: EATBOX

    Jogar com Weasel Henchmen no modo Multiplayer: CHINDITVICTORY

    Modo Very Easy: VERYEASY

    Modo Easy: EASY

    Todos os Capítulos e cenas: WELDERBENCH

    The Heist Chapter: CHOCOLATESTARFISH

    It's War Chapter: BEELZEBUBSBUM

    Spooky Chapter: SPANIELSEARS

    Uga Buga Chapter: MONKEYSCHIN

    Sloprano Chapter: ANCHOVYBAY

    Bats Tower Chapter: CLAMPIRATE

    Barn Boys Chapter: PRINCEALBERT

    Jogar com Neo Conker: EASTEREGGSRUS

    Jogar com Conker: WELLYTOP

    12
  • mardones MardoNES
    2017-09-17 22:00:50 -0300 Thumb picture

    Oque é mais difícil de levar a sério?

    uma pessoa que acredita que a terra é plana ou uma que acha que o PSOne tem gráficos melhores que o Nintendo 64? Deixa eu me embriagar com o Conkers aqui...

    20
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-08-14 22:24:43 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Conker's Bad Fur Day

    Zerado dia 13/08/17

    Caraca! Vocês não tem noção de como eu estou feliz por dizer que zerei Conker's Bad Fur Day! Geralmente eu fico assim depois de finalmente me livrar de algum jogo chato e demorado, como foi mais ou menos com o Jet Force Gemini, mas no caso de CBFD é justamente o contrário. Que jogo INCRÍVEL!!!

    Eu sempre tive um medo de como seria a minha experiência com ambos os Banjos de N64 e com o Conker, pois o gênero collect-a-ton é meio tenso, ainda mais em jogos antigos que demandam mais tempo e paciência com controles que podem ser frustrantes, mais ou menos como em Super Mario 64. Graças ao Rare Replay, estou jogando várias pérolas da época com gráficos bacanas, deitado na minha cama, numa TV grande e com um ótimo controle nas mãos, foram as correções de bugs e comandos!

    O meu medo com CBFD era pura ignorância, pois o jogo está muito mais para um simples platformer 3D do que qualquer outra coisa. O howlongtobeat.com mostra que a jogatina dura cerca de 8 horas (2 horas a menos que Banjo-Kazooie) e isso muito me interessou.

    Com pouco tempo na aventura, eu já tinha visto muita coisa e aprendido como o título é simples e, sobretudo, engraçadíssimo! Eu já curtia o humor do Kazooie, mas definitivamente o Conker e todo o seu jogo vão muito além.

    Parece que pegaram toda a parte massiva e/ou frustrante de jogos anteriores e finalmente aprenderam como se faz um jogo mais tranquilo e divertido.

    Não me entenda mal. Eu gostei muito dos jogos do Banjo até aqui, mas o Tooie me deixou com um pouco de medo do que a Rare faria depois e Conker foi por um lado bem diferente e moderno. Eu acabei de zerar o jogo mas sinto que o jogaria novamente agora sem o menor problema.

    Mapas gigantes e decorar onde você tem que voltar horas depois? Esqueça! Mil e um comandos? Nem meia dúzia! Ficar fazendo favores e explorando fases atrás de segredos? Jamais!

    CBFD é bem simples na maior parte das vezes. Cheio de cutscenes, você sabe quase sempre pra onde ir e mesmo se não souber, uma rápida exploração do mapa já é o bastante pra ativar a próxima cinemática que continua a estória e te guia ao seu próximo destino.

    A área inicial é pequena e de simples entendimento. Você sabe de cara onde ir ou não. Parece até óbvio de mais, inclusive. Do hub inicial, você chega as outras partes do jogo, com cenários e temáticas diferentes, mais ou menos como numa versão diminuída do Hyrule Field de Ocarina of Time. Ao alcançar uma nova área, você fica nela até a terminar (apesar de existir a possibilidade de sair).

    Os objetivos são sempre simples e mesmo quando tem algum desafio, não chegam a ser frustrantes: eliminar todos os inimigos, guiar um cara até certo ponto enquanto se esquiva de minas terrestres ou simplesmente carregar uma colmeia de abelhas até certo ponto. Tudo é sempre rápido e fluído e dificilmente você fica em algum lugar preso ou sem progredir na estória, que sempre te recompensa com mais dinheiro ou outras coisinhas.

    Uma de suas características mais famosas é o conteúdo adulto, coisa que o jogo já avisa desde que abrimos o jogo: "For Mature Audiences Only". Isso se dá porque os personagens xingam bastante (tipo na vida real mesmo). Algumas palavras como "asshole" ficam a vista, enquanto "fucking" e outras são trocadas por caracteres engraçados, como caveiras, raios e arrobas, além do som de "piiii" quando falam.

    Aliás, é legal que o jogo é 100% dublado (em inglês) e cada personagem tem voz muito distinta, como sotaque russo ou caipira.

    Algumas falas são tão geniais e bem construídas, que a moral de CBFD só subiu comigo. Por outro lado, várias partes eu me perguntava o que um pré-adolescente pensaria lendo e vendo coisas como mulheres sacudindo peitos e fazendo piadinhas mais... quentes. 

    Além disso, o próprio Conker está sempre ficando embriagado  e vomitando. Os personagens morrem com frequência também, incluindo o protagonista, e sempre explodem em ossos, sangue e cabeça voando, tipo Fatality do Mortal Kombat. Pra dizer a verdade, é bem inesperado e engraçado, mas não jogue mesmo perto de crianças!

    Uma das coisas que eu mais amei, além de tudo isso aí, é que o jogo contém ainda várias referências a filmes, se iniciando com Laranja Mecânica, passando por Star Wars, Alien e uma parte super divertida de Matrix!

    O objetivo é meio bizarro: chegar em casa após ter enchido a cara no bar, mas logo as coisas mudam tanto, que você vai de uma coisa a outra, de uma temática a outra, chegando a partes até mais assustadoras, como em uma mansão com zumbis, super parodiando Resident Evil a outras mais sérias e bizarras e cheias de morte, como numa parte que estamos no meio da guerra dos esquilos contra ursos de pelúcia. Música tensa, noites chuvosas, personagens se explodindo em muito sangue e logo o jogo ficou medonho!

    Durante a campanha é comum ver o jogo adicionar mecânicas e desafios bem diferentes, como controlar um tanque de guerra, nadar contra o tempo, atirar com armas de fogo, corrida num hoverboard, voar como morcego, urinar ou cagar nos outros e muitas outras coisas. Parece que cada segundo nesse jogo é muito bem aproveitado!

    Resumindo: Conker's Bad Fur Day já entrou na minha lista de cinco melhores de N64 e virou facilmente um dos meus jogos favoritos, e bem a frente de seu tempo. Incrível! É como se juntassem vários fatores positivos que fizeram a Rare ser a Rare em Donkey Kong e Banjo + humor ácido e conteúdo adulto e fizeram um jogo, que é simples e funcional, e que ainda rende boas horas de diversão sem ser massivo, repetitivo e nem fácil demais.

    De bom: gráficos lindos, cores e animações bem feitas. Personagens bacanas típicos da empresa na época. Trilha sonora e ambientação que sempre batem perfeitamente. Humor de primeira, coisa típica de jogos do Tim Schafer (Grim Fandango). Jogo muito fluído e que não te prende para fazer desafios. Gosto muito do fato que você está na sua própria quest resolvendo os seus próprios problemas, e não os dos outros. Jogabilidade incrível e texturas bem consistentes. Desafios e mecânicas que sempre se reinventam. Amo as referências aos filmes. Modo multiplayer para até quatro jogadores contra. A violência gratuita e os personagens morrendo subitamente chega a ser engraçado.

    De ruim: a câmera as vezes fica por detrás do cenário e você não vê nada até girá-la certinho (mesmo que isso dê algum trabalho as vezes). Algumas partes as mecânicas não ficam muito claras e não há instruções, como na parte da boate, que você deve urinar nos caras e a urina acaba depois de um tempo e enquanto você está bêbado, fica super lento e ainda fica parando para vomitar a toda hora. O que você deve fazer é subir numa plataforma e tomar um efervescente, que ficam meio escondidos. Aliás, várias partes do jogo requerem que você fique indo e voltando para tentar novamente. Odeio o fato que qualquer quedinha minúscula tira um pouco do seu HP.

    No geral, repito que o jogo é excelente. Fico um pouco curioso com o remake que ele ganhou pro primeiro Xbox, mas estou muito contente com esse remaster do Rare Replay. Jogaço!

    6
    • Micro picture
      juninhowii360 · mais de 1 ano atrás · 2 pontos

      O remake é surpreendentemente lindo, um dos jogos mais bonitos que eu joguei na geração 128bits. Essa paródia de Matrix na imagem ficou foda kkkk.

      1 resposta
  • sandrotoon Sandro
    2017-06-21 15:37:24 -0300 Thumb picture
    sandrotoon fez um check-in:
    <p>Consegui o remake deste jogo para o xbox \o/</p> - Alvanista

    Consegui o remake deste jogo para o xbox \o/

    Vou jogá-lo até o fim e ainda vou dar uma olhada no multi

    Já cheguei na parte do touro, ficou muito bom o remake

    20
  • cyberwoo Cyber Woo
    2017-06-09 11:44:43 -0300 Thumb picture

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...