Medium picture

pyronslair Pyron's Lair

Um cara que ama o melhor dos jogos modernos e retro http://www.youtube.com/user/GabrielPyron


mais de 5 anos atrás 2013-07-04

Rocket Knight Adventures

Quando a Konami começou a fazer jogos para o Mega Drive, quase todos os seus títulos foram ports de jogos já estabelecidos no SNES (Sunset Riders, Teenage Mutant Ninja Turtles: Hyperstone Heist) que não tiveram a mesma atenção na conversão fazendo com que estes jogos não tivessem a mesma qualidade dos originais.

Rocket Knight Adventures foi o primeiro titulo exclusivo da Konami para o sistema da Sega, e foi uma estreia notável. Você guia Sparkster através de sete fases, não só para resgatar a princesa, mas salvar o reino de um exército de porcos do mal. A batalha se dá através de campos e fases distintas que são muito interessantes e coloca o jogador a prova. Diferentemente da maioria dos jogos de mascote, Rocket Knight Adventures é muito mais um jogo de ação do que um jogo de plataformas em linha reta. Os níveis foram divididos em "situações de emergência", cada nível é dividido em três ou quatro sub-estágios, que tem apenas alguns minutos de duração exigindo diferentes skillsets para vencê-los. Além de manter a ação sempre intensa e fresca para o jogador ele trouxe alguns truques visuais bem impressionantes que fazem parte do design das fases dando um efeito bem legal ao jogo, como uma fase que acontece em uma cachoeira, que você deve alternar entre as plataformas do primeiro plano e o fundo, semelhante à primeira fase do Super Castlevania IV. Em outra área, há um poço de lava que sobe e passa periodicamente, mostrando o reflexo de Sparkster, o primeiro plano bloqueia a parte superior de sua visão, então você precisa usar essa reflexão para navegar por essas plataformas com sucesso. Existem algumas partes de shoot-em-up, que apresentam muita referência a Gradius, e uma luta particularmente divertida entre gigantescos robôs que mostra a variedade de gameplay que este jogo oferece.

A Konami teve alguns dos melhores programadores gráficos da era 16-bit, e eles realmente quiseram por o Mega Drive a prova, com reflexos, vários níveis de paralax scrolling, chefes multi-joiend-sprites, e outros efeitos loucos que só os jogos da Treasure como Gunstar Heroes e Alien Soldier fizeram melhor. Além disso ele é um jogo com sprites grandes e detalhados e tudo acontece de forma suave e ao mesmo tempo frenética na tela sem ter slowdowns. A música é fantástica e a trilha sonora é composta por uma série de compositores da Konami, incluindo Michiru Yamane.

Um dos maiores desafios deste jogo é que você só pode tirar proveito dos poderes do Sparkster em momentos chaves e eles são absolutamente vitais no combate, já que você precisa de tempo para carregar seus poderes para atacar os pontos fracos e encontrar uma maneira de ricochetear de volta em segurança. Como a maioria das fases são bastante estreitas, voar a esmo é uma boa maneira de se matar. Fora isto, é extremamente divertido lançar-se no ar, fora da tela, e ver como Sparkster cair com seus braços batendo loucamente. Konami definitivamente deu "atitude" para o personagem, com suas animações legais e carismáticas.

Apesar do comportamento infantil de Sparkster o jogo não é modo algum fácil. Enquanto a dificuldade "easy" é aceitável até as fases finais, os outros níveis de dificuldade vão reduzir significativamente o número de vidas e continues, o que representa um grande desafio até mesmo para os veteranos de jogos mais hardcore. Este é outro ponto delicado do jogo, porque na versão norte-americana é ridiculamente mais difícil que a original japonesa e como muitos jogos da Konami, você precisa jogar no modo Hard para obter o melhor final.

Rocket Knight Adventures foi dirigido por Nobuya Nakazato, o homem que dirigiu Contra III e a partir do momento que você começar jogar, você verá truques gráficos inteligentes, excelentes levels design e chefes que se recusam a morrer e uma trilha sonora envolvente que vai te deixar empolgado até os créditos finais começarem a rolar, tudo que fez a era 16 bits brilhar esta contido neste jogo fazendo ele ser indispensável para qualquer retrogamer que se prese.

9.5 9.5 10
Nota Geral
10 Jogabilidade
8.0 História
10 Música
10 Gráficos
Excelente gráficos e efeitos
Trilha sonora ao melhor estilo konami
Designs de fases muito bem feitos e criativos
Muito difícil conseguir assistir o melhor final pela dificuldade insana

2 de usuários gostaram desta crítica.


Outras críticas do mesmo autor:

Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...