This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • jongamezon Jon GamezOn
    2021-04-12 14:51:16 -0300 Thumb picture

    Colecionador Retro Vagner "Pastor" mostra alguns itens de sua coleção

    Fiz uma live com o Vagner, tambem conhecido como pastor e falamos sobre diversas coisas entre as principais, coleção de videogames e nesta live ele mostrou alguns de seus itens.

    4
  • nexygames NexyGamesBrasil
    2021-04-06 10:49:30 -0300 Thumb picture

    Resident Evil 4

    Medium 3860212 featured image

    Resident Evil 4, conhecido no Japão como Biohazard 4. A história de Resident Evil 4 segue o agente especial do governo dos Estados Unidos Leon S. Kennedy, que é enviado em uma missão para resgatar Ashley Graham, filha do presidente americano, que foi raptada por uma seita macabra. Ele viaja para uma área rural da Espanha, onde luta contra hordas de moradores violentos e monstros mutantes, e se reúne com a misteriosa espiã Ada Wong.

    Resident Evil 4 recebeu aclamação da crítica. Ele ganhou muitos prêmios de Jogo do Ano em 2005 e foi visto como um sucesso multiplataforma que influenciou a evolução dos gêneros survival horror e de tiro em terceira pessoa. O jogo também foi pioneiro e popularizou a perspectiva de visão "sobre o ombro" em terceira pessoa.

    O jogador controla o protagonista Leon S. Kennedy a partir de uma perspectiva em terceira pessoa. A jogabilidade centra-se na ação e tiroteios envolvendo multidões de inimigos em grandes áreas abertas. A câmera é colocada atrás de Leon, e amplia para uma visão sobre o ombro quando se aponta uma arma. Ao contrário dos jogos anteriores da série, há a adição de uma mira laser que adiciona uma nova profundidade ao apontar, permitindo que o jogador mire em várias direções e facilmente mude sua colocação em qualquer momento. Balas afetam os inimigos especificamente onde são atingidos: tiros nos pés podem fazer os inimigos tropeçar, enquanto tiros nos braços podem fazer eles largarem suas armas.

    Esse evento se passa Seis anos após os acontecimentos de Resident Evil 2.

    Canal Oficial: https://youtube.com/c/NexyGames

    Live Oficial: https://www.facebook.com/NexyGamesOnline/

    Me siga na Twitch: https://www.twitch.tv/nexygames

    0
  • leandro2litros Leandro Paz
    2021-04-05 12:19:34 -0300 Thumb picture
    Post by leandro2litros: <p>...</p>

    Medium 769255 3309110367

    ...

    12
  • 2021-03-30 11:14:49 -0300 Thumb picture
    kratos1998 checked-in:
    Post by kratos1998: <p>Rejogado!!</p><p>Seguindo em ordem cronológica!<

    Rejogado!!

    Seguindo em ordem cronológica!

    Vamos falar de um RE polêmico! Polêmico demais! Mas n vou me estender muito!

    O jogo é foda demais, gosto mesmo dos tiroteio, é divertido demais explodir cabeças nesse jogo, gosto da fisicalidade dos inimigos, que se ajoelham quando tomam dano na perna, seguram a cabeça após um tiro na região. Amos os inimigos diferenciados como aquele Wolverine cego q me dá um cagaço fudido e o Dr. Salvador q é bizarro!

    A jogabilidade é a parte polêmica né, realmente faz falta dentro da franquia o leva e traz de itens, puzzles e etc, o jogo vai por outro caminho e peca demais nisso, mas ainda sinto q o Survival tá ali, eu pelo menos me cago de medo ainda em alguns momentos, a atmosfera é boa. A troca de câmera revolucionou o mercado, e entendo quem odeia, mas eu acho muito boa e ela ainda acrescenta no terror, pois fecha sua visão.

    A história é quase um Spin off mesmo, n é tão importante, compararia até com o RE 3, são histórias legais dentro de si mesmas, mas acrescentam pouco. RE 4 ganha pra mim pq ainda assim tem um tema mais interessante, que é a seita religiosa num lugar esquecido por Deus, mas os vilões são bem genéricos e nem um pouco ameaçadores, mas me dá maior angústia quando sobe os créditos e mostra os caras fudendo a vida da população por lá!

    Re4 definiu um novo estilo de game, ainda tem uma aura survival incrível e é super divertido de jogar e utilizar o enorme arsenal q o mercante oferece. Que os puristas me odeiem, mas eu me divirto muito, e apesar dos pesares, é um dos meus preferidos da franquia pelo fator gameplay mesmo!

    Nota: 9.3

    14
  • thiones Sebá Oliveira
    2021-03-18 19:30:32 -0300 Thumb picture

    Dá esse tambor aqui...

    Medium 766608 3309110367

    Porque da pra gente usar pra tocar fogo nuns nazi por aí. 

    28
    • Micro picture
      santz · 26 days ago · 2 pontos

      Esse meme nunca morre (infelizmente).

    • Micro picture
      onai_onai · 26 days ago · 1 ponto

      Hahahaha...

    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · 26 days ago · 1 ponto

      Pior que na época dessa montagem o dólar e a gasolina estavam bem mais baratos. Tá aí o resultado de quem filmou o voto com arminha em 2018.

      4 replies
  • ghoulslasher Helison Santos Cruz
    2021-03-17 11:39:37 -0300 Thumb picture

    Localização dos 15 Medalhões Azuis - Resident Evil 4

    Ao todos em Resident Evil 4 há 15 medalões azuis distribuidos em duas regiões do jogo.

    0
  • 2021-02-22 21:35:41 -0300 Thumb picture

    Bem vindo @ilynxx!

    Seja bem vindo ao Alvanista @ilynxx! A rede é demais, com certeza você vai gostar! =]

    940

    14
  • felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-02-10 14:33:02 -0200 Thumb picture

    Resident Evil não é mais o mesmo?

    Medium 3851458 featured image

    Certamente a saga Resident Evil é muito polêmica. Qual a razão? Ora, observa-se que a saga se transformou ao longo dos vários jogos que foram lançados. Claramente a Capcom, empresa responsável pela criação e desenvolvimento dos jogos da saga, seguiu tendências ao longo dos anos. Isto se vislumbra tanto em Resident Evil: Gun Survivor com sua visão em primeira pessoa quanto no famoso Resident Evil 4 com sua visão em terceira pessoa e câmera focada no ombro do personagem. Jogabilidade esta que influenciou e continua sendo inspiração para muitos jogos.

    Estas mudanças acarretaram em frustração em alguns fãs da saga gerando divisões entre eles. Existem aqueles fãs que gostam dos jogos antigos, ou seja, aqueles games que são voltados para o gênero survival horror. Existem aqueles fãs que gostam e conheceram Resident Evil por meio do Resident Evil 4 em diante. Existem também aqueles fãs que gostam de todos os jogos e apreciam suas respectivas características. De qualquer forma, é uma base de fãs bastante dividida.

    Diante disto, argumenta-se que Resident Evil deixou de ser o que foi. Em outras palavras, a saga Resident Evil, mais precisamente após Resident Evil 4, abandonou elementos que faziam parte de sua identidade. Apesar disto, questiona-se se isto realmente ocorreu.

    Analisando os jogos da saga Resident Evil, é possível identificar dois critérios que os definem. O gênero do survival horror, podendo ser traduzido como “horror de sobrevivência”, e a existência de armas biológicas.

    O gênero de jogos survival horror se tornou efetivamente famoso devido o lançamento do primeiro Resident Evil em 1996, todavia já existiam jogos neste estilo, como o Sweet Home (1989) e Alone in the Dark (1991). Aliás, estes games influenciaram enormemente a criação de Resident Evil. De qualquer forma, este gênero de jogos eletrônicos consiste em o jogador estar em um local hostil, devendo enfrentar inimigos perigosos e possui poucos recursos para sobreviver, ou seja, o jogador está em grande desvantagem.

    Além disto, percebe-se que o jogador deve solucionar quebra-cabeças, administrar seus recursos, coletar itens e explorar o cenário. Há um medo psicológico em avançar no jogo, haja vista a vulnerabilidade do personagem, recursos limitados (armas, munição, remédios etc.), inimigos fortes e a ambientação escura e/ou assustadora/macabra.

    Claramente isto é visível nos jogos Resident Evil (1996), Resident Evil 2, Resident Evil 3: Nemesis, Resident Evil Code: Veronica, Resident Evil Zero e Resident Evil 7: Biohazard, dentre outros.

    Apesar disto, ressalta-se que este critério do gênero survival horror é ausente nos jogos Resident Evil 4, Resident Evil 5 e Resident Evil 6. Nestes games, o jogador enfrenta vários inimigos, às vezes hordas deles, possui várias armas e muitos recursos para utilizar. O jogador se sente muito mais seguro e poderoso ao confrontar os inimigos e chefes. Certamente são jogos mais voltados para a ação do que para o terror.

    Embora o game Resident Evil 4 tenha efetivamente introduzido estes elementos na saga, ele ainda possui algumas características do gênero survival horror, mesmo que sejam reduzidas quando comparados com os jogos anteriores. Cita-se exemplos como a solução de quebra-cabeças, administrar seus recursos com sabedoria e organizá-los no inventário do personagem, apesar de não serem tão escassos quanto nos jogos anteriores. Além disto, jogador está em um local hostil, existem inimigos perigosos, a ambientação é macabra e há um certo receio em prosseguir no jogo.

    Em relação ao Resident Evil 5 e Resident Evil 6, há um foco muito mais intenso na ação, momentos frenéticos e vários inimigos atacando os personagens. Há quem classifique estes jogos com o gênero action horror, podendo ser traduzido como “ação de horror”.

    Mesmo que se afirme que o critério do gênero survival horror possa ser descartado ante a existência dos jogos Resident Evil 4, Resident Evil 5 e Resident Evil 6, o segundo critério está presente em todos os jogos: armas biológicas.

    Desde o primeiro jogo da saga, as armas biológicas são os principais inimigos dos protagonistas. Ao longo dos jogos, o enredo da saga Resident Evil foi se aperfeiçoando e existem diversos documentos e explicações que demonstram o objetivo da Umbrella Corporation em criar armas biológicas das mais diversas.

    A Umbrella desenvolve incessantemente armas biológicas cada vez mais poderosas e inteligentes o suficiente para serem controladas, ou seja, para receberem ordens e que estas sejam cumpridas. Cita-se como exemplo os Hunters que são criados por meio de um óvulo humano fertilizado no qual é inserido o DNA de um réptil infectado com o T-Vírus. Esta criatura obedece a ordens simples e seu objetivo é eliminar as pessoas que são geneticamente imunes ao T-Vírus ou aquelas que foram infectadas e se transformaram em zumbis.

    Dito isto, em todos os jogos o protagonista deve enfrentar armas biológicas e sobreviver. Obviamente que estas criaturas vão ficando cada vez mais aprimoradas ao longo dos jogos, vide o Nemesis no Resident Evil 3. Até então, esta criatura era a arma biológica mais versátil já criada pela Umbrella. Nemesis é capaz de cumprir ordens com mais precisão e realizar decisões sozinho para concluir seu objetivo que, no caso do referido jogo, era eliminar os membros dos S.T.A.R.S. que sobreviveram ao incidente na Mansão Spencer. Além disto, ele é capaz de usar uma bazuca. Evidencia-se a grande evolução do Nemesis quando comparado com o Tyrant, último chefe de Resident Evil (1996) e Remake e, até então, a arma suprema da Umbrella.

    A existência de zumbis não deve ser encarada como algo primordial para os jogos da saga Resident Evil, afinal estas criaturas são uma espécie de arma biológica. Não são criaturas que podem ser controladas, assim como os Hunters, mas possuem sua utilidade para os propósitos da Umbrella.

    De qualquer maneira, vislumbra-se que o fato das pessoas que se transformaram em zumbis na Mansão Spencer e em Raccoon City é uma consequência do vazamento acidental do T-Vírus e não o foco dos jogos em si. Claramente os zumbis são os inimigos mais comuns, porém, diante deste raciocínio lógico do aprimoramento das armas biológicas, sua presença não é obrigatória.

    Com a inevitável falência da Umbrella a partir do Resident Evil 4, outras pessoas e empresas tiveram acesso aos vírus e, consequentemente, dão gênese a outros vírus e armas biológicas mais poderosas. Em suma, armas biológicas estão e sempre estarão presentes nos jogos da saga, afinal este é seu foco desde os seus primórdios.

    Este segundo critério se observa em todos os jogos da saga. Estão equivocados aqueles que afirmam que Resident Evil 7, por exemplo, não possui características de Resident Evil, ou seja, que ele é uma cópia do jogo Outlast e não possui relação alguma com a saga. Este argumento não merece prosperar, pois Resident Evil 7 aborda uma pessoa qualquer sendo exposta a um incidente envolvendo uma arma biológica criada por uma empresa, assim como ocorreu com Leon e Claire em Resident Evil 2, por exemplo.

    Sendo assim, este critério das armas biológicas não pode ser descartado. Ele está presente em todos os jogos da saga Resident Evil. As razões para a existência dos inimigos que são enfrentados nos diversos games desta incrível franquia advém de uma ficção científica, ou seja, empresas que elaboram vírus e outros organismos capazes de criarem armas biológicas. Em todos os jogos, os personagens devem enfrentar estas criaturas, portanto, estas armas biológicas para sobreviverem.

    Mesmo que se desconsidere o critério do gênero survival horror, no qual claramente a Capcom percebeu sua importância ao elaborar o Resident Evil 7, o critério das armas biológicas não pode ser descartado, afinal este demonstra a essência da saga Resident Evil.

    Dito tudo isto, conclui-se que estes dois critérios são básicos nos jogos da saga Resident Evil. O argumento de que “isto não é Resident Evil” é pífio perante as explicações aqui realizadas. Desde que os jogos da saga permaneçam abordando a sobrevivência do personagem perante armas biológicas continuarão a serem Resident Evil.

    Isto não significa dizer que os jogos Resident Evil 4, Resident Evil 5 e Resident Evil 6 devem ser ignorados, afinal são tendências que a Capcom quis adotar e são ótimos games que devem ser apreciados mesmo com a ausência do estilo horror de sobrevivência.

    Apesar disto, entende-se que o gênero survival horror é de suma importância, não à toa que isto retornou com os últimos jogos lançados, todavia sua ausência não faz o jogo deixar de ser Resident Evil. Isto se dá, pois o critério das armas biológicas é essencial, embora se entenda que o critério do survival horror também o é.

    O jogo ser do gênero survival horror ou action horror não exclui o critério das armas biológicas. Ora, Resident Evil 5 é um jogo de ação de horror no qual os protagonistas enfrentam armas biológicas desenvolvidas por uma empresa e precisam sobreviver. A sobrevivência do personagem perante as armas biológicas pode ser nos termos do survival horror ou do action horror, mas se entende que é preferível o gênero survival horror.

    Por fim, a câmera em primeira pessoa do Resident Evil 7 deve ser encarada como uma nova tendência que a Capcom desejou adotar e isto não é demérito para o game. Trata-se de um excelente jogo que possui diversas características dos jogos da saga, além dos critérios debatidos exaustivamente neste artigo.

    32
    • Micro picture
      mastershadow · 2 months ago · 5 pontos

      Resident Evil Survivor Horror é até o Code Veronica.

      Depois disso pra min é palhaçada desnecessária,pronto falei haha.

      4 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 2 months ago · 3 pontos

      Exatamente:
      ✓ Embora o game Resident Evil 4 tenha efetivamente introduzido estes elementos na saga, ele ainda possui algumas características do gênero survival horror,
      ✓ Sendo assim, este critério das armas biológicas não pode ser descartado. Ele está presente em todos os jogos da saga Resident Evil.

      Minha opinião:
      ✓sou fã de RE e curto todos menos RE 5 e RE6. Dá pra se divertir como jogos de ação, mas é insuportável e insustentável como universo de RE.

      ✓ Amo RE VII, RE em 1st person.

      Meus favoritos:
      ✓ RE1 e REMAKE
      ✓ RE2 e REMAKE
      ✓ RE VERONICA
      ✓ RE 4
      ✓ RE 7

      1 reply
    • Micro picture
      kess · 2 months ago · 2 pontos

      Devia ter fechado com o argumento que o nome, no original japonês, é Biohazard, ou seja, perigo biológico. O que sustenta, no título, o segundo critério apresentado. Elemento esse que até a própria Capcom brinca, ao entitular o sétimo jogo como Resident Evil: Biohazard no Ocidente e Biohazard: Resident Evil no Oriente.

  • 2021-02-10 14:16:53 -0200 Thumb picture
    Post by clubeludum: <p>Neste ano de 2021, a saga Resident Evil completa

    Neste ano de 2021, a saga Resident Evil completa 25 anos e evidentemente muitas coisas mudaram com o passar dos anos. Dito isto, é possível dizer que Resident Evil não é mais o mesmo? Vamos explanar um pouco sobre isto. Certamente é um tema que gera bastante debate.

    13
    • Micro picture
      felipe_turesso · 2 months ago · 2 pontos

      @jcelove Este é o vídeo que mencionei há alguns dias :D

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 2 months ago · 2 pontos

      Tava tentando comentar no YT mas meu chrome ta dando erro de falta de memoria...só com uma aba aberta, ta feia a coisa no pc lixo aqui U_U.

      Mas curti muito a reflexão, em especial o Rocky dizendo "você deixou de ser você".hehe

      Falando sério é bem o que eu penso também, A capcom experimenta tendências na série desde o PS1 tentando deixa-la sempre relevante porque eventualmente sem mudar se perde o interesse, mas após a cisão da fanbase com as mudanças do RE 4 a coisa ficou dramática porque muita gente só conheceu a série com ele e pra esses dificilmente o molde clássico de Survivor horro que a fanbase antiga (eu incluso) tanto ama vai agradar.

      Inclusive um dos motivos de RE 4 ter mudado tanto em seu desenvolvimento e ter um foco bem maior na ação, dentre outros motivos foi o baixo resultado de vendas do (fantástico) remake de RE 1 e o RE 0 no Game Cube. A turma do Mikami entendeu que o publico não tinha mais interesse na fórmula e mudou antes que acontecesse o que aconteceu com a série classica de Tomb Raider que a Core design repetiu até falir.

      O RE 7 por sua vez, veio depois do desgaste (apesar do sucesso absoluto comercialmente falando) do RE 6 e mudou pra primeira pessoa cinematico com jump scare na onda do hype pelo PT (que foi uma jogada d eoportunidade precisa da capcom em aproveitar o vacilo da Konami) e jogos como Amnesia e Outlast. É bem provavel que mude novamente já no RE 9.hehe

      Muita gente realmente associa a série a zumbis sem entender que o tema principal é luta contra armas biologicas e os zumbis (e suas várias formas como os ganados de RE 4 e os ooze de RE Revelations) são apenas um dos tipos de BOW que a série explora.
      Mas o pessoal mais antigo implica mesmo é com o conjunto cenarios pre render (que não fazem sentido hj em dia já que da pra fazer visuais melhores sem tempo real)+movimento tanque+gestão de iteminventário+puzzles+câmera fixa. Se não tiver tudo isso "não é resident evil". Ai complica pq o grand epublico acha tudo isso boring e injogavel hj.hehe

      1 reply
  • venomsnake Ericles Oliveira
    2021-02-09 23:26:14 -0200 Thumb picture
    venomsnake checked-in:
    Post by venomsnake: <p>Mandaram no grupo, decidi entrar na moda</p><p>#

    Mandaram no grupo, decidi entrar na moda

    E descobri que isso tá uma febre no twitter tambem xD

    Segue o zelda falando sobre

    Segue o Zelda 2 pra imagem ( tirei no xbox one ) 

    18

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...