Medium picture

andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos

Um gamer viciado em SHARE (fotos).


over 5 years ago 2013-10-11

Eternal Darkness: Sanity's Requiem



Game originalmente desenvolvido para o N64, ficou “engavetado” por anos até finalmente ser lançado no GameCube. Extremamente impressionante e assustador, inovou ao adicionar um medidor de sanidade onde à medida que decrescia, seu personagem começava à alucinar (chuva de sangue, desmembramento do personagem, efeitos de câmera, estátuas se mexendo, barulhos perturbadores como choros e gritos, seu personagem afundando no chão, inversão dos controles e a lista prossegue...).



A trama inicia-se com uma ligação da polícia para você (no caso seu primeiro personagem jogável, Alexandra Roivas), solicitando que você compareça à mansão do seu avô. Lá, descobre que ele foi decapitado dentro de casa, sem sinais de arrombamento/invasão. O game começa tenso e assim permanece até o final. A personagem decide investigar, ficando na mansão. Lá, você descobre um livro e a partir daí irá controlar mais 12 personagens em épocas diferentes, onde todos possuem uma ligação em comum. Além da inovação do medidor de sanidade, a história/trama/12 personagens jogáveis foi outra excelência neste game.



Com o desenrolar da história, descobre-se uma batalha entre deuses demoníacos que habitavam a TERRA muito antes dos seres humanos... e inclusive você opta por quem servir e isso influenciará no gameplay: regeneração mais rápida de energia, barra maior ou menor de sanidade, poderes especiais, influência nos combates de certos inimigos...



O game é em 3ª pessoa e possui boas visões de câmera. É considerado um adventure com elementos survival horror. Você utiliza armas de fogo e "armas brancas". Você também pode desmembrar os inimigos assim como queimá-los com uma tocha.



Você também poderá descobrir “RUNAS” (pedras) ao longo do jogo, alinhá-las e criar uma palavra/invocação. Estas magias servem para curar, torná-lo mais forte, invocar monstros, manipular inimigos, curar sanidade dentre outros mais. E certas magias também auxiliam em certos puzzles. O som das palavras invocadas são extremamente assustadoras.



Por falar em som, temos outra excelência em ETERNAL DARKNESS. Quando numa igreja, você irá ouvir padres cochichando, rezando, sinos tocando... O som de trovões, choros, grunhidos dos monstros, gritos... tudo é perfeitamente criado para gerar um clima tenso. E aliado à esses sons, temos uma das trilhas sonoras mais belas e fantásticas num survival horror.



Gráficamente o jogo está bonito, porém nada excepcional. Acho que o game deveria ter menos vivacidade nas cores (novamente, como em RESIDENT EVIL REMAKE) para passar um tom mais sombrio e aterrorizante. Outro ligeiro incômodo são as partes dos corpos dos inimigos que brilham aonde você está mirando... desnecessário e corta um pouco o clima de terror/medo. Fora esses pequenos detalhes, o game é BRILHANTE!!!



Infelizmente o jogo não foi um sucesso comercial (será que devido a plataforma GameCube... assim como ocorreu com RESIDENT EVIL REMAKE?), porém se tornou Cult, abocanhou fãs por todo o mundo que clamavam por uma continuação (e já podem se preparar para o Shadows of the Eternals para o WiiU), agregou prêmios como MELHOR DESENVOLVIMENTO DE HISTÓRIA DE PERSONAGENS / JOGO DO ANO / JOGO INOVADOR e a lista continua..., ganhou excelentes reviews e críticas. RECOMENDO A TODOS CONFERIREM ESTE GAME ÚNICO.



Trailer de ETERNAL DARKNESS:


http://www.youtube.com/watch?v=98l4NUlIiUk


Trailer de SHADOWS OF THE ETERNALS:


http://www.youtube.com/watch?v=0It-V1O6PeI


NÃO ESQUEÇAM DE CONFERIR ESTE GAME INCRÍVEL!!!


9.5 9.5 10
Overall
8.5 Gameplay
8.5 Story
10 Music
8.5 Graphics
12 PERSONAGENS JOGÁVEIS E A TRAMA ENTRE ELES...
MEDIDOR DE SANIDADE E SEUS EFEITOS...
DIVERTIDO E ASSUSTADOR...
SOM / TRILHA SONORA ESPETACULAR
DESMEMBRAMENTOS...
GRAFICAMENTE PODERIA SER MENOS COLORIDO...
AO MIRAR NAS PARTES DO CORPO DO INIMIGO, NÃO PRECISAVA FICAR "BRILHANDO"...

4 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...