This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2019-09-04 23:46:01 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2019 - <stron

    Finalizado!

    2019 - #38

    Geral - #94

    O primeiro jogo do monstro Firebrand como protagonista! Curto muito o Demon's Crest de Snes, e peguei esse pra ver se é bom.

    Posso dizer que adorei esse também. A mudança na jogabilidade, de plataforma pra uma visão top down, e a presença de itens e poderes que aumentam as capacidades do gárgula são um diferencial. Tudo muito bem inserido no jogo, o que faz desse um dos meus títulos preferidos do Game Boy desde já.

    6
    • Micro picture
      santz · 6 months ago · 2 pontos

      E o que torna ele ainda mais impressionante é de ele ter saído no início da vida do portátil, logo no segundo ano de vida.

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2019-08-30 16:03:03 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Gargoyle's Quest

    Zerado dia 30/08/19

    Há uns aninhos postei aqui no Alvanista que zerei Demon's Crest do SNES, uma aventura em que o protagonista é Firebrand, o diabinho que hoje em dia é bem conhecido por sua participação em Marvel Vs Capcom 3, mas que originalmente fazia parte da série Ghosts 'n Ghouls, sendo um dos inimigos mais irritantes que você pode ver em um videogame.

    Mal sabia eu que a popularidade do personagem já havia o rendido outros spin-offs, como Gargoyle's Quest, título original do Game Boy preto e branco que veio a ganhar depois uma sequência no NES.

    Após fechar a série GnG, eu fiquei curioso por esses jogos (e tudo relacionado( e até cheguei a dar uma rápida jogada, mas só agora eu o encarei de verdade.

    Gargoyle's Quest (GQ) é bem o estilo de jogo característico da época do portátil da Nintendo. Desde os visuais até o gameplay, que até me lembra um pouco aquele Final Fantasy Adventures em determinadas seções.

    O jogo basicamente se divide em duas partes: andar pelo mapa e enfrentar inimigos aleatórios e partes sidescroller. Basicamente, o jogo funciona bem parecido com Zelda II: Adventure of Link e deu até pra entender de onde as ideias iniciais de Demon's Crest vieram.

    Felizmente é tudo relativamente linear, fora que os mapas são pequenos e simples e os ataques de inimigos não são tão frequentes.

    O enredo é simples: você deve salvar o Reino dos Demônios de cair na desgraça por conta de monstros tiranos. Sendo assim você sai de reino em reino fazendo novas amizades, conquistando novas habilidades e descobrindo um pouco mais da simplória estória.

    Um demônio faz um comentário e manda você seguir um ponto cardinal até a próxima cidade, que geralmente pede que você consiga um item de alguma torre ou caverna de volta. Você vai lá, enfrenta inimigos no caminho, chega no lugar, que geralmente tem um level design bem particular, chega no fim, mata um chefe e o jogo te dá o item. Com o objeto em questão em mãos, basta volta no rei que te deu a quest para ganhar acesso a um novo caminho ou habilidade que permite que você siga para a próxima parte do mapa.

    É simples e fica cada vez mais fácil conforme seus status aumentam e novas possibilidades de movimentação e ataque são desbloqueadas e logo você termina o jogo (deve ter durado umas 2 horas pra mim). Infelizmente todas as batalhas são quase que inúteis, sobretudo as aleatórias do mapa pois não há sistema de XP e tudo o que você consegue é pela estória. Pra dizer que as demais batalhas não são inúteis, você ganha dinheiro e pode comprar itens, como vidas, que são bem inúteis.

    Mas não imagine que GQ seja necessariamente fácil. Você tem pouca vida quase sempre e mesmo com upgrades ei achei que os montes causavam muito dano. Felizmente, enquanto você tem vida, é possível voltar para checkpoints específicos todas as vezes que você morrer. Caso contrário, você volta pra última "igreja" visitada e só terá que andar novamente até onde desejar (você não perde itens adquiridos).

    O jogo ainda conta com um sistema de password que são dados a cada nova cidade alcançada, pro caso de você querer dar uma parada ou se estiver meio frustrado. Esses sistema prova bem como o jogo é linear.

    |

    Sobre a jogabilidade, ela é simples por conta das limitações de comandos de um Game Boy, mas basicamente um botão pula e boa se você o apertar novamente no ar (há um limite de tempo para planar), enquanto o outro ataca com bolas de fogo (e mais tarde, outros tipos de golpes). 

    Start abre o menu para seleção de itens, como o tipo de ataque. Um deles quebra paredes, outro cria melecas em espinho que deixam que você grude etc. Infelizmente isso é basicamente tudo e não é tão bem explorado assim. O jogo também mal explica isso, se explicar, e você tem que descobrir muito por si só.

    Resumindo: Gargoyle's Quest é um jogo divertido e bem curto. Começou meio frustrante pra mim, mas foi ficando mais interessante conforme eu ia me fortalecendo e exigia novas mecânicas e táticas contra os inimigos. No final eu fiquei até com vontade de jogar mais!

    De bom: visual legal, infelizmente limitado em relação às cores. Comando muito bem responsivos. Variedade boa de ações possíveis com dois botões, ainda mais se comparar com jogos mais simples, como Mario Land. Gostosinho de explorar. Chefes legais. Diferentes upgrades e coisinhas que mudam um pouco o gameplay. Não há um Game Over definitivo.

    De ruim: achei a trilha sonora feliz demais pra temática. Grudar na parede é um comando que você ama e odeia, mas quando odeia, odeia de verdade. Muitas boas ideias pouco executadas. Algumas coisas não me foram explicadas, como as jarras que você acha e dropa de inimigos que na verdade serve como dinheiro (mas não parece isso). Firebrand morre muito rápido e logo você estará refazendo a mesma fase várias vezes. Batalhas contra monstros aleatórios abrem uma mini fase em que você deve matar a todos, legal, mas além de acabar caindo rapidamente na repetição, acabam sendo meio sem sentido.

    No geral, valeu a pena jogar GQ e eu recomendo mais do que muitos outros jogos do portátil aí. Não é perfeito, mas é melhor do que eu imaginava. Pra quem curte jogos da época, super recomendado, sobretudo por sua curta duração e boa simplicidade. Se você quer mais um Ghosts 'n Goblins, nem preciso dizer que são duas coisas completamente diferentes, certo?

    27
  • 2019-06-28 08:42:24 -0300 Thumb picture

    Combo#160 [GameBoy] (1990): Gargoyle's Quest & Rolan's Curse

    O gárgula Firebrand, inimigo recorrente em Ghosts 'n Goblins, é o protagonista do jogo e tem como missão derrotar o rei Breager que tentará dominar o mundo dos demônios, Ghouls. Firebrand deve se tornar Red Blaze e para isso, parte para uma aventura em plataformas e exploração de mapa e cidades no estilo de RPGs. O gárgula começa fraco, mas vai aprimorando suas habilidades, como tempo maior de voo, pulo mais alto, mais HP e novas formas de ataque. - Um jogo realmente incrível, principalmente por ter saído no início da vida do GameBoy. A ação é desafiadora e a jogabilidade é impecável. Os gráficos e as músicas são de altíssima qualidade. Os encontros aleatórios na parte do mapa são meio irritantes, mas fora isso, o jogo é perfeito.

    Nota pessoal: ★★★★★

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     O reino de Rolan está novamente sob a ameaça do rei Barius e sua horda de criaturas, mas um herói predestinado deve salvar o povo com sua bravura e força. Um jogo de ação e aventura com gráficos simples, mas que permite modo multiplayer cooperativo. O herói pode carregar itens para restaurar a saúde ou para superar algum obstáculo, bem como obter uma espada ou um cajado durante a aventura. - Um jogo ação bem lento e simples. O herói se move como um personagem de RPG do NES, mas o combate é ação, o que não ficou muito elegante. A maioria dos itens obtidos são temporários ou de uso instantâneo. O destaque do jogo vai para seu modo multiplayer bem inovador.

    Nota pessoal: ★★☆☆☆

    @andre_andricopoulos, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @joanan_van_dort, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @fredson, @kb, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @rogerlopezx [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    45
    • Micro picture
      leandro · 8 months ago · 4 pontos

      Olha, vou te dizer que eu tenho que conhecer muita coisa do Game Boy. Eu tive poucos portáteis em minha vida. Foi o Gamer Gear e, agora o N3DS. Esse Gargoyles Quest deve ser da hora

      1 reply
    • Micro picture
      emphighwind · 8 months ago · 2 pontos

      Joguei bastante o Rolan's Curse numa fita de vários jogos que eu tinha no gameboy, nem sabia que tinha multiplayer, preciso jogar o 2 qualquer dia desses.

      1 reply
    • Micro picture
      spider · 8 months ago · 2 pontos

      Nunca joguei o Gorgoyles do GB, mas quem jogou sempre vi falarem bem. O Segunda nunca tinha ouvido falar....

      1 reply
  • lukenakama Lucas
    2019-04-04 14:55:48 -0300 Thumb picture
    lukenakama checked-in:
    Post by lukenakama: <p>Não tinha associado esse jogo e Demon Crest com

    Não tinha associado esse jogo e Demon Crest com Ghost n Goblins, foi um plot twist grande saber que eram da mesma série.

    Faz tempo que eu não faço uma maratona de uma mesma franquia, logo devo fazer.

    Vou começar me aventurando totalmente na franquia em Ghost n Goblins de NES. passar para Ghouls n Ghosts de Mega Drive, Super Ghouls de Snes.

    Por fim me aventuro nos dois jogos de Gargoyle e Demon Crest.

    O duro é que  vai ser difícil, mas o Super Ghouls, apesar de difícil, não ficava muito pra trás pois eu sempre ganhava vidas e continues.

    Então é, logo vou começar minha maratona.

    15
    • Micro picture
      jcelove · 11 months ago · 1 ponto

      É compreensível não ter associado. Com esse arte americana fica difícil mesmo.XD

      3 replies
    • Micro picture
      santz · 11 months ago · 1 ponto

      Foi também uma surpresa pra mim quando descobri que antes do Demon's Crest, havia outros 2 jogos antes!

      1 reply
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2019-02-23 12:31:37 -0300 Thumb picture
    gusgeek checked-in:
    Post by gusgeek: <p>#img#[618968]</p><p><strong>Gargoyle's Quest </s

    Gargoyle's Quest finalizado!!

    Um jogo muito bom que segue aquele estilo clássico da Capcom, de ser curto, mas com uma dificuldade um pouco elevada em alguns momentos para o jogo durar mais!!

    A jogabilidade é bem simples e precisa, a história é bem básica, mas interessante ao mesmo tempo, o jogo tem alguns elementos de RPG's clássicos e também do Zelda 2, mas consegue ser bem linear mesmo assim, os gráficos e cenários são muito bons pros padrões do Game Boy clássico..

    ..

    Por fim é um passatempo bem divertido, mesmo se tratando de um spin-off de Ghost 'n Goblins!! :)

    Bônus!!

    Melhor música do jogo

    ..

    Este Ghoul realmente está vendo a cor de Firebrand?? Mesmo com as limitações do Game Boy??

    ..

    Este é o mesmo vilão do Ghouls 'n Ghosts?!

    ..

    Os fãs de Firebrand!!

    16
    • Micro picture
      santz · 12 months ago · 1 ponto

      E você acha que alguém chegou esse capeta pelado?

  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2019-02-22 19:57:46 -0300 Thumb picture
    gusgeek checked-in:
    Post by gusgeek: <p>#img#[618808]</p><p>Já que zerei o <strong>Demon

    Já que zerei o Demon's Crest à alguns meses, nada melhor do que voltar aos jogos passados do Firebrand quando ele também era protagonista!!

    15
  • 2017-10-31 19:12:50 -0200 Thumb picture
  • 2017-08-12 21:52:31 -0300 Thumb picture

    Platinadu!

    Medium 462693 3309110367

    Não ia deixar um faltando meu Toc não deixa :v (Já tinha fexado tem um tempo, mas meu note deu bad block e desapareci, mas to voltando aos poucos) @retro_badges

    4
  • 2017-07-16 20:51:22 -0300 Thumb picture
    missingnobrand80 checked-in:
    Post by missingnobrand80: <p>@retro_badges só falta um pra masterizar</p><p>#

    @retro_badges só falta um pra masterizar

    tô notando que eu sempre deixo um faltando

    9
  • marlonfonseca Marlon Fonseca
    2017-04-06 14:11:21 -0300 Thumb picture
    marlonfonseca checked-in:
    Post by marlonfonseca: <p>Jogo finalizado #1268 - Gargoyle´s Quest (Game B

    Jogo finalizado #1268 - Gargoyle´s Quest (Game Boy)

    Depois de ter desbravado na série principal ghouls n ghosts comecei a conhecer trilogia spin off dos gárgulas.

    Quem diria que aquele demônio mala da série principal, Firebrand, iria se tornar um astro do seu próprio jogo.

    Ele expande a mitologia da série ghosts e traz novidades em sua jogabilidade. além de ser ter momentos de plataformas há o fator quest onde se caminha pelos cenários e conversa com npcs á procura de infos e items.

    A otina trilha sonora e o visual da ´serie principal se mantem aqui.

    Bom ponto de partida para esse spin- off.

    10
    • Micro picture
      old_gamer · almost 3 years ago · 2 pontos

      O primeiro saiu para gameboy, o segunda para nes e o terceiro para o snes.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · almost 3 years ago · 2 pontos

      Esse também é um jogo que já sta na minha lista aqui.

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...