Medium picture

samuelgamer Samuel

https://www.youtube.com/channel/UCXydtknvI_xdCBUEuLeYbiQ


over 5 years ago 2013-12-01

Sonic Advance 2

Lançado em 2003 exclusivamente para GBA, Sonic Advance 2 coloca Sonic mais uma vez contra seu arqui-inimigo Dr. Eggman que novamente está tentando reunir o poder das sete esmeraldas do caos para poder dominar o mundo. Dessa vez, Eggman não apenas transformou animais em robôs como também conseguiu sequestrar Tails e Cream (uma nova personagem) e enganar Knuckles. Tendo esse problema extra para lidar, Sonic terá de enfrentar vários desafios para dar um fim à ambição de Eggman mais uma vez.

Essa é a premissa básica do enredo de Sonic Advance 2, nada que não tenhamos visto antes. O grande diferencial surge com a adição de uma nova personagem feminina, a Cream, uma jovem coelha que Sonic salva após derrotar Eggman ao fim da primeira fase. Cream, então junta-se a Sonic, pois Eggman sequestrou também sua mãe e assim ela torna-se a mais nova personagem jogável. Foi uma ótima adição, pois a série só possuía a Amy como personagem feminina. Por sinal, Cream substitui a Amy neste jogo. A grande característica da nova personagem são suas grandes orelhas que permitem que ela as abane e voe como se fossem asas. Além disso, ela é acompanhada do Chao Cheese que ela pode comandar para atacar inimigos próximos. Fora Cream, Tails e Knuckles também são jogáveis, mas precisam ser liberados antes e isso é feito da mesma forma: é preciso derrotar os chefes da terceira (Tails) e quinta fase (Knuckles).

Em termos de jogabilidade, este jogo deu um grande salto em relação a seu antecessor. O design das fases foi muito melhorado e agora o game está muito mais veloz e dinâmico. Aliás, eu diria que é o Sonic 2D mais rápido (em termos de velocidade) já feito. Cada personagem também possui suas próprias habilidades que podem ser usadas para se acessar vários caminhos pelas fases e isso é feito de uma forma bem simples, apenas apertando um botão ou combinação simples de botões. Por exemplo, ao se apertar Cima + R com o Sonic no ar após ser lançado por uma mola, ele executa um movimento que dá mais altura permitindo que ele alcance itens ou plataformas.

Mas nem tudo são flores. Assim como no jogo anterior, só é possível acessar a última área do jogo e ver o verdadeiro final se o jogador obtiver todas as esmeraldas do caos (apenas o Sonic) e finalizar o jogo com todos os personagens. E para isso, é preciso acessar os estágios especiais. No entanto, a forma que isso foi feita é um tanto problemática. Para entrar no estágio especial, o jogador precisa coletar em cada ato sete SP Rings que estão espalhados em pontos chave da fase. Parece simples, mas o que torna a tarefa complicada é a disposição não-linear desses itens e o fato das fases desse jogo terem sido criadas com o intuito de fazer o jogador correr o mais rápido o possível. E como algumas fases são bem grandes, o jogador terá de conter seu desejo forte de correr o máximo que puder para procurar por estes SP Rings, o que pode ser uma tarefa árdua e tediosa.

Ao se coletar todos os SP Rings e alcançar o fim da fase o jogador irá para o estágio especial. Nele, o jogador deve coletar um certo número de anéis antes que o tempo se esgote. Não há armadilhas, apenas um robô que se assemelha bastante ao Zero (sim, aquele chato que perseguia a Amy em Sonic Adventure) e que persegue o jogador pela fase que é uma grande arena. Simples? Nem tanto. É preciso coletar anéis em rápida sucessão para ativar um fator multiplicador (X2, X3, etc) para facilitar a coleta de anéis e se o jogador não fizer isso não alcançará o valor necessário de anéis, já que ele é bem maior que em outros estágios especiais similares. E pra piorar, o jogador só pode obter uma esmeralda do caos por fase. Sete fases, sete esmeraldas. Ou seja, você não vai conseguir obter mais que uma esmeralda por fase.

Um último detalhe problemático são os chefes de fase. Dessa vez, as batalhas não acontecem em uma tela, mas sim em movimento. Sonic corre constantemente e Eggman fica mais a frente ou acima e o jogador deve examinar seu padrão de ataque para derrotá-lo. No entanto, isso pode se tornar bem difícil em alguns dos chefes, já que a movimentação constante torna muito mais difícil acertar os pulos e evitar ataques. Foi uma boa tentativa de inovar, mas que não deu tão certo assim.

Os gráficos estão bem melhores que os do jogo anterior. Cenários bastante coloridos e diversificados e os personagens também tiveram seus sprites atualizados deixando-os com um ar mais moderno. As animações são bem fluídas e detalhadas e os chefes de fase estão com um design bem bacana. Destaque para a fase Music Plant que ficou muito legal.

A parte sonora também está bem feita. As músicas ficaram boas e adicionam um ritmo frenético às fases incrivelmente rápidas do jogo. Elas também criam uma ambientação muito boa para as fases com destaque para a música da fase Techno Base, que combina perfeitamente com o clima tecnológico e cibernético da mesma.

Finalizando, eu diria que este é sem dúvida um dos melhores jogos em 2D do Sonic. O design ótimo das fases faz com que o jogador experimente uma grande sensação de velocidade. Além disso, a adição da Cream, os gráficos e as músicas juntos criam um jogo que é excelente, tanto para os fãs do Sonic como para aqueles que gostam de um bom jogo de plataforma. Sem dúvida, um dos melhores jogos do GBA.

9.0 9.0 10
Overall
9.0 Gameplay
8.0 Story
8.5 Music
10 Graphics
A adição de uma nova e carismática personagem, a Cream.
Ótimo design de fases e jogabilidade precisa.
Gráficos vibrantes e coloridos.
Músicas que ambientam bem as fases.
Coletar sete SP Rings para entrar no estágio especial é bem chato.
O novo design das lutas contra chefes pode ser problemático.

5 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...