• jasonskyrunner Sandro de Andrade
    2018-12-16 18:25:09 -0200 Thumb picture

    A continuação do A Link to the Past!

    Estou gostando bastante do jogo! O Yuga lembra o Kefka de FFVI, um dos melhores vilões de todos os tempos! Acho que esse TLoZ se tornará um dos meus favoritos!

    7
    • Micro picture
      raxgmr2 · 3 dias atrás · 1 ponto

      Esse é MUITO bom mesmo <3 s2

  • 2018-12-11 16:40:44 -0200 Thumb picture

    Check-out atrasado (e muito)

    Faz uns 4 meses mais ou menos que eu terminei esse game maravilhoso e esqueci de realizar um comentário básico sobre o jogo e seu final. Então pra quem ainda não zerou o jogo, AVISO: CONTÉM SPOILERS!!! Dito isso vamos ao que interessa. 

    No meu último (e por sinal único) post sobre esse jogo eu ainda estava no início de Lorule. Após isso já se conhece o procedimento: derrotar os oito castelos e partir pra enfrentar o Ganon. Algo que eu achei interessante no jogo é o fato de que dá pra escolher a ordem dos castelos que você vai enfrentar na aventura, algo bem incomum em Zelda, sendo que os itens adquiridos nos castelos não são necessários para entrar nos outros castelos (alguns itens são necessários sim, mas eles são obtidos pelo Ravio), o que é muito comum na franquia Megaman. Outro ponto, que particularmente foi o que eu mais gostei no enredo do jogo, são os personagens de Lorule que se assemelham aos personagens de Hyrule, especialmente a Hilda com a Zelda, e o Ravio com o Link. Eu curti muito esses personagens e achei eles bem trabalhados conforme o seu papel na narrativa (também queria que eles reaparecessem em jogos posteriores da franquia), tendo Hilda como "vilã" da história sendo que ela só queria restabelecer Lorule, o que me levou a pensar que se essa situação ocorre em Hyrule, Zelda teria tido uma atitude parecida ou igual a de Hilda. O Ravio, no início, eu achava ele bem oportunista, mas acabai me acostumando com ele, e naquele final em que ele revela ser o "Link" de Lorule eu fiquei realmente surpreso com o twist. O final do game também foi maravilhoso com Zelda e Link restaurando a Triforce em Lorule e mostrando o que aconteceu com os personagens que foram aprisionados pelo Yuga com aquela trilha sonora que emociona qualquer fã da franquia. Sem dúvidas, mesmo com altas espectativas, eu ainda acho que subestimei esse jogo no começo e ele continua a fazer juz para a minha franquia favorita da Nintendo. E por último uma músiquinha do jogo só pra não perder o costume:

    4
  • daisuke Daisuke Vieira
    2018-10-14 10:48:54 -0300 Thumb picture
    daisuke fez um check-in:
    <p>&lt;3</p><p>#img#[592153]</p><p>#img#[592154]</p - Alvanista

    <3

    15
  • ak_mandy Amanda Ribeiro
    2018-10-12 14:47:03 -0300 Thumb picture
    ak_mandy fez um check-in:
    <p>@daisuke</p><p>#img#[591838]</p> - Alvanista

    @daisuke

    11
  • thesky Caique
    2018-08-18 19:58:22 -0300 Thumb picture
    thesky fez um check-in:
    <p>Praticamente um remake do A Link to the Past hah - Alvanista

    Praticamente um remake do A Link to the Past haha Como não poderia ser diferente de qualquer outro Zelda eu AMANDO esse também. 

    O sistema de alugar os itens eu não gostei no início, mas depois que pega o jeito é bem difícil de morrer além de que da pra pegar muitos rupees facilmente então eu to com todos os itens da loja alugados há um bom tempo. 

    Enfim, nem tenho muito o que falar por que está sendo uma experiência incrível.

    7
  • hard_frolics David Waters
    2018-08-14 20:25:43 -0300 Thumb picture

    figma Link: A Link Between Worlds ver.

    Caaaaras, que boneco mais foda! E ainda ta com a melhor roupa da série, hahaha...

    Se eu tivesse grana pegava, mas tem muito Mega Man da Sentinel na frente na lista :P

    Aaaaah, e curto boneco articulado, estatueta não é comigo... xD

    38
    • Micro picture
      fabiorsodre · 4 meses atrás · 2 pontos

      esse link está muito bacana! No meu caso, já prefiro estatuetas, porém, quando vi as peças da hot toys... são articuladas e incrivelmente detalhadas! Curti demais!

      1 resposta
  • _grover Grover
    2018-07-26 17:43:43 -0300 Thumb picture
    _grover fez um check-in:
    <p><strong>Zerei!</strong></p><p>O que posso dizer - Alvanista

    Zerei!

    O que posso dizer desse jogo? Hmm...

    Bem, como fã da série The Legend of Zelda, tendo jogado todos os jogos principais e zerado grande parte deles, posso dizer que A Link Between Worlds não me decepcionou.

    É claro que ao compará-lo com outros, certas características se sobressaem e outras deixam a desejar. Vou destacar algumas delas aqui, a começar pelas positivas:

    Vou ser breve.

    • ALbW tem uma jogabilidade excepcional! Não difere muito da existente no ALttP, mas possiu algo mais, que eu não sei explicar, e que parece tornar o gameplay mais gostoso, mais fluído. Sem falar da exclusiva habilidade de andar pelas paredes, que a primeira vista parece uma ideia um tanto idiota, mas que foi colocada no jogo de uma forma magnífica.

    • Outro ponto positivo é a nostalgia. Simplesmente não dá pra falar de A Link Between Worlds sem compará-lo ao A Link to the Past. Boa parte dos itens, mapa, músicas, e alguns personagens foram conservados. É delicioso explorar aquele mundo que você já conhece de uma maneira diferente.

    • E acho que o que mais me agradou foi a possibilidade de acessar qualquer dungeon. Diferente de vários outros títulos da série (a partir do momento que você entra em Lorule), o jogo não te obriga a seguir em ordem linear, é um verdadeiro sandbox.

    O jogo possui muitos outros pontos positivos, mas eu não me prolongarei mais, não desejo fazer uma análise profunda aqui.

    Então, vejamos agora do que é que eu não gostei:

    • História. Bem... A história desse jogo não é lá muito inovadora. Ela faz uma mistura com elementos do ALttP, alguns do OoT, traz alguns originais e voilá! Mas mesmo assim ela pareceu-me fraca e má elaborada. Isso entretanto não estraga o jogo de forma alguma, pois seu forte, pelo visto, é a gameplay.

    • Dificuldade. Comparado aos demais Zeldas, O JOGO É FÁCIL DEMAIS! Mesmo com o chefão final eu não tive dificuldade nenhuma, e disso eu realmente não gostei.

    5
  • nettolage Netto Lage
    2018-07-07 21:02:55 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 Dias de Videogame: Dia 19: Universo em que eu queria viver

    Medium 565475 3309110367

    Décimo nono dia do @desafio 30 Dias de Videogame, agora o universo em que eu queria viver.

    Essa é uma pergunta bem difícil de responder, pelo simples motivo de que em todo universo dar m*rda de algum modo, mas a primeira resposta que vem na minha cabeça é Hyrule, de The Legend of Zelda, pelo motivo de ser muito vivo, com muita variedade de raças e muito propício para aventuras, além de eu conseguir estar perto da minha waifu Zelda, hehehe. 

    2
  • 2018-07-02 15:22:09 -0300 Thumb picture

    Comecei a jogar (finalmente!)

    A pouco tempo conseugui o Legend of Zelda: A Link Between the Worlds pro meu 3Ds! O mapa e a jogabilidade semelhantes às de A Link to the Past trouxeram muita nostalgia logo de cara, e a trilha sonora também faz juz à franquia(além de poder entrar nas paredes, o que é bem dahora)! Agora eu cheguei em Lorule, mas estou procurando por outros itens para dar uns up-grades pro Link, já que o novo mapa está bem mais difícil que o anterior... A propósito, alguém além de mim acha meio estranho que o Ravio esteja morando na sua casa, abrindo uma loja nela sem permissão, e ainda por cima não te dá os itens de graça e ainda busca eles no caso de Game Over? Meio ingrato ele não?

    4
  • 2018-06-20 17:38:13 -0300 Thumb picture

    Desafio dos 10 Jogos

    @desafio dos Jogos. 10 games que são marcantes ou que causaram impacto em mim. Uma imagem apenas, sem explicação. 1 game por dia.

    Dia 6:

    6

Carregar mais postagens

Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...