This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2021-06-16 15:55:58 -0300 Thumb picture

    E hoje vamos falar de: Fantasy Life

    Fantasy Life é um RPG de ação desenvolvido pela Level-5 e publicado pela Nintendo no ano 2012 para o Nintendo 3DS.  

    O jogo se passa no mundo de fantasia de Reveria, que é composto por várias cidades, planícies e montanhas. Seus governantes passam seus dias governando sobre seus cidadãos e os guiando em seus caminhos de vida.

    Um dia, esse estado de paz é destruído quando um estranho meteorito roxo cai na casa do jogador, desencadeando uma cadeia de eventos predita em uma antiga profecia envolvendo a deusa de Reveria e a lua Lunares.

    O jogador é convidado pelo Rei Erik da terra de Castele para investigar essas ocorrências estranhas, já que os meteoritos, mais tarde apelidados de Doomstones pelos habitantes do mundo, têm a capacidade de preencher criaturas com energia destrutiva e sombria.

    Eles são unidos nesta busca por uma borboleta brilhante que tem a habilidade de falar. Conforme o jogo avança, a borboleta revela que seu verdadeiro nome e forma é Yuelia, a filha de Celestia, a quem o povo de Reveria adora como a Deusa da Vida.

    Eles logo descobrem que as Doomstones são pedaços de uma cúpula que cerca Reveria que está lentamente se desintegrando. Isso havia acontecido no passado uma vez antes, mas foi interrompido por Celestia, ao custo de ela nunca mais ser capaz de retornar a Lunares.

    A jogabilidade se concentra no jogador que assume várias tarefas dadas a ele e escolhe uma das doze classes de vida. Ao atingir vários objetivos, como completar tarefas no jogo, comprar uma nova casa ou decorar essa casa.

     Ao atingir vários objetivos, como completar tarefas no jogo, comprar uma nova casa ou decorar essa casa, os jogadores ganharão "pontos de Bliss" que desbloquearão recursos adicionais, como maior armazenamento ou a capacidade de expandir sua casa.

    Os jogadores podem personalizar vários aspectos de seu personagem. Conforme o jogo avança, os jogadores têm a habilidade de desbloquear várias novas áreas, assim como personagens jogáveis que podem se juntar a eles em sua jornada e ajudá-los a lutar contra monstros.

    8
    • Micro picture
      s4nn1n · 3 months ago · 2 pontos

      Saudades de jogar isso, ainda vou comprar um 3DS de novo pra jogar.

    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 1 ponto

      Parece mais um simulador de vida que um RPG.

  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-12-26 12:24:06 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Fantasy Life

    Zerado dia 26/12/20

    Feliz Natal à todos!!!

    Há uns bons anos atrás eu descobria a existência de um estúdio chamado Brownie Brown, subsidiário da Nintendo  e dono de uma característica bem diferente no mundo dos games: o estilo artístico, associado à ótimos jogos. Nessa época eu vi revistas e sites falando desse estúdio e meu primeiro jogo provavelmente foi Professor Layton's London Life, um RPG incluso no cartucho de Professor Layton and the Last Specter (DS).

    Mais tarde fiquei sabendo que Mother 3 (GBA) estava associado ao mesmo estúdio, que ganhou cada vez mais respeito.

    Lembro que até na época do DS eu comprava revistas de jogos volta e meia e uma dessas revistas, Nintendo World (que devo ter por aqui ainda), falava brevemente sobre um futuro lançamento chamado Fantasy Life e mostrava uma captura de tela que mostrava o jogo e o tão distinto estilo da Brownie Brown. Fiquei doido por ele!

    Infelizmente o tal do Fantasy Life foi sendo adiado e adiado até que mais tarde foi cancelado para o DS para ser lançado no 3DS. Mudaram ainda o estilo 2D (que você pode ver na internet) para modelos 3D bem mais genéricos. Triste, mas a proposta muito prometia e, bem, era um jogo da Level-5!

    Lembro claramente da época de lançamento. Demorou tanto que eu até tinha esquecido do jogo e meu hype tinha dado uma esfriada. Lançou no Japão e um ano ou mais depois por aqui. Lembro até que comemorei pois estava perdendo as esperanças de jogá-lo e a Level-5 faz isso de não trazer os jogos as vezes, como os Inazuma Eleven de DS na época.

    Nessa época eu tinha um amigo de internet e ele ficou muito feliz em saber que o jogo viria pro Ocidente e mais tarde o comprou e falou muito bem. Já eu estava bem dividido. Não sabia se queria pagar o R$150 da época no jogo sendo que eu tinha prioridades maiores no portátil (nem sonhava em desbloquear o console na época). Acabei deixando de lado.

    Já mais recentemente, há poucos anos, cheguei a comprar um flashcard de 3DS para jogar títulos baixados na internet (infelizmente esses flashcards nem chegavam aos pés daqueles de DS). Me lembro que pus só alguns jogos na memória, como Kirby Triple Deluxe, Sonic Generations, Epic Mickey: Power of Illusion e... Fantasy Life! Joguei todos, menos o FL.

    Depois um amigo desbloqueou meu 3DS e lá estava eu com o jogo mais uma vez. E isso já foi uns anos atrás. Enfim, resolvi jogar agora para liberar espaço no 3DS pois queria deletar algo que ocupasse alguma memória e fiquei com vontade do que uma hipotética facilidade de terminar isso pudesse me proporcionar.

    E lá vamos nós. Abri o jogo, assisti uma cinemática bacana, criei meu personagem e escolhi entre 12 profissões para iniciar. Fui de paladino.

    Enfim jogando Fantasy Life depois de um bocado de tutoriais, aprender um pouco sobre a cidade, sobre o simples combate e afins.

    O jogo é feinho e visualmente tedioso, meio desinteressante. Agora tenha em mente que eu não sou muito chato com isso e amo video games portáteis, mas é fato que os gráficos super serrilhados deixam muito a desejar. Poxa, jogue Mario 3D Land, Zelda Ocarina of Time 3D e Resident Evil Revelations e veja que dava pra ser muito mais bonito mesmo na época de lançamento do console! Por outro lado, o foco do jogo é ser quase que um "MMO", com um mapa grande, level up, quests e multiplayer.

    Um NPC me ensinou um pouco sobre diversos prédios da cidade medieval: loja de itens, de armas e muitas outras. Achei interessante que ele mencionou um local que eu posso visitar para trocar de "Life" (profissão) a qualquer momento.

    Infelizmente logo o jogo cai numa repetição e numa quantidade absurda de diálogos que infelizmente aconteceria durante toda a minha jornada.

    O rei te manda para algum lugar fala com alguém, você vai lá, faz isso. Depois vai para a sua casa e fala com uma borboleta que te dará missões a serem feitas antes de poder dar continuidade à história. Essas missões são sempre de ir até algum lugar, falar com certos NPCs e pronto. Volte a borboleta e ela te encaminhará para o lugar que dará continuidade na história, que sempre é um bocado de monstro guardando e uma pedra amaldiçoada. Destrua a pedra, o que é super fácil, e pronto.

    Essas quests da borboleta fazem parte da linha principal para terminar o jogo e são as mesmas indiferente da sua Life. As quests exclusivas das profissões ficam numa aba delas no seu menu e incluem coisas como "matar tal monstro" ou "finalize 5 monstros com o golpe de espada carregado". Termine essas missões para ganhar estrelas que se somam e aumentam seu rank, permitindo que você acesse mais missões, compre melhores equipamentos e eventualmente fique mais forte.

    Eu passei boa parte do jogo perdido. No que eu foco afinal? E há tanta coisa nas cidades, que por sua vez são divididas em muitas telas, que eu tinha medo de não estar jogando certo, deixando de me equipar certo, de recrutar aliados, comprar itens, sei lá.

    Acabei focando na quest principal até que ficasse difícil, daí voltaria às missões de paladino e ficaria mais forte, mas puts... não sei se foi a melhor escolha. O fato é que as quests da linha principal se resumem a: ande até tal cidade, fale com alguém, volte a cidade inicial, volte de novo a cidade da missão, enfrente os monstros com a pedra e a destrua. E tudo isso é banhado por parágrafos e mais parágrafos de conversa fiada. Sério, eu comecei a ignorar os diálogos e a metralhar o botão A e mesmo passando bem rápido, você fica MINUTOS apertando o botão. Meus deus!

    Não existe um jogo com mais texto que esse. Não existe! Eu acho que de 50% a 70% de toda a aventura é diálogo.

    Agora a parte bizarra é que eu não estava me equipando nem comprando item, mas as missões estavam super tranquilas só com os raros level ups. Porém, inimigos do mapa, que você pode simplesmente ignorar, estavam fortes e me fizeram comprar melhores coisas a cada nova cidade e mudar meu visual, mas na campanha mesmo, eu terminava as lutas praticamente sem perder vida nenhuma!

    O mapa é bem menor do que eu imaginava. As cidades tem várias seções, mas dá pra ignorar tudo e acompanhar pelo mapa pontos de interesse, como lojas. As rotas entre as cidades são corredores bem simples, mas há uma área grande que basicamente serve de intermédio entre todas as localidade, como se fosse um Hyrule Field do Ocarina of Time.

    O lance é que as quests, mesmo só as principais, te fazem ir e vir pelas mesmas localidade sem parar e isso leva tempo (e cansa). Demorou um bocado para desbloquear a opção de pagar para um dirigível te levar de uma cidade para outra (e nem lembro se todas são acessíveis assim).

    Muitas missões ainda te fazem revisitar personagens importantes em suas localidade e é importante prestar atenção nesses detalhes, pois os detalhes das quests não mostram onde ir, nem mesmo o nome das localidades. Geralmente é só voltar na última cidade descoberta na história, mas mais pra frente é gente pra todo lado e até achar o pessoal nas cidades pode ser tenso (ao menos há um indicador na cabeça das pessoas de interesse).

    E haja texto!

    Resumindo: Fantasy Life é uma ideia legal, mas sinto que não é um jogo que envelheceu bem e que ficou muito preso à sua época pois acredito que a experiência seja mais divertida no multiplayer, se preocupando em melhorar seu personagem e conhecer mais quests e desafios de verdade. O modo single player é decepcionante, sendo monótono e muito fácil quando o assunto é a campanha, o que muito me desmotivou a ir atrás de completar as quests genéricas de todas as profissões.

    De bom: bastante conteúdo. Equipamentos mudam sua aparência. Cinemáticas legais. Multiplayer devia ser legal.

    De ruim: campanha simplória e sem graça. Gameplay que envolve andar demais e uma quantidade massiva de texto (me deixa jogaaaar). Visuais feinhos, mais pro lado do DS que do 3DS. Equipar seu personagem para a quest principal chega a ser besteira. Não há um final boss. Missões que não indicam para onde ir e você acaba tendo que memorizar os nomes bizarros dos mil NPCs. Quests exclusivas de classe super genéricas e não vi porque fazê-las senão se fortalecer, mas pra quê? Muitos comandos não ficam associados à atalhos por botões, mas ao touchscreen, como mapa, quests e uso de poções. Muitas mecânicas estranhas que nem tem porque usa, como convocar NPCs pro seu time, sendo que eles somem assim que tiver alguma cutscene ou são muito fracos, como os cães e gatos que compramos para enfeitar a casa e ajudar nas quests.

    No geral, eu simplesmente não recomendo esse jogo. Talvez em 2014 com amigos (lembro que demorou bastante para sair o patch do multiplayer online), mas de quem seria essa necessidade hoje em dia? Fora quem existem muitas opções melhores agora. Para mim esse jogo tem a fama que merece, uma bomba como Snack World parece ser. Para jogos da Level-5, acredito que o Yo-Kai Watch seja similar e muito mais divertido. FL é completamente ignorável e eu recomendaria gastar essas 10 horas (no mínimo) com outra coisa. Decepcionante.

    17
    • Micro picture
      bobramber · 9 months ago · 2 pontos

      Foi bom ter lido tua opinião... Teve uma lista aqui no alva, meses atrás, com alguns jogos "relax", dentre eles haviam fantasy life e yonder cloud cacther. O yonder já havia jogado e curtido muito, exatamente como a lista o descrevia, beeem relax. E o único outro game que me interessou foi o fantasy life... Ainda não está completamente apagado o interesse, mas teu texto trouxe uma certa paz de espírito, rs.

      1 reply
    • Micro picture
      s4nn1n · 9 months ago · 2 pontos

      Saudadezinha desse jogo.

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-09-20 01:40:05 -0300 Thumb picture
    luchta checked-in:
    Post by luchta: <p><strong>Check-Out</strong></p><p><a href="https:

    Check-Out

    Fantasy Life é um simulador de vida para o Nintendo 3DS, que você cria um personagem, escolhe uma profissão e suas atividades no jogo e quests giram em torno da profissão escolhida.

    Eu criei uma personagem chamada Lucia, e coloquei nela o maior cabelo do jogo que de costas tampa tudo praticamente. Escolhi a profissão Paladin para lutar pelo reino, e fiz as quests iniciais. Vi que tinha uma parte de resgatar códigos no jogo, e achei todos eles na internet, com isso resgatei varias roupas e enfeites para minha casa. Estou usando essa roupa de cow boy, que da mais defesa que a armadura inicial e da loja (é, não faz sentido).

    Após sair da cidade, andei pelo mapa batendo nos monstrinhos, tem muitos para sentar a espada no lombo. Alguns pelo jeito aparecem apenas em certas horas do dia.

    O jogo tem sistema de dia e noite, alguns monstros até dormem a noite, isso deve influenciar em outras coisas também. Ao derrotar um monstro forte ele deixa cair essa caixa que posso andar com ela, e não sei para que serve. Enfim, o jogo é bem interessante, é tipo um The Sims para crianças.

    14
    • Micro picture
      santz · about 1 year ago · 1 ponto

      Parece ser mais interessante que The Sims.

  • 2019-08-01 17:15:12 -0300 Thumb picture

    ​STAGE 24 - A Fantasiosa Vida de... // .TXT

    Medium 651746 3309110367

    Em uma espécie de diário eu relato as aventuras e desventuras no RPG/simulador do 3DS e o quão divertido é o mundo de Reveria.

    ▼ https://daibokem.blogspot.com/2019/07/diario-de-reveria.html

    [@jvhazuki]

    13
  • s4nn1n S4NN1N
    2019-03-09 04:51:30 -0300 Thumb picture
  • kipocalia Kipocalia
    2019-02-16 16:01:02 -0200 Thumb picture
    Post by kipocalia: <p>To assistindo meu marido jogar, achei essa musiq

    To assistindo meu marido jogar, achei essa musiquinha muito fofa. 

    8
  • rafaschiabel Rafael Augusto Schiabel
    2018-11-18 13:47:49 -0200 Thumb picture
    rafaschiabel checked-in:
    Post by rafaschiabel: <p>Tentando dar mais uma chance, pacientemente, a F

    Tentando dar mais uma chance, pacientemente, a Fantasy Life.

    Comecei como Paladino.

    23
    • Micro picture
      bakujirou · almost 3 years ago · 2 pontos

      amo este game. tanto que ja estou jogando a versao do mobile (que ainda esta em jp)

  • bakujirou Rafael P. Alexander
    2018-11-09 15:36:07 -0200 Thumb picture

    Fantasy Life Online (finalmente saiu... jp only)

    Finalmente, depois de tanto tempo saiu o famigerado Fantasy Life (mobile).

    Saiu lá pra julho deste ano. O mesmo pode ser baixado normalmente em um sistema Android e iOS. Usei o app Qoop pra pegar ele. Agora estou agoniado querendo testar ele logo.

    19
  • s4nn1n S4NN1N
    2018-09-06 01:57:36 -0300 Thumb picture
    s4nn1n checked-in:
    Post by s4nn1n: <p>Testei no Citra, me surpreendi. Tá rodando muito

    Testei no Citra, me surpreendi. Tá rodando muito bem. Pena que hoje em dia acho que não vou ter paciência pra jogar esse jogo como eu tinha 10 anos atrás =/

    17
    • Micro picture
      gus_sander · about 3 years ago · 2 pontos

      O Citra surpreende com alguns jogos, mesmo. E poxa, mas vai dar um pouco de chance a ele ainda?

      2 replies
  • beletournesol Cibele N.
    2018-08-06 20:16:07 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias sobre videogame

    Postei o ultimo na quinta. 4 dias atrasada kkk

    Dia 17 - Antagonista favorito (a)

    Magus de Chrono Trigger.  

    O Magus é demais. Apenas <3

    Dia 18 - Protagonista favorito (a)

    Dante, de Devil May Cry <3

    19 - Foto de um cenário de um jogo que gostaria de viver...

    Ahhh que difícil, tem tanto jogo que gostaria de passar nem que fosse um dia kkk

    Vou por alguns:

    Xenoblade Chronicles - Andar por Alcamoth na noite de estrelas cadentes *-*

    Xenoblade X - Passei tanto tempo em Mira que já considero minha casa kkk. Gostaria muito de ver a Rising Energy Mist ou a Crimison Aurora de Sylvalum. Sylvalum a noite é espetacular.

    Em Fantasy Life. Castele seria a cidadezinha ideal com os riachos fofos e muito verde. 

    Em Johto (Pokémon). Como eu amo Johto. Littleroot tem um clima tão nostálgico, as outras cidadezinhas eu amo demais também e Ecruteak, onde ficam Ho-oh e os cães... como adoro esse lugar <3

    20 - Gênero favorito. 

    Já deu pra perceber que é JRPGs e Hack 'n Slash né? :p

    Ultimamente ando com uma quedinha por jogos indies, como alguns de plataforma por exemplo, mesmo não sendo o tipo que mais gosto (sou noob demais em plataforma kkk). Tenho muito jogo indie na minha lista pra testar. :3

    @desafio

    23
    • Micro picture
      gus_sander · about 3 years ago · 2 pontos

      Magus é incrível mesmo <3

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...