gamerview

gamerview.com.br / A maior cobertura de reviews da América Latina

You aren't following gamerview.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2018-12-14 19:23:58 -0200 Thumb picture

    Comunicado

    Após alguns meses de testes e observações, decidimos descontinuar a persona do Gamerview no Alvanista. Nos baseamos em engajamento de público e feedback das postagens comparado com nossas demais redes sociais, e decidimos focar nossas energias em outras redes.

    site continua firme e forte com máxima cobertura de reviews e notícias diárias, e vocês ainda podem nos encontrar no FacebookTwitterInstagramYoutube.

    Agradecemos a todos que acompanharam a persona até aqui e interagiram de alguma forma, seja dando vidas, comentando ou compartilhando. Não deixem de continuar acompanhando o Gamerview tanto nas redes sociais quanto no site, continuaremos dando nosso máximo para produzir o melhor conteúdo de gamer para gamer! ;)

    19
  • 2018-12-12 19:03:03 -0200 Thumb picture

    Review: Desert Child

    por Guilherme Sommadossi

    Desenvolvido pela Akupara Games, Desert Child é um side-scrolling de corrida com elementos de RPG em que o protagonista deve enfrentar várias corridas no sistema solar e ganhar uma grana com isso. O mais legal do jogo – graças à sua característica de RPG – é que há diversas formas de lucrar, se entreter e aproveitarmos ao máximo a experiência do game.

    O jogo se passa em 2071 e acompanha o personagem principal, conhecido como “The Rider” que é um jovem pobre mas muito habilidoso no hoverbike. Graças a isso, ele vê uma possibilidade de sair de sua condição financeira para se tornar um corredor rico e planetariamente conhecido.

    Continue lendo no Gamerview

    Desert Child

    Platform: Nintendo Switch
    2 Players
    1 Check-in

    4
  • 2018-12-12 19:00:16 -0200 Thumb picture

    Review: The Council – Episode 5: Checkmate

    por Caio Lopes

    Cá estamos. O game episódico The Council chegou ao seu fim, após passar cerca de nove meses intrigando e entediando em medidas iguais. A história do detetive / diplomata / ocultista Louis de Richet, que vai a uma misteriosa ilha à procura de sua mãe, demorou… e demorou… e demorou para alçar voo – mas será que o jogo da Big Bad Wolf finalmente conseguiu, mesmo que na reta final?

    The Council, de início, era sustentado por um conceito interessante de jogabilidade, que pretendia reunir adventure narrativo e RPG. Havia grande promessa, então, na trama de conspiração estabelecida debaixo de seu gameplay, deixando a impressão de que aquela ilha cheia de gente suspeita seria um verdadeiro playground para os aficionados por resolver mistérios.

    Continue lendo no Gamerview

    The Council

    Platform: Playstation 4
    9 Players

    2
  • 2018-12-08 22:38:06 -0200 Thumb picture

    Review: Just Cause 4

    por Júlio Vechiato

    Logo ao início de Just Cause 4, o protagonista Rico Rodriguez diz: “um plano é uma lista de coisas que dão errado. Eu gosto de manter essa lista curta”. Desde que a série começou em 2006, os tópicos dessa lista parecem ser “diversão”, “destruição” e “cair de paraquedas”. A Avalanche Studios é um dos poucos casos que consigo lembrar de uma desenvolvedora que se manteve tão consistente em sua visão. Claro, uma visão simples, porém ainda satisfatória.

    Com o ponto alto da franquia sendo o ótimo Just Cause 2, seguido do decente porém decepcionante terceiro jogo e o raso primeiro (que parecia mais um teste do conceito da série), Just Cause 4 chega para desafiar o outro número par.

    Continue lendo no Gamerview

    Just Cause 4

    Platform: Playstation 4
    19 Players
    3 Check-ins

    3
  • 2018-12-08 22:36:15 -0200 Thumb picture

    Review: Darksiders 3

    por André Stábile

    Vem ao mundo a mais imprevisível dos mensageiros do fim dos tempos. Fúria – estranhamente chamada de Cólera na localização brasileira – chega a uma Terra já devastada pelos acontecimentos dos jogos anteriores da série. Seu objetivo? Caçar os Sete Pecados Capitais. Consegue lembrar os sete? São como os sete anões ou as sete maravilhas do mundo antigo, nunca dá pra lembrar todos.

    Gula, Avareza, Luxúria, Ira, Inveja, Preguiça e Soberba. Na verdade, são todas coisas que praticamos maravilhosamente bem enquanto jogamos Darksiders 3. E com o prosseguimento do review, vocês vão me entender melhor em relação a tudo isso.

    Continue lendo no Gamerview.

    Darksiders III

    Platform: Playstation 4
    71 Players
    30 Check-ins

    3
  • 2018-12-06 20:41:43 -0200 Thumb picture

    Review: Fist of the North Star - Lost Paradise

    por Marco Antônio

    O mundo dos animes hoje em dia está um pouco saturado de personagens super “apelões” que conseguem derrotar seus oponentes em um ou dois movimentos, mas houve em 1983 o nascimento do primeiro personagem nesse estilo. Criado por Yoshiyuki Okamura, Hokuto no Ken (mais conhecido como Fist of the North Star aqui no ocidente) traz a história de Kenshiro, mestre do Hokuto Shinken, uma arte marcial mortal e destrutiva, que resulta em mortes agonizantes e violentas para seus inimigos. Agora podemos ver uma nova adaptação das aventuras de Kenshiro em Fist of the North Star: Lost Paradise.

    No jogo, vivemos uma adaptação do universo de Hokuto no Ken, aonde visitamos a cidade de Eden. Conhecida como a cidade dos milagres, Kenshiro segue para essa cidade após derrotar seu rival Shin, mestre do Nanto Koshūken. Shin, que havia sequestrado Yuria, noiva de Kenshiro, foi derrotado após acreditar que Kenshiro já estava morto, devido ao combate entre ambos anos atrás. Agora resta a Kenshiro encontrar finalmente sua amada, mas ainda existem inúmeros empecilhos no caminho de nosso herói.

    Continue lendo no Gamerview

    5
  • 2018-12-06 20:39:06 -0200 Thumb picture

    Review: ABZÛ (Switch)

    por Yudi Ishikawa

    Produzido por parte da equipe que trabalhou no jogo Journey, ABZÛ (ou ABZU) é uma aventura subaquática imersiva que te levará às profundezas vastas do oceano em busca de recuperar a vida marinha que foi devastada. Lançado originalmente em 2016 para PS4, PC e XOne, agora chega finalmente ao Switch. Então vamos embarcar mais uma vez nessa aventura que mistura Journey, Flower e as profundezas da imensidão azul.

    Continue lendo no Gamerview

    Abzû

    Platform: Playstation 4
    248 Players
    34 Check-ins

    6
  • 2018-12-04 19:36:14 -0200 Thumb picture

    Review: Energy Cycle Edge

    por Rafael Nery

    Qual a grande diferença entre bons quebra-cabeças e um que seja realmente muito difícil de ser resolvido? A resposta é simples: o nível de investimento de tempo comparado à frustração que aumenta com as tentativas. Energy Cycle Edge parece se perder entre esses conceitos e tenta compensar tudo com um apanhado de desafios mascarados por um visual descolado e uma trilha sonora leve.

    O trabalho da Sometimes You parece superficial demais apostando em quantidade, pecando por qualidade e confiando demais na boa vontade dos gamers em continuar insistindo no jogo. Diferente de um quebra-cabeça com 3 mil peças de uma paisagem árida, esse indie vai fazer você chorar desde o primeiro nível.

    Continue lendo no Gamerview

    3
  • 2018-12-04 19:34:27 -0200 Thumb picture

    O lindo e misterioso universo de Between the Stars

    por Rafael Correia

    Eu sempre fico bastante empolgado quando assisto os filmes de Star Wars, não só por ser fã da saga mas também por gostar das batalhas espaciais com aqueles sons impossíveis, os vários modelos de naves, explosões e as diversas raças existentes na história. De uma maneira diferente, proporcionando uma experiência bastante positiva, Between the Stars me apresentou um pouco dessas características em sua prévia.

    Sem explicações, nossa nave KP-564SC faz uma dobra espacial (uma forma de propulsão superior a velocidade da luz) para um setor denominado Trama-6 e com a ajuda da inteligência artificial M.A.I podemos analisar o estado da nave (e pela aparência, parece que fugimos de uma batalha bastante difícil). A análise consiste em testar os comandos, o que também funciona como um tutorial mostrando a grande quantidade de opções que o jogo oferece.

    Continue lendo no Gamerview.

    3
  • 2018-12-04 19:32:33 -0200 Thumb picture

    Review: Escape Doodland

    por Rafael Correia

    Seria mais um dia feliz e tranquilo em Doodland se não fosse pela invasão do assustador e faminto Omnomus, um monstro que adora o sabor das pequenas criaturas habitantes deste mundo feito de papel, rabiscos e algumas cores. Para sobreviver, essas criaturinhas precisam correr longas distâncias fugindo deste insaciável monstro.

    Escape Doodland é um jogo inesperado e maluco que te deixará surpreso e ao mesmo tempo confuso, mas vamos por partes… Trata-se de um jogo de plataforma arcade, mas que também pode ser considerado um runner 2D, pois aqui nosso principal objetivo é correr para fugir de Omnomus.

    Continue lendo no Gamerview

    Escape Doodland

    Platform: PC
    Players

    4
Keep reading → Collapse ←
Loading...