You aren't following fonsaca.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-17 23:07:47 -0200 Thumb picture

    DQ: Your Story

    Nunca mais li à respeito. Já saiu nos cines do Japão creio eu. E nada de Bluray/cópia legendada até agora?

    Dragon Quest V

    Platform: Playstation 2
    149 Players
    32 Check-ins

    12
    • Micro picture
      manoelnsn · about 13 hours ago · 3 pontos

      Eu não sei, mas li um spoiler do que fizeram na trama e foi uma merda enorme

      11 replies
    • Micro picture
      mateusfv · about 13 hours ago · 2 pontos

      Nem sabia que tinha um filme sobre DQ, ainda mais em CG kkk, foda que os japas tão começando a usar cada vez mais essa budega e tá cada vez mais feio kkk

      6 replies
    • Micro picture
      jokenpo · about 12 hours ago · 2 pontos

      geralmente esses filmes japoneses demoram sair para o blueray, coisa de um ano se não me engano

      1 reply
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-17 22:22:42 -0200 Thumb picture

    Música da noite

    Já comentei anteriormente, mas Sakaguchi e Uematsu são mestres em criar atmosferas fantasiosas. Incrível como um cenário um pouco mais diferenciado e uma música legal conseguiram deixar (um trechinho) do FF XV memorável.

    13
    • Micro picture
      mateusfv · about 12 hours ago · 3 pontos

      Ué até onde me lembro tanto o Uematsu quanto o Sakaguchi não tem mais nada a ver com a Square a um tempo kkk, o XV realmente tem umas trilhas muito boas, principalmente as de batalha

      5 replies
    • Micro picture
      onai_onai · about 13 hours ago · 2 pontos

      Legal!

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 13 hours ago · 2 pontos

      Nice... a OST do XV foi a DEOSA Shimomura que fez né? Mas essa pelo que vi foi composição do uematsu mesmo.

      3 replies
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-17 22:09:56 -0200 Thumb picture
    fonsaca checked-in to:
    Post by fonsaca: <p>Comecei esse daqui. O protagonista se chama Synb
    Shining Force III

    Platform: Sega Saturn
    161 Players
    9 Check-ins

    Comecei esse daqui. O protagonista se chama Synbios (!?)... mudei esse nome na hora. Ele é daqueles chatos protagonistas mudos, mas estranhamente possui algumas caixas de diálogo com ".......". Não consigo tirar da minha mente que ele realmente deve ser mudo. Bem, fosse isso mesmo, seria mais legal.

    Como em todo TRPG, apanhei feio nas primeiras batalhas por ter de me habituar com o estilo do jogo e pelas estranhas necessidades de evolução que TRPGs pedem logo no início.
    Pra ver se, sei lá, não perdi de recrutar algum personagem na primeira cidade, cheguei a abrir um guia e ele recomendava ficar usando um item pra fugir da primeira batalha algumas vezes até conseguir estar no level 3... quem iria adivinhar tal embuste dos programadores?

    Legal que existe exploração em cidades como em RPGs normais e bonitas animações durante os ataques. Digamos que "bons recursos extras" se compararmos com um Final Fantasy Tactics da vida.

    Até agora a história está um conflitosinho meio morno contra "pagãos do mal que servem uma seita... do mal" e sequestraram um imperador durante uma reunião, acho que de paz, entre nações (nesse ponto FFT supera, o início é bem mais interessante). De quebra, quem salva o jogo e cobram exorbitantes taxas pelos milagres de ressuscitação e cura são padrecos com cara de bonzinhos, mas que devem ter culpa no cartório, acho (gostaria) que são os verdadeiros vilões e não os pobres "pagãos".

    Bem, vamos ver no que dá tudo isso.

    18
    • Micro picture
      le · about 13 hours ago · 3 pontos

      Não consigo gostar desses Shining Force 3D. Os dois de Mega tão entre os meus 5 RPGs preferidos de todos os tempos, mas esses em 3D não me descem de jeito nenhum.

      6 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 14 hours ago · 2 pontos

      O enredo nunca foi o forte de SF, a magia ta nesse gameplay simples e gostoso ai das batalhas. Esse esquema 3d nas porradas era surpreendente pra época. É comum ter personagem "secreto" pra recrutar em trpg, é bom usar um guia, mas normalmeente não tem muito problema se vc perde alguns pq o jogo vai te empurrar os essenciais

      Pena que as duas outras partes ficaram só no Japão.

      10 replies
    • Micro picture
      onai_onai · about 14 hours ago · 2 pontos

      Qualquer dia começo essa série...

      7 replies
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-14 17:28:24 -0200 Thumb picture
    fonsaca checked-in to:
    Post by fonsaca: <p>Se tenho uma memória bem nebulosa de um jogo é d
    Ragnagard

    Platform: Sega Saturn
    11 Players
    1 Check-in

    Se tenho uma memória bem nebulosa de um jogo é de um de luta pra PS1 ou Saturno que vi numa locadora quando criança. Pedi pra jogar, mas como na época tinha acabado de chegar o Soul Edge e todo mundo estava jogando aquilo, o dono da locadora me obrigou (!?) a jogar Soul Edge. Desde então, nunca mais vi o tal jogo de luta e a memória ficou bem nebulosa. Pra mim que, na caixinha, tinha um cara de cabelo ou roupas verdes e parecido com o Yusuke do Yu Yu Hakusho, mas sei lá. Sempre pensava que era o Rival Schools, mas nunca tive muita certeza. Não sei pq tbm, dá a impressão que podia ser esse Ragnagard aqui.

    Estava experimentando e o jogo é legalzinho. Uma pena que meu Saturno tem uma bira com jogos de luta e fica resetanto eles. Medo que esse defeito se estenda para outros jogos...
    Já tive esse tipo de defeito (em todos os jogos) num Dreamcast. Dizem que não é muito difícil de resolver o problema (no Dreamcast), mas melhor nem pensar muito sobre.

    Enfim, o jeito é voltar pros RPGs...

    15
    • Micro picture
      mastershadow · 4 days ago · 2 pontos

      Acho que é a falta de RAm mesmo esses games de luta resetar...

      E esse game ai nunca vi kkkkk

      1 reply
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-14 17:17:42 -0200 Thumb picture
    fonsaca checked-in to:
    Post by fonsaca: <p>Já que o Marvel vs Street não funcionou pela (no
    Cyberbots: Fullmetal Madness

    Platform: Sega Saturn
    27 Players
    3 Check-ins

    Já que o Marvel vs Street não funcionou pela (novamente) falta de um cartucho de RAM, experimentei esse daqui. Anos atrás só me atentei pra esse jogo por causa do Jin (Marvel vs Capcom) ser o protagonista.

    Acima, Jin no Marvel vs Capcom.

    O joguinho tem umas dinâmicas interessantes como o fato de escolher o personagem/piloto e o robô em seguida. Logo cada personagem não tem o seu robô específico, pode usar qualquer um. Perde um pouco de personalidade e deixa mais difícil de ser memorável, mas a ideia é ótima.

    A jogabilidade é bacana e me lembrou alguma coisa do Gundam pro SNES. A única coisa estranha são os robôs que, no conceito, são gigantes, mas dá a impressão que eles são do tamanho de humanos pelo costume com jogos de lutas com "pessoas".

    16
    • Micro picture
      jcelove · 4 days ago · 2 pontos

      Esse tem o gouki zero, o akuma robô.

      1 reply
    • Micro picture
      gennosuke6 · 4 days ago · 2 pontos

      Curto pra caramba esse jogo, e o Jin é foda d+! O mais doido é o pessoal que esbarra um com o outro, e ao invés de pedir licença, sai na porrada. kkkkkkkkkkkkk.

      1 reply
    • Micro picture
      riki_samejima · 2 days ago · 2 pontos

      "cada personagem não tem o seu robô específico, pode usar qualquer um. Perde um pouco de personalidade" - Orra! Perde mesmo a personalidade, cara! Desde quando vi esse game pela primeira vez, numa antiga revista Gamers, que eu achei que cada personagem tivesse seu próprio mecha específico!
      Foi um serviço de utilidade videogamística e tanto esse seu post rsrs

      1 reply
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-14 11:23:40 -0200 Thumb picture

    Só vem 3 de Dezembro!

    E depois mais meses de espera até uma promoção, hehehe!

    SaGa: Scarlet Grace

    Platform: Playstation 4
    3 Players

    25
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-13 12:58:04 -0200 Thumb picture

    Viva um novo clássico com Romancing SaGa 3

    Bacana essa análise e esse é um RPG que vale a pena. A versão em HD tem, enfim, um recurso que sempre faltou nos SaGas: NG+ para poder aproveitar tudo que já foi conquistado com os outros personagens.
    SaGa Frontier e esse Romancing 3 eu só zerei com um personagem e, mesmo que a vontade fosse grande, nunca consegui me animar em terminar com os outros por culpa de tudo começar do zero novamente. =/

    "Para muitos fãs de JRPG (Japanese Role Playing Game), os anos 90 foram a era de ouro. Diversos clássicos foram lançados durante esta década, e desde então entraram para o “hall da fama” dos críticos e fãs. Alguns títulos se consolidaram entre favoritos tanto dos fãs do ocidente quanto dos japoneses, incluindo games como Final Fantasy VI, Chrono Trigger e Xenogears.

    Romancing SaGa 3, no entanto, foi um grande queridinho dos fãs japoneses, mas você provavelmente terá dificuldade em encontrar jogadores ocidentais que o jogaram. Isto é, até hoje. Uma versão remasterizada em HD de Romancing SaGa 3 já chegou no ocidente pela primeira vez para PlayStation 4 e PlayStation Vita, vinte e quatro anos depois do dia de seu lançamento original no Japão.

    Enquanto a franquia em si pode não ser muito conhecida fora do Japão, gamers ocidentais devem saber que ela compartilha raízes com Final Fantasy, já que o criador da saga é Akitoshi Kawazu, que teve papel importante no desenvolvimento do Final Fantasy original e do Final Fantasy II.

    É claro, Romancing SaGa 3 possui as credenciais de JRPG, mas o que o diferencia de outros jogos de série como Final Fantasy ou Dragon Quest? Continue lendo para saber mais sobre o que faz Romancing SaGa 3 tão bom, e porque ele merece ser incluído no panteão dos amados clássicos dos JRPGs.

    As Raízes

    Apesar da série Romancing SaGa ser venerada como uma das séries definitivas dos JRPGs no Japão, junto de outras como Final Fantasy e Dragon Quest, você talvez se surpreenda em saber que algumas das maiores influências da série tem sua origem no ocidente.

    Kawazu-san comentou, “como alguém que lê romances por Tanith Lee, Michael Moorcock e Ursula K. Le Guin, e que entrou em contato com RPGs de mesa, como Dungeons & Dragons, e clássicos dos computadores, como Ultima e Wizardry, poder trazer um título ao ocidente é uma grande alegria.” Você claramente pode sentir as influências dos RPGs mencionados por Kawazu-san nas decisões presentes em Romancing SaGa 3.

    Como o jogador, você terá o controle de um dos oito protagonistas do jogo, que possuem um arquétipo próprio, mas em vários momentos do jogo você terá de tomar decisões que afetarão enormemente o arco narrativo destes personagens. Da mesma forma que em RPGs de mesa, a diversão vem de interpretar certos personagens e fazer decisões baseado em quem eles são para ver sua história chegar a sua conclusão.

    Enquanto outros JRPGs da mesma era também trouxeram histórias deslumbrantes e arcos de personagem dramáticos, nenhum capturou a tomada de decisões que Romancing SaGa 3 possui.

    A História

    A cada 300 anos, o mundo sofre uma tragédia conhecida como Rise of Morastrum, um eclipse mortal durante o qual toda criatura viva que nasce está destinada a morrer, exceto por algumas exceções extremamente raras. Estes sobreviventes estão fadados a se tornarem forças do mal, ou grandes salvadores. A história de Romancing SaGa 3 se passa mais ou menos 12 anos após o último Rise of Morastrum, então o drama de uma suposta “criança do destino” será desvendado conforme você explora cada uma das histórias pessoais dos oito personagens principais.

    Em termos de personagens, há muita variedade para escolher. O grupo também é perfeitamente dividido, com quatro mulheres e quatro homens, fazendo o jogo único para seu tempo. Depende completamente do jogador qual personagem irá jogar, mas cada um possui seu próprio caminho individual repleto de decisões, e há múltiplos lados da história para desvendar — jogar novamente é necessário.

    Muitos dos personagens possuem relações secretas, ou não tão secretas, com outros, como Ellen e Sarah sendo irmãs, ou Katarina sendo a guarda-costas de Monika, então você definitivamente irá querer vivenciar a história sob suas perspectivas.

    Gráficos e Sons

    Além de Kawazu-san, a série possui dois outros veteranos de longo prazo que ajudaram a montá-la: Kenji Ito, que trouxe sua experiência musical, e Tomomi Kobayashi, cujas ilustrações coloridas definiram a aparência da série.

    Fãs da série Mana provavelmente reconhecerão o trabalho de Ito-san aqui, mas a série SaGa continua marcante para Ito-san: “(A música de SaGa é) bastante especial para mim pois é um projeto que me ajudou a construir minha carreira como compositor.”

    Do tema de batalha poderoso de Romancing SaGa 3 até sua abertura esperançosa, há muito para os jogadores aproveitarem musicalmente em sua jornada. Ito-san também compôs oito temas, um para cada protagonista, e sua abordagem começou “ao revisar documentos que falavam de suas características, físico e outros aspectos dos personagens. Depois, tentamos criar uma melodia ou mix que nos permita sentir a determinação ou vontade do personagem, de forma que a personalidade de cada um também esteja presente na música”. Tenha isso em mente ao jogar e ouvir os diversos temas do jogo.

    Kobayashi-san trabalhou na série Romancing SaGa desde sua criação, e deu a ela sua aparência colorida e dinâmica. Seu estilo incorpora um traço leve, uma paleta de cores em aquarela e diversos detalhes intrínsecos nas roupas dos personagens e nos fundos.

    Fãs dos mangás japoneses irão achar seu estilo influenciado pela arte dos mangás shoujo — algo que Kobayashi-san ativamente tentou utilizar em seus designs de personagem. “Eu presumi que este tipo de jogo seria mais jogado por homens que mulheres, então meu objetivo foi adicionar mais elementos que fossem interessantes para mulheres em minha arte”.

    Apesar de vilões nefastos e monstros horríveis serem uma ocorrência comum nos RPGs, Kobayashi-san fez de tudo para manter um senso coeso de elegância no design de seu trabalho em Romancing SaGa 3. “Tentei tornar as coisas mais sombrias ou assustadoras em algo belo. Ao invés de estranheza, eu tento invocar elegância, romance e sonhos”.

    As Batalhas

    Bem, Romancing SaGa 3 tem a parte da história, música e arte bem feitas, mas vamos aos detalhes — é hora de falar dos sistemas de batalha.

    Como muitos jogos do gênero, Romancing SaGa 3 se utiliza de combate em turnos para você e sua equipe de cinco personagens, além de seus inimigos. A diferença é que o posicionamento e a formação de seu grupo tem um grande papel em como você pode maximizar a ofensiva enquanto mitiga suas fraquezas. É o que também te possibilita performar ataques poderosos que seriam de outra forma impossíveis.

    “Inspiração” também tem um papel grande nas batalhas. Com esse sistema, cada vez que um personagem ataca, há uma chance da inspiração aparecer (como uma lâmpada aparecendo em sua cabeça!) e dele lançar um novo ataque. Seu personagem poderá executar este novo ataque a qualquer momento após, então vale fazer diversas batalhas para crescer seus personagens antes de enfrentar batalhas maiores.

    Há também um sistema único chamado Mass Combat dentro do jogo. Quando você opta por Mikhail como seu personagem principal, você pode participar de batalhas em larga escala, onde você comanda um exército. Naturalmente, este sistema difere bastante do sistema normal, mas é um que você irá querer testar durante o jogo. Há também outros mini-games presentes em Romancing SaGa 3, então fique de olho para estes diferentes modos de jogo enquanto explora.

    O Novo

    Considerando que Romancing SaGa 3 é um remaster em HD, esta versão possui gráficos lindos e otimizados para plataformas modernas. Além disso, há uma nova dungeon chamada “Phantom Maze” para jogadores explorarem. Há também a função New Game+, onde você pode levar alguns itens, habilidades aprendidas, dinheiro, níveis de habilidades e mais para um novo jogo.

    O game é realmente uma experiência. Com seus oito protagonistas, múltiplos finais saindo de cenários diversos, escolhas revolucionárias e sistemas de batalha, há muito para agradar os fãs de JRPGs. Demorou para chegar, mas nas palavras de Kawazu-san: “[…] poder trazer um título para o oriente é uma grande alegria. Espero que aproveitem.”

    Romancing SaGa 3 está disponível para PS4 e PS Vita. Novos fãs também podem ficar de olho nos lançamento futuro de SaGa Scarlet Grace: Ambitions em 3 de dezembro para PS4."

    Fonte: https://observatoriodegames.bol.uol.com.br/destaque/2019/11/viva-um-novo-classico-com-romancing-saga-3

    Romancing SaGa 3

    Platform: SNES
    121 Players
    16 Check-ins

    29
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-07 17:05:49 -0200 Thumb picture
    fonsaca checked-in to:
    Post by fonsaca: <p>Passando um pouco o tempo com Jesus.</p><p>#img#
    Fight of Gods

    Platform: PC
    11 Players
    7 Check-ins

    Passando um pouco o tempo com Jesus.

    17
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-03 20:06:53 -0200 Thumb picture

    Ajuda com a Steam - Resolvido

    Depois de meses, resolvi reinstalar a Steam aqui. Mas abro e fica tudo preto. Alguém sabe como resolver?

    ATUALIZADO: Desinstalei, reiniciei o PC e reinstalei... agora parece normal.

    Depois me perguntam pq não gosto de jogar no PC... =/

    Fight of Gods

    Platform: PC
    11 Players
    7 Check-ins

    24
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2019-11-01 15:40:18 -0200 Thumb picture

    Seguidores de SNAP - O Filme

    Muito antes de inventarem o termo "Snap" para snapchat e essa coisas (no saudoso ano de 2005), um filmaço de comédia estilo Hermes e Renato foi produzido aqui em Curitiba com essa sigla. Apreciam mais essa pérola da sétima arte!

    12
    • Micro picture
      onai_onai · 17 days ago · 2 pontos

      Parece uma versão brasileira de Yu Yu Hakusho. Hehe...

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...