2019-06-19 10:11:31 -0300 2019-06-19 10:11:31 -0300
neilson1984 Eduardo Filhote Featured

A treasure e seus jogos magníficos!

Single 3728575 featured image

Treasure

A companhia formada por ex-integrantes da KONAMI foi fundada dia 19 de junho de 1992 após sua frustração com o foco desta apenas em sequências de franquias estabelecidas. O conceito de Gunstar Heroes foi apresentado mas vetado pela KONAMI e esse foi o fator determinante para a saída de membros importantes que queriam apresentar novas ideias aos jogadores. A competente Treasure atuou bastante ao lado da SEGA com jogos de qualidade.

Como foi mencionado a cima, a Treasure é um pequeno estúdio japonês, erguido por antigos funcionários da Konami que sonhavam em ter liberdade para desenvolver seus jogos. Segundo uma entrevista do presidente da empresa ,Masato Maegawa, a GameFan Magazine de setembro de 1993, a Konami não apostava no sucesso do “Gunstar Heroes“, sendo a principal razão para ele sair de lá.

“Quando você decidiu sair da Konami?” – pergunta o jornalista

A Konami é uma empresa enorme, então não tem como você desenvolver os jogos como você quer.” – responde Maegawa – “Os maiores títulos da Konami são TMNT, Castlevania etc… eu não queria continuar fazendo apenas sequências, mas para direcionar as vendas é o que deve ser feito. Quando apresentei minha ideia sobre o Gunstar Heroes, eles recusaram dizendo ‘não, não venderá’. Eles querem algo certo por serem uma companhia de alto nível”. 

Logo que fundaram o estúdio, eles fecharam parceria com a SEGA e começaram a trabalhar no já citado “Gunstar Heroes“, feito para mostrar que o Mega Drive podia ter efeitos de transparência, distorções e “zoom” que, até então, os jogadores acreditavam ser exclusividade da concorrência.

Além disso, Maegawa declara na mesma entrevista que o processador do Mega era mais fácil de trabalhar e que seria “muito difícil desenvolver este jogo no videogame concorrente“, evidenciando que mais do que a sofisticação técnica, o que conta é como os desenvolvedores trabalham com recursos.

Com o grande sucesso de “Gunstar Heroes”, eles continuaram a parceria com os videogames SEGA até esta sair do ramo de consoles, como o “Guardian Heroes” para o Sega Saturn e “Ikaruga” para o Dreamcast. Após a mudança nas políticas da “casa do Sonic”, a Treasure continuou sendo parceira, e um dos jogos mais notáveis da dupla é o “Astro Boy: Omega Factor” para GameBoy Advance.

Como dito na introdução, este foi o primeiro lançamento do estúdio, apesar de que o “Mc Donald´s Treasure Land Adventure” foi o primeiro projeto trabalhado.

Vindo de uma parceria com a famosa rede de fast-foods, o “McDonald´s Treasure Land Adventure” é um típico jogo de plataforma dos anos noventa. Você anda por cenários laterais, pula, vence chefes no final de uma fase e deve superar obstáculos. No entanto, ele tem muito da identidade da Treasure, com ritmo frenético, riqueza visual impressionante, chefes criativos e procura extrair bem a potência do Mega Drive.

Após a conclusão dos jogos anteriores, a Treasure foi dividida em quatro para trabalhar em quatro projetos diferentes para o Mega Drive: “Alien Soldier”, “Light Crusader”, “Yuyu Hakusho: Makyo Toitsusen” e o “Dynamite Headdy”.

Após o lançamento japonês deste último, o jogo chegou às mãos da SEGA Americana e lá eles ordenaram que o estúdio “elevasse o nível de dificuldade” para que as pessoas não o completassem ao alugá-lo. Por essa razão, a versão ocidental de “Dynamite Headdy” é, pelo menos, duas vezes mais difícil que a oriental, além da decisão em mudar alguns sprites e boa parte dos diálogos foram removidos para deixar o game mais dinâmico.

Assim como o “Gunstar Heroes”, este se tornou um clássico do Mega Drive e é bastante lembrado até os dias de hoje. Tendo excelência em todos os pontos, chefes criativos e variedade, este é mais um game com toda “a cara” da Treasure.

Este tem uma história bem curiosa para nós, brasileiros. Originalmente, “Yuyu Hakusho: Sunset Fighters” ficou restrito ao mercado japonês, porém, quando o anime chegou ao Brasil, a Tectoy resolveu localizá-lo. Isso significa que não há lançamento norte-americano e nem europeu, apenas o Japão e o Brasil têm esse game. A versão nacional hoje vale “uma fortuna” para colecionadores do mundo inteiro.

Mas vale lembrar que ele é um competente jogo de luta em 2D, reforçando ainda mais a credibilidade da Treasure. O curioso é que a tradução para o português ficou “fiel demais” a sua versão original, não contando com os nomes adaptados (Yusuke é Urai / Kuwabara é Kuwaha etc).

Este é um game que ficou exclusivo no Japão e Europa, exceto se você contar a versão do Sega Channel, o serviço online da SEGA. Seguindo a tradição de bons games da Treasure, “Alien Soldier” tem tudo que você espera de um jogo do estúdio: chefes gigantes, ritmo frenético, gráficos bons, música intensa e por aí vai.

No entanto, este aqui não é tão amigável para jogadores casuais, sendo mais atraente aos hardcores pelo seu grande número de chefes e nível de dificuldade elevado que divide opiniões. Uma pena não ter chegado em cartucho ao ocidente.

O Saturn contou com vários jogos de navinha de excelente qualidade, mas Radiant Silvergun com certeza é um dos mais lembrados pelos fãs. Desenvolvido originalmente para arcade, chegou ao Saturn em 1998 e é venerado por muitas pessoas como “o ápice dos shooters verticais“. Difícil dizer o contrário.

Como já é tradição nos consoles da Sega, o Dreamcast possui uma biblioteca de games de navinha bem generosa, e um dos mais venerados é Ikaruga, com visuais e efeitos maravilhosos e um nível de desafio estimulante. Produzido pela Treasure e lançado em 2001 para Arcades, ele é uma sequência espiritual do também ótimo Radiant Silvergun (Arcade, Saturn e XBLA) e ganhou versões para GameCube, XBLA e Android, Dreamcast. Um jogo que marcou a geração shooter para sempre.

Uma ótima empresa que anda meio sumida, o último game relevante da produra foi o Sin and punishment para o Wii, bom despeço- me de vocês aqui, porque o texto já está enorme, mas é claro que a Treasure tem muitos mais jogos que não foram citados aqui, mas deixa para proxima stay retro!

Radiant Silvergun

Platform: Sega Saturn
80 Players
10 Check-ins

35
  • Micro picture
    jcelove · 29 days ago · 4 pontos

    A Treasure fez historia no meguinha e tem uma biblioteca irrepreensível ate hj. Pena q sumiu mesmo.

    2 replies
  • Micro picture
    edufilhote · 29 days ago · 2 pontos

    Muito foda!
    Só conheço Gunstar da empresa!

    1 reply
  • Micro picture
    artigos · 29 days ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    1 reply
  • Micro picture
    carlospenajr · 29 days ago · 2 pontos

    Tb só conheço o Gunstar, mas o jogo era fantastico
    PS: fui olhar direito, conheço Ikagura tb, fechei com um camarada meu XD

    2 replies
  • Micro picture
    kess · 29 days ago · 2 pontos

    Nossa, eu não conhecia de nome a empresa, mas os games, esses sim, são de peso.

  • Micro picture
    leandro · 25 days ago · 2 pontos

    Um dos melhores titulos que eu acho da marca é o esplendido Ikaruga. Tenho a versão do NGC

    5 replies
  • Micro picture
    guicarneirol · 23 days ago · 2 pontos

    @neilson1984 cara eu criei uma rede social para gamers com foco principalmente na galera que gosta de escrever sobre o universo de jogos. Você escreve muito bem e seria uma honra se quisesse dar uma passada lá! pyre.com.br

    Por sinal se tiver qualquer sugestão ou reclamação pode falar comigo, todo feedback é muito importante para melhorar ainda mais a comunidade =D

  • Micro picture
    thecriticgames · 3 days ago · 2 pontos

    Curiosamente quase toda a lista de jogos citados esta para ser jogado por mim algum dia, otimo texto alias.

Keep reading → Collapse ←
Loading...