2018-11-12 22:35:49 -0200 2018-11-12 22:35:49 -0200
marcela Durockbeat Finaliza! (Rafael Fernandes)

Futuro da Alvanista

Olá pessoas!

Venho percebendo muitos posts de fim da Alvanista pipocando pela rede e isso me preocupa um pouco, então chegou a minha vez de fazer um pronunciamento e de alguma forma, uma contribuição. Por isso, já peço desculpas caso esse post seja longo e peço ao final, se puder, que participe.

O que sabemos com certeza é que o domínio está pago até Fevereiro de 2019 (Consulta Who is). Se será renovado, aí cabe apenas ao @sikora.

Pra quem não sabe, qualquer site na internet precisa de duas coisas pagas em dia: O domínio (pago anualmente) e a hospedagem (pago mensalmente, semestralmente, anualmente, vai depender do contrato que a pessoa tiver). Sem isso um site/loja/rede social, qual coisa na World Wide Web, não funciona e claro, não será visualizado.

O domínio é como se fosse uma licença que você deve obter junto a prefeitura, é seu nome, sua marca, o endereço que a pessoa deverá digitar quando quiser te alcançar. Esse é baratinho, mesmo os nacionais feitos da Registro.BR são acessíveis.

Aí temos o que come o bolso: A Hospedagem. Se você tem um blog pequeno, há várias ferramentas ou sistemas que hospedam de graça, mas naturalmente se você tiver um site mais robusto, uma loja virtual com sistema próprio, ou uma rede social, deverá pagar por uma hospedagem de qualidade. Essa varia demais de preço, mas para uma rede social isso é bem caro, afinal há um sistema complexo funcionando por trás, trabalhando com logins distintos de perfis, várias funcionalidades e etc. Em alusão, é como se fosse um aluguel de um ponto. Sem um espaço físico você não consegue operar a sua marca.

Com tudo isso em mente, para que a rede possa continuar em pé, ela não precisa de "engajamento", nem "reestilização da Lola", nem novas conquistas, nem nada de fútil. 

ELA PRECISA DE UMA FONTE DE RENDA MENSAL GARANTIDA. 

Simples assim.

E a fórmula a gente conhece do Facebook: Os ads.

Você pode até reclamar, não gostar, virar a cara, mas para manter uma rede social com um certo porte e principalmente de GRAÇA, os ads são um mal necessário.

E não digo Ads "voluntários" com o que temos aqui na lateral >>>

Em que a empresa tem de se cadastrar e etc. Não não. Ads do Google mesmo, é a maneira mais fácil e acessível hoje que enxergo para monetizar com a rede com os views das pessoas.

As doações se provam fracas. Os mineradores se provaram um fracasso e com alta taxa de reclamação.

Tendo tudo isso em mente, peço a sua ajuda com duas enquetes:

Te incomoda o fim da Alvanista?

https://www.ferendum.com/pt/PID198033PSD98587

Questiono isso pois vejo VÁRIAS pessoas chorando por um suposto fim da rede, dizendo que aqui é sua casa, que conheceram várias pessoas legais. Mas quero saber isso na prática.

E lanço outra pergunta:

O que acha de ads (anúncios) do Google na Alvanista?

https://www.ferendum.com/pt/PID198034PSD17734

Pois aí está o pulo do gato para um possível sustento mensal da rede.

Com isso em mãos, vou apresentar ao Sikora e ele irá avaliar o que fazer com isso. Essa será minha contribuição prática com a rede qual faço parte tem mais de 5 anos.

Não vou ficar spammeando isso em todos os cantos da rede, então peço gentilmente a sua ajuda em compartilhar esse post e ajudar com as enquetes.

Peço também humildemente que ninguém estrague a votação, votando várias vezes na sua opção. Tenha maturidade.

Vou deixar por uma semana essa enquete, depois condensarei todos os dados e comentários/sugestões nesse próprio post e enviarei pro Sikora.

Muito obrigada turminha! :D

148
  • Micro picture
    le · about 1 year ago · 14 pontos

    Na real, eu acho que anúncios, na situação atual da Alvanista, não vão adiantar muito. Temos poucos usuários bem ativos aqui.

    A rede precisava de uma divulgação, pra crescer e aí, sim, meter os anúncios.

    Já bati várias vezes na tecla de tentar parcerias com outros sites, tanto jornalísticos quanto coisas do tipo RetroAchievements, e com lojas (a Nuuvem tem até um perfil aqui; se fizesse uma proposta legal de benefícios ao perfil deles, talvez rolasse algo legal, nem que fosse uma divulgação gratuita pro quase 700 mil seguidores que eles têm no Facebook - até o Green Man Gaming talvez se interessasse, já que eles vêm fazendo bastante divulgação pra público brasileiro). Tudo isso aí tem bastante público brasileiro (que é o alvo da rede, e acho que todo mundo aqui preferiria que continuasse sendo).

    Já falei também algumas vezes que, em termos de design e funcionalidade, essa é a melhor rede social de video games que existe.

    Um retorno da sincronia/rankings (e talvez até uma integração com achievements do RetroAchievements - não deve ser algo muito difícil, já que até o LaunchBox tem isso) aliado a uma boa divulgação faria milagres por isso aqui.

    Uma outra coisa que eu acho muito importante é, daqui pra frente, não ignorar os usuários. Durante as maiores mudanças na rede (personas, sistema de upvote/downvote anônimo em vez de vidas identificadas pra comentários, divisão de postagens em vários tipos, quando só a postagem comum e o check-in já davam conta perfeitamente...), muita gente foi contra, explicou por que achava que não daria certo, que espantaria usuários.

    A direção da rede ignorou. Não só ignorou como, na época, também postou até um artigo dizendo que o usuário não sabia o que era o melhor pra ele. Ou seja, basicamente uma afronta irônica aos usuários e a suas preferências/manifestações.

    Muita gente que era BEM ativa aqui se mandou depois de tantos foda-se da moderação/desenvolvimento. Ou seja, isso é algo que precisa mudar também.

    Bom, pra não dizerem que eu só reclamo, posso me colocar à disposição (dependendo da demanda de tempo) pra ajudar em algo aqui também. Sou formado em Jornalismo e trabalho como tradutor há 10 anos. Se esse conjunto de habilidades servir de alguma coisa pra ajudar, podem me procurar.

    20 replies
  • Micro picture
    marcela · about 1 year ago · 6 pontos

    Pessoal, muito obrigada pelo empenho e participação!
    Prometo responder a todos e participar da discussão de ideias, é que hoje o dia foi corrido.

  • Micro picture
    leopoldino · about 1 year ago · 5 pontos

    Acho que ninguém vai morrer por causa de alguns anúncios entre as postagens.

    1 reply
  • Micro picture
    eduardo_wrzecionek · about 1 year ago · 4 pontos

    Cara eu não ligo para propaganda se for assim, então assim que seja para o bem da rede social e mais ajuda das pessoas que vem apoiando estou a disposição a contribuir até mais alem de puder conter ajuda de alguns Youtuber para a divulgação e demais parcerias, poderia dar um gás. Sei lá só estou dando uma ideia.

  • Micro picture
    luis_f · about 1 year ago · 4 pontos

    Eu leio muito a rede. Me ajuda bastante a escolher o que jogar. Interajo muito pouco, assim como alguns comentaram aqui, também não me agrada os aspectos que remetem ao Facebook, como postagens de artes, cosplays, o que me atrai mesmo são notícias de games de todas épocas e não apenas da atualidade, comentários no check-in do pessoal, as críticas e o melhor: poder montar minha grade de títulos terminados. Amo ler e não me agrada como cada vez mais os reviews de quase tudo no mundo do entretenimento está sendo feito através de vídeos. Como segundo meio para ler e interagir sobre games, tenho usado o velho método de seguir os diversos sites e blogs que falam principalmente de títulos passados, acompanhando as atualizações por e-mail e indo no link dar uma boa lida e comentar.
    Conforme falei, minha interação aqui no Alvanista é mínima, mas sempre fui bem tratado e gosto desse tom sem agressividade, leio muito as conversas entre os outros e vejo que quase todos se respeitam mesmo, muito bom estar em um local assim.
    Quanto ao nome da rede, Alvanista, não vejo problema em ser uma palavra desconhecida, eu mesmo não fazia ideia do significado e jogo videogames desde 1989. Uma palavra diferenciada até ajuda a filtrar na busca online e a consolidar o nome na mente.
    Propagandas não seriam um mal, mas respeito a decisão do proprietário da rede se não quiser tê-las. Enfim, torço muito que o Alvanista se mantenha e prospere.

  • Micro picture
    shadow_gr2 · about 1 year ago · 3 pontos

    Até facebook tem anuncio, pq o alvanista n teria? Ta mais q na hr

  • Micro picture
    mbomnis · about 1 year ago · 3 pontos

    Sem querer mijar na sopa, mas já mijando... só colocar anúncios, como o @le disse, não vai adiantar. Até porque é extremamente comum as pessoas usarem AdBlocker em seus navegadores. Isso inutilizaria os anúncios :/
    Precisaria de mais coisas sendo feitas em paralelo, porque a rede sempre teve esse jeito de "cidade pequena onde todo mundo se conhece" e, com as panelinhas indo e vindo, é difícil gente nova chegar pra ficar.
    Quem eu conhecia que veio pra cá acabou saindo porque a rede não passa de um 'segundo Facebook' e essas pessoas simplesmente decidiram ficar só no Facebook, já que as pessoas, postagens, personas etc são tudo a mesma coisa que já se vê no Facebook.
    Utopicamente a rede podia ser um lugar onde as pessoas podiam realmente conversar sobre jogos, ao invés de ser só mais um lugar pra ver memes, fanarts e cosplays sexualizados. Na falta de uma persona pra fanart/cosplay sensual, aqui tem TRÊS, por exemplo.
    Pra isso já tem Facebook e até o próprio Google. Pra Alvanista ser atrativa, ela tem que ter algo diferente. Mas aqui é difícil falar sobre jogos, porque sempre rola tretinha de fulano gostar de X e ciclano gostar de Y. A opção de anonimato das personas meio que agrava isso, porque um sujeito pode simplesmente logar na persona, falar a bosta que quiser, e ninguém sabe quem é. Esse anonimato é uma coisa poderosa. Deixa tudo impessoal, então a criatura por trás da persona anônima sente mais liberdade em falar o que realmente pensa (ou em simplesmente ser grosseira de graça).

    Acho que qualquer mudança na rede, nessa altura do campeonato, é paliativa. Seria impossível mudar o comportamento e a mentalidade das pessoas aqui, mas acabaria sendo mais efetivo. Incentivar a interação poderia ter um impacto mais positivo que resultaria em mais investimento/cuidado por parte da administração da rede. Aí sim, quem sabe...

    Mas do jeito que tá, a rede se resume a meia dúzia de gato pingado falando sobre jogos, em meio a dúzias de personas fazendo posts enlatados como qualquer página aleatória de Facebook já faz desde sempre (e muita gente que usa Alva também tem Facebook então derrota o propósito de estar em 2 redes sociais), e um ou outro grupinho de gente que só sabe postar meme e piada interna que só eles mesmos entendem. E pra completar, as pessoas só sabem apertar o botão do coraçãozinho, que não gera interatividade nenhuma.

    2 replies
  • Micro picture
    marcela · about 1 year ago · 3 pontos

    Vou condensar aqui as respostas ao pessoal, mas vou fazer esse novo "comentário" pra ficar visível e poder esclarecer os pontos:

    @le Muito bom ponto de vista. Sem dúvida as parcerias são fundamentais, mas acho que mais fácil nesse momento é primeiro preparar o terreno com anúncios, simples de Adsense e aí cair matando com as parcerias, pois aí viria o fluxo de gente novo e com isso já ganharia passivamente pra pelo menos pagar o mínimo da hospedagem. Vou citar um exemplo: Imagina que você mora num apartamento e teu colchão tá te matando as costas, teu fogão só funciona uma boca e você não tem máquina de lavar roupas, tem que fazer tudo manualmente. Você precisa de um trabalho que te gere uma renda que no mínimo pague o aluguel. Arranjando um emprego melhor, você consegue além de prover o mínimo, vai sobrar pra melhorar os outros itens de casa, pois sem salário, tu não vai manter o apartamento e a dor de cabeça será maior. É assim que enxergo a Alvanista agora, precisando de uma renda passiva mínima pra poder se manter online. Meu receio com parcerias que "paguem" pela visibilidade ou benefícios, é que se caso essa não for renovada ou cancelada, a Alva fica sem grana de novo e volta a estaca zero.
    Já presenciei a criação de vários blogs e sites e o curso normal é: Montar o blog > Colocar os anúncios > Divulgação e parcerias, aí começa a monetizar.
    Sobre o nome, sei lá se mudar a essa altura faria diferença, e até acho que seria ruim, pois o Google já indexou como "Alvanista", mudar agora penalizaria nos resultados orgânicos de busca e seria ainda mais difícil a divulgação. Se fosse pra mudar o nome, deveria montar uma nova rede.
    Já sobre o fato de eles não nos "ouvirem" concordo plenamente. A rede ainda é "pequena" comparada ao Facebook por exemplo, então ainda o Sikora tem essa facilidade em acompanhar, entender ou atender o que pedimos.
    Sobre o sistema de sincronia dos rankings, não sei como funciona esse aqui da Alvanista especificamente, mas qualquer comando que precise ser rodado de hora em hora, ainda mais em se tratando de diversas contas, exige um servidor dedicado parrudo pra isso, pra não dar lentidão na rede enquanto o faça. Sei que antes tinha isso, mas eram menos perfis sendo sincronizados e não sei qual tipo de servidor eles tinham antigamente, então, por mais que ache essa função legal, não sei qual o nível de impacto isso tem no servidor, então não posso opinar.

    @taironecass Valeu pela tua contribuição. A essa altura é muito importante. Sobre passar pra frente, seria aí uma negociação de venda, acredito eu, pois querendo ou não, o @sikora tem uma base de e-mails muito valiosa ;)

    @mbomnis Mas isso é fácil de ser contornado. Existem códigos que você coloca na tua página que conseguem detectar qualquer coisa. Qual navegador está usando, qual versão, se está logado ou não e quais extensões possui no seu navegador. Sendo assim, apenas basta colocar um lightbox de "Friendly Reminder" "Você está usando um bloqueador de anúncios e precisamos deles para manter a rede ativa e gratuita e bla bla bla", você já deve ter visto isso. E não obrigar a pessoa a desativar, apenas lembrá-la que os anúncios são fundamentais. Se obrigar a desativação acho que vai mais afastar do que ajudar.
    Sobre o resto dos comentários é mais de comportamento do pessoal, aí não posso opinar, não é algo de função e etc, é o ser-humano uhauhahu

    @realgex Perfeito cara. Tipo eu sei que o @sikora tem outros compromissos e responsabilidades. Eu o parabenizo por criar isso aqui e dar um alcance nacional, isso não é pra qualquer um, mas também não dá pra deixar de lado a essa altura do campeonato, sem dar satisfação e tal. Sinceramente seria realmente bom, como a maioria aqui comentou, que ele ao menos fizesse um pronunciamento oficial pra dizer qual DE FATO será o futuro da rede. Enquanto isso ficamos aqui batendo cabeça.

    @bymyself Pois é, minha ideia de fazer a enquete é que dê uma luz pra ele do que fazer, ou quem sabe até um empurrãozinho, sabe? Por isso seria legal esse post chegar no maior número de membros ativos para que possamos ter dados sólidos pra enviar pra ele. Por ora eles estão se mostrando muito positivos, com pessoas que realmente se importam com isso aqui. Vamos ver o que rola.

    @sergiotecnico Paga pouco mas hoje, tirando as doações voluntárias a renda é de zero, não é mesmo? Então antes um troquinho que pelo menos pague o mínimo da hospedagem, do que nada hahuauhahu
    Mas cara imagina só, dei uma olhada rápida aqui e a Alvanista teve no último mês 440k visitas. Imagina esse número vendo ou até mesmo clicando em ads? E isso que já teve muito mais, só em Junho bateu 660k, imagina antes quando era movimentado pra valer:
    https://imgur.com/a/xS3b7S6
    Enfim, algum retorno daria de certo e em seguida com o combo de parcerias e divulgação, aí ficaria perfeito.

    @a2 Pô, mas aí ninguém vai querer mesmo huauhahua. Esses ads chatos são só pra sites tranqueiras e na maioria das vezes esses ads contém vírus. Sem chance.

    @fredson Mas aí é questão de revisão. Punir quem compartilha esse tipo de conteúdo que prejudica a rede e voltar com os anúncios. Pô tem trocentos sites de pirataria, conteúdo adulto, e vírus que contém anúncios. É apenas questão de moderar o que está rolando.

    5 replies
  • Micro picture
    thecriticgames · about 1 year ago · 2 pontos

    Compartilhar pra ler depois.

  • Micro picture
    taironecass · about 1 year ago · 2 pontos

    Boa postagem, li por completo e digo que é uma boa ideia! Tanto que já votei nas duas enquetes e espero que surtam algum efeito positivo pra rede. Comecei a contribuir também com um pouquinho de dinheiro no apoia.se pra ajudar de alguma forma.

    Seria bacana um pronunciamento e definição oficial por parte do Sinkora, mostrando se vai continuar, desistir da parada ou até passar pra alguém que queira manter o projeto e tenha boas ideias.

    5 replies
  • Micro picture
    pauloaquino · about 1 year ago · 2 pontos

    Qualquer coisa que faça com que o Alvanista continue existindo é bem-vinda.
    Disse e repito aqui: se eu tivesse condições, eu ajudava.

  • Micro picture
    noyluiz · about 1 year ago · 2 pontos

    Eu realmente não ligo pra propaganda e é pelo bem do site

  • Micro picture
    manoelnsn · about 1 year ago · 2 pontos

    Pensamento bem interessante. Realmente a rede precisa de grana e urgente, e como os membros não conseguem sustentar a rede apenas com doações o jeito é apelar pra propagandas mesmo. Se for pra ajudar a rede a se manter, i don't care.

  • Micro picture
    mysteron · about 1 year ago · 2 pontos

    Problema nenhum em ter ads. Se é isso que vai garantir a existência do site e pode até criar a situação necessária para que ele cresça e alcance mais pessoas - vai fundo. O importante é que a comunidade terá aqui a chance de poder conversar sobre a nossa grande paixão!

  • Micro picture
    realgex · about 1 year ago · 2 pontos

    Propagandas, sim. Anúncios, sim. Divulgação, sim. Parcerias com sites externos, sim. Fazer o novo usuário vir pra cá, sim. Mudar o nome da rede, sim. Colocar algum atrativo que realmente faça os novos e os atuais usuários ficarem na rede, sim. Sincronias, listas, chat, entre outras coisas, sim. Mas pra isso é necessário que haja o engajamento, a disposição, a vontade, o tempo, vários aspectos que o proprietário da rede precisa averiguar se, aplicando eles na rede que o mesmo criou, faz-se que aqui seja algo rentável para ele. Não adianta nada ser hipócrita ou falso e dizer que aqui é lindo e maravilhoso, um lugar utópico para se falar de jogos (como o @mbomnis citou), sem isso aqui ser lucrativo. Muitos usuários aqui que conheço, das antigas, como o @le e tantos outros, inclusive eu, já usam a rede há tempos e vimos muita coisa passar por aqui. É uma rede legal e bacana, se não a melhor e mais prática pra se usar, em termos de jogos. Mas tem-se que ter fatores pessoais para que a mesma continue. Ajuda com certeza existe de todos os lados e a terá. Mas, precisa gerar grana. Ou não depender dela pra viver. Ou, querer que isso aqui vá pra frente.

  • Micro picture
    lukenakama · about 1 year ago · 2 pontos

    Concordo, o site não precisa de novas conquistas para encarecer a mensalidade, precisa de anuncios, e eu sou do tipo que não usa mais adblock, e seria legal se mais ninguem usasse em nada, você precisa dar dinheiro para o que está consumindo.
    Claro que tem umas merdas ai na internet que não merecem nem que você veja o anuncio, mas isso não vem ao caso.

  • Micro picture
    bymyself · about 1 year ago · 2 pontos

    Concordo plenamente com o pensamento do @le, aliás, não só eu, todos que levaram a proposta de cooperação para o Sikora. A parceria da Alvanista com outros sites, assim como os ads e outras ideias para fazer a rede ir para frente faziam parte de proposta, que não foi aceita. Uma coisa muito séria e que cada vez mais acredito que seja realmente o que acontece é que a moderação/administração do site está pouco se importando com a rede. Aparentemente o Sikora mantém isso aqui sozinho e precisa de ajuda (não somente financeira), mas se recusou a aceitar a nossa (espero, de verdade, que ele aceite a ajuda de alguém para manter o site, senão infelizmente irá acabar). Caso esse pensamento de não querer abrir mão de algumas coisas para ver a rede crescer, infelizmente somente os ads não irão salvar a Alvanista. Ao meu ver a administração só vai começar a investir aqui quando a rede estiver dando algum tipo de lucro (e hoje está bem longe disso).
    No entanto, os ads podem ser um começo. Espero realmente que ele dê atenção para você e para sua pesquisa e que realmente possamos ver alguns anúncios por aqui.

  • Micro picture
    durockbeat · about 1 year ago · 2 pontos

    Fiz o meu apoio no apoia.se e sou a favor de anuncios.

  • Micro picture
    durockbeat · about 1 year ago · 2 pontos

    Existe algum grupo de whatsapp do Alvanista?

    2 replies
  • Micro picture
    a2 · about 1 year ago · 2 pontos

    desde que não seja aqueles ADs flutuantes que se jogam na sua cara e são dificeis de fechar ou que abrem janelas ou abas sem sua permissão. Nem aqueles que se jogam pra todo lado tornando a navegação literalmente um touhou do caralho só que você tá tentando passar o mouse sem clicar num AD, tá beleza i guess. é só adicionar o alva como uma excessão no adblock e tudo ok.

    mas não sei como isso ajuda, eu nunca cliquei num anuncio desses.

  • Micro picture
    andre_andricopoulos · about 1 year ago · 2 pontos

    Respondido e compartilhado.
    Torcendo pro melhor da rede...

  • Micro picture
    papm22 · about 1 year ago · 2 pontos

    Por favor, coloquem anúncios ! Desde que comecei a escrever artigos aqui, em 2015, tenho me sentido muito bem, principalmente pela maturidade dos usuários! Não acabe!

  • Micro picture
    galathar · about 1 year ago · 2 pontos

    Em última instância, caso não seja elaborada uma solução pra questão financeira até fevereiro de 2019, acho que seria viável criar/migrar temporariamente a rede (e seus usuários) para algum fórum, de forma que as pessoas não se dispersem e que seja viável avisar a todos quando uma solução surgir. Sugestão caso o pior cenário se concretize e ainda não haja dinheiro ano que vem. O próprio ADM da Alvanista poderia criar esse fórum.

  • Micro picture
    vinicios_santana · about 1 year ago · 2 pontos

    Votei, seria um dos órfãos se a rede desaparecesse, por isso sou a favor dos anúncios, mas tenho medo que vire um Facebook ou Instagram de modo que quem paga tem destaque.

    4 replies
  • Micro picture
    johnny_bress · about 1 year ago · 2 pontos

    é uma pena que as doações sao fracas, algumas pessoas nao podem ajudar, mas outras sim.

  • Micro picture
    fredson · about 1 year ago · 1 ponto

    Se me lembro bem... Google cortou a Alvanista por conter links maliciosos. Alguém postou coisa com vírus aqui. Acho que anúncios do Google não é mais uma opção. Foi isso mesmo @sikora?

    3 replies
  • Micro picture
    mattfenrir · about 1 year ago · 1 ponto

    Se é pelo bem da rede, a gente aceita, mas como mencionaram podia haver divulgação do site também. Espero que dessa vez o sikora aceite. Obrigado pela iniciativa!

  • Micro picture
  • Micro picture
    sergiotecnico · about 1 year ago · 1 ponto

    Não me incomodaria em nada ter anuncios, mas adsense do google paga muito pouco. Acredito que as doações ajudam muito mais que o adsense.
    Pra ter lucros com anuncios, o ideal é correr atrás de parcerias específicas, e vender os espaços de anuncio diretamente, que daria muito mais retorno, porém isso requer alguém com tempo que possa se dedicar a esta função.
    Como sabemos o Sikora está tocando o barco sozinho e se desse pra fazer isso, ele já teria feito.
    Entendo todo mundo querendo dar idéias pra ajudar, mas o Sikora é o pai disso aqui, por certo ele já considerou todo tipo de idéias.
    Quem quiser ajudar, entra lá no apoisa.se/alvanista e faça um compromisso mensal de doação.

Keep reading → Collapse ←
Loading...