dlima

The Great Mighty Poo song is the best opera music of all time

You aren't following dlima.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2020-07-11 19:25:06 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    15
    • Micro picture
      dlima · about 4 hours ago · 2 pontos

      isso é o que chamam de alto calibre? entendi agora

      5 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 4 hours ago · 2 pontos

      O pente de balas chega a tremer!

    • Micro picture
      wcleyton · about 4 hours ago · 2 pontos

      Alto calibre viu

  • 2020-07-11 19:37:04 -0300 Thumb picture

    ​Qual o problema dessas VNs?

    Faltou energia no meu bairro hj, ai decidi terminar uma VN que to emulando pelo celular usando o Ren'Py  até ai tudo bem:

    tarde quente uma VNzinha é tudo...MAS de repente vem aquele final inesperado...vc que já estava preparado para a "ação" se surpreende pelo desfecho ruim/triste/bad/too f**king wrong pra ser verdade, tipo por que? (claro não semelhante ao 177013, mas mesmo assim).

    E oq lhe resta agora? onde está sua vontade? cade seu animo? pra onde foi sua libido? nada mais existe, nada mais interessa...

    vou dá um tempo as VNs, eu acho q não estou preparado para tanta reflexão e feels, algumas coisas não tem conserto e uma dessas coisas é minha mente, onde inclusive vou ter que organizar isso primeiro. Queria eu q tudo se resolvesse como em 265918,

    E se vc já passou por algo parecido, pode vir e se sentar se quiser chorar suas mágoas fique a vontade o feels bar tá aberto.

    edit.: marquei Narcissu apenas pelo feels, na verdade joguei outra VN, acho q nem aqui ela está registrada e está bom assim

    Narcissu

    Platform: PC
    48 Players
    1 Check-in

    10
    • Micro picture
      jcelove · about 4 hours ago · 1 ponto

      Mas narcissu é eroge? ??A que vi no steam era um negocio deprimente de cara, climao drepe danado u_u

      2 replies
    • Micro picture
      lukenakama · about 3 hours ago · 1 ponto

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk foda meu

  • jcelove José Carlos
    2020-07-11 14:55:06 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Desafio dos favoritos

    Fui marcado pelo chapa @thecriticgames nesse novo @desafio que consistem em rankear 5 jogos favoritos em 15 tópicos, ou dos seus 5 jogos em 15 motivos pré divididos assim:

    5 destes tópicos para o favorito, para o 1° lugar

    4 para o 2° lugar

    3 para o 3°

    2 para o 4° colocado

    e 1 para o 5°.

    Se ficar complicado basta seguir o exemplo de quem lhe desafiou.

    REGRAS:

    Copie e cole o texto até então, marque a persona @desafio e desafie mais 3 pessoas e não estenda demais o seu post pra não virar uma verborragia de elogios, dai a quantidade de tópicos já contada (é legal falarmos dos nossos favoritos eu sei :) ) mas po lota de imagens, já que só cabem 10 por posts mesmo).

    Fazer listinha de jogos é sempre legal, mas top 5 é complicado pq como diz o Erick lá do Cosmic Effect, o melhor jogo da minha vida eu provavelmente ainda não joguei, já que esse posto ta sempre sendo ocupado, MAS tem alguns jogos que se mantém firme e fortes no meu top 3 da vida, aqueles que nunca canso em recomeçar do zero e ter aquela mesma empolgação. Dai vou citar os 3 mais 2 jogos dentre os favoritos, que estariam com certeza num top 10 da vida independente da época.

    Apesar de ter começado a vida gamistica no Atari das minhas tias e jogado muito no Meguinha do meu irmão, o PS1 foi o primeiro console que tive pra mim de verdade e foi o que mais me explodiu a cabeça por viver a transição da era do pixel pros polígonos 3d e jogos mais cinemáticos.

    5- Klonoa Door To Phantomile (PS1/Wii e digital na PSN)

    -Nunca fui chegado a jogos de plataforma, mas esse maravilhoso título da Namco me prendeu desde a abertura com uma CGi fantástica aos gráficos coloridos num 2.5d muito gostoso de jogar e com uma trilha sonora que ouço até hj d etão boa.

    4- God Hand (PS2 e digital na PSN)

    -MELHOR título do saudoso Clover Studio pra mim. Apesar da óbvia restrição orçamentária que não permitiu ter o refino de jogos como Viewtiful Joe ou Oakami,  e da dificuldade absurda o gameplay é surpreendentemente profundo para um beat em up e a jogabilidade muito unica e viciante  até hoje.

    -O jogo tem a pegada de humor galhofa do jeito que eu adoro, com aquela cara de anime que tem uma trama mais séria por trás mas que não se leva a sério demais em nenhum momento

    3- Vagrant Story (PS1 e digital na PSN)

    -VS tem tudo que me faria detestar o game: dificuldade absurda, design perverso que faz o possível para te ferrar e um conjunto de sistemas que confesso, são desnecessariamente complicados MAS ainda assim é um dos títulos mais fantásticos que tive oportunidade de jogar até hoje.

    -A narrativa cheia de intrigas políticas, reviravoltas e personagens cinza prende do começo ao fim e não decepciona

    -Tem um dos melhores gráficos poligonais da era 32 bit com efeitos incríveis pros padrões do PS1

    2- Resident Evil (PS1 e praticamente todo console com o mínimo de relevância desde então)

    -O primeiro jumpscare dos cachorros pulando a janela a gente nunca esquece.

    -Minha cabeça explodiu qdo vi a intro em forma de filme que hj é hilária mas na época impressionava demais junto com a dublagem que adoro até hoje

    -O sistema de eventos que mudam de acordo com as suas ações sem parar pra te fazer perguntas é sutil e genial, devia ter aparecido mais vezes na série

    -Ainda espero um jogo protagonizado pelo Barry, melhor char da série

    1- Metal Gear Solid (Ps1, disponivel digitalmente na PSN)

    -Um dos jogos com maior fator replay que já vi, não no sentido de novos conteúdos a cada vez que joga e sim pela riqueza de detalhes tão grande que sempre ter algo novo pra fazer ou detalhe pra perceber,

    -A narrativa cinemática de Hideo Kojima misturando o clima de um filme de espionagem sério com anime e a excelente dublagem mostrou que jogos sim poderiam se equiparar a Hollywood.

    -O Stealth do jogo ainda da aula pra muito game atual, forçando o jogador a ser criativo e dando muito liberdade pra resolver problemas.

    -Um elenco extremamente carismático tanto no lado dos heróis quanto dos vilões, com algumas das melhores bossfights da série pra mim.

    -Se não fosse a tortura seria um jogo perfeito. Quem tentou no Extreme entende literalmente essa dor.hehe

    Vou deixar o convite a qualquer um que queira e intimar uma galera que passa muito do limite de 3 mas não vi ser mencionada nos desafios de quem ja fez:

    @emphighwind, @carlospenajr, @_gustavo, @zefie, @msvalle, @netogermano, @herics, @tiagotrigger, @katsuragi@thiones, @hard_waters@peron, @speedhunter, @dlima, e você que quiser fazer tbm!

    Klonoa: Door to Phantomile

    Platform: Playstation
    1083 Players
    41 Check-ins

    45
    • Micro picture
      fla14 · about 9 hours ago · 3 pontos

      5° Lugar - GOD HAND
      4° Lugar - GOD HAND
      3° Lugar - GOD HAND
      2° Lugar - GOD HAND
      1° Lugar - GOD HAND

      8 replies
    • Micro picture
      zefie · about 8 hours ago · 3 pontos

      Apesar de não ser da linha principal, o Barry é um dos protagonistas do RE Rev 2, que é um baita jogão xD

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · about 4 hours ago · 3 pontos

      Ótima lista, exceto GOD HAND que de Deus não tem nada, e de bom menos ainda 🤮

      Jurava que Vagrant ia ser o segundo e não esperava o primeiro RE, o Barry co protagoniza o Revelations 2, que inclusive fica bem legal, já que as partes dele são mais "terror" do que as da Claire.

      12 replies
  • 2020-07-11 04:41:03 -0300 Thumb picture
    dlima checked-in to:
    Post by dlima: <p>Continuando com a saga Halo</p><p>#img#[721816]<
    Halo 2

    Platform: PC
    351 Players
    9 Check-ins

    Continuando com a saga Halo

    Joguei a primeira missão pra ver oq tá por vir, esse não tive a oportunidade de jogar quando juvenil, logo tá uma novidade do caramba

    tipo dual wielding, foi uma grande surpresa, blz q já vi vários jogos com essa característica, mas é sempre surpreendente

    enfim continuando, outra mudança foi a Vida/Health/Saúde/Sangue, enfim nada disso existe mais, oq temos agora é a boa e velha barra de Shield, já existente no jogo passado que se recupera quando vc para de levar cuspe ou seja quando vc extermina os hereges, e só isso...a vida acaba poucos tiros dps do escudo cair. Vai dá ruim.

    agora temos uma sombra. WOW

    e várias cutscenes.

    Enfim, o jogo me parece menos sólido, os loading pra iniciar fase demora uma eternidade, pois não tem mais os "corredores de loading" durante a fase. Até agora, parece tá menos repetitivo. E estou jogando no Hard, os inimigos parecem estar ainda mais difíceis de matar(droga) e é isso, essas foram as primeiras impressões, se eu mudar de opinião sobre algo até o final eu falo, se não só acrescento.

    e todos louvem o FPS/POV

    20
    • Micro picture
      sweet_lorelei · about 14 hours ago · 2 pontos

      joguei o começo do halo 1 novo e gostei o jogo eh muito legal mas sou meio perdidinha rsrsrs não consegui avançar muito mas eh lindo d+

      1 reply
  • 2020-07-11 00:11:27 -0300 Thumb picture
    dlima checked-in to:
    Post by dlima: <p>O jogo <strong>até agora</strong> tá incrível, "
    Lost Planet 3

    Platform: PC
    141 Players
    16 Check-ins

    O jogo até agora tá incrível, "normalmente o número 3 não agrada muito"(NEWELL. Gabe, 2008), mas esse aq pode provar o contrário, não vou colocar o carro na frente dos bois, e dizer q o jogo é excelente pelas primeiras impressões, mas tá se provando melhor que o Lost Planet 2.

    Com uma história,que até agora, parece ser o foco do jogo, pois assim como no primeiro Max Payne o jogo é um longo flashback, gosto muito desse método de: O que diabos tá acontecendo?

    aqui temos o personagem principal, cara grisalho abaixo(não importante), com essa garota,que não sei quem é ainda, nessa roupa apertada(que seguindo as tradições é 2x super importante)

    esses plugsuit ainda vão me matar

    e em falar em Evangelion -> que lembra mecha-> que lembra os VS do Lost Planets anteriores(que tinha uma cultura cercando esses mechas), agora se chamam RIG no Lost Planet 3 e sim aqui estão

    estão mais medonhos que de costume

     a visão interna do mecha tb, foi um upgrade a franquia faltava isso no primeiro quando teve aquela batalha de mecha no céu

    fora isso o jogo tá bacana, a sensibilidade do mouse é alta, mas nada que umas configurações não resolvam, claro isso só é problema se vc desativar a assistência de mira aka jogar feito gente

    a câmera over the shoulder é parecido com o do Lost Planet 2, mas está mais próximo do personagem, contamos agora com um sistema de cover, como mostrado acima

    e o personagem ainda se dobra pra atirar, engraçado terem mantido essa característica desde o primeiro jogo, interessante que ao usar a "mira" a essa se move e a câmera acompanha, diferente de a "mira" ficar fixa ao centro e vc mexer a câmera.

    Enfim, continuo falando mais sobre o jogo em futuros check-ins, talvez continue valendo a pena, talvez não, só o futuro dirá. Mas q tá lindamente empolgante está.

    18
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 23 hours ago · 2 pontos

      Amo o 1

      Dizem que o 2 é ruim...

      Sempre quis jogar o 3 que dizem ter voltado às raízes...

      2 replies
  • netogermano Neto Germano
    2020-07-10 22:43:17 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    netogermano checked-in to:
    Post by netogermano: <p>Terminado!</p><p>#img#[721734]</p><p>Nossa, ganh
    F.E.A.R.

    Platform: PC
    2554 Players
    34 Check-ins

    Terminado!

    Nossa, ganhei esse jogo sei lá a quanto tempo atrás e nunca tinha pensado em jogar até então, mas com uma bela ajuda do review do Gman que revi recentemente decidi que era hora de joga-lo. E só me arrependo de uma coisa: De não ter jogado antes.

    Que jogo excelente... Gameplay, gráficos (estamos falando de um jogo de 2005), além da jogabilidade que é ótima. Causar uma explosão em câmera lenta com a granada nunca cansa. Assim como acertar um headshot com a shotgun. E nem preciso falar a IA do jogo, que é muito boa e faz cada encontro ser diferente.

    Confesso que não sou um super fã da temática e a pegada de horror meio que envelhece um pouco rápido, além de ficar previsível mas, o gameplay continua fazendo você ir pra frente. E assim que o jogo começa a ficar um pouco cansativo, ele termina, fechando bem o jogo desse jeito.

    Foi uma surpresa porque não esperava gostar tanto. Ainda mais porque já joguei o 3 e larguei no final de tanto que vinha detestando...

    17
    • Micro picture
      jcelove · 1 day ago · 1 ponto

      Eu peguei ele a anos no steam naquela pacoote com o 1, 2 e expansões mas nunca peguei pra valer. Na época era pesadão e os graficos incriveis. Hj a pegada terror dele deu uma caida danada pra mim mas quero terminar, to bem no comecinho ainda, sabe la qdo isso vai acabar.hehehe

      3 replies
    • Micro picture
      dlima · 1 day ago · 1 ponto

      Cara, esse jogo é sensacional, não sei quem é esse Gman que vc fala, mas deve ser alguem de cultura pra fazer referência a Half-Life.
      Vc falou do jogo ficar meio chato, e eu concordo, os FPSs antigos parecem forçar a barra na repetição(se bem q FEAR recompensa bastante)
      Percebi q vc jogou em widescreen oq é esse 21:9? se for boa escolha o 16:9, apresenta alguns problemas nas "mini cutscene"(não sei o nome correto para as cutscenes q ocorrem naturalmente), por isso acabei jogando no 4:3, mas não me decepcionou(nostálgico).
      Enfim, se pensar em jogar as expansões recomendo jogar dps do FEAR 2 e 3, pois as expansões do FEAR: extration point e perseus mandate( ambos non-canon), não se relacionam com a "timeline" do FEAR 2 e 3. E o FEAR3 é péssimo. E o final do FEAR 2 é beeem interessante, vc não vai ver nada parecido.

      2 replies
  • 2020-07-10 18:01:59 -0300 Thumb picture
    dlima checked-in to:
    Post by dlima: <p>check-out</p><p>Terminado o primeiro Halo(na ord
    Halo: Combat Evolved

    Platform: PC
    810 Players
    55 Check-ins

    check-out

    Terminado o primeiro Halo(na ordem de lançamento), já tinha finalizado a um bom tempo como já tinha dito, mas não me lembrava de muita coisa.

    O jogo realmente se prende aos conceitos antigos de FPS, com infinitas hordas e uma mobarada que não acaba mais, não é a toa q o jogo é no geral fácil, mas pra quem for jogar no Difícil pra cima pode ficar meio constrangido pq percebe o quão chato é em alguns levels, estou olhando pra vc Level VII The Library

    Eu terminei no difícil jogando com o gráfico antigo mesmo, espero jogar no modo Legendary algum dia, mas apenas se tiver alguém pro co-op, pq de outra forma o desafio é insuportável

    na época na Lan House diziam que desbloqueava umas cenas pra quem finaliza na dificuldade legendária...além q deve ter uns achievements que valem uns pontos.

    no mais é isso, iniciar o Halo 2 agora, acima tem um inimigo que eu atirei nos braços dele, ai ele se tornou "amigo", pois fica me seguindo sem atacar...oq aprendemos com isso?

    edit. kkkk acabei vendo a avaliação q dei pra esse jogo logo quando entrei na alva(2012), "3,5" kkk, vou ajustar pra "4,5", pois mesmo sendo um jogo sólido, sem problemas e que oferece um bom desafio,  é muito dispendioso, a custa de uma história que convenhamos poderia ter sido contada em 1/5 do tempo, em resumo é grande, mas sem detalhe(sem conteúdo).

    20
    • Micro picture
      miguelpardal · 1 day ago · 2 pontos

      zerei quando era criança so lembro que marcou minha vida pq amava matar os bixo usa aquelas nave roxa kkk mais a historia mesmo eu nao lembro de nada acho que eu tinha ums 8 anos quando zerei nossa faz muito tempo vai fazer 13 anos ja que zerei meu deus preciso joga ele de novo igual MGS1 outro que zerei quando criança

      1 reply
    • Micro picture
      nicholasaraujo0 · 1 day ago · 2 pontos

      E lembre se de entrar no dia do aniversario do Master Chief pra ganhar achievements kkkkk ... esse tipo de conquista é bizarro

      4 replies
  • 2020-07-10 01:55:45 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    School Days

    Ano - 2007

    Número de episódios - 12 (+2 OVAs)

    Disponível em Netflix - Não

    Disponível em Amazon Video - Não

    Sinopse: Makoto Itou é um rapaz introvertido que, sempre que pega o trem de manhã para a escola vê uma bela garota de cabelos negros longos e sente que está apaixonado por ela. Apesar da mesma estuda na classe ao lado da sua, o jovem tem receio de se aproximar, então sua amiga, Sekai Saionji, decide ajudá-lo e fala com a garota, mesmo que no fundo a própria tenha sentimentos por ele... E assim aqueles dias escolares se iniciam, e ninguém fazia ideia de como iriam terminar...

    __________________________________________________________________

    School Days é uma trama curta de 12 episódios baseada numa Visual Novel e é provavelmente o anime mais odiado da internet. E o motivo de tal razão é justamente seu maior diferencial. Sem dar spoilers (já que por mais que eu goste disso, reviews não são a proposta do Arco), a história é focada em Makoto, seu interesse em Kotonoha (a garota que conheceu no trem) e Sekai (sua amiga de infância que banca o cupido entre ambos e que é apaixonada por ele) e, a priori, mostra o triângulo amoroso entre eles e também começa a tratar de um tema que causa uma natural repulsa na maioria das pessoas (e com razão), que é a traição, estilo de narrativa que os japoneses até nomearam: netorare.

    Contudo, já vemos isso direto em novelas nacionais e coisas do tipo, então qual a razão do ódio profundo que muitos sentem por essa obra? Simples: a maneira como a trama desenvolve isso. School Days é um harem (uma história onde um protagonista tem dois ou mais interesses amorosos ao mesmo tempo), mas ele age de uma forma contrária à que praticamente todos os animes do estilo fazem e, ao invés de ser uma obra alegre e ingênua pode certamente incomodar muitas pessoas...

    E incomodou. Relatos enfurecidos de como a obra é a pior coisa já feita pelo homem não faltam por aí, ainda mais com o final da história que é totalmente impensável para algo com a premissa inicial de romance adolescente de anime de escolinha e certamente isso torna a série deveras memorável, afinal é difícil esquecer um desfecho desses, onde... Bem, só assistindo mesmo pra ver, huahua

    Em resumo, School Days é praticamente uma experiência social, sobre como as pessoas reagem a mudanças drásticas de certos paradigmas, e também de como o público encara obras onde cujos atos dos protagonistas podem ser execráveis aos conceitos morais do espectador. Certamente não é um anime pra qualquer um, mas definitivamente é algo bem único e memorável e àqueles que procuram algo diferenciado poderão gostar e a Velha, apesar de ser uma senhora recatada e não aprovar essas coisas que os persoangens fazem, com certeza assina embaixo!

    School Days LxH

    Platform: Playstation 2
    7 Players

    36
  • msvalle Marcos
    2020-07-08 19:22:26 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    "Kurosawa mode" em Ghost of Tsushima

    Deve ficar incrível!

    E aprovado pelo curadores do espólio do cineasta!

    Fonte: Push Square

    Ghost of Tsushima

    Platform: Playstation 4
    178 Players

    44
    • Micro picture
      lanzitto · 3 days ago · 1 ponto

      Tive de comprar na pré-venda. Sou apaixonado por cinema samurai.

      1 reply
    • Micro picture
      kleber7777 · 3 days ago · 1 ponto

      Não sabia desse lance da aprovação. Que foda!
      Sem dúvida, eu só jogaria assim. Pena que não rola jogar no lançamento. :(

      1 reply
    • Micro picture
      thecriticgames · 3 days ago · 1 ponto

      To na duvida se zero ele nesse modo ou no normal, tomara que tenha como alternar entre eles porque esse modo é muito maneiro.

      2 replies
  • kalini Kalini Andrade
    2020-07-08 20:20:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    kalini checked-in to:
    Post by kalini: <p>Finalmente... fim do CD 1! Agora faltam mais 3.<
    Koudelka

    Platform: Playstation
    208 Players
    13 Check-ins

    Finalmente... fim do CD 1! Agora faltam mais 3.

    Agora as coisas começaram a ficar mais sinistras! Koudelka, James e o... James que é o Edward chegam a uma parte do monastério cheia de cadaveres de pessoas mortas das mais variadas maneiras possiveis. Koudelka, que é méduim, faz meio que uma "sessão espirita" (não sei o nome) pra incorporar os espiritos dos mortos desse local (e ela muda muito a forma de falar e se expressar, alternando entre uma voz feminina amendrontada, e uma masculina agressiva). Ela revela que o monasterio é uma prisão politica que usava até de magia pra alongar o tempo de vida dos condenados a morte por tortura enquanto vão sendo cruelmente esvicerados, tendo olhos queimados e... melhor nem falar mais! Só digo que é muito pertubadora essa cena.

    Examinando um armário, tinha uma noiva cadaver lá dentro, e do nada ela ganha vida e começa uma boss fight! Quase morri nessa batalha, tava todo mundo underleveled nas magias (tudo Lv 1 ainda, menos o Flare da Koudelka, que tava no 2). Tive que treidar o dia todo com todo mundo, ficar repetindo direto o uso das magias em uma unica batalha até subirem de nivel. Eu acho chata essa mecanica, foi mal! Me lembra minha experiencia traumatizante com Final Fantasy II, embora não seja escroto comparado a ele.

    Andando mais adiante, aparece uma CG de uma loli chamada Charlotte, no meio de varios cadaveres, aparentemente inofensiva, mas do nada se revela  como uma fantasma sedenta por violencia  quase mata o James loiro aventureiro (tsundere o nome, né? Haha!), caindo num buraco imenso, mas é salvo por Koudelka.

    Descendo pelo buraco, com o auxilio de uma corda, Koudelka, James e James chegam tipo num altar de oração, e novamnete todo mundo começa a brigar (eu amo essa party e outras que ficam batendo boca entre si, haha!), porque o padre James se recusa a aceitar que os bispos do monastério teriam torturado e matado os prisioneiros, porque eles são homens sanctus de deus YHVH, que o monastério é uma casa de YHVH, que os mortos eram só uns pecadores e não era da conta dele a morte deles (que cuzão, haha! Crente fanatico é crente fantaico até em JRPG, hahaha!).

    Examinando o vitral, liberou uma senha pra eu checar um baú cheio de cartas dos prisioneiros, relatando de forma dramatica e muito bem detalhada o seu sofrimento. Nossos heróis seguiram desbravando o monastério após a leitura, mas do nada, o chão racha e todo mundo tomba bonito no chão, caindo sobre uma pilha de corpos, enquanto em estranho vulto preto aparece lá do alto. O que será que vai acontecer???

    Minha impressoes de Koudelka nesse CD 1 não poderiam ser melhores. To amando muito o game, bem capaz de ser um top 5 best ever, haha, só acho ruim esse lance de ficar usando direto as magias e armas pra fazer elas ficarem melhores, mesmo que seja mais rapido que FF2, e a dificuldade caiu muito desde que grindei todo mundo até o nivel 12 e as magias de ataque e cura no nivel 2. 

    Até a proxima!

    31
    • Micro picture
      jcelove · 3 days ago · 2 pontos

      Boa, o monastério ainda guarda segredos sinistraços, os outros discos são mais curtos se me lembro, o jogo só tem 4 pq tem muito CG.

      2 replies
    • Micro picture
      denis_lisboadosreis · 3 days ago · 2 pontos

      Sempre achei que esse jogo fosse de PS2 por causa de um erro da Revista Playstation.

      3 replies
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 3 days ago · 2 pontos

      Esse jogo me parece bem pertubador pela sua descrição, acho bacana essa temática de terror em um RPG. Levou poucas horas para finalizar o primeiro cd?

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...