2018-12-30 14:56:38 -0200 2018-12-30 14:56:38 -0200
miss_dani Diego Leão

Retrospectiva 2018

Mais um ano quase chegando ao fim! 2018 foi um ano cheio de desapontamentos e expectativas não concretizadas, porém com momentos alegres em família e também com a oportunidade de poder jogar um pouco. E é sobre essa última parte que eu estarei falando agora...

Comecei o ano de 2018 jogando dois games que peguei em promoção: o detestado por muitos, Call of Duty Infinite Warfare, que para mim se mostrou uma grata surpresa, oferecendo um game super gostoso de jogar e com uma história intensa e emocionante e a DLC de inFAMOUS, First Light, que também foi super divertida e ajudou a compreender melhor a história de Fetch.

Também foi um ano em que joguei alguns games fofinhos, como o tristonho game do bichinho feito de lã, Unravel, o Yonder: The Cloud Catcher Chronicles, que me trouxe momentos de calma e relaxamento, procurando madeira para criar pontes, pescando, criando fazendinhas e encontrando personagens pidões, que me faziam ir para longe, só para pegar um ingrediente para eles. Também me comovi, com a história dos dois irmãos que vão em busca de uma cura para seu pai doente, em Brothers: A Tale of Two Sons.

Esse ano dei um descanso para o PS3, que está um pouco debilitado, finalizando apenas dois games nele: o divertidíssimo Guitar Hero 5 (em dupla com a minha irmã) e o surpreendente Tomb Raider, que ao jogar pela segunda vez, me fez despertar a vontade de jogar outros games da jovem aventureira (nem que sejam os jogos mais novos).

Como de costume, me meti em grandes dilemas, em games com decisões difíceis. Dentre eles, o impressionante filme interativo Late Shift, a terceira parte da aventura de Clementine, dessa vez conhecendo também o jovem Javier, em The Walking Dead: A New Frontier, me aventurei no empolgante Marvel Guardians of Galaxy: The Telltale Series e me emocionei muito com o melancólico The Awesome Adventures of Captain Spirit.

 Por falar em decisões difíceis, esse é difícil tanto nas decisões, quanto em escolher qual a melhor expansão. Estou falando de The Wicher 3 e as belíssimas Hearts of Stone e Blood and Wine. Que expansões, minha gente!! Sem sombra de dúvidas um dos melhores momentos gamísticos do ano!!

Mas como nem tudo são flores, há  games que não empolgaram tanto assim. Mafia 3, que mesmo com tantos comentários negativos, eu tinha expectativa de curtir (já que gosto tanto de seu antecessor Mafia 2) teve seus momentos bons, como encontrar um Vito Scaletta mais maduro e até mesmo partes na história, que foram impactantes, mas trouxe também repetição e bugs, que abalaram, e muito a experiência! A questão da repetição também foi um fator que pesou muito em Mad Max, que apesar de ter momentos eletrizantes, contou com uma história um pouco pobre para me fazer simpatizar com os personagens e jogar com tanta vontade. 

O game que mais joguei em 2018 provavelmente foi o Dying Light e sua sequência, a expansão Dying Light: The Following. Além de jogar os dois games sozinha, depois de um tempo reinstalei tudo de novo para jogar algumas partes com um colega, que me chamou, já que não tinha com quem jogar.

Com esse colega também joguei o Far Cry 4, que não foi tão bacana quanto eu pensava que seria, o A Way Out, que se mostrou uma experiência muito interessante e super nova pra mim, um pouquinho de H1Z1, que logo me irritou e eu acabei desinstalando e o Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands, que acabei finalizando sozinha, primeiramente por ele ter arrumado outros games e outros amigos pra jogar e também porque no fundo eu sou uma loba solitária, que prefere jogar as coisas no meu cantinho, quando eu bem entendo e aproveitar os momentos a minha maneira.

2019 está quase chegando e não sei o que ele reserva. Mas que permaneça a esperança de que ele seja melhor que 2018, não só nos aspectos gamísticos, mas em todos os outros!! <3

Ah, e que a Alvanista ainda esteja com a gente, para podermos conversar, trocar opiniões e fazer check-in's como sempre fizemos!! <3

51
  • Micro picture
    marlonfonseca · 21 dias atrás · 2 pontos

    Nossa que postagem bacana e bem feita!! Parabéns!!

    1 resposta
  • Micro picture
    ike_teshima · 21 dias atrás · 2 pontos

    😍😍
    Ótimo post, adorei haha
    Essa vida de gamer nos proporciona tanta coisa surpreendente, como fugir da monotonia e curtir diversas aventuras e experiências diferentes❤
    Que o ano de 2019, seja ainda melhor Dani😘

    1 resposta
  • Micro picture
    diegolvf · 21 dias atrás · 2 pontos

    Bacana sua retrospectiva foram bastante jogos hein! Acho que eu não tenho nenhum jogo desses multiplayers que vc jogou, mas se quiser fazer uma jogatina qualquer dia fica o convite :)

    1 resposta
  • Micro picture
    salvianosilva · 21 dias atrás · 2 pontos

    Muito bacana Dani, 2019 vai ser muito melhor <3

    1 resposta
  • Micro picture
    herbertviana · 21 dias atrás · 2 pontos

    Que postagem legal, parabéns! Que 2019 seja um ano ainda melhor!

    1 resposta
  • Micro picture
    batatadark · 21 dias atrás · 2 pontos

    eu queria fazer isto com meu ano gamer mas nossa , ano que vem vou fazer tudo certinho gostei do seu catalogo kkk

    1 resposta
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 21 dias atrás · 2 pontos

    2019 estaremos firmes e fortes aqui.
    Adorei sua trajetória 2018...escorreu até uma lágrima (mentira não chorei MAS SIM... foi emocionante e tocante. )
    Muitos games maravilhosos...PARABÉNS!
    ---
    Tu tens bom gosto, guria.
    Obs: mudei de novo minha fotinho pra tu ver meu peitinho...

    1 resposta
  • Micro picture
    taironecass · 15 dias atrás · 2 pontos

    Melhor retrospectiva que já li na vida. Parabéns pelo texto e obrigado pela leitura! ^_^

    2 respostas
Continuar lendo &rarr; Reduzir &larr;
Carregando...