2018-04-27 10:46:05 -0300 2018-04-27 10:46:05 -0300
diegogonz Diego Gonz

Curiosidades 'multiplataforma' que talvez não saibam de After Burner

Você sabia que apesar da SEGA ter o Master System na década de 80, ela licenciou alguns de seus jogos para outras empresas fazerem versões no Nintendo 8 bit? Um desses jogos é o conhecido After Burner, que recebeu uma versão no Japão pela Sunsoft e outra nos Estados Unidos pela Tengen. Vamos ver como elas se saíram?

Apesar de hoje dividir salões de jogos arcade e cassinos pelo mundo, além de ter participações especiais em jogos como Sonic & All-Stars Racing Transformed, After Burner foi lançado nos arcades em 1987. É um jogo onde você controla um avião F-14 Tomcat e vai destruindo tudo o que você ver pela frente. Na verdade, destruir os inimigos é opcional, você só precisa sobreviver. Você tem munição normal infinita, e mísseis infinitos, que você recebe mais de um avião maior no início de algumas fases. O jogo é super rápido, frenético, e tem gráficos incríveis pra época, com bons efeitos de zoom nos objetos e nos cenários, e você ainda pode fazer um giro pra desviar do fogo inimigo. Tudo isso rodando a 60 quadros por segundo.

No mesmo ano, o jogo ganhou sua primeira versão caseira no Master System. Na época, ele foi um feito e tanto, porque foi o primeiro jogo de 4 Mega lançado nos Estados Unidos. Infelizmente, dadas as limitações do Master System, a versão não é muito boa. A movimentação pouco fluída do jogo dificultam muito que você veja do que deve desviar, o que estraga a experiência. Além disso, tem um bug que deixa você simplesmente segurar pra um dos lados e desviar de todos os tiros inimigos até a metade do jogo. Pelo menos os mísseis são infinitos aqui, já que acertar qualquer coisa com o tiro normal não daria certo. Sendo assim, as naves reabastecedoras viraram pequenas fases de bônus, onde você tem que tentar se juntar a elas pra ganhar pontos. O jogo também tem chefes, o que nenhuma outra versão tinha, mas eu acho que ficou meio estranho colocar chefes no jogo.

Em 1989, a Tengen fez sua versão pro Nintendinho, mas ela é um o jogo é um tanto inferior à versão do Master System (não que a do Master seja lá essas coisas). O giro está presente também, mas infelizmnte o jogo é muito difícil e lento. Você mexe na velocidade do avião apertando o botão Start, o que é bem estranho. O jogo é mais difícil do que parece, porque nessa versão, é muito complicado desviar dos mísseis dos inimigos. Os objetos na tela são bem menores e piscam muito, e assim como no Master, a animação não é muito fluída. As músicas ficaram até boas. Enfim, ficou meio sem graça, mas pelo menos eles conseguiram fazer em menos de 4 Mega.

No mesmo ano, a Sunsoft fez sua versão pro Japão, baseada em After Burner II. Os gráficos são levemente diferentes dos da versão da Tengen, e as músicas também estão um pouquinho melhores, com uma percussão melhor, mas dá pra perceber que no fundo é basicamente a mesma programação da versão da Tengen. Pelo menos, ela tem vozes que a versão do Master System e a da Tengen pro Nintendinho não têm, e ainda em menos de 4 mega. Infelizmente. o jogo me parece até um pouco mais difícil que a versão da Tengen, e não dá pra recomendar nenhuma delas, infelizmente.

0
Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...