2018-06-12 21:15:39 -0300 2018-06-12 21:15:39 -0300

A Ellie é pegadora, mas e daí?

Single 3638771 featured image

O pessoal do lacre acha que isto é um lacre de uma forma nunca vista antes no mundo dos games, só que este mesmo pessoal do lacre se esquece que na DLC do primeiro jogo, em 2013, se eu não me engano, já teve pegação da Ellie com uma amiga dela, este pessoal do lacre está apenas 5 anos atrasado.

E, sério, qual é o problema de ter uma personagem lésbica? Temos personagens sexy de ambos os lados, temos robôs que fazem sexo com humanos, tem até putaria com macaco - se não tem, deveria ter só para ter zoeira -, humanos dando uns pegas em demônios, elfos com anões, enfim, um quão sem número de escolhas sexuais por aí que já acontecem nos videogames há tempos.

Claro que, em sua maioria, temos personagens principais onde os mesmos "gostam" de personagens do sexo oposto porque estes mesmos são criados por pessoas que seguem a mesma orientação sexual dos seus personagens criados.

Creio que se eu crio uma história, um mundo, um universo, que segue os padrões nos quais eu acredito requerer representatividade é uma certa forçação de barra conquanto que já existem um bom número de criadores de conteúdo que já fazem este tipo de inclusão nas mais diversas mídias.

A Constituição de muitos países inclui o livre arbítrio, livre pensamento e livre escolha, impôr que criadores de conteúdo X virem lacradores só para afagar uma parcela da população é impor um gosto, uma vontade, uma ordem, fazendo com que isto acabe virando, na verdade, uma espécie de censura de adequação.

Ademais o caminho irrevogável da representatividade já começou a tempos atrás, ou será que vamos ser obrigados a esquecer que em Metroid temos a Samus Aran e em Phantasy Star temos Alys Landale como protagonistas principais e somente agora, com o discurso do lacre, que as coisas estão mudando. Ser revisionista de história é uma falsa moral que só funciona a quem tem memória fraca.

Assim sendo, Ellie, vai lá, faça a sua parte como protagonista e mostre que você é mais que um beijo gay e sim uma personagem com uma psiquê profunda e intrigante, mostrando que este pequeno momento é apenas isto, um pequeno momento e não um lacre.

The Last of Us Part II

Platform: Playstation 4
477 Players
4 Check-ins

33
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 10 months ago · 5 pontos

    Eu adorei a personagem antes mesmo de definir sua homossexualidade.
    ...
    Adulta e lesbica...me apaixonei.
    ...
    Precisamos muito de personagens que representam outras categorias. Protagonist negros também quero ver mais...

  • Micro picture
    fredhgl · 10 months ago · 3 pontos

    Alguém explica pro papai aqui oq é lacre?

    3 replies
  • Micro picture
    igor_park · 10 months ago · 3 pontos

    Interessante a visão eu só a favor da liberdade do desenvolver acho tanto SJW e ANTI SJW chatos demais, porém tem algumas partes do texto que eu discordo.
    "O pessoal do lacre acha que isto é um lacre de uma forma nunca vista antes no mundo dos games, só que este mesmo pessoal do lacre se esquece que na DLC do primeiro jogo, em 2013,"
    Eu acho que quem reclamou mais foi o pessoal ANTI SJW, do que a galera do Lacre fez propaganda, era só ver a caixa de mensagens na live, o pessoal indo a loucura por causa dessa cena, não vi lacre nenhum nisso, alias uma cena bem normal, que só ganhou dimensão na minha visão não pelo "lacre" mas sim pelo excesso de irritação da galera nos comentários no Youtube e sites em geral.
    ," impôr que criadores de conteúdo X virem lacradores só para afagar uma parcela da população é impor um gosto"
    Sim nada deve ser imposto e no caso do TLOU o Neil Druckman que provavelmente adicionou isso na história, mas de resto deve ter liberdade para o cara que cria fazer o que quiser, agora o público pode tanto concordar ou discordar.
    "Ademais o caminho irrevogável da representatividade já começou a tempos atrás, ou será que vamos ser obrigados a esquecer que em Metroid temos a Samus Aran "
    Samus hoje já é uma personagem melhor, mas no início aquela cena de Biquine kkkk puro fanservice, atualmente sim vejo melhora nos personagens, com mais conteúdo,
    "sim uma personagem com uma psiquê profunda e intrigante, mostrando que este pequeno momento é apenas isto, um pequeno momento e não um lacre."
    Concordo acho que para um jogo realista isso é importante, porém apesar de eu preferir o Joel e nem ser tão fã da Ellie acho que no primeiro jogo já foi demonstrado o valor da personagem, agora é só uma questão dar continuidade.

  • Micro picture
    kess · 10 months ago · 3 pontos

    Esperem que ainda vai ter a reclamação do outro lado, gente dizendo que não vai jogar e que o game ainda vai ser uma merda pq não vamos jogar com um homem, o Joel. Afinal, nada mais enfraquecedor de masculinidade do que controlar uma personagem feminina...

  • Micro picture
    1977rider · 10 months ago · 2 pontos

    23:59 - "Games promovem armas, violencia, machismo e objetificação da mulher, e um tipo de entretenimento toxico"

    00:00 - "Olha miga, tem uma sapa no jogo, chora machista..."

    Quando jogo um jogo, a ultima coisa que me preocupo e o que o personagem principal faz em 4 paredes. Geralmente quem acha que ter personagens homossexuais em jogo e grande coisa mal joga Candy crush (Não me entendam mal, ter diversidade em jogos e legal, mas usar isso pra militar e foda)

    2 replies
  • Micro picture
    costadelli · 10 months ago · 2 pontos

    Nice texto!

    5 replies
  • Micro picture
    willpolita · 10 months ago · 2 pontos

    transmitiu bem, com tantas loucuras em muitos games esse beijo é mero beijo mesmo

  • Micro picture
    isadoublex · 10 months ago · 2 pontos

    Eu não sei qual sua definição para lacre (e sinceramente não sei se interpretei bem seu texto), mas pra mim esse beijo foi um lacre hahaha
    Não sei a sua orientação sexual, mas eu, como bissexual, amei ver essa beijão da Ellie no trailer. Eu espero muito que isso seja mais abordado no jogo e que a Ellie fale sobre sua orientação (não como um foco, mas de uma forma natural, desenvolvendo mais a personagem).
    Se a Ellie é lésbica, bi, pan, o que seja, eu acho que isso muito legal de ser falado. Você disse no final pra ela mostrar que é mais que um beijo gay, mas a questão é o seguinte: o beijo gay faz parte de quem ela é. É uma parte dela, de seu psicológico, de seu desenvolvimento, de tudo. Claro que o foco do jogo não é esse, mas mano, que MARAVILHOSO que um jogo The Last of Us tenha dado abertura para algo assim, mostrando que não é porque seu jogo é sobre apocalipse zumbi que não pode ter representatividade. Espero de coração que o assunto vá sendo trabalhado durante o novo jogo e que outras empresas tomem isso como exemplo.
    Assim sendo: REPRESENTA SIM ELLIE, TE AMO.

    3 replies
  • Micro picture
    darlanfagundes · 10 months ago · 3 pontos

    Que texto bizarro...

  • Micro picture
    lipherus · 10 months ago · 1 ponto

    Cara pode ter robô, demônio, Otávio Mesquita, ET, psicopata, doente, estripador, híbridos, krakens, Jiraya, cogumelos, Smurfs, sombras, entidades, vampiros, macacos, almôndegas, beringelas, melancia e o que for... se o jogo foi bom já tá valendo, é tão simples "_"

  • Micro picture
    artigos · 10 months ago · 1 ponto

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

Keep reading → Collapse ←
Loading...