2020-01-14 10:31:52 -0200 2020-01-14 10:31:52 -0200

A relação entre videogame e times de futebol

Single 3769125 featured image

Com a popularização do setor de videogames como um todo a partir da década de 1990, empresas de videogame começaram a mirar o futebol como um excelente meio de publicidade para alavancar as suas respectivas marcas.

Até por isso, na história recente do futebol são muitos exemplos de times que já tiveram patrocinadores máster de empresas de videogames. Mas é fato que algumas foram marcantes e permanecem no imaginário do torcedor por diferentes razões.

Watford (Football Manager)

Na temporada 2012-13, o jogo Football Manager estampou a camisa do Watford na segunda divisão inglesa. Apesar de nos anos seguintes não ter estampado mais a camisa do clube inglês como patrocinador master, o Football Manager continuou com um dos apoiadores da equipe até 2017.

Nesse mesmo ano, o clube inglês e a Sega, produtora do Football Manager, deram uma bela tacada de marketing pelo Twitter. Naquela oportunidade, o Watford anunciou a contratação do atacante Andre Gray através de um pequeno vídeo do game do futebol "Football Manager 2017", que simulava o processo feito no game para contratar um jogador.

Vale destacar que o clube não vive um momento favorável. Na Premier League (primeira divisão) desde 2015, o Watford agora se encontra em uma situação delicada na elite do futebol inglês. Segundo a Betway Esportes, site de futebol bets, o Watford tem 69% de chances de ser rebaixado à segunda divisão na atual temporada.

Para se ter uma ideia, o time inglês tem a pior campanha como mandante da Premier League e uma das piores defesas do campeonato.

Fiorentina (Nintendo)

Na década de 1990, o futebol italiano abrigava muitos craques. A Fiorentina da temporada 1997-98, por exemplo, tinha em seu elenco craques como Toldo, Rui Costa, Edmundo e Batistuta — um dos maiores jogadores da história da Fiorentina.

A década de 1990 também foi intensa na indústria de jogos, já que empresas como Sega, Nintendo e Sony disputavam a liderança do mercado de consoles. Sendo assim, a Nintendo enxergou uma excelente oportunidade de patrocinar a Fiorentina, um importante clube do futebol italiano — que era considerado por muitos como a melhor liga do mundo.

A parceria entre a Nintendo e a Fiorentina para promover o console Nintendo 64, que na época apresentava ao mundo a primeira versão 3D de um jogo da franquia Mario, durou duas temporadas (1997-98 e 1998-99) e até hoje o uniforme é lembrado com muito carrinho pelos fãs da franquia e do time italiano.

Com a Nintendo estampada na camisa, a Fiorentina não conseguiu nenhum título de expressão, mas fez boas campanhas — como o terceiro lugar no Campeonato Italiano da temporada de 1998-99.

Atualmente, a Fiorentina não está em grande fase no Campeonato Italiano e está na parte inferior da tabela de classificação.

Arsenal (Dreamcast)

Em 1999, a SEGA Enterprises anunciou que havia firmado um acordo de patrocínio de camisas com o Arsenal, um dos principais clubes ingleses. A SEGA estava prestes a lançar seu novo console nos mercados europeus, o Dreamcast, e visava criar um programa de marketing que fizesse frente aos principais concorrentes da época.

Assim como a Nintendo no caso da Fiorentina, os executivos da SEGA acreditavam que o futebol poderia desempenhar um papel de marketing relevante para o Dreamcast, que recentemente completou 20 anos. A ideia era fazer parcerias com os principais clubes de importantes mercados europeus.

A parceria da Sega com o Arsenal também foi muito interessante para o clube inglês, já que a equipe necessitava encontrar um novo patrocinador máster após o rompimento com a empresa JVC.

Um dos momentos mágicos do Arsenal com o Dreamcast estampando o seu uniforme foi o gol antológico do atacante holandês Dennis Bergkamp contra o Newcastle em 2002 — último ano dos Gunners com o patrocinador.

Apesar de não ter feito tanto sucesso como o concorrente Playstation 2, alguns jogos de Dreamcast tiveram destaque no início dos anos 2000 e até hoje eles são procurados pelos fãs do console.

Porém, se naquela época o Arsenal figurava entre os primeiros colocados na Premier League, o cenário atual não é dos melhores para os Gunners. Insatisfeita com a instabilidade do time, a diretoria do Arsenal demitiu o treinador Unai Emery em novembro e rapidamente anunciou o espanhol Mikel Arteta para o assumir o comando do tine.

Árbitros da Premier League utilizam logotipo da EA Sports na manga desde 2014

Desde 2014, os árbitros da Premier League carregam na manga dos uniformes o logotipo da EA Sports, uma das maiores empresas de jogos eletrônicos de todos os tempos.

Em 2018, a Premier League e EA Sports assinaram um novo acordo de publicidade que terminará na temporada 2024-25 – a ideia da parceria é tornar o FIFA um jogo ainda mais realista já que a realidade também tem o logo da empresa estampada nos jogos.

18
  • Micro picture
    kess · about 1 month ago · 2 pontos

    Uma pena que isso tem chances mínimas de ser possível no Brasil, já que é mais fácil as empresas de games fugirem daqui do que virem dar patrocínio...

  • Micro picture
    artigos · about 1 month ago · 1 ponto

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    dan8d · about 1 month ago · 1 ponto

    Ola amigo.
    Gostaria de usar sua matéria para uma revista que estou criando aqui para o alvanista mesmo
    Irei deixar o link da ultima revista para você ver se permite a publicação de sua matéria
    http://alvanista.com/dan8d/posts/3767105-revista-alvanista-002

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...