2019-07-09 15:05:52 -0300 2019-07-09 15:05:52 -0300

Crítica de Jogos: Ela pode influenciar você?

Single 3732645 featured image

Convertam-se meus caros,

Venho aqui primeiramente agradecer a galera que está curtindo e lendo os artigos que publico aqui, não sabe o quão importante ler e saber da opinião que vocês comentam, um feedback é sempre bem vindo e os comentários de vocês são super importantes.

Agora iniciando mais um artigo, na realidade foi uma conversa que realizei a tempos atrás com alguns grupos de amigos, sobre a influência de uma crítica possui sobre um determinado jogo, mecânica, história, desenvolvedora.

Sabemos que há dois tipos de críticas que nossa sociedade possui, a crítica construtiva que tem o intuito de falar muito bem, elogiar algo referente a determinados assuntos e a crítica destrutiva onde consiste de denegrir, destruir, falar mal, negativar um determinado assunto.

Na sociedade em que vivemos, a comunidade gamer tem muito os dois lados da moeda, seja ela bem escrita por uma revista, um site, comunidades, fóruns, podcast e bate papo com a galera. Todos tem sua própria opinião, seu ponto de vista, isso é valioso demais para você mesmo e para outras pessoas também, porém é muito difícil manter um certo nível de respeito quando algo fica fora dos eixos.

A maior influência que muitos buscam não é mais em revistas de games ou sites especializados, onde tirou aquela notícia fresquinha do forno e serve para nós, mas sim o YouTube com canais de pessoas que fizeram seu nome há alguns anos e hoje ganham patrocínios.

Um outro fator que também influencia grande parte do pessoal, são os comentários que algumas empresas disponibilizam, Steam e Google possui um espaço dedicado para que você possa comentar o jogo que adquiriu em sua loja, alguns dos comentários são os mais simples desde os que expõem um nível de crítica detalhada e busca colocar em palavras, como também há análises negativas o porque não gostou do jogo e o que faltou para ganhar um ponto positivo.

É certo que todo jogo até mesmo console de videogame possui seus prós e contras, mas também temos aquela pessoa que não possui um discernimento para expor sua opinião e logo incita uma crítica destrutiva sem ter um conteúdo agradável de se ler, e quando questionado o porquê desta crítica, acaba levando para xingamentos e até mesmo repete as mesmas coisas sem nexo nenhum (em poucas palavras: tóxico).

Grandes comunidades sofrem da mesma causa e diagnóstico, aqui mesmo já li artigos com um conteúdo rico de informações que ao terminar de ler, quero expor a minha opinião.

Não sei se recordam, mas quando o jogo CupHead para XBox One foi lançado, ele ganhou boas críticas de vários sites de notícias e pessoas que o compraram, uma jornalista deu uma nota abaixo dos 10 que é a nota máxima, porém ela fez um excelente artigo falando do jogo e para a visão dela, sua nota é justa, uma comunidade inteira caiu matando e xingando, ameaçando a jornalista, alguns mesmos mencionou o Gamerscore baixo dela, já sabemos que isso foi mais fator para detona-lá.

A Steam uns tempos para cá, está sofrendo com “Reviews Bomb” que um grupo de pessoas estão comentando em alguns jogos, para deixar a imagem negativa, fazendo com que alguns ao ler, desista de comprar o jogo, a Epic Game Store não disponibiliza a opção de Review aos jogos em sua loja com medo de “Reviews Bomb” que está sendo praticado na plataforma de sua concorrente.

Temos alguns sites de games que possuem um senso crítico excelente, mas também temos matérias no qual não passa uma imagem agradável do jogo, ainda mais sua nota de avaliação de um jogo.

Revistas como PlayStation e XBox Oficial (ambas da Editora Europa) dificilmente você verá que um jogo exclusivo para sua plataforma receberá uma nota abaixo de 8, notas nas alturas, matéria visando tudo o que é de bom sobre o jogo quando isso não vem seguido de um detonado e um pôster para você arrancar e colar na parede de seu quarto.

Acho que uma crítica bem desenvolvida por um determinado canal de informação, ou uma opinião (sim ela pode ser uma crítica construtiva) deve vir com bons aspectos em sua leitura, mostrando os pontos fortes e fracos que um jogo não foi desenvolvido por uma empresa, às vezes boa parte das pessoas são pegas por um hype maior pela empolgação e espera ou expectativa de um novo conteúdo, o que acaba atraindo a curiosidade.

Recomendação boca a boca, também é uma forma de intenção para estimular uma curiosidade sobre o jogo.

Podemos mencionar o pós jogo, você comentar os pontos fortes e fracos, o que tem de melhorias na mecânica do jogo, gráficos, personagens, armas e etc., este momento é importante e ao escrever uma crítica, é importante você utilizar as palavras corretas, pois é um longo trabalho que uma equipe de desenvolvimento teve durante um período de tempo para trazer um jogo para você.

Já temos outras pessoas que para evitar qualquer tipo de spoilers sobre a história, evitam comunidades, leem uma matéria e crítica sobre o jogo, mas nem por isso a influência a jogar ou a não jogar por aspectos negativos, ela possui a curiosidade e quer entender se realmente é aquilo que mencionaram.

Eu mesmo gosto de ler os artigos da galera aqui na rede, vejo reviews, leio revistas sobre games quando estou indo para o trabalho e voltando para casa, ouço podcast sobre games, e com isso vou construindo uma base crítica para saber, o mais importante para mim é poder pegar o jogo, observar tudo sobre ele, história, exploração, personagens, conexões que ele traz, diversão, horas jogadas, são pontos que avalio, pode ser que um jogo como Lollipop Chainsaw caiu em críticas negativas por muitos que o jogaram, mas eu curti o jogo por ser uma temática diferente e que coloca zumbis dentro do game.

Need for Speed: Shift 2 da EA Games, ouvi vários amigos meus dizendo que o jogo é ruim, que tem uma péssima mecânica, ignorando essas informações, acabei comprando ele mesmo assim e o joguei, acabei gostando do jogo pela dificuldade que ele traz, diferente de outros games de carro tendem a manter a mesma mecânica, o diferencial foi de arcade simulador juntos em um, fora que detonei meu carro todo.

Eu sei que as críticas são importantes para saber se o conteúdo é bom, mas também acho importante você ter sua própria opinião e procurar as informações necessárias, desde que seja um fator decisivo para compra de um jogo, atualmente a internet nos ajuda de diversas formas.

Contudo isso, quero saber a opinião de vocês galera.

E até um próximo artigo.

@armkng

Sekiro: Shadows Die Twice

Platform: Xbox One
33 Players
15 Check-ins

60
  • Micro picture
    rax · 11 days ago · 8 pontos

    Olha,crítica ao meu ver é algo pessoal.Por mais que seja feita uma crítica voltada mais a ver detalhes técnicos,somos Humanos e é impossível ser completamente imparcial sem colocar nosso próprio ponto de vista e (ou) um "q" do nosso gosto pessoal no meio.

    Teve games que eu tive uma resistência em conhecer mas devido ao público eu dei uma chance e me surpreende (Celeste.)

    Assim como teve outros games de novo pelo público também fui jogar e me decepcionei por achar que era um game de qualidade alá "volta de Jesuis" (Zelda Ocarina of Time.")

    Eu acho importante ler críticas bem embasadas (e de preferência quem foi do início até o fim do game) pra escutar a opinião/experiência dos outros,mas não se levar totalmente pela crítica.

    Tem umas aqui no Alvanista que não concordo nem a pachorra (me desculpa o termo mas é o que eu quero expressar com isso),e por mais que não cocordasse eu li,joguei e tive a minha experiência a respeito.

    Resumindo: Críticas são importantes mas só levando em conta a NÃO SER totalmente interpretado a nível pessoal do leitor (lavando como ofensa).Se não pode acabar frustrando/decepcionando e etc.

    1 reply
  • Micro picture
    leopoldino · 11 days ago · 5 pontos

    Crítica construtiva não se resume em elogiar e falar bem, pode se muito bem apontar defeitos e falar mal para que os próprios desenvolvedores tenham um feedback e possam corrigir alguma coisa ou tomar um rumo diferente num próximo jogo, se a crítica não dá opinião que ajude na correção ou melhoria do jogo ela não é construtiva.

  • Micro picture
    speedhunter · 11 days ago · 4 pontos

    Eu tenho que parabenizar a comunidade do Alvanista. Graça aos céus que aqui, tem muitas pessoas que possuem um alto nível de bom senso crítico. É raro ver hate gratuito e argumentação vazia. Fora do Alva, você precisa peneirar bem o que é lixo e o que não é. O que é uma boa e o que é má review, gostei do ponto de vista do artigo!

    2 replies
  • Micro picture
    leopoldino · 11 days ago · 3 pontos

    Lembro desse episódio do Cuphead e não foi bem como você citou no seu artigo. A polêmica ocorreu porque a pessoa da IGN que fez a análise disse que o último chefe era muito difícil sendo que ela não jogou o suficiente pra chegar no último chefe, constataram isso analisando as conquistas da gamertag dela. Mas como foi o Xbox Mil Grau que divulgou isso, e muita gente não gosta do canal, espalharam que houve ameaças, perseguição, que não aceitaram a análise por ela ser mulher... esse tipo de coisa que é bem comum na internet.

    3 replies
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 11 days ago · 3 pontos

    Ela pode influenciar até certo ponto..mas muito raramente deixarei de comprar devido críticas. Posso talvez deixar de comprar no lançamento...
    ...
    DAYS GONE é um exemplo...onde tu ouve muitas críticas ruins (apesar das notas em geral acima da média) mas vou comprar.
    ...
    Ler críticas é bom...mas nunca deixar- se influenciar completamente...
    ...

    5 replies
  • Micro picture
    leopoldino · 11 days ago · 3 pontos

    Hoje mesmo eu quis saber mais sobre o jogo Yoku's Island Express que estava em promoção na Live, dei uma pesquisada antes e vi um video do ArnaldoDK sobre os jogos em promoção, ele meteu o pau no jogo e falou que não valia a pena comprar, sabendo que ele avalia os jogos pela facilidade de obter conquistas resolvi comprar assim mesmo e me surpreendi com um jogo muito bonito e divertido. Considero as análises de jogadores, como as do Alvanista, muito mais confiáveis do que sites e youtubers.

    2 replies
  • Micro picture
    onai_onai · 11 days ago · 3 pontos

    Eu nunca ligo para esses tipos de críticas.

    1 reply
  • Micro picture
    filipessoa · 10 days ago · 3 pontos

    Primeiramente congratulações pelo excelente artigo @crossanimation! Tudo bem que eu sou suspeito pra falar pois me interesso por essa temática de análises em geral... mas o artigo ficou incrível mesmo. Sobre tudo o que o você disse, acredito que, por bem ou por mal, sempre haverão análises construtivas e desconstrutivas, e o diferencial mesmo sempre será qual delas você levará em consideração. No passado eu lia muitas análises em sites especializados porém hoje em dia eu vivo basicamente lendo apenas as análises feitas por usuários daqui, do Steam e, principalmente, em blogs pessoais onde eu consigo sentir que o autor colocou o seu DNA no texto trazendo uma opinião sincera.

    É claro que quando digo isso não quer dizer que agora eu odeio análises escritas em sites especializados até por que tem uns que fazem isso muito bem mas... não sinto falta daquele estilo de texto e da dúvida cruel do "patrocínio embutido" entende? É isso. Novamente: obrigado por trazer este tema em pauta! ;-)

  • Micro picture
    macatirador · 9 days ago · 3 pontos

    Bom dia a todos, eu sei que é chato jogar um jogo com bug, mais eu não reclamo ,pois os games evoluiu muito, o mais importante é vc jogar independente da plataforma,ridículo esse tal de console war, outra coisa muita gente joga em qualquer console isso quer dizer que é insentao ? claro que não temos que aproveitar o máximo possível...

  • Micro picture
    volstag · 12 days ago · 2 pontos

    Acho que é muito pessoal o que move o gosto das pessoas, mas eu em particular ligo tão pouco sobre o que acham de um jogo, que eu nunca nem lembro de ler, ou fico com preguiça de assistir a gameplays, e se por algum acaso eu me deparo com uma critica curta e grossa de um jogo que eu tenho interesse, geralmente fico é com mais vontade de jogar pra ver se penso igual.
    Mas vejo pela galera que com eles (não generalizando) a coisa é bem o contrário, se falam de um jogo novo, todo mundo corre comprar e tirar foto, acho isso tão triste, um jogo [é bom porque é bom, não porque alguém diz que é.
    Tem muita obra prima inferiorizada porque foi "ofuscada" pela midia em massa falando de outro jogo que estreou ao mesmo tempo.

    1 reply
  • Micro picture
    darlanfagundes · 11 days ago · 2 pontos

    O máximo que faço é ver um thrailler de algum jogo futuro que eu queira comprar... Eu vejo análises quando é um jogo antigo, e as faço tmbm... procuro ser o mais positivo possível em minhas análises, mesmo quando a crítica quer demonstrar erros e falhas do jogo...pq sempre acho que cada pessoa deveria jogar o jogo, mesmo que ele não me agrade...

    2 replies
  • Micro picture
    artigos · 11 days ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    the_muriel · 11 days ago · 2 pontos

    Depois de Ni No Kuni 2, perdi a fé em todos os sites de criticas que acompanhava, fingiram que todos os problemas não existiam e enalteceram todos os pontos positivos até o limite, me fizeram comprar o jogo e no final era algo diferente do que eles disseram e do que o próprio marketing do jogo dizia.
    A unica coisa boa é que aprendi a entender a diferença entre quem critica seriamente de forma construtiva, de quem é hater chato e dos vendidos.

    1 reply
  • Micro picture
    denis_lisboadosreis · 10 days ago · 2 pontos

    O problema com as críticas é que não deveriam ser feitas por "qualquer um". A internet da espaço demais pra gente demais. Crítica é um julgamento, uma avaliação, um exame , e como tal deveria sempre ser feito da forma mais imparcial e técnica possível. Pelo que sei, não existe crítica construtiva ou destrutiva, existe crítica, e se ela tende a enaltecer ou rebaixar seu alvo previamente ela não é uma crítica (apesar disso, brasileiros adoram juízes parciais).

    2 replies
  • Micro picture
    spider · 10 days ago · 2 pontos

    Belo texto!

    1 reply
  • Micro picture
    docrow · 9 days ago · 2 pontos

    Para saber se uma crítica é boa ou não, a primeira coisa é filtrar aquelas que dizem o que os outros querem ouvir: estas são como pastores de igreja, falam o que o publico gosta de ler e isso se tornou bem comum hoje, quando temos coisas como Patreon, onde esses paga paus podem ganhar dinheiro com isso.
    Depois é ver as criticas que dão as menores notas e deixar de lado as que estão dando as melhores notas pois estas só falam o que você já sabe.

  • Micro picture
    augus · 9 days ago · 2 pontos

    Excelente artigo, cara ! Então, tópico interessante este, entretanto acredito que as pessoas fazem mais tempestade no copo d'água do que o necessário. As críticas influenciam sim e isso não é ruim, pelo contrário. Elas servem como guia para consumidores que procuram saber características gerais de uma obra. Sim, eu concordo, gosto é relativo, a pessoa pode gostar de uma obra e outras não, por isso entramos na problemática do assunto: as pessoas tratam a mídia muito generalizada. Como assim ? As notas parecem ser mais importante que o texto, até mais importante que quem escreveu.

    A mídia existe e com a internet nunca houve tantos veículos divulgando opinião sobre os nossos jogos. Ai que entra o papel do consumidor, filtrar esses veículos. Eu sempre vou atrás dos veículos que mais gosto, como o Nautilus, Voxel, Angry Joe dentre alguns outros, por exemplo, também sempre checo quem escreveu a crítica, se visito sempre essas mesma fontes acabo descobrindo o gosto da pessoa, e leio a crítica. Nesse meu ciclo, quase vicioso, de ler reviews acabei encontrado pessoas quem tem gostos parecidos com o meu e isso cria uma sensação de confiança. Se essa pessoa curtiu o jogo, provavelmente, por um histórico anterior, eu vou curtir também.

    Portanto, a crítica é para ser um gosto pessoal e não uma verdade absoluta, as pessoas sempre depositam sua opinião nos textos, eu mesmo não curti tanto Apollo Justice, da franquia Ace Attorney, e encontrei pessoas aqui na rede, lendo as análises, que curtem muito e não acha os defeitos tão problemáticos, ou curtiram as virtudes deles mais que eu.

  • Micro picture
    macatirador · 9 days ago · 2 pontos

    Sobre as criticas, pra mim não faz diferencia, temos que jogar pra tirar nossas próprias conclusões....

    1 reply
  • Micro picture
    kess · 7 days ago · 2 pontos

    A crítica influencia, mas nem tanto. Não adianta entoarem louvores sobre um game de um gênero que não se gosta, a pessoa simplesmente não vai jogar. Meus amigos (gamers casuais) que tem o PS4, todos tem/tiveram o GTA 5. Eu jogo ele desde o PS3, já esses meus amigos, não acabaram o jogo e sequer tocaram no modo online. Mas o FIFA...ah, esse não é largado. Sorte que um deles se dispôs a jogar TLoU, o que me faz pensar que sim, algumas críticas podem ter um efeito, nesse caso, benéfico.

  • Micro picture
    noblenexus · 5 days ago · 2 pontos

    Uma prática que peguei depois de anos jogando e procurando por novos jogos é tentar entender o "núcleo" das críticas, por exemplo, você quer muito jogar Lego Marvel heroes dai vc fica no hype e decide que quer saber mais antes de enfiar mais dinheiro no bolso do tio Gabe.

    Blz bora ler umas criticas, no meu caso eu vou a vários lugares diferentes, aqui, na steam e as vezes em sites grandes como IMDb e Metacritcs, dai eu procuro por analises de usuário com um pouco mais de conteúdo eu fujo dos "do contra" e dos "melhor jogo" ou "jogo lixo" depois eu tento entender quais são os pontos em que as criticas em geral focam, depois de algum tempo de leitura eu tenho um resumo da opinião popular do jogo.

    por exemplo no caso Lego marvel é um jogo com uma boa jogabilidade, tem um bom set de herois, mas as missões não são tão empongantes. Pronto já tenho um ponto de partida, ajuda muito pra fugir de coisas que não me agradam muito como combate tático e campanhas longas, mas não deixo isso ser meu julgamento final apenas um conceito prévio pra mim decidir se jogo agora ou depois ou até mesmo se deixo na geladeira.

Keep reading → Collapse ←
Loading...