Você não está seguindo cleitongonzaga.

Siga-o para acompanhar suas atualizações.

Seguir

  • deletado999999 Farei uma nova ou não.
    2015-11-28 15:30:25 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Emuladores para PSP & PS Vita

    @frajola

    ==================================================

    Second Generation Consoles (1970’s)

    >>> Atari 2600: PSP2600 (don’t like it? Try Stella PSP)

    >>> Atari 5200: PSPAtari

    >>> Magnavox Odyssey: emuODD

    >>> Colecovision: PSPColem (don’t like it? Try ColemPSP)

    >>> Vectrex: PSPVE

    >>> Intellivision: PSPInt

    ---------------------------------------------------------------------------------

    Third Generation Consoles (8-bit era, 1980’s)

    >>> Nintendo Entertainment System (NES, Famicon): NesterJ AoEX

    >>> Sega Master System: MasterBoy (don’t like it? Try SMS Plus)

    >>> Atari 7800: PSP7800

    ---------------------------------------------------------------------------------

    Fourth Generation Consoles (16-bit era, 1980’s & 1990’s)

    Note: If you grew up in the 90’s and like retro gaming, you might want to check the Hyperkin RetroN 5, a 5-in-1 gaming console that supports your original cartridges for the NES, SNES, Genesis/Megadrive, Game Boy and GBA.

    >>> Super Nintendo (SNES): Snes9xTYL 0.4.2 mod (VHBL users, try version 0.4.2 here)

    >>> Sega Genesis/ Megadrive: Picodrive

    >>> Neo Geo: MVSPSP

    >>> Gameboy & Gameboy Color: Masterboy

    >>> Game Gear: Masterboy

    >>> Atari Lynx: PLynx

    >>> Pc-Engine/TurboGrafx-16: PCEP (don’t like it? Try PSPHugo)

    -------------------------------------------------------------------------------

    Fifth Generation Consoles (32/64-bit era, 1990’s)

    >>> Nintendo 64 (N64): DaedalusX64

    >>> Sony Playstation (PS1, PSX): integrated on the PSP, no need for additional emulator

    >>> Neo Geo Pocket/Color: RACE! (don’t like it? Try e[mulator] or NgPSP)

    ----------------------------------------------------------------------------------

    Sixth Generation Consoles (128-bit era, 2000’s)

    >>> Gameboy Advance (GBA): gPSP

    >>> Bandai Wonderswan: e[mulator]

    --------------------------------------------------------------------------------

    Seventh Generation Consoles (late 2000’s)

    >>> Nintendo DS (NDS): DSonPSP (note: that emulator is experimental and support has been stopped a long time ago!)

    -----------------------------------------------------------------------------------

    Computers

    >>> Commodore C64: PSP-Vice

    >>> Amstrad CPC464: PSPCAP32

    >>> ZX Spectrum 48K: FUSE

    >>> MSX: fMSX

    >>> Atari 800,800XL,130XE: PSPAtari

    >>> Sam Coupé: PSPSim

    >>> Dragon32/64-Tandy Coco: PSPDragon

    >>> Thompson MO5: PSP MO5

    >>> Thompson TO7: PSPThom

    >>> BBC Micro Computer: PSPBeeb

    >>> Commodore Amiga: PSP UAE

    >>> Atari ST: CaSTaway

    ----------------------------------------------------------------------------------

    Others

    >>> Lucasart Point & Click adventure games: ScummVM

    >>> Adventure Game Studio (AGS, Point & click Games): Adventure Game Studio for PSP

    >>> Dos: DosBox

    -----

    Tutoriaiis e downloads aqui (Inglês): http://wololo.net/

    31
    • Micro picture
      dantedias · quase 3 anos atrás · 3 pontos

      Que dica boa

    • Micro picture
      matheusps92 · quase 3 anos atrás · 3 pontos

      O do 64 ficava meio estranho no PSP, não sei se lançaram alguma atualização. Mas olha, é muito louco jogar 64 no PSP \o/

      1 resposta
    • Micro picture
      frajola · quase 3 anos atrás · 2 pontos

      Eu vi esse site, até faria, e vi vários vídeos funcionais, daria um up' no PSV de 200% mas né... arriscar e tomar ban... :/

  • 2018-06-22 08:49:49 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#81 [Arcade] (1985): Section Z & Sky Kid

    A Capcom também cria um jogo do gênero Shoot ‘em up horizontal, mas aqui, controlamos um astronauta do terceiro milênio que deve explorar uma nave espacial que orbita a Terra. Nosso objetivo é destruir os inimigos da nave e os 5 chefes presentes no jogo. A nave é dividida por 26 setores, cada um representado por uma letra do alfabeto. Há somente 3 power-ups no jogo, um que aumenta a velocidade, outro para a potência do tiro e outro que vale pontos, que somados, garantem uma vida extra. - Um jogo muito bonito, cheio de detalhes ao fundo e com uma trilha sonora legal, numa pegada de jazz. É possível voar por toda a tela e virar nosso personagem para destruir os inimigos que vem de trás.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     O Shoot 'em up horizontal da Namco traz uma pegada muito mais infantil. Foi o primeiro jogo da empresa a trazer um multiplayer simultâneo e esse é o grande diferencial do jogo. Controlamos aviões típicos da Primeira Guerra Mundial e devemos destruir os inimigos até chegar na pista de pouso. Os inimigos vêm aos montes, tanto no céu quanto do chão. Em cada fase, é possível pegar uma bomba e jogar em uma base militar grande para ganhar pontos extras. - O jogo é bem colorido e possui uma trilha sonora bem divertida. O controle do avião é meio ruim, pois indo para cima ou para baixo, faz você atirar na diagonal então deve-se praticar bastante para pegar essa dinâmica.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Section Z

    Plataforma: Arcade
    9 Jogadores
    1 Check-in

    32
  • 2018-06-19 15:14:35 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#80 [Arcade] (1985): Gun.Smoke & Indiana Jones and the Temple...

    ...of Doom

     Mais um jogo da Capcom que segue as mesmas premissas de Commando, porém, ambientado no Velho Oeste. Controlamos um pistoleiro caçador de recompensas que deve atirar em vários capangas pelo cenário até alcançar o bandido chefe e prosseguir para a próxima fase. O jogo possui power-ups que podem ser encontrados dentro de barris, como aumento da distância do tiro, rapidez das pistolas, velocidade do personagem e até mesmo um cavalo, que garante 3 hits de dano. - O jogo é extremamente bonito e detalhado, contando com uma animada música de fundo bem legal. A tela vai caminhando sozinho e os inimigos aparecem aos montes, até nas janelas das casas, que torna o jogo bem difícil.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     Para aproveitar a licença sobre os jogos dos filmes do Indiana Jones, a Atari recria a aventura de seu segundo filme em jogo de Arcade. O jogo roda placa System 1, assim como Marble Madness e traz o arqueólogo numa missão em diferentes cavernas para salvar as crianças raptadas por bandidos e recuperar as pedras Sankara, que foram roubadas. O jogo também conta com uma parte em que Indiana percorre vários trilhos usando um carrinho de mineração. - De longe, é o jogo mais bonito já apresentado, com gráficos ultra detalhados e com direito a voz sintetizada do aventureiro. O ponto negativo do jogo é sua perspectiva e navegação, pois temos que andar exatamente em cima das plataformas e qualquer erro acarreta na morte de Jones.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Gun.Smoke

    Plataforma: Arcade
    14 Jogadores

    36
    • Micro picture
      porlock · 4 meses atrás · 2 pontos

      conheço os dois de nome,. mas acho q nunca joguei nenhum.

      1 resposta
    • Micro picture
      leafargs · 4 meses atrás · 2 pontos

      Gun Smoke é um jogo divertido e bonito, tanto a versão arcade como no nes.

      1 resposta
    • Micro picture
      old_gamer · 4 meses atrás · 2 pontos

      Gun smoke é um clássico da Capcom, foi um dos primeiros jogos lançados desta produtora para o nes.

      1 resposta
  • 2018-06-14 09:30:04 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    As companhias de games entre 1980-1984

    Medium 3639402 featured image

    Com a explosão dos games nos Arcades com Pac-Man, consoles e, principalmente, dos computadores pessoais, várias novas empresas foram criadas para entrar nesse mercado. Em 1980, no universo de computadores, surge a publicadora Brøderbund, começando com Galactic Empire e explodindo com Choplifter. O casal Ken e Roberta Williams fundam a On-Line Systems, criando Mystery House e vários outros adventures de textos. A Sirotech Software, renomeada para Sir-Tech Software em 1981 cria o Galactic Attack e explode com a série Wizardry. A Bug-Byte Software faz um grande sucesso com o Manic Miner e a japonesa HAL Laboratory entra no mercado com um clone de Rally-X, o Radar Rat Race, para computadores.

     Em 1981, a Imagic é fundada e cria jogos para o Atari 2600, explodindo com Demon Attack, já a Spectravision e a DK'Tronics criam jogos de computadores. Já em 1982, nos Estados Unidos, temos a Electronic Arts com seu xadrez Archon: The Light and the Dark, a Data Age com seu Frankenstein's Monster, a First Star Software e a MicroProse Software com jogos de computadores. A gigante dos cinemas cria a divisão Lucasfilm Games e seu jogo de esporte bizarro Ballblazer. No Canadá, temos Artech Digital Entertainment, que cria jogos para um sistema de internet chamado NABU Network e a Distinctive Software cria ports de jogos de esporte. Na Europa, surgem a Argonaut Games, Martech Games, Llamasoft e a English Software criando jogos de computadores, além da Ultimate Play the Game com Jetpac. No Japão, temos a Compile, criando jogos para o SG-1000.

     Em 1983, nos EUA, os irmãos Garriott fundam a Origin Systems para publicar os jogos da série Ultima, a Spectrum HoloByte com seu jogo GATO, a Graftgold e a Interplay Productions criam jogos para computadores, já Mindscape é fundada, mas sem jogos ainda. No Reino Unido, temos Alligata Software, Tynesoft, Beyond Software e na França, a Infogrames Entertainment, todas elas produzindo jogos de computadores. Em 1984, Nos EUA, Alan Miller e Bob Whitehead deixam a Activision e fundam a Accolade. A New World Computing e Sculptured Software e a japonesa Kemco são fundadas mas ainda sem jogos. Em UK, a Elite Systems cria Kokotoni Wilf, A Ocean Software cria Hunchback e outras empresas criam jogos para computadores, como a Novagen Software, Psygnosis e a Gremlin Graphics.

     Mas algumas companhias de games já começaram a fechar as portas nessa época. A APF Electronics (1970-1983) fracassa com seus consoles e computadores, a Games by Apollo (1981-1983) e a U.S. Games (1978-1983) não consegue emplacar seus jogos de Atari 2600. A Starpath (1981-1984) é comprada pela Epyx, a Synapse Software (1981-1984) é comprada pela Brøderbund e a Imagine Software (1982-1984) é comprada pela Ocean Software. A Dragon Data (1980-1984) não consegue emplacar sua linha computadores e vai à falência. A Warner Communications vende a divisão de consumo da Atari e cria uma nova companhia, a Atari Games. É possível notar que a maioria das novas companhias são de software e jogos para computadores.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    48
    • Micro picture
      porlock · 4 meses atrás · 3 pontos

      caramba.. foi o boom de softhouses... algumas tão ai ateh hj...

      1 resposta
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 4 meses atrás · 2 pontos

      kkkkkkkk...e essa logomarca da HAL LABORATORY INC.?

      2 respostas
    • Micro picture
      volstag · 4 meses atrás · 2 pontos

      Que texto foda!! Ver sobre a Brotherbund me deu saudade de vários jogos, acho até que vou procurar o Sindicate de PC pra tentar alguma maracutaia pra rodar agora nos pcs atuais.

      1 resposta
  • 2018-06-12 09:21:16 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#78 [Arcade] (1985): Shao-lin's Road & My Hero

    Seguindo a premissa de Kung-Fu Master, A Konami cria um jogo de briga onde controlamos o lutador Wanpyou que deve derrotar uma série de inimigos da gangue Yamucha para vingar a morte de seu mestre. Usando apenas chutes e voadoras, temos que vencer todos os inimigos e um chefe que aparece a cada duas telas, mudando o cenário. Temos também alguns power-ups para nos ajudar, como um bola com espinhos, bolas de fogo e uma esfera de energia que fica a nossa volta. - Um jogo rápido e cheio de ação. Os lutadores estão sempre em movimento e podemos levar até 3 golpes antes de perder uma vida. Os chefes requerem mais golpes para serem derrotados, além de possuir habilidades diferentes dos inimigos comuns.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     A namorada de Steven é sequestrada por uma gangue e nossa missão é resgatá-la. Para isso, devemos socar e dar voadoras em todos os inimigos pelo caminho até enfrentar o chefe. No meio do caminho, podemos salvar um lutador que veste rosa para nos ajudar na empreitada, apenas repetindo os seus comandos. A tela vai rolando para a direita e há segmentos de plataforma, onde devemos desviar de bombas, garrafas, fogo, bolas de espinho entre outros. - Um jogo simples e gostoso de jogar. A música é muito empolgante e os gráficos são belíssimos, com direito a casas decoradas e loja de games. Alguns inimigos arremessam garrafas pela janela e podemos soca-la para derrubar todos os inimigos em frente, transformando-os em anjos.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    My Hero

    Plataforma: Arcade
    0 Jogadores

    38
  • 2018-06-11 09:25:34 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    #78 - Dig Dug II [Arcade] 1985

     Após o enorme sucesso de Dig Dug, a Namco desenvolve uma continuação do jogo com uma pegada bem diferente. Usando mesmo hardware de Super Pac-Man e o display de Mappy, temos um jogo bem colorido e uma boa música de fundo tocando. O nosso personagem, Taizo Hori continua com seus dois equipamentos. A bomba de ar possui a mesma função do jogo anterior, onde inflamos nossos inimigos até explodirem. A furadeira pode ser usada nos pontos chaves do terreno para desmoronar um pedaço da ilha e fazer os inimigos caírem no mar. São 15 telas únicas no jogo e elas vão se repetindo aleatoriamente após passar por todas, porém, com ainda mais inimigos.

     - O jogo continua bem simples e viciante, assim como o primeiro. As músicas são divertidas e os gráficos coloridos deixam tudo ainda mais agradável. A nova mecânica de criar rachaduras na ilha foi bem pensado, mas tem que tomar muito cuidado ao usá-la, pois o pedaço que cai é sempre o menor, então tem que ficar muito atento a isso. Os inimigos são os mesmos do primeiro e o controle do personagem é meio ruim, o que tira alguns pontos desse novo jogo. Se você morre e o lugar inicial foi destruído durante a rodada, Taizo volta em um lugar diferente, o que pode deixar a estratégia de concluir a fase muito mais difícil.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Dig Dug II

    Plataforma: Arcade
    4 Jogadores

    41
  • 2018-06-08 08:45:05 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Combo#76 [NES] (1985): Wrecking Crew & Battle City

    Depois de trabalhar como encanadores em Mario Bros., Mario e Luigi são demolidores e estão equipados com uma marreta pesada, que os impede de pular. O objetivo é destruir todos os objetos cinzas do cenário, para então prosseguir para a próxima fase. O jogo possui mais de 100 telas e ainda conta com modo de construção, que permite salvar suas fases no gravador de fita do Famicom. - Esse jogo tem uma proposta bem diferente e temos que traçar uma rota antes de sair destruindo tudo, pois tem algumas escadas que se destruirmos sem pensar antes, podemos tornar impossível a conclusão da fase. Mario e Luigi alternam os turnos e cada um conta com 5 vidas. O demolidor Spike é um dos inimigo que vai fazer de tudo para te atrapalhar, além dos robôs.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    ----------------------------------------------------------------------

    ----------------------------------------------------------------------

     A Namco desenvolve a continuação do seu Arcade lançado em 1980, o Tank Battalion, para o console da Nintendo. A premissa do jogo é a mesma, destruir os 20 tanques inimigos e partir para a próxima fase. Além disso, temos que impedir que os inimigos alcancem a fênix na parte baixa da tela e a destrua, resultando em um Game Over instantâneo. O jogo conta com 32 telas onde podemos escolher qual começar e também possui um modo de construir fase. - Certamente, um dos jogos mais divertidos da plataforma até agora. Dá para jogar de 2 simultaneamente e há vários power-ups para pegar. Cada objeto no cenário possui características próprias e as fases exploram muito bem cada um, além de muitas delas serem um desenho de alguma outra coisa.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    Wrecking Crew

    Plataforma: NES
    90 Jogadores

    38
    • Micro picture
      darlanfagundes · 4 meses atrás · 2 pontos

      Taí um jogo com os Bros. que eu nunca tinha visto...hehehehe

      1 resposta
    • Micro picture
      vicente_gabriel · 4 meses atrás · 2 pontos

      caraaaaaaaaaca, dois jogos que joguei MUITO com meus primos, saudades

      1 resposta
    • Micro picture
      porlock · 4 meses atrás · 2 pontos

      minha referencia de nintendinho eh praticamente zero... eu tive o atari até a epoca do super nintendo... ai acabei pulando direto do atari pro snes... num conheço quase jogo nenhum de nintendinho.

      2 respostas
  • 2018-06-06 09:28:39 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Arcade Awards de 1985

    Medium 3635987 featured image

    JOGO DO ANO - One on One [Apple II]:

     A tradicional disputa de basquete de 1 contra 1 ganha vida no Apple II, com movimentação fluída e física realista.

    [Divisão de consoles]

    JOGO DO ANO - Space Shuttle [Atari 2600]:

     Uma simulação de exploração espacial perfeita, onde usamos o joystick e as alavancas do console para controlar nossa nave.

    AÇÃO - Buck Rogers [Colecovision]:

     Uma verdadeira batalha espacial com visão 3D, cheio de ação e gráficos do mais alto nível.

    ESPORTE - Decathlon [Atari 2600]:

     A Activision foi ousada e conseguiu colocar 10 modalidades olímpicas dentre de um único cartucho, todos elas com um charme próprio.

    AVENTURA - Pitfall II: Lost Caverns [Atari 2600]:

     David Crane cria a continuação de seu grande clássico, numa aventura ainda mais rica e bela em todos os seus pequenos detalhes.

    AUDIOVISUAL - Congo Bongo [Colecovision]:

     Novamente, o console que é capaz de reproduzir com perfeição os jogos de Arcade leva o prêmio, trazendo mais um belo clássico da Sega.

    [Divisão de computadores]

    JOGO DO ANO - Ultima III: Exodus [Apple II]:

     O terceiro jogo da série Ultima chega ao seu ápice, com um mundo vasto e um complexo sistema de combate tático.

    ESPORTE - Summer Games [Commodore 64]:

     Voltando ao tema de olimpíada, temos um belíssimo jogo com várias modalidades de esportes.

    AÇÃO - Blue Max [Commodore 64]:

     Usando a perspectiva isométrica, temos um combate aéreo cheio de ação entre vários aviões de guerra.

    AVENTURA - Gateway to Apshai [Atari 8-bit]:

     Um jogo de aventura e RPG mais simplificado que os anteriores da série, mas ainda sim, fantástico e cheio de mistérios.

    AUDIOVISUAL - Demon Attack [Atari 8-bit]:

     Para acompanhar o sucesso do seu jogo no Atari 2600, a Imagic porta o jogo para os computadores e novamente, uma versão perfeita.

    [Divisão console / computador]

    FICÇÃO - Star Wars [Atari 8-bit]:

     Com um grande sucesso no Arcade, a Atari criou o jogo da Guerra nas Estrelas para a sua linha de computadores e o resultado ficou perfeito.

    INOVADOR - World’s Greatest Baseball Game [Commodore 64]:

     Um simulador do esporte baseball com todas as regras aplicadas e visual fantástico.

    HUMOR - Quest for Tires [Colecovision]:

    Controlamos um simpático homem pré histórico que deve se aventurar e desviar dos obstáculos em cima de um monociclo.

    PORTE DE ARCADE - Joust [Atari 5200]:

     O jogo ficou muito bem representado no novo console da Atari, onde vários cavaleiros em cima de seus avestruzes se enfrentam.

    AÇÃO E ESTRATÉGIA - Flight Simulator II [Commodore 64]:

     A segunda versão do jogo traz gráficos melhores e um painel com ainda mais detalhes.

    ESTRATÉGIA - Murder on the Zinderneuf [Atari 8-bit]:

     Um jogo de investigação, onde temos de desvendar o mistério por trás de um assassinato.

    MULTI-JOGADOR - Pitstop II [Commodore 64]:

     O jogo de corrida de Fórmula 1 da Epyx ganha uma continuação com tela dividida, com muito mais velocidade e gráficos.

    FINANÇAS - Millionaire [Apple II]:

     Um jogo voltado para os adultos, onde temos uma simulação de mercado da bolsa de Wall Street e o objetivo é ficar milionário.

    GUERRA - T.A.C. [Commodore 64]:

     Planeje suas táticas de combate, crie suas formações e depois veja o combate acontecer, seguindo as ordens planejada anteriormente.

    EDUCACIONAL - Agent USA [Atari ST]:

     Viajamos por várias cidades dos EUA para completar suas missões e de quebra aprender o nome dos estados norte-americanos.

    [Divisão de Arcades]

    JOGO DO ANO - Star Wars [Atari]:

     Seguindo o sucesso do filme, a Atari cria um jogo lindíssimo de combate espacial usando gráficos vetoriais coloridos.

    INOVADOR - Punch-Out!! [Nintendo]:

     Um jogo de boxe lindíssimo com visual cartunesco e duas telas, uma com as fotos e informações dos lutadores e o outro com a luta.

    AUDIOVISUAL - TX-1 [Atari]:

     Ainda mais bela que o jogo de boxe, temos um jogo de corrida fantástico da Atari, com 3 telas verticais, criando um visual panorâmico.

    @andre_andricopoulos, @filipessoa, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    33
    • Micro picture
      kb · 3 dias atrás · 2 pontos

      Muito legal estes Goty das antigas! Parabéns e continue postando! O Star Wars Arcade eu tenho como extra destravável do Rogue Squadron III: Rebel Strike do GameCube e o joguinho é ótimo! Outros dois disponíveis como extra é o The Empire Strikes Back muito bom também e Return of the Jedi, este último considero o patinho feio da trilogia por ser inferior aos dois primeiros, além de não ter sido mais com gráficos vetoriais.

      1 resposta
  • darlanfagundes Darlã Fagundes
    2018-06-01 01:45:48 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Pokémon nunca usados são descobertos em demo da Gold Version!


    Há quase 20 anos do lançamento de Pokémon Gold Version e Pokémon Silver Version, eis que fãs descobrem algo um tanto curioso. Mexendo na ROM da versão demo de Gold Version, liberada em meados de 1997 para testes, eles encontraram inúmeros pokémon que foram descartados da versão final. Isso mesmo! Existiram monstrinhos que simplesmente nunca foram usados pela Game Freak.

    Os pokémon iniciais não seriam os queridos Totodile, Cyndaquil e Chikorita. Outros pokémon do tipo Água e Fogo existiram na versão demo de Gold Version.


    As pré-evoluções também teriam mais variedades. Mas infelizmente foram descartadas na versão final.


    Alguns pokémon já conhecidos possuíram formas completamente diferentes. Foi o caso do Girafarig, Remoraid, Octillery e Porygon2.


    Antes dos Cães Lendários Entei, Raikou e Suicune estariam no game Rai, En e Sui. O character design nada atraente pode ter sido uma das questões levadas em consideração para que fossem descartados (ainda bem!).

    Abaixo você pode ver mais alguns dos  que foram completamente descartados da franquia.


    Além dos pokémon descobertos, os fãs hackers acharam na ROM detalhes do modo história que mostravam um irmão mais velho para o personagem protagonista, além de lugares inéditos no mapa original, movimentos e itens que jamais foram usados.

    Em tempo, a Nintendo e a Game Freak apresentaram o mais novo game da franquia, Pokémon Let’s Go Pikachu! e Pokémon Let’s Go Eevee!, que será exclusivo para o Switch. Saiba mais detalhes .

    Será que algum desses pokémon aparecerão em futuras gerações? 

    Pokemon Gold Version

    Plataforma: Gameboy Color
    4257 Jogadores
    22 Check-ins

    56
    • Micro picture
      zandryx · 5 meses atrás · 2 pontos

      Marroia, tem uns bem bonitinhos ali, lembro da época,eu acompanhava tudo q era noticia q saiam nas revistas e ficava vidrado quando era revelado um pokemon novo, ainda com o nome japonês, até hoje ainda lembro do nome de vários da segunda geração em japonês kkk

    • Micro picture
      rockysilvabr · 5 meses atrás · 2 pontos

      Até o gato da Sailor Moon tá lá :v

    • Micro picture
      darlanfagundes · 5 meses atrás · 1 ponto

      OBS.:CopieiEsseTextoDeUmSiteCheioDeVírusEporIssoNãoVouCreditar...

  • danielgfm DoomGuy
    2018-06-01 18:32:32 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Atari VCS vem aí...

    E ele terá como cérebro um A10, provavelmente um A10-9700 com uma Radeon R7 embutida com metade da potência de um XboX One, por assim dizer, ainda vem com 4 GB DDR4, quer dizer, vai poder rodar até mesmo vários indies, pois será possível instalar o Steam.

    Com Linux OS, suporte para teclado e mouse, armazenamento limitado, mas que pode ser expandido com SD Card e HD externo, ele será um mini-PC com cara de videogame.

    Achei ele meio caro, mas a possibilidade de se jogar com o controle "original" remodelado e jogos clássicos, é até interessante.

    Vamos ver se o projeto sai depois de ter um sucesso avassalador no Indie Gogo.

    25
    • Micro picture
      natnitro · 5 meses atrás · 1 ponto

      Basicamente uma mini steam machine com skin de Atari então... :-)
      Boa sacada a deles de fazerem parceria com a Steam, já que praticamente tudo que sair de indies lá poderá rodar nele também, o que deixa o catálogo muito mais interessante realmente...

    • Micro picture
      daniel77br · 5 meses atrás · 1 ponto

      Torcia muito pelo projeto, mas não faz meu estilo.

Continuar lendo → Reduzir ←
Carregando...