cartsugo

Usuário do Steam, Jogador de RPGs, jogos de luta, FPS, e jogos com boas historias em geral.

You aren't following cartsugo.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • cartsugo Luiz F.
    2018-07-31 14:03:18 -0300 Thumb picture
    cartsugo checked-in to:
    Post by cartsugo: <p><strong>De volta à esse jogo, </strong>tenho que
    Assassin's Creed Syndicate

    Platform: PC
    211 Players
    94 Check-ins

    De volta à esse jogo, tenho que admitir que estou gostando bastante dele, a guerra de gangues é muito divertida hahaha.

    7
  • cartsugo Luiz F.
    2018-07-31 00:03:55 -0300 Thumb picture
    Post by cartsugo: <p><strong>Obrigado </strong>a todos que me seguira

    Obrigado a todos que me seguiram hoje, espero a gente se divirta e interaja bastante por aqui. :)

    30
  • cartsugo Luiz F.
    2018-07-25 23:23:08 -0300 Thumb picture

    Análise de The Witcher 3: Wild Hunt e DLCs

    Medium 3655234 featured image

    Esse realmente mereceu o Goty de 2015

    The Witcher  3: Wild Hunt é um RPG de ação e fantasia desenvolvido e publicado pela empresa polonesa CD Projekt Red,  e foi coroado por muitos o jogo que definiu a geração por ser muito completo e bem feito, pensado em cada detalhe, e que agradou a praticamente todos que jogaram. Esse é o terceiro título da franquia The Witcher.

    História:A trama do jogo se dá por varios personagens sairem em busca de Ciri, uma garota treinada por bruxos em kaer Mohren, que acredita-se ser a peça principal de uma profecia. Além de Geralt, a Caçada Selvagem que são seres bastante poderosos vindos de outro mundo, também estão atras de Ciri, que torna a jornada da pobre garota mas não indefesa ainda mais dificil, sempre tentando fugir daqueles que a caçam.


    Cenários, personagens e Monstros: The Witcher 3 é um jogo rico em varios aspectos, e um deles é a beleza dos cenários, o mundo aberto do jogo te permite visitar varios lugares lindos, a textura e a movimentação em si é muito bem trabalhada, você poderá notar paisagens vivas, se movimentando com o vento que cerca tornando a experiência mais emocionate e real. Além disso, personagens, desde os principais até mesmo os figurantes, coadjuvantes e outros, são muito interativos, gerando uma vasta sensação de que você está conhecendo e sendo conhecido por cada um dos personagens com que você interage.
    Viajando pelo mundo aberto, você com certeza ira encontrar diversas criaturas, criaturas que formaram para mim, a melhor mitologia dentro de um jogo, podendo enfrenta-las, mata-las e pegar os drops que elas deixam, que podem ser uteis para preparar uma poção, ou melhorar Geralt de alguma forma.


    Jogabilidade: Se não me engano, no começo do jogo você se depara com uma frase "A jogabilidade é facil de aprender e dificil de dominar", isso pode ser verdade dependendo do seu contato com os outros The Witchers, mas eu achei relativamente complicado no começo, ver todos os sinais, bombas, poções, eu não estava acostumado, mas com o tempo você pega o jeito, basta matar alumas feras aqui e ali que ja consegue jogar direitinho. No game, você pode usar Poderes chamados "Sinais" que servem para Lançar chamas que te ajudam na batalha, até mesmo influenciar alguem em uma conversa, são muito uteis no jogo. Os itens podem ser melhorados comprando, buscando os itens necessarios para fabricar a melhoria, etc.
    Como é um RPG, você pode mudar alguns aspectos de Geralt, como a barba e os cabelos, além de também oferecer o sistema de niveis como requisitos ás Quest do jogo, o que permitirá a você explorar mais ainda o mundo de The Witcher.
    O som ambiente do jogo te leva a entrar na idade media ficticia do jogo, que acaba sendo um dos melhores atributos do ambiente, realmente a CD Projekt RED caprichou muito nos detalhes e mereceu mesmo o Titulo de GOTY 2015 para The Witcher 3.


    Sobre Geralt: É o principal personagem do jogo, ele se depara com o perigo da caçada selvagem e está disposto a qualquer custo encontrar Ciri e deixa-la em segurança, uma vez que ela é como uma filha para ele, Geralt acaba saindo em uma jornada espetacular em busca de sua "Filha", deparando com desventuras em seu caminho.

    Dublagem: O jogo vem totalmente dublado, e a referida dublagem em si ficou muito boa, as falas de personagens de quest são bem trabalhadas assim como as falas de Geralt e de personagens mais relevantes; É claro que nem tudo é 100% mas para mim essa foi uma das melhores dublagens dos games mesmo com algumas falhas.

    Trilha sonora: Cara, eu não tenho nem palavras pra descrever a beleza das musicas do jogo, é como se você mergulhasse mesmo dentro da época, a cada momento diferente uma nova musica surge, mas se você quer mesmo conferir por conta propria basta procurar uma playlist do Spotify.

    The Witcher 3 conta também com a tecnologia Ansel da Nvidia, que permite tirar screenshots e modificá-las ao seu gosto no próprio jogo, podendo criar capturas panorâmicas e usar diversos filtros.


    Enfim eu realmente recomendo esse jogo a você que está buscando um jogo de alta qualidade e que vai te render horas e horas de aventura, The Witcher 3 pode ser a melhor opção para você.

    The Witcher 3: Wild Hunt

    Platform: PC
    1071 Players
    686 Check-ins

    33
    • Micro picture
      manoelnsn · over 1 year ago · 3 pontos

      Bem que eu queria, mas meu PC não roda ele nem no low :(

      2 replies
    • Micro picture
      cartsugo · over 1 year ago · 1 ponto

      Posso dizer que o meu antigo não rodava também, mas eu deixei tudo no low, e zerei o game á 20~25 fps até comprar meu novo pc. Mas valeu cada minuto jogando haha.

  • cartsugo Luiz F.
    2018-07-25 23:04:21 -0300 Thumb picture

    Análise de Assassin's Creed: Unity

    Medium 3655224 featured image

    O Jogo que trouxe a Má fama à Ubisoft

    Assassin's Creed Unity foi por muito tempo conhecido como o fracasso da Ubisoft, visto que em seu lançamento o jogo estava repleto de Bugs e problemas de estabilidade e otimização que deixaram os fãs da franquia bastante decepcionados, mas com o passar do tempo as coisas foram mudando, a ubisoft tentou corrigir os erros lançando uma serie de Patchs de atualização para que o jogo se estabilizasse o maximo possível.

    Falando de história, Assassin's Creed unity pode surpreender, por mais que tenha uma "Carência" de personagens que tem uma trama muito ligada ao protagonista como foi na maioria dos outros Assassin's, Unity traz uma temática que me agradou bastante, a Revolução Francesa, e um enredo até que bem detalhado, o caos da revolução foi muito retratado no jogo, onde você pode ver assassinatos em meio a rua, roubos(inclusive você pode interagir nesses casos, mas acaba ficando muito repetitivo), multidões furiosas, etc.

    Arno Dorian é o protagonista, mas ele nunca está sozinho, Élise de la Serre é sua amada e também uma Templária, está em grande parte do jogo interagindo com o mesmo e acompanhando e liderando missões para a campanha. Arno é um personagem bastante carismático, e seguindo o curso da história ele se vê em uma situação nunca imaginada, acaba o levando para a Ordem dos Assassinos posteriormente.
    Unity trouxe algumas novidades bacanas, como por exemplo a personalização de Arno, roupas, cores, armas, essa nova forma de personalização de personagem é um dos pontos fortes do jogo, mas em contrapartida, ter que comprar habilidades essênciais em algumas missões foi para mim um ponto fraco, que me deixou bastante limitado durante grande parte do jogo.

    Os gráficos são maravilhosos, nisso a Ubisoft realmtente acerta, a cidade de París ficou muito impressionante visualmente, o Hairworks também foi bem feito para a época.

    Dublagem: A dublagem desse jogo é sensacional, e conta com varias vozes conhecidas, como Sergio moreno(Geralt em the witcher 3), Júlio Chaves (Arqueiro verde em injustice) entre outros.

    Detalhe: Caso fique confuso com o final de AC Unity, jogue o Rogue.

    Contras: Por mais inovador que fosse unity, ele aprensenta ideias que muitas vezes são inutilizadas, como por exemplo a grande quantidade de NPCs brotando na sua tela, isso foi uma das coisas que mais me irritou, aquele aglomerado de Franceses nervosos com o Croissant queimado é muito pesado gráficamente, em momento seu FPS pode cair drásticamente por causa de um monte de NPCs inúteis.
    O jogo também apresenta uma otimização não lá muito boa, pra não dizer ruim ou horrível.

    Bugs em momentos cruiciais como em batalhas contra soldados acontecem constantemente, em alguns momentos você simplesmente não consegue desferir golpes, ou não consegue rolar para desviar, uma das coisas que mais odiei também foi esse novo sistema de combate, que removeu o velho "escudo humano" dos outros ACs, e agora sempre que você for alvejado, ou mata ou corre, nada de escudo humano mais.
    E por último, quero ressaltar a repetitividade da entrada em fortes, em AC unity, entrar em fortalezas é quase uma rotina, chega a dar enjôo quando você olha na tela e vê infiltre-se em um forte, mas isso foi algo particular, talvez para você que está lendo não seja um problema.

    É isso.

    Recomendo esse jogo para você que é fã da franquia Assassin's Creed, por mais que Unity não seja tão bom comparado aos outros Assassin's Creed, está longe de ser um título dispensável.

    Assassin's Creed Unity

    Platform: PC
    420 Players
    133 Check-ins

    33
    • Micro picture
      porlock · over 1 year ago · 3 pontos

      eu gostei bastante desse AC... ele ta mais generico, mas ainda eh interessante.. e achei bacana ele nos inserir na historia, falando diretamente com a gente, qdo nos chamam de 'jogador'... isso tornou a experiencia mais pessoal.
      e tb é um jogo belissimo... queria andar por paris em VR. deve ser um espetaculo.

    • Micro picture
      salvianosilva · over 1 year ago · 2 pontos

      Eu to zerando o Rogue, louco pra jogar o Unity logo.

    • Micro picture
      cartsugo · over 1 year ago · 2 pontos

      O Rogue é muito bom, a mudança de Assassino para templário deixou aquele jogo único kkk

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...