2017-11-07 19:06:01 -0200 2017-11-07 19:06:01 -0200
brunothebigboss Bruno dos Anjos Seixas Featured

Os jogos Single Player estão condenados?

Single 3561101 featured image

No meio dessa enxurrada de notícias negativas que é 2017, uma NÃO passou despercebida no mundo gamer: o fechamento do estúdio Visceral Games.

Caso você tenha vivido em uma caverna nos últimos tempos, vou explicar: recentemente, a Eletronic Arts fechou um de seus estúdios, a Visceral Games, responsável pelos jogos da franquia Dead Space e por Battlefield Hardline. Isso por si só já deixou a comunidade gamer em polvorosa, pois a EA tem um histórico de estúdios fechados, e olha que não foram poucos...

Porém, as coisas ficaram ainda piores quando uma IP nova de Star Wars, que estava sendo desenvolvida pelo estúdio já citado (inclusive com a participação da roteirista de Uncharted, Amy Hening), foi realocado para outro estúdio com a intenção de torná-lo uma "experiência mais ampla". Isso não soou muito bacana para os jogadores, pois se sabia que essa nova IP era um jogo mais focado no tradicional single player.

Enfim, a fúria se espalhou como o vento, cabeças rolaram, jogos foram queimados em fogueiras, ameaçou-se usar um Death Note, e MUITOS (muitos mesmo) textos e vídeos sensacionalistas foram feitos alertando para o fim dos jogos com o foco em apenas um jogador (ao invés de vários, com cooperativo ou multiplayer como foco).

O objetivo desse artigo é trazer alguns fatos que essa galera que está reclamando faz 3 semanas não percebeu, e trazer minhas considerações sobre tudo isso. Sem mais delongas, 始めましょう (comecemos).

A culpa por essa "decadência" não é só das empresas, também é sua

Não gosto de culpar as pessoas diretamente quando algo acontece. Sempre prefiro acreditar que existe uma causa para tal comportamento. Mas aqui, não há muito a que fazer. Se você está reclamando que os jogos com foco (quase) exclusivamente no multiplayer estão dominando o mercado, você deveria olhar para si mesmo.

Claro que jogos como Overwatch e Fortnite tiveram uma campanha de marketing por trás, e por isso são tão famosos. Mas quem foi que levou jogos como Player's Unknown Battleground e Rocket League ao estrelato?!

Isso sem contar os vários jogos single player que, apesar de terem sido elogiadíssimos, não foram tão bem assim perante o público, como Resident Evil VII, HITMAN (2016), etc. Claro que seria absurdo supor que eles fracassaram porque não tinham multiplayer (exceto alguns jogos como HITMAN, que tinham alguns elementos online), é claro que existem motivos para não terem ido tão bem, mas cadê os jogadores para apoiarem esse tipo de jogo?!

Enfim, não há muito o que dizer nessa parte além de ressaltar o consentimento dos jogadores para com esse tipo de jogo. Mas o próximo argumento é bastante importante para entender esse fenômeno:

Jogos AAA já não são propícios a jogos com foco em apenas um jogador

Todos já estão carecas de saber que o custo de desenvolvimento de jogos AAA é altíssimo e envolve muitos riscos (por isso a falta de inovação na maioria deles). A consequência não-tão-inesperada disso é que, muitas vezes, os desenvolvedores tentam recuperar o dinheiro gasto com expansões, DLCs, microtransações, formato episódico, GOTY Edition da vida, etc.

A verdade é que os jogos com foco no multiplayer possibilitaram a (sobre)vida desse tipo de jogo. Não é preciso tanto esforço (e, até certo ponto, esmero) ao fazer um jogo puramente online. O custo de produção não é tão alto e ele ainda vai custar $60, o que significa que a empresa terá altos lucros com o jogo.

Ah, e provavelmente a maior parte dos custos do jogo serão para marketing mesmo. 

Apesar de tudo, o single player ainda está firme e forte

2017 está sendo um dos melhores anos não só para os jogos em geral, mas também para os jogos single player. É impressionante ver essa turba dizendo que os jogos single player "estão em decadência" em um ano em que tivemos:

-Persona 5 (foi lançado em 2016 no Japão, mas dane-se)

-NieR: Automata

-The Legend of Zelda: Breath of the Wild

-Super Mario Odyssey

-Resident Evil VII

-Yakuza 0 (também lançou esse ano no Ocidente)

-Yakuza Kiwami (idem)

- Hellblade: Senua's Sacrifice

-Nioh

-Horizon Zero Dawn

-Entre outros...

Como será o futuro (eu acho)

(Talvez a comunidade gamer devesse dedicar esforços para gêneros de jogos REALMENTE ameaçados, como o co-op local/via LAN)

Como eu disse, não creio que os jogos singleplayer estejam ameaçados de extinção. Porém, as empresas que fazem jogos AAA não querem mais se arriscar nesse tipo de gênero devido a suas limitações lucrativas, e por ser muito mais fácil fazer um multiplayer mesmo. Tanto que, se vocês pararem para ver a lista que botei aí em cima, perceberão que vários jogos não tem orçamentos estratosféricos. E olha que deixei uma penca de jogos de fora, como Superhot, The Witcher 3, Life is Strange...

Enfim o futuro, pra mim, é esse: os jogos single player já provaram seu valor diversas vezes e não morrerão. Porém, serão produções menores, sem tantos riscos envolvidos, e com maior capacidade de inovação. Enquanto isso, os jogos com orçamentos Triple -A ou vão acabar ou vão se concentrar em jogos com foco multiplayer/mundo aberto. Inclusive, acredito que já estamos por esse caminho e acho que seria o mais ideal.

Considerações finais

Esse não foi um artigo muito longo se comparado aos meus últimos. Mas eu acho que é porquê não há muito o que dizer mesmo. Ao contrário de meu último artigo desse tipo, onde tinha bastante coisa que eu falava na tentativa de defender minha tese, aqui é simplesmente uma discussão infrutífera, quase sem argumentos algum, e com muita dose de nostalgia. Só aceitei fazer esse artigo porque achei que poderia ajudar a esclarecer a situação, mesmo que não seja tão complexo quanto artigos anteriores.

Então... basicamente é isso. Espero que tenham gostado do artigo. Até mais!

Horizon Zero Dawn

Platform: Playstation 4
1436 Players
780 Check-ins

52
  • Micro picture
    artigos · almost 2 years ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    1 reply
  • Micro picture
    onai_onai · almost 2 years ago · 2 pontos

    Tem tanto jogo legal que ainda pretendo finalizar que nem me preocupo com isso. Agora se a questão fosse o fim de rede elétrica aí sim seria outra coisa.

  • Micro picture
    evandrolutz · almost 2 years ago · 2 pontos

    coop local praticamente já morreu, e faz várias gerações.

  • Micro picture
    danielpuia · almost 2 years ago · 2 pontos

    Muito bom artigo! Se o futuro for realmente este, irei atrás de jogos velhos cada vez mais. Devo ter comprado uns 100 jogos antigos (de saturn e ps1 até o começo do ps3) do ano passado pra cá.

  • Micro picture
    kess · over 1 year ago · 2 pontos

    Tomara que nunca morram... E se o futuro reservar que os single player sejam reservados aos indies e estúdios menores, que tenhamos todas as inovações que eles possam trazer, dando uma excelente experiência para nós que adiramos esse modelo da arte...

  • Micro picture
    eileen · almost 2 years ago · 1 ponto

    Não acho acho q vão acabar e sim diminuir mto, infelizmente.

Keep reading → Collapse ←
Loading...