2020-12-02 10:45:19 -0200 2020-12-02 10:45:19 -0200
historia_dos_games Jefferson Da Silva Prado Featured

A história da pirataria nos videogames

Single 3840298 featured image

 A pirataria acompanha os videogames desde os primórdios. Com o sucesso de Pong, dezenas de empresas lançaram seus clones para Arcades, bem como centenas de clones do Home Pong da Atari graças a chegada do chip AY-3-8500. Muitas companhias lançaram suas versões de sucesso dos Arcades, mas nessa época, o conceito de pirataria e clone se mesclavam. Com a chegada do Atari 2600 e seu sucesso pelo mundo, qualquer fabricante capaz de produzir um cartucho podia vender suas cópias piratas, pois o videogame não tinha nenhum sistema contra cópias. O mercado ficou entupido de cartuchos piratas. Nos jogos de PC 8-bit, a cópia de disquetes reinava soberano. Era a forma de divulgar o jogo para os poucos amigos que tinham um computador em casa.

 Com a chegada do Famicom e do NES, a Nintendo estabeleceu uma série de regras para impedir a prática da pirataria, pois a fabricação de cartuchos deveria ser exclusiva da Nintendo e todos vinham equipados com a 10NES chip. Por anos, várias companhias tentaram driblar essas regras e a Tengen teve sucesso com a fabricação de cópias não autorizadas, mas a Nintendo processou a companhia pela distribuição ilegal de seus jogos. Já nos computadores, as companhias tentavam alternativas para impedir a cópia desenfreada de disquetes, como códigos especiais nos manuais, discos de proteção e programas de autenticação, mas ainda sim, combater a pirataria PCs da época sempre foi um desafio.

 Durante a quarta geração, a pirataria de cartuchos continuou difícil, mas algumas cópias ilegais ainda circulavam em vários países pelo mundo. Os códigos de segurança do NES foram superados e o mercado se viu inundado de cartuchos e videogames piratas. Com a chegada do 3DO e sua mídia de CD, foi visto inicialmente como o fim da pirataria, pois não era comum as pessoas terem leitores de CD, mas essa realidade mudou rapidamente, pois kit multimídia e computadores com driver de CD começaram a se popularizar. O PlayStation, sendo o console mais popular, foi o principal alvo de cópias piratas, com uma produção rápida e em massa. Isso contribuiu para a popularização do console da Sony, especialmente nos países em desenvolvimento, como no Brasil.

@andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico@srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

69
  • Micro picture
    artigos · about 2 months ago · 6 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    volstag · about 2 months ago · 5 pontos

    Parabéns, a sua Pirataria virou Artigo... não, pera!

    2 replies
  • Micro picture
    leandro · about 2 months ago · 4 pontos

    O sucesso do Play 2 por aqui esta ligado diretamente a pirataria. Por isso é o console mais vendido da historia, a parcela disso o Brasil contribui e muito

    1 reply
  • Micro picture
    pericleschagas · 20 days ago · 4 pontos

    Posso dizer que vi a pirataria de perto, e não é esse demônio que falavam, de uma família de feirantes/camelôs como chamamos na minha terra. Minha avó tinha uma banca de calçados, costumava ir para as feiras com ela, então era anos 2000 e a pirataria de cds/dvds começou com tudo, meu tio então resolver investir nisso.
    Começou com poucos cds, depois passou pros dvds, quando percebemos estávamos nós mesmos gravando eles. Não tinha nada de “dar dinheiro a pirataria é dar dinheiro pro tráfico” o dinheiro que fazíamos com isso, era nosso meio de sobreviver.
    Então meu sonho era ter um PS2 (na época só tinha um SNES e MD). Então esse meu tio comprou um na época, o ano não lembro mas lembro que custou 700 reais, pra efeito de comparação, o computador da gente (que usávamos pra gravar e fazer as capas) tinha custado 1000 reais.
    O PS2 veio destravado já, e começamos a gravar os jogos, tanto pra vender como pra nosso uso.
    Foi uma época muito boa porque conheci vários estilos de jogos, tudo que queria jogar eu jogava. Eu tinha uma bolsa com 300 jogos, e desses 300 acho que só não devo ter zerado uns 10-15 deles.
    Hoje em dia mantenho o hábito de jogar, porém todos meus jogos são originais, porque hoje posso pagar por eles, como os preços também estão mais agradáveis; não ideais, mas agradáveis.
    Então posso dizer tranquilamente que a pirataria contribuiu para que eu não deixasse os jogos de lado, moldando minha personalidade.

    4 replies
  • Micro picture
    denis_lisboadosreis · about 2 months ago · 3 pontos

    A Sony lucrou muito com a venda de consoles por causa da pirataria de jogos. Por aqui, a ideia de não destravar o PS1 ou o PS2 era uma gigantesca distinção de classe, mesmo em meio à classe média alta isso era comum. Original no Playstation era coisa de super playboy.

    3 replies
  • Micro picture
    armkng · about 2 months ago · 3 pontos

    excelente artigo, parabéns
    a pirataria sempre será um desafio enorme para as empresas
    a Nintendo entrou com um Selo de Qualidade e as desenvolvedoras tinham que comprar os cartuchos direto dela para distribuir, ou seja se tinha lucro ou não o game, a Nintendo já tinha o dela garantido.
    Porém o fator de pirataria para burlar ou quebrar códigos nunca foi um desafio, naquela época como os videogames eram pouco populares.
    Essa força veio maior não com a mudança do Cartucho para CD-ROM, o desbloqueio dos aparelhos era questão de tempo e as cópias eram muito mais rápidas.
    Isso continuou mesmo na era do PS2, XBox, a Nintendo resistiu com sua mídia proprietária, mas veio a pirataria para o Game Cube também.
    Dreamcast mesmo sofreu essa pirataria com a mídia proprietária
    Só o PS3 da Sony com rígidos 3 anos e 3 meses que foi efetuado o desbloqueio, porém a comercialização de Blu-Ray Disc não ocorreu, sendo direto a instalação no HDD
    Já o XBox 360 e Wii com a midia DVD e o desbloqueio veio nele.
    Só essa 8ª geração que a pirataria não vingou, ou se vingou, poucas informações tem sobre

    1 reply
  • Micro picture
    bobramber · about 2 months ago · 3 pontos

    Como são as coisas, em minha adolescência comprava só CDs piratas de PS1. Aprendi a baixar da internet e gravar meus próprios games... Então duas décadas se passaram, nas quais adquiri experiência, sabedoria, estabilidade financeira e moralidade... porém continuo pirateando. É falta de vergonha na cara mesmo!!! :p

    3 replies
  • Micro picture
    thiagobrugnolo · about 2 months ago · 3 pontos

    Infelizmente para países subdesenvolvidos como o nosso a pirataria é uma alternativa para se adquirir jogos devido ao alto valor dos jogos. Quanto tinha meu N64 era uma dificuldade para comprar um jogo, levei 1 ano juntando grana do lanche para comprar um cartucho, isso me fez vender o console e pegar um ps1, com os Cds piratas com preços acessíveis conseguia comprar pelo menos 1 jogo por mês.

    2 replies
  • Micro picture
    kess · about 2 months ago · 3 pontos

    O negócio é tão arraigado por aqui que achei mentira que os CDs originais de PS1 tinham a mídia preta...

    2 replies
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · about 2 months ago · 2 pontos

    Eu só fui ver mídias piratas de 3DO após sua morte... lá pra 1996/1997.

    1 reply
  • Micro picture
    game_zone · about 2 months ago · 2 pontos

    parabens seu artigo, virou pirataria, ops !!

    1 reply
  • Micro picture
    l_perugia · about 2 months ago · 2 pontos

    Ah Ps1 e Ps2 era quase mágico ir em qualquer banquinha ou mesmo vendedor de rua e encontrar quase qualquer título a venda, o famoso 3x10 heheheheh ----- O problema é que nem todos rodavam :(

    1 reply
  • Micro picture
    darth_gama · about 2 months ago · 2 pontos

    Na era PS1 e PS2 a pirataria estava tão enraizada que as principais revistas da época traziam matérias sobre melhores mídias para gravar os jogos, melhores Chips de destravamento, etc.

    3 replies
  • Micro picture
    kalini · about 2 months ago · 2 pontos

    Viva a piratraia

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...