You aren't following blinkn.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-10-12 16:54:50 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>#img#[664702]</p><p>Enfim terminado, com aproxim
    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2657 Players
    105 Check-ins

    Enfim terminado, com aproximadamente 37 horas de jogo. Fiz quase todas as side quests como recrutar personagens opcionais, derrotar todos os dragões elementais, coletar todas as magicites etc, então creio que joguei 90% do que o jogo tinha pra me oferecer. O que não fiz foi aprender todas as danças do mog, feitiços do Strago, Habilidades do Gau, sem contar que Umaro e Gogo nunca entraram na minha party.

    Esse foi o terceiro final fantasy que eu terminei, seguidos do FF XIII e XV. O jogo apresenta mecânicas muito divertidas pra época, com certeza merece muitos dos méritos que recebe do pessoal, a minha única crítica mesmo é na questão de batalhas randomicas, mas que, com o uso de emulador pode ser neutralizado com a função fast forward pra que o jogo rode 8x mais rapido.

    Na questão de fluidez da progressão da história, eu travei em algumas partes (depois que o jogo fica mais "aberto") e tive que recorrer a detonados, então pra mim isso entra como outro ponto negativo.

    A história, aqui posso ofender os fãs, mas tenho que ser honesto, é extremamente genérica, "Vamos todos lutar contra o império opressor e livrar o mundo do mal". talvez pra época esse plot fosse bom, mas hoje é bem genérico (tem partes emocionantes? tem, tem partes que exploram o passado dos personagens pra você se apegar mais a eles? tem também, tem redenção, tem comédia, tem vingança, mas o principal que é os protagonista contra o império malvado está lá, do começo ao fim

    Não vou me extender muito, é um bom jogo rpg. Obrigatório se você nasceu nos anos 80~90. Mas creio que eu teria gostado muito mais do jogo se tivesse jogado na época, assim como vários jogos que eu joguei naquela época e que eu gosto muito, mas hoje, se for jogar eu vou perceber que não são tããão bons assim hahaha

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 days ago · 4 pontos

      "A história, aqui posso ofender os fãs, mas tenho que ser honesto, é extremamente genérica, "Vamos todos lutar contra o império opressor e livrar o mundo do mal". talvez pra época esse plot fosse bom, mas hoje é bem genérico (tem partes emocionantes? tem, tem partes que exploram o passado dos personagens pra você se apegar mais a eles? tem também, tem redenção, tem comédia, tem vingança, mas o principal que é os protagonista contra o império malvado está lá, do começo ao fim"

      Desculpa a pergunta, mas... Tu tava dormindo na segunda metade do jogo? Porque império já tinha acabado ali faz tempo, ahuahuaha

      Não tem salvar o mundo ali no final, parceiro. O mundo acabou, está em ruínas, totalmente destruído por um deus niilista. Quando Celes acorda ela está numa ilha isolada, cheia de inimigos fracos que vão perdendo HP aos poucos durante a luta, e se por acaso resolver não salvar o Cid ela tenta se matar. Ela segue em frente e junta o resto do time não pra salvar o mundo e sim por vingança. Pra causar o embate entre niilismo e coisas como amor, esperança, honra, valores que o Kefka quer aniquilar (tanto que a frase de batalha dele condiz com isso).

      Tu pode não ter gostado da história do jogo, mas genérica com certeza ela não é. Não tinha nada ao menos parecido com isso na época, seja pelos vários personagens jogáveis (todos com motivações diferentes, nenhum querendo "salvar o mundo" a la chrono trigger), pelo fato do jogo não ter protagonista, pelo vilão ter cumprido seus objetivos e ser um niilista ativo (além dele ter inaugurado a característica dos final bosses serem deuses malignos, coisa que se popularizou com FFVII depois), por temas pesados como suicídio e gravidez na adolescência, pelo casamento quase perfeito entre gameplay e narrativa. Mesmo hoje em dia ainda não encontrei um único JRPG que fizesse ao menos metade do que esse cara fez em termos de plot, se ela fosse genérica e tivessem várias iguais por aí estaríamos muito bem servidos até, ahuahauhua

      2 replies
    • Micro picture
      old_gamer · 2 days ago · 1 ponto

      Ainda bem que opinião cada uma tem a sua .....

    • Micro picture
      onai_onai · 2 days ago · 1 ponto

      Pra mim ponto negativo é usar detonados isso sim...

      1 reply
  • blinkn Thiago Hencke
    2019-09-12 08:24:28 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>31 Horas de jogo e eu acho que já tenho força o
    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2657 Players
    105 Check-ins

    31 Horas de jogo e eu acho que já tenho força o suficiente pra encarar a ultima dungeon/chefão final. Mas ainda estou fazendo algumas side quests, estou caçando uns dragões elementais, ainda faltam 5. Quero também aprender todas as magias de todos os espers com pelo menos 8 personagens, eu acho que ainda leva umas 15 horas no máximo pra eu terminar esse jogo. Mas vamo que vamo, to jogando no meu celular com emulador de Snes usando um controle bluetooth, e já faz varias semanas que eu comecei esse jogo, se não fosse o fato de eu estar jogando no celular eu já tinha dropado há muito tempo.

    16
    • Micro picture
      slashgoodboy · about 1 month ago · 1 ponto

      E o que tá achando do jogo? Peguei ele recentemente pra jogar, zerei no nivel 65 +/-
      Com umas 36 horas de jogo.

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 1 ponto

      Tu precisa de duas magias apenas: quick e ultima. Tendo essas com seus magos principais (Relm, Terra e Celes) tu quebra o game inteiro.

      1 reply
  • blinkn Thiago Hencke
    2019-08-27 13:31:38 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>23 Horas de jogo e eu cheguei num ponto em que o
    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2657 Players
    105 Check-ins

    23 Horas de jogo e eu cheguei num ponto em que o jogo se "abre" e eu posso fazer várias sidequests, preciso reencontrar os membros da party que por causa de um evento todos se separaram. Acabei matando um personagem do grupo permanentemente hahaha que merda, e o pior é que eu já salvei e não tem mais como voltar.

    Pelo que diz os guias aqui, eu já poderia ir pra dungeon final e terminar o jogo, mas tem bastante conteúdo ainda pra fazer, coletáveis pra juntar, tá bem em aberto mesmo.

    Até chegar nesse ponto, eu estava jogando de boa, sem pressa, na tranquilidade. Mas quando o jogo me largou e eu fiquei perdido, tive que recorrer ao famoso detonado, e lá descobri que varias coisas que eu fiz são irreversíveis aeHOOOOO. E descobri também, que se eu não tivesse recorrido ao detonado, dificilmente eu iria chegar à algum lugar, esses rpgs antigos as vezes apelam e você precisa realizar uns passos exatamente em uma ordem específica pra conseguir progredir, acho isso ruim...Eu iria ficar horas e horas andando pelo mundo e ia acabar dropando do jogo por não saber o que fazer.

    Pelo menos assim um dia eu vou terminá-lo.

    19
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 2 pontos

      Tem apenas 3 personagens missables nesse jogo: Gogo (que tu acha ele dentro de um monstro nessa segunda parte, World of ruin), Mog (tu tem que ir em Narshe naquela sala cheia de baús pra ativar o evento pra pegar ele) e Umaro (que tu tem que ter o Mog pra pegar), e todos são extras, ou seja: ligação zero com a narrativa. O personagem que tu deixou morrer provavelmente é o Shadow, tu não deve ter esperado ele antes de cair fora do continente flutuante: ele aparece no último segundo, ahuahua

      Tirando isso, o jogo é bem intuitivo na primeira parte. Na segunda ele fica open world, daí tu pode pegar de volta quem quiser, já que precisa de apenas 3 personagens pra entrar na dungeon final (que são a Celes, o Setzer e o Edgar, se me lembro bem).

      Aliás, pegou o peixe pro velho ou não? hauhaua

      1 reply
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 2 months ago · 2 pontos

      Isso ai de travar no jogo, é o que achei mais ruim no Valkyre Profile, sem detonado, vc não consegue o final bom.

      4 replies
    • Micro picture
      spider · about 2 months ago · 1 ponto

      Putz... :-( mas se é tão ruim assim, penso até em nem jogar mais....

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-08-26 13:37:29 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>Seguinte rapaziada, não sei se foi só comigo, ma
    Final Fantasy III (US)

    Platform: SNES
    2657 Players
    105 Check-ins

    Seguinte rapaziada, não sei se foi só comigo, mas eu recentemente comprei um controle da Gamesir, modelo G4, pra jogar emuladores e jogos de android no meu celular. Vi que esse controle é bem aclamado na comunidade, e recebe constantemente notas 10/10 em todos os reviews.

    É um produto mais caro que os concorrentes, o material é de boa qualidade, confortável, e promete ser o controle definitivo para celular/android tv, raspberry pi e PC (o controle é bluetooth, mas caso o seu aparelho não possua bluetooth ele vem com um adaptador wireless 2.4ghz pra engatar na USB).

    Só que, eu não sei se foi o lote ou azar, mas o controle de fato, pegando na mão te dá a sensação de algo bem construído e durável. Entretanto, ao conectar via bluetooth no meu celular, durante os 30 primeiros segundos de conexão, é perfeito, porém, após esse tempo você começa a perceber problemas de input lag, onde vc aperta um botão o demora pra responder, ou as vezes, responde mais vezes do que o apertado.

    Pesquisando na internet, eu descobri que não é só comigo, muita gente tem esse problema, então, eu aceitei que por mais bonito e ergonômico que fosse, esse controle não ia me servir. Pessoas pelo mundo deram a alternativa de usar o adaptador wireless 2.4ghz junto com um cabo otg no android, ou usar via cabo, também com o otg, mas aí não me pareceu muita vantagem...Outras falaram pra baixar um app chamado " bluetooth auto connect", mas seguindo todos os passos eu não consegui remover o maldito input lag...

    Portanto, devolvi o controle ao vendedor do mercado livre, eu havia pago cerca de 240 reais com frete.

    Mas fiquei sem o controle. Testei também com um controle de PS4, conectei via bluetooth, mas o mesmo problema de input lag acontecia, comecei a suspeitar que fosse o meu celular o problema. Só que não, testei um controle de Xbox One S, conecta e fica perfeito, sem input lag nenhum, o problema é que pra usar um controle desses no celular eu teria que comprar um suporte pra "segurar" o celular acima do controle, sem falar das pilhas que iria ter que trocar de tempos em tempos.

    Testei também com dois controles da marca 8bitdo, um na versão zero e outro da versão SN30 Pro, ambos também com conexões perfeitas.

    Só que um SN30 Pro, além de também custar na faixa de 200 reais, também iria precisar de um suporte e não teria a "pegada" ergonômica que um controle mais robusto teria caso o celular ficasse fazendo contrapeso. E o Zero, nem se fala, ele quebra um galho, mas não tem como jogar muito tempo com ele sem cansar.

    ------

    Foi aí que eu dei um tiro no escuro, comprei um Ipega 9076 por 60 reais com frete grátis.

    TL;DR;

    Esse controle é ergonômico, possui as mesmas funções do Gamesir G4s, inclusive com o adaptador wireless, e sobre o input lag, ele tem, mas acontece de vez em nunca (tem sessões de jogatina de mais de 2 horas e eu não percebo input lag), e é completamente jogável. Estou muito satisfeito com ele, ainda mais pelo preço que paguei, valeu muito a pena.

    Já estou com 22 horas no Final Fantasy VI de Snes, e só vai que vai. Levo esse controle comigo pra todo lugar!

    Agradecimentos especiais ao @manoelnsn que me proveu uma ROM do jogo em pt-br, raridade, já que só achei nas versões pt-pt.

    Logo que terminar o jogo eu compartilho os meus sentimentos perante ao jogo, já que não joguei na época e perdi toda a magia da época.

    20
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 1 ponto

      Disponha, cara! Eu também não joguei na época em que foi lançado, mas não tive nenhum problema, já que ele envelheceu muito bem.

      Eu tenho um 8bitdo e sn30 e ele é muito bom, mas pra quem tá acostumado com os pegadores dos controles de ps1 pra cima realmente incomoda. Ipegas são um excelente custo-benefício, meu irmão tem um e é só alegria

    • Micro picture
      realgex · about 2 months ago · 1 ponto

      Eu tenho esse GameSir, o mesmo modelo, e não tive problema nenhum, talvez seja problema de lote mesmo de fabricação.

      1 reply
    • Micro picture
      rcukierti · about 2 months ago · 1 ponto

      Também tenho o GameSir mas jogo no PC e sem problemas. Às vezes quando a bateria está no fim que dá uns leve engasgos aí já sei.

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-08-12 08:17:25 -0300 Thumb picture

    Cadastro de Jogo

    Não estou conseguindo cadastrar esse game: Cyber Hunter. Eu clico no botão a tela pisca mas nada acontece.

    Alguém pode tentar cadastrar pra mim? os dados são estes:

    A capa do jogo pode ser essa aqui mesmo:

    https://nanovicio.com.br/wp-content/uploads/2019/0...

    Dados:

    PC
    Cyber Hunter
    NetEase
    Action, Massively multiplayer, Online, Shooter, Third Person
    Abril 2019

    Basicamente é um fortnite genérico, mas eu achei muito divertido, assemelha-se muito com o Realm Royale, mas é mais leve ainda e tem crossplay com PC/Android. Ontem era 9 da noite eu falei que ia sair do pc, tomar banho e me preparar pra ir dormir pq hj eu trabalho cedo, aí chegou um maluco no discord falando pra baixar esse jogo aí, baixei mas não dava 1 real, falei que ia jogar 1 partida só antes de dormi, aí olhei no relógio 2h da manhã wtf?

    Foram várias partidas, com 80% de vitória.

    20
    • Micro picture
      daisuke · 2 months ago · 2 pontos

      deu certo aqui

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 1 ponto

      Na época que cadastrava jogos, dava pau direto por causa da capa. O final do link tem que ter .png, .jpg, algo assim. Se que não é o caso, mas acontecia comigo direto.

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-07-18 13:04:05 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>Iniciando hoje no PSP a aventura do Avan e sua t
    Valkyria Chronicles II

    Platform: PSP
    254 Players
    25 Check-ins

    Iniciando hoje no PSP a aventura do Avan e sua turma, em uma guerra que ninguém morre, só é hospitalizado hahaha, e todo mundo felizão pra ir pra guerra levar tiro.

    Como eu já tinha jogado o primeiro, esse aqui segue praticamente a mesma mecânica, é um RPG Tático em terceira pessoa com armas de fogo, trabucos e granadas.

    Fica a dica aí pra quem nunca jogou, é bem divertido.

    20
    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 1 ponto

      O 2 é muito bom. Principalment epor não curtir o permadeath do original.hehe
      Mas ele ainda assim é bem mais difícil por causa das unidades valkurr no jogo todo.

      O 3 acho o melhor da série tanto em narrativa qto em gameplay.

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-06-19 13:27:13 -0300 Thumb picture
    21
  • blinkn Thiago Hencke
    2019-06-15 16:32:36 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>Check in e Out!</p><p>#img#[642070]</p><p>Olha,
    Digimon World Re:Digitize

    Platform: PSP
    272 Players
    51 Check-ins

    Check in e Out!

    Olha, esse game estava há muito tempo na fila, chegou a hora de pagar essa dívida, embora eu tenha um psp , eu preferi jogar com o Raspberry Pi na TV da sala e com um controle decente na mão (Não gosto de controlar no analógico do PSP, aquele botão que desliza é uma porcaria, o analógico do 3DS é a mesma merda tbm...), que nesse caso é um controle de PS3 (alo @hard_frolics, meu controle de PS3 nunca deu problema, vi outro dia aí que vc tava reclamando dele, azar o seu hahahahahah, mas confesso que entre ele e o DualShock 4, prefiro o DS4 só deu preguiça de ter que parear ele com o Raspberry, aí usei o de PS3 mesmo que ta sendo pouco usado no momento).

    Bom, sobre o jogo, eu joguei uma versão traduzida, já que esse jogo nunca chegou em solo americano. As mecânicas do jogo lembram muito as mecânicas do primeiro jogo da série para PS1 Digimon World, que na minha opinião é o melhor jogo do digimon que eu já joguei, todos os outros quiseram ser Pokémon e nunca conseguiram...

    No jogo temos que "criar" nosso monstrinho, treinar, dar comida, levar ao banheiro,  levar ao hospital quando está doente como se fosse um bichinho virtual dos anos 90 (Tamagotchi Rakuraku Dinokun). Dependendo de como você cuida do seu monstrinho ele evolui pra uma forma diferente, nesse, há muito mais opções de digievolução que o primeiro Digimon World, mas nem por isso é um jogo melhor, no primeiro, o jogo te joga no mundo com o objetivo de recrutar os digimons perdidos e trazê-los devolta à file city, nesse o objetivo é parecido, mas tem uma história com um enredo muito simples que não faz qualquer diferença pro jogo, achei inclusive que a hstória atrapalhou. A única coisa desse jogo que eu gostei foi ter mais opções de digievolução mesmo, e os gráficos melhores, no resto ele perde pro primeiro em praticamente tudo.

    Mas ainda assim, eu consegui jogar até o fim (Foram umas 22 horas pra terminar o jogo) e me diverti bastante, se eu não tivesse jogado o primeiro, quem sabe teria gostado mais desse, agora que terminei, não sinto vontade nenhuma de voltar pro jogo.

    Nota Geral: 7.0

    16
    • Micro picture
      hard_frolics · 4 months ago · 1 ponto

      Controle do 3DS e PSP >>>>>>>>>>>>>> DS3 HSUAHSUAHSAUSHA ... Não foi um só que estragou, foram 4 HSUAHSAUSHAUSHA, e se o seu não estragou ainda uma hora irá :P

      1 reply
  • blinkn Thiago Hencke
    2019-05-29 15:04:02 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>#img#[638721]</p><p>Check IN e OUT!</p><p>Esse a
    X-Men: Reign of Apocalypse

    Platform: Gameboy Advance
    84 Players
    6 Check-ins

    Check IN e OUT!

    Esse aqui eu comecei de bobeira e zerei em 1 hora + -, zerei com o Wolverine.

    É um jogo estilo beat'em up, com 4 opções de personagens, Wolverine, Ciclops, Vampira e Tempestade.

    Não tem muito o que falar, é um beat'em up smash button, basta grudar nos caras e estuprar os botões que você leva a melhor na maioria das vezes. A dificuldade não é elevada, visto que a IA do jogo é muito piedosa, diversas vezes ela espera eu acabar com um inimigo pra mandar outro pra cima de mim, enquanto isso ele fica la parado igual a um idiota congelado.

    Nota Geral: 6.0

    Desbloqueei metade dos achievements, e fiz um total de 250 pontos.

    Achei injusto, porque no Legend of Zelda Minish Cap que terminei anteriormente eu peguei 43 achievements que foram muito mais trabalhosos e complicados de pegar e resultou em apenas 185 pontos, não sei o critério que usaram pra classificar essas pontuações mas na minha opinião ta bem desparelho.

    18
    • Micro picture
      vinicios_santana · 5 months ago · 2 pontos

      Esse cheguei a jogar, mas todas as roms que testei estavam sem som.

      3 replies
    • Micro picture
      fernandovst · 5 months ago · 2 pontos

      Eu lembro que achei o gameplay desse X-homem ai bem legal, mas tava sem som hahseuauueu

    • Micro picture
      realgex · 5 months ago · 1 ponto

      Se eu não estiver enganado não existe uma determinação de como os pontos obtidos pelos achievements são feitos, já que as conquistas são criadas pelos próprios usuários.

  • blinkn Thiago Hencke
    2019-05-29 00:00:08 -0300 Thumb picture
    blinkn checked-in to:
    Post by blinkn: <p>Checkout!</p><p>#img#[638625]</p><p>Ahhh a série
    The Legend of Zelda: The Minish Cap

    Platform: Gameboy Advance
    5086 Players
    303 Check-ins

    Checkout!

    Ahhh a série Zelda... eu compartilho uma relação de amor e ódio com os jogos, ódio porque em alguns jogos da série, você trava e não sabe mais o que fazer, aí começa a andar por tudo, falar com todos os npcs e por aí vai, aí você acaba desistindo e recorrendo à um detonado, e quando vê a solução, você fica com mais raiva ainda, porque muito provavelmente você NUNCA iria fazer o exato passo necessário pra passar de onde você está travado... não fosse esse 'problema', com certeza seria um jogo perfeito. E amor, porque é uma série que respeita o jogador com puzzles lógicos, que se você pensar no impossível e tentar, dá certo! (ainda não joguei o BOTW mas dizem que isso é elevado ao máximo).

    Sobre o Minish Cap, no geral, gostei!

    Não é o melhor Zelda, mas é muito gostoso de jogar, fazia muito tempo que eu não jogava tanto por várias horas seguidas, o mundo embora 'pequeno', é muito bem aproveitado, o sistema de 'kinstones' traz uma boa reciclagem para os mapas que você passa várias e várias vezes, e toda vez que você desbloqueia algo novo, fica louco pra ir ver o que tem em algum baú ou passagem secreta desbloqueados.

    Eu travei duas vezes durante a jogatina, uma vez no inicio do game onde eu precisava explodir uma parede, que não tinha aquela aparência clássica de que pode ser explodida, e eu precisava explodir pra continuar o jogo, sem isso não dava pra continuar, fiquei puto porque se fosse algum conteúdo opcional secreto, eu aceitaria numa boa, mas depender disso pro jogo continuar, eu acho muita sacanagem, ainda se, anteriormente  o jogo tivesse te "ensinado" a explodir uma parede semelhante, aí seria honesto e justo, mas não saber dessa possibilidade, justamente porque o jogo também possui aquelas paredes suspeitas/rachadas que é certeza que dá pra explodir, realmente, acho que foi um erro de game design. E por fim, travei na primeira parte da última forma do ultimo boss, que honestamente, quando eu desisti e vi a solução, não fazia o menor sentido... mas enfim, no geral foi um bom jogo.

    Ficam aqui as minhas considerações, eu poderia escrever uma crítica melhor e usar o recurso de crítica aqui do Alva, mas isso geraria compromisso com todo jogo que eu terminasse kkkk

    Nota Geral: 8.5

    Edit: Configurei aqui o recalbox com o retro achievements, e esses foram os que eu consegui desbloquear durante o jogo:

    Eu até ia tentar pegar todos, mas tem uns ali, "mate o boss x, y e z sem levar nenhum hit", aí mano... não rola.

    15
    • Micro picture
      roberto_monteiro · 5 months ago · 1 ponto

      Acho dos portatis esse o mais "simpático" pelo estilo gráfico e trilha sonora.

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...