2017-09-08 18:07:39 -0300 2017-09-08 18:07:39 -0300

Viajantes do Tempo em Castlevania

Single 3536705 featured image

Olá pessoal do Alva, hoje trazemos para vocês mais um texto muito interessante sobre dois dos personagens mais enigmáticos da franquia, os viajantes do tempo Aeon e St. Germain. Estes são dois personagens conhecidos mas que ninguém sabe realmente explicar qual a função deles nos games e isso gera muita discussão entre os fãs. Aqui discutiremos sobre ambos e também sobre os motivos de suas aparições e ações.

Aeon aparece em Castlevania Judgment(Wii). Aparentemente, Aeon faz parte de um grupo de pessoas que procuram preservar o tempo e sua continuidade. No jogo, Galamoth(Aquele do Symphony Of The Night), dez mil anos no futuro, envia o Time Reaper para o passado, para matar Drácula e o apagar da linha do tempo, assim podendo ser o ser supremo dos demônios, ou seja lá o título que ele almeja. Então Aeon, para evitar essa corrupção na continuidade do universo, volta ele mesmo ao tempo em alguns pontos chave da história e captura alguns icônicos personagens da franquia, como Alucard, Maria, Simon Belmont e o próprio Drácula, e os deixa em um lugar que não sofre os efeitos do tempo, fora da continuidade, conhecido como Time Gap, para lutarem entre si e um campeão ser escolhido para deter Time Reaper. Como Judgment é um jogo de luta, cada personagem jogável possui sua própria versão do que acontece no Time Gap. Assume-se que a versão de Aeon seja o que aconteceu de facto no evento, ou seja, ele mesmo derrotou os outros participantes e acabou com o Time Reaper, e após reenviar todos os personagens para suas respectivas eras(Como lá dentro não há tempo, suas memórias do que aconteceu lá se foram), ficou percorrendo as várias etapas da linha do tempo para observar e fazer ocasionais reparos às mesmas. Uma observação importante pra se dizer sobre Aeon é a frase que ele diz durante as lutas: "In this place, I too am able to fight", significando que, ali naquele lugar(Onde o tempo não passa) ele pode se manifestar fisicamente e interferir nos outros personagens(Falaremos mais sobre isso mais tarde), ou seja, quando viaja no tempo e está nas devidas eras passadas ele só pode aparecer como um "espírito, ou um holograma", incapaz de agir como um ser humano normalmente faria. Isso explicaria que, de algum modo(Em alguns prólogos os personagens simplesmente apareceram dentro do Time Gap; em outros, o personagem avista um estranho homem...) ele atraiu os personagens para o Time Gap para o combate. Também é importante lembrar que a paleta de cores alternativa da roupa(Normalmente branca) de Aeon segue o mesmo esquema do traje do Saint Germain, indicando que ambos pertencem ao mesmo grupo de viajantes do tempo, e que isso acabou sendo confirmado pelo próprio Koji Igarashi em um post do reddit.

Bom, tudo isso é bem explicado e está em panos limpos em Castlevania Judgment, e até aí tudo bem. Mas o real problema aqui não é com ele, mas sim com seu coleguinha Saint Germain, que aparece em Curse Of Darkness, e apesar de geralmente ser considerado um personagem carismático, muita gente já ficou sem entender qual a importância dele na trama, ou até mesmo se ele chega a ter alguma importância, já que tudo que rodeia ele é muito vago. Porém, seus problemas acabaram! Aqui, se baseando na lore geral do jogo, nas cutscenes e diálogos do Saint Germain e na hipótese elaborada pelo usuário theplottwist nos fóruns de Castlevania Dungeon, temos aqui uma teoria que pode explicar tudo o que Saint Germain significa em Curse Of Darkness.

Pra começar, como já dizemos antes, Saint Germain é colega de Aeon na mesma organização e vem para o passado por motivos parecidos, provavelmente, onde seu "quando", muitos anos depois da época em que CoD acontece, algo de errado está acontecendo. Não podemos dizer com certeza se é Drácula que dominou o mundo ou Galamoth está causando o caos em tudo, mas sabemos, afinal, que isso pode ser impedido se Hector derrotar Drácula em 1479, e é pra essa época que Saint Germain viaja.

Aqui, a primeira aparição de Germain: ele tenta parar Hector, mas obviamente está longe de conseguir isso. Aí, ele defende estar fazendo isso pra defender uma vontade maior - essa vontade maior, claro, é a continuação da humanidade e seu triunfo sobre o mal, que não acontecerá caso Hector vá atrás de Isaac, sucumba à maldição e se torne o novo corpo de Drácula. Também é importante notar que aqui, Saint Germain fala que ele pode somente observar, ou seja, ele não pode agir fisicamente neste mundo.

Neste vídeo temos Zead, a querida Death, dizendo que Isaac é o motivo da maldição existir, encorajando ainda mais Hector readquirir seus poderes e matar Isaac. No entando, no meio do diálogo, Zead diz que tem que atender à um compromisso e foge. Claro, não tem nenhum compromisso, ele só sentiu a interferência de Saint Germain e fugiu, para evitar confrontamento direto, como o próprio Germain afirma ao logo aparecer diante de Hector. Note que agora Germain nem dá tanta bola pras decisões enérgicas de Hector, e parte logo em encalço de Zead, pois ele sabe que agora o único jeito de evitar que burradas aconteçam é impedindo-o diretamente. Ele também disse que "ele é o único ser que está além da minha lembrança". Veremos isto mais tarde.

No começo, Death já diz que Germain não pode ir além de seus limites. Esses limites são o tempo e o destino. Também cita que Germain não pode agir nem falar sobre questões relacionadas ao destino, ou seja, que como o próprio viajante já disse antes, ele age meramente como um observador, pois Death é a entidade que governa o Destino. Então, Germain diz que Death "não deveria ter regras diferentes para si mesma", essas regras se referem à mudar o Destino, coisa que Death faz, e tenta fazer novamente atacando Germain. Oras, ela faz isso para consertar as mudanças no destino feitas por certos viajantes no tempo que pretendem estragar tudo mudando o rumo das coisas. A parte mais importante é quando Germain diz: "Eu continuarei retornando, até o dia em que finalmente se renda." Essa fala significa que Death não sofre as condições de uma linha do tempo imposta à realidade, diferente de todas as outras criaturas existentes. Ou seja, quando Germain volta no tempo, ele sabe exatamente onde todas as pessoas e coisas estarão, pois ele já viu isso acontecer, e quando volta no tempo sabe que elas acontecerão do mesmo jeito, já que isso está "predestinado" a acontecer devido à suas experiências passadas voltando no tempo. Só que há uma exceção à essa regra: Death, que não é controlada pelo tempo, somente pelo Destino, e é por isso que Death consegue estar um passo a frente de Germain, pois quando o mesmo "reseta" o tempo, Death é o único ser que não esquece tudo o que aconteceu até o retorno de Germain para uma época determinada, ele sente a mudança, como Germain disse no Aqueduto que estava "esperando outra pessoa", esta pessoa era a Death/Zead, pois Germain já tinha voltado no tempo e encontrado ela lá, mas Death sabia que ele viria mais uma vez, então partiu antes que o mesmo chegasse. É por isso que Death está além da sua memória, pois Death não está presa às predeterminações do tempo igual os outros seres do mundo. Germain não pode ganhar essa rixa, pois ele não pode mudar a realidade. No entando, há algo que ele pode fazer: incomodar Death. Quando Germain "reseta" e volta no tempo, Death é o único ser que não esquece tudo que aconteceu até esse reset, então Germain ficará voltando e voltando no tempo, prendendo Death num loop infinito até que Death desista de impedir Germain de mudar as amarras do destino. É como o melhor jogador de xadrez jogar contra um iniciante: porém o iniciante tem o poder de voltar no tempo, enquanto você mantém todas as memórias do jogo. Uma hora o melhor jogador vai enjoar de tentar te vencer e desistir, então o iniciante não volta no tempo e ganha a partida. No fim, Death/Zead diz que ninguém escapa dele, isso será importante mais pra frente.

De início, Germain diz "Um convidado inesperado". Mas como ele pode ser inesperado se Germain já tem ciência de tudo que irá acontecer na linha do tempo? Isso acontece porque, desta vez, Germain caiu em uma armadilha de Death, como ele mesmo diz. Bom, durante os "loops" de Germain, ele se teleportava procurando Death em vários lugares, inclusive no lugar onde ele está agora, só que então ele tinha logo partido pois não a achara ali. Só que agora ele está preso por uma barreira e não pode fazer nada além de esperar. Aqui, Germain parece ter uma epifania, pois sabe que o plano de Death falhou. Oras, se Hector chegou ali normalmente sem notar barreira alguma, significa que a "barreira" de Death foi transformar Saint Germain em um ser físico normal, e não mais só um viajante no tempo observador. Agora ele não pode viajar no tempo, mas como um ser físico, pode interferir na realidade! Aqui, diferente dos loops anteriores, Hector tem um incômodo pra lidar, que é Germain o convidando para lutar, fazendo com que Hector se atrase no tempo(Nos loops anteriores ele provavelmente só passaria reto, pois não havia nada aqui). E esse fato já irá reescrever todo o futuro e o destino dos personagens, como veremos à frente. Depois da luta, Germain se rende pois já atrasou Hector o suficiente, e diz que sente um novo destino fluindo em Hector. Seu plano funcionou. Então, vemos Germain viajando no tempo novamente. Isso por que, como as amarras do destino foram mudadas, a barreira deixa de existir, pois esse é um loop totalmente novo.

Observe a luta: Hector chega atrasado, pela luta com Germain. O que teria acontecido se ele chegasse antes? Ele teria lutado com Isaac, junto com Trevor ou ainda antes deste chegar. E aqui, Isaac luta pra pegar o sangue de Trevor e abrir o portal para Infinite Corridor. Então, Hector e Trevor juntos dariam uma bela surra em Isaac antes que este conseguisse o sangue do Belmont. Se Isaac morresse, Germain falharia e Hector sucumbiria à Maldição se tornando o novo Drácula. E foi isso que ele conseguiu mudar, como Zead parece mostrar e logo se desesperar e tentar mudar o acontecido. Atrasando Hector, isso fez com que ele se tornasse mais forte e conseguisse parar tanto Death quando Drácula, coisa que não teria acontecido caso Isaac morresse antes com a ajuda de Trevor, pois Hector ainda estaria fraco.

Na parte final deste vídeo(já marcado no link), aparece Germain uma última vez. Ele diz que não sabe o que o futuro reservará desta vez, somente menciona uma batalha final entre Drácula e a Humanidade, a Guerra de 1999. Ou seja, a vitória de Hector, e sua não-transformação em Drácula, de algum modo é algo crucial para a vitória de Julius Belmont e os humanos contra as forças do mal na última batalha contra o Lorde Vampiro.

E então, concorda? Discorda? Acha que a batalha de Hector é crucial para o destino do mundo? De que modo? 

Feed Vampírico !@volstag@matsugaki@ralyson@elionazio Quer ficar sabendo sobre novas postagens ? Comente em qualquer postagem da persona que te colocaremos no Feed Vampírico :D

Castlevania: Curse of Darkness

Platform: Playstation 2
2921 Players
94 Check-ins

39
  • Micro picture
    ramonplayerone · about 2 years ago · 4 pontos

    Muito bom o post, parbéns! Nunca entendi direito o que o Saint Germain queria, mas agora ficou tudo mais claro.
    Só um detalhe, acho que vc confundiu e inseriu duas vezes o vídeo do diálogo com Zead na floresta :/

    3 replies
  • Micro picture
    artigos · about 2 years ago · 4 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    1 reply
  • Micro picture
    volstag · about 2 years ago · 2 pontos

    Caramba!!!!
    Eu nunca dei tanta bola pro Germain, sabia que ele era alguém que tinha sim alguma importância, mas como não o vi mais em jogo algum, acabei esquecendo e nunca mais parei pra pensar em tudo isso, sensacional!

  • Micro picture
    santz · about 2 years ago · 1 ponto

    Falou de viajem no tempo na hora eu já caio dentro. Nunca me importei com o jogo de luta do Wii, joguei, achei paia (na verdade, nem joguei direito) e nunca soube da importância dele na história, bem como o carinha do Curse of Darkness, que no final, me pareceu ser apenas um boss desconexo na história principal.

  • Micro picture
    kanseidrift · about 2 years ago · 1 ponto

    Eu adoro o Aeon do Judgement

Keep reading → Collapse ←
Loading...