You aren't following avmunico.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2016-07-21 22:30:37 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Dificuldade nos jogos

    Medium 3357954 featured image

    Saudações caros amigos do T3H,

    A tempos que não venho escrivinhar algo aqui na persona, sabe como é nossas vidas: trabalho, dormir, estudar, dormir, exercitar, dormir, comer, dormir, dormir, dormir…

    Chegamos aos 490 pessoas que seguem nossa persona, e um privilégio ter esta marca, já que grande parte e nossas famílias que curtiram por que acharam que não iriamos criar algo interessante de se ler...e acertaram…

    Venho trazer mais uma grande discussão, não é aquela reflexão de anos de estudos que nosso amigo @doclarry traz… eu só trago a discordia e caos aqui...hehehe…

    A dificuldade nos games da antiga geração e da nova geração…

    Para a galera nostálgica, eles adoram sofrer nos consoles 8 bits, onde tem jogos que trazem uma dificuldade totalmente extrema, como temos jogos hoje em dia, até indies que trazem aquela pitada de desafios.

    Quem não perdeu horas e horas em uma fase no qual você chegou até a perder os cabelos???

    E quando teve a grande oportunidade e gratificação em passá-la, cai em uma outra pior do que estava antes…

    Temos jogos da nova geração e indies que apresentam uma grande dificuldade para testar seus níveis de paciência (stress), que esses jogos apresentam.

    Também posso citar jogos de lutas.

    Para desafiar os seus reflexos e instintos, os jogos de luta mostram uma grande variedade, desde a época de Street Fighter do SNES e Mega Drive com 8 níveis de dificuldade.

    Ao iniciar, se for realmente um iniciante de fight game, vai do nível easy depois para normal e o hard. Ao mostrar uma evolução, você logo aumenta a dificuldade para ter um novo desafio.


    Só que na nova geração de consoles, o nível de dificuldade chega a ser rídiculo, onde ao ter um desafio, isso vai aumentar o seu nível de gastos em quebrar controles.

    Outro game que pode te deixar um mais estressado e os jogos de futebol (ame ou odeio, eles estão entre nós).

    Temos as grandes franquias PES da Konami e FIFA da EA Games.

    Você joga extremamente bem, quer aumentar o desafio, pois aquele nível que está jogando não está lhe dando aquela emoção, e eis que o problema começa.

    Como dito anteriormente, não sou hábil nas bolas virtuais...porém ao mudar para o último nível, temos uma massacre que a CPU vai lhe proporcionar.

    Mais alguns outros jogos para apresentar novos desafios e antigos games.

    Se você que já está acostumado na nova geração de consoles, experimente jogar aquele game que você tanto ama.

    Vocês sentiram um leve desafio ao tentar passar as fases que anteriormente passavam sem nenhum sacrifício (é sério, eu mesmo não consigo mais jogar a série Mega-Man).

    Muitas pessoas hoje em dia não conseguem ver dificuldade em jogo, não sei se ao longo dos anos, os modos: Easy, Normal e Hard, foram deixados de lado, e dado a um outro enredo nos jogos, como grandes jogos de cenários fantásticos, personagens cativantes, aquele vilão inesquecível, aquela história comovente.

    As novas gerações de jogos da era dos 128 bits para os atuais, não veem se preocupando com o famoso: “Terminei o jogo no nível normal, agora vou pro hard, very hard ou crazy…”, pelo contrário, os jogos para muitos são como: “É novo, comprei, vou zerar ele em 1 hora, acabou, encosta na prateleira.”

    Os únicos jogos que ainda lhe trazem esse desafio nas dificuldades são os que citei acima como jogos de luta e esportes no geral.

    E o que vocês tem a comentar galera? Acham que isto que escrevi não tem fundamento nenhum (e não tem mesmo)? Comentem, critiquem, chorem, comam um chocolate...Estamos abertos a negociações…

    Não deixem de ler também:

    8 Tipos de JogadoresContinuar ou Recomeçar???Fã ou Fanboy?
    Mega Man Anniversary Collection

    Platform: Playstation 2
    474 Players
    20 Check-ins

    28
    • Micro picture
      avmunico · over 3 years ago · 3 pontos

      Esses dias peguei um plataforma da era 8bits pra testar se era difícil ou eu era ruim na época, e adivinhem... Realmente hoje os jogos são mais fáceis, mas... Também não me vejo mais com tanta paciência em perder horas pra descobrir como superar um desafio, talvez pela falta de tempo...

      1 reply
    • Micro picture
      santz · over 3 years ago · 2 pontos

      Primeiramente, parabéns pelo texto, não eixe a persona parada muito tempo não, suas discussões são fodas. Eu sou um old gamer e por consequência amor jogos difíceis. Ainda bem que hoje em dia temos os indies para nos salvar de tanto jogos fáceis, gosto de desafios que colocam a prova principalmente meu reflexo, pois hoje em dia eu não tenho muita paciência para jogar, por exemplo, um Castlevania antigo sem save state. Pra mim, o jogo tem que ser desafiador, joguei muitas Kaizo Mario Hacks e hoje estou jogando o VVVVVV no Android, que por sinal é muito legal.

      2 replies
    • Micro picture
      akad · over 3 years ago · 2 pontos

      Eu jogo desde o Super Famicom, e passei por quase todos os consoles desde então. Uma coisa que é fato, hoje os jogos são mais fáceis. Também porque se fizesse um jogo com a dificuldade atual a 15, 20 anos atrás (que tinha seus incríveis 500kb) o jogo acabaria em 15 minutos, por isso dadificuldade elevada. Hoje em dia são poucos os jogos que me fazem ver um Game Over ou Quest Failed, seja lá o que for com alguma frequência. Jogos de luta e Esportes acho meio bizarri dizer que é difícil, considerando que sua real dificuldade é contra players e não o CPU.

      Embora poucos, existem sim jogos que são extremamente difíceis em altos níveis nos dias de hoje, talvés o mais conhecido hoje em dia seja o darksouls, mas existem outros jogos bem difícies para a atualidade como Touhou (PC), Etrian Odyssei (DS/3DS), Geometry Dash (Android), Block Crush Hello Kitty (PSP/VITA), e nunca podemos esquecer os Jogos de ritmo, que é de longe o gênero que mais exige da pessoa nos níveis altos.

      1 reply
  • 2016-07-29 20:48:40 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Videogame é coisa de criança?

    Medium 3362693 featured image

    Saudações e mais saudações alvaneiros e alvanistas, do alva que avamos…(x__X)

    Estou aqui novamente (de novo), vós trazendo mais novidades e conteúdo inútil para nossas vidas que possuímos, pois já que não ganhei na mega-sena nesta quarta, deixei de comer aquela coxinha para fazer a aposta e ganhei um prejuízo e fome.

    Estamos chegando ao número 500 de seguidores aqui de nossa persona, agradecemos de coração a galera que participa e prestigia nosso pequeno trabalho não remunerado, já que nosso CEO da persona nem sequer quer nos dar o dinheiro da passagem, vale transporte, vale refeição, férias, décimo terceiro, participação de lucros, enfim...estamos aqui para trazer uma grande novidade ao atingir o número 500, vamos sortear um jogo para simbolizar a importância da galera que está participando de nossa persona.

    Ai lanço o grande jargão que a sociedade volta para nós que apenas queremos ter momentos e um tempo para diversão

    VIDEOGAME É COISA DE CRIANÇA?????

    Todos nós em nossas vidas ouvimos isso de alguma pessoa, familiar, amigos, namoradas, noivas, esposas…

    Mas o videogame em si, ele é realmente coisa de criança?

    Antes da enxurrada de respostas, cabeçadas, porradas, atropelamentos, vamos pensar um momento e responder sinceramente;

    No primeiro momento que nós fomos apresentados a um aparelho de videogame, vamos jogar uma idade em média, com 7 ou 8 anos, alguns anos mais tarde com seus 10, 13, 15 anos, isso vai variar de cada um (eu mesmo conheci um videogame com 12 anos, só fui ter o meu primeiro SNES aos 15 anos).

    Então fica todos ficam com aquilo na cabeça, que videogame é um presente bom para se dar a uma criança, pois além de ter um entretenimento, os pais poderão ficar horas sossegados, enquanto seus filhos passam horas tentando fechar ghost in goblins ( o_O baralho...jogo de filho da p!@#).

    Todos aqui do alvanista, são jogadores que querem ter um local onde podem falar a vontade do que gostam e se sentem a vontade em começar um assunto, onde, uma rede social toda vai falar a mesma língua sem que você se sinta um estranho.

    Não vou generalizar e nem beneficiar um só geração, seja você que nasceu nos anos 50, 60, 70, 80, 90, 2000, não importa, você tem, teve ou terá contato com um videogame.

    Pode ser um primo, de seu tio, do irmão mais velho, de seu vizinho, de seu amigo da escola, você irá ter um primeiro contato a um videogame.

    Seja ele Nintendo, SEGA, Atari, Panasonic 3DO, Microsoft, Sony, você terá alguém que tem um console de mesa ou portátil, e que joga.

    Ao longo do tempo, tem pessoas que se afeiçoam aos videogames, por conta de um jogo, uma franquia, uma empresa.

    Temos pessoas que o saudosismo, a nostalgia e tanta que viram colecionadores, garimpam preços bacanas, só para colocar em sua prateleira aquele console e buscar jogos e incrementar sua coleção.

    Mesmo ao longo, longo do tempo, esse tipo de expressão acaba vindo até você: “ Você não é criança demais para videogames?”

    Mas por que desta pergunta para você? Algumas pessoas ficam totalmente ofendidas, chegando ao ponto de até não falar com a pessoa (sério, até mesmo com familiar a pessoa não conversa), é o mesmo de você pegar aquele lugar da hora no cinema, sai pra comprar pipoca e volta, tem um infeliz sentado onde era seu lugar.

    Você está dando uma volta com sua namorada, e encontra seus amigos, e um deles menciona o jogo que te emprestou e o pede para levar outro dia, pois ele o quer para jogá-lo, e quando ele se despede e toma uma certa distância de vocês, sua namorada vira para você e diz: “Você não é grandinho demais para videogames?”.

    Agora entrarei no principio que machuca muitas pessoas: Seus gostos.

    Para algumas pessoas, videogame é sinônimo de coisa de criança, de gente viciada, de que não tem o que fazer, porém ela não mede esforços ao “vomitar as palavras de sua boca para a outra pessoa”, não tendo o minimo de respeito e bom senso.

    Vamos ao “Seu gosto”, eu mesmo não gosto de músicas brasileiras, salvo excessão de algumas que tem uma letra ótima de interpretação. Porém, muitas pessoas vão me criticar, por que eu moro no Brasil, tenho que gostar da cultura de meu país e blá blá bla. Porém quem tem o gosto sou eu, você tem o seu gosto, logo tentar empurrar algo a outra pessoa acaba não dando em boas discussões e por ai vai.

    Mas por que eu mencionei “Seu gosto” e “Videogames”? Porque querendo ou não, ame ou odeie, videogames cai no gosto de cada um, tem pessoas que amam, adoram, e querem faturar e trabalhar jogando videogame, criando um artigo de revista ou algo do gênero.

    Outras pessoas não gostam, por que é coisa de viciado, coisa de criança, coisa de gente sem o que fazer, coisa de vagabundo que não quer nada com a vida e etc., só que para muitos, isso é um hobby, para outras pessoas é coisa séria, participam de competições, e ganham premiações em campeonatos.

    Para outras pessoas, videogame é uma terapia (algumas vezes não, x__X), onde a pessoa passa por uma pressão no seu trabalho, stress, cotidiano de ir e voltar para casa, rotina, e quando chega no final de semana, quer alguns momentos de lazer e relaxamento depois de uma semana carregada.

    Outras pessoas marcam jogatinas, fazem os famosos “Corujões”, para que risadas e zoeiras sem fim sejam eternizadas.

    Um fato curioso para a pessoa que menciona que Videogames é coisa de criança, acaba entrando na curiosidade, e quando vê aquela galera jogando, altas risadas, aquele dedo na cara desafiando ou debochando do amigo, acaba meio que quebrando o que ele mencionou anteriormente.

    Já vi muitas pessoas que falam que é coisa de criança, mas está ali todo curioso e ansioso, querendo que a pessoa o chame para entrar na zoeira e risadas sem fim.

    Agora vamos a questão final antes dos comentários galera.

    Se Videogame é coisa de criança, todos nós sabemos e estamos acompanhando de perto o lançamento de “POKÉMON GO” aqui no Brasil.

    Só aqui na empresa, as pessoas que não gostam de videogames, estão todos me perguntando quando será lançado oficialmente aqui, por que nos smartphones deles, o aplicativo já está instalado.

    E engraçado, o smartphone também dá para instalar jogos, será ele um portátil dessa galera que diz que Videogames é coisa de criança?

    Comentem, me xinguem, peguem um ônibus para disneylândia. Compartilhe seu comentário conosco, e vamos ficar honrados em ler (ou não).


    Não deixe de ler também:

    Perder o save, quem nunca?...
    Tipo de jogadores

    ...

    Multiplayer Local ou Online?

    ...

    Galera também recomendo a ouvir este podcast do @99vidas

    http://99vidas.com.br/99vidas-13-videogame-e-coisa...

    Ghosts 'N Goblins

    Platform: NES
    434 Players
    9 Check-ins

    40
    • Micro picture
      deadmemories25 · over 3 years ago · 3 pontos

      O que eu responderia para uma pessoa que pensa assim, vídeo-game é para criança?? Com essa diversidade de jogos violentos, putaria, humor negro.

      4 replies
    • Micro picture
      jaquearan · over 3 years ago · 3 pontos

      Legal seu texto, gostei muito! Então estou em uma fase que tô kagando e andando pra opinião das pessoas com relação ao que eu gosto. As pessoas são hipócritas, adoram julgar, então fo.. se. Eu, mulher, mãe já ouvi tanta abobrinha com relação a isso, tipo: nossa você joga video game? E suas filhas vc tá colocando limite né? tem que passear tbm, caminhar, não pode ficar só na frente do PC, afff enche o saco. Perguntar se vc está precisando de algo ninguém pergunta.
      Jogos, uni minha família, sempre temos o que falar, não só de problemas, jogos tbm funciona como um escape pra nós, é algo prazeroso, os momentos felizes nossos sempre tem algum jogo, tanto que quando lembro de algum jogo que joguei, costumo associar sempre com uma lembrança boa de família. Tentamos usar o jogo como algo pra unir a família :)

      1 reply
    • Micro picture
      jorgegt · over 3 years ago · 2 pontos

      Wardando pra ler amanhã.

  • isa_tan Isabella
    2016-08-16 13:49:21 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Uma discussão

    Gente, uma discussão rápida (Acho), mas meio importante.

    Seria uma possibilidade ao comprarmos o IE que está na eShop e único IE que está nas Américas oficialmente (Lembrando que as versões em inglês de IE são da Europa e o 3DS tem trava de região entre América e Europa) a Level-5 perceba que existe fãs dessa franquia aqui e a traga para nós os outros jogos?

    Eu quero comprar esse jogo (Joguei apenas o 2 Blizzard em emulador pq não rodou direito no meu R4, época que eu fazia essas coisas erradas para jogos e.e) por mais que eu creio que não de para recrutar o Afrodi e tals, mas isso é de menos ;P Enfim!

    Eu comentei isso na página do facebook deles, mas só tive uma resposta de uma pessoa que disse que futebol não é popular por aqui e tals (Creio que ele pensou que América é só EUA e Canadá, só pode º-º), mas sei lá se o primeiro jogo veio para cá mesmo que anos depois, talvez podemos ter esperanças, né? ;P

    Não conheço nenhuma persona sobre esse tipo de discussão para marcar, então nem sei quem marcar D:

    Inazuma Eleven

    Platform: Nintendo 3DS
    19 Players

    13
    • Micro picture
      jokenpo · over 3 years ago · 2 pontos

      persona de discussões tem a talk_to_the_hand

    • Micro picture
      isa_tan · over 3 years ago · 1 ponto

      @talk_to_the_hand Uma discussão que pode dar bons frutos :v (Eu acho, não tenho certeza de nada nessa vida </3 )

    • Micro picture
      leohirano · over 3 years ago · 1 ponto

      Bota no r4 mesmo

  • 2016-08-27 21:30:15 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Revista de Games...

    Medium 3376970 featured image

    Fala galera alvaneira,

    Agradecemos a todos aqui da persona, chegamos ao valor de 500, isso 500 pessoas lendo o que nós postamos aqui nossos artigos nada inteligentes, apesar que poderiam estar lendo um livro, ou assistir um filme documentário da National Geographics e aumentar seu conhecimento.

    Causamos o ponto crucial da persona, que é causar discussões sádias, deixar que vocês expressem suas opiniões a cada artigo que colocamos aqui no alvanista.

    E agora vamos sem demoras anunciar as pessoas que ganharam os jogos que sorteamos aqui para vocês. São eles: @doclarry e @nanahc, parabéns a vocês que participam e colaboram, o sorteio foi feito no dia 31 de julho no horário da Brasilia que me roubaram (piada infame)...brincadeira galera, brincadeira, o sorteio ainda não foi realizado.

    Estamos estudando os jogos que iremos sortear como valor simbolico por estarem aqui com a gente, e vamos postar em breve (assim que decidirmos os jogos e deixar a cargo da galera aqui).


    Bom trago aqui mais um grande tema para que todos esperam ansiosos (mentira) que possam discutir e levar para a vida toda (que nem a formúla de Baskara, que não sei pra usa essa joça em meu cargo de coveiro da cidade), enfim, um tema nada muito polêmico, mas quem curte dará suas opiniões marotas sem ter medo de ser feliz e quebrar o nariz (é horrível, já quebrei 3 vezes x__X)

    O tema que vos trago hoje, e um assunto simples: Revista de Games.

    Aqui a galera é consumidora e compram todo mês a finco a edição de uma revista, para ler as materias de seu console favorito, ou que quer se antenar no mundo da tecnologia dos consoles e games, ou apenas quer aquele detonado pois travou numa parte e não sabe como sair

    Em meados que a internet não existia, era comum de muitos gamers (assim começando seus gostos por jogos de consoles de mesa) comprar revistas para se interar no mundo e mercado que antes não era tão visado nos dias atuais.Era esperar por um detonado daquele game, e com isso já iria lendo os novos jogos que estavam prestes a sair, ou aquela matéria daquele game que achou chato só de ouvir o nome e acaba tendo uma opinião diferente, e esperava chegar sexta-feira para alugar a fita na locadora e debulhar o jogo que acabará de descobrir.

    Também era a descoberta para muitos, aquela revista de game ter os golpes do Mortal Kombat II, Super Street Fighter II Turbo, abrir personagens secretos, fazer especiais, fatalities e outros que só vc descobriu, porque está com um verdadeiro acervo de conhecimento ali que a revista o proporcionou.

    Outra parte da revista no qual muitos não davam muita importância, era o espaço para os leitores, que continham dicas, elogios, até artes em desenhos que mandavam (eu sempre mandava carta pra Ação Games, e nunca era escolhida minha carta ¬¬).Ali também você descobria coisas que nem sequer sabia, e com isso botava em pratica sempre nos jogos.

    Com o passar do tempo a Ação Games não existe mais, por que não trabalhava com assinaturas, e com isso acabou fechando as portas. Já outras revistas viram o grande potencial de seus leitores, e abriram também as famosas assinaturas mensais, onde você recebia um exemplar novinho, embalado devidamente e enviado para sua casa, sem se preocupar com o próximo mês e perder sua revista.

    Também vimos que com o avançar das tecnologias, agora é possível ler suas revistas em Tablets e Smartphones, poupando assim a vida útil de um arvore de ser derrubada e virar aquele papel de sua revista, mas o consumo de bateria aumenta.

    Como mencionei, com o avanço da tecnologia, a internet também foi um marco para este avanço, no qual, as Revistas de Games tem espaço no mercado hoje em dia?Nos dias atuais, com sites voltados para games, antes os gringos e hoje com a devido lançamento em terras tupiniquins, temos sites de games para ter nossa leitura e até mesmo buscar detonados.

    Até mesmos detonados de jogos em canais do youtube também estão ali presentes, e com isso acaba reforçando mais a pergunta: As Revistas de Games tem mesmo espaço no mercado hoje em dia? Você compra revistas de games atualmente ou exporadicamente?

    Agora vai mais uma pergunta para este tema no qual estou escrevendo por algum tempo: Na compra da Revista de Game, você vai mais atrás de saber o que está atualmente no mercado, ou, quer ler um detonado de game porque empacou, ou, quer aderir mais conhecimentos e lê tudo que tem na revista pois já o pagou?

    Minha resposta sincera, eu vejo sim um espaço nas revistas de games nos dias atuais, até porque mesmo, nem todos tem uma banda larga de internet em casa (é sério isso mesmo galera) e também não disponibilizam daquele plano de internet 3G/4G maravilhoso que o Brasil possui, apenas o usam para facebook, whats app (e ainda me dizem que trabalham com eles, é mole?).E respondendo a minha própria pergunta: eu vou atrás das tendências do mercado, leio a revista de ponta a ponta, pulando é claro os detonados, até porque então quero um dia jogar na raça e finalizar sem ajuda. Leio sobre o que cada empresa de game hoje em dia oferece, e o que está por vir também, dias atrás comprei a EGM, fazia tempos que não comprava uma revista, e poder folheá-la, e uma sensação única, indo para o trabalho e voltando, vejo as pessoas no trem ou ônibus, olhando ali discretamente para saber do que estou lendo, até mesmo pessoas que curtem já puxam assunto e começam uma discussão sádia.

    A revista de games é um abre portas também para o conhecimento, e socialização com outras pessoas, porque parte de pontos diferentes, de opiniões diferentes.

    Uma delas são os e-mails dos leitores, e dúvidas que alguns possuem.

    E vocês galera, me digam o que preferem: Revista de Games ou as materias online dos sites?

    Comentem, discutam, comprem uma breja, reuna os amigos e discutam, o espaço e aberto aqui para vocês.

    Não deixe de ler também:

    Videogame é coisa de criança? //Dificuldade nos jogos // Continuar ou Recomeçar??? //
    Detonados, afinal é errado usar?
    NBA Jam: Tournament Edition

    Platform: SNES
    692 Players
    2 Check-ins

    21
    • Micro picture
      shadowofheart · over 3 years ago · 2 pontos

      Adorava as revistas que comprava nas bancas, elas tinham um cuidado de dezenas de pessoas trabalhando na publicação que é difícil comparar com apenas uma pessoa fazendo um vídeo no YT, havia um diferencial na qualidade do texto e da diagramação que dava o "charme" para aquilo.
      Mas também sei que os tempos mudaram e agora o público deseja outras coisas além desse tratamento. Ele quer rapidez na informação e um poder de participação e interatividade que não existe no mundo impresso.
      Agora o que acontece é que existe sim um público pra isso, mas é bem menor do que antes, e existem formas de tornar esse produto comercialmente viável, como o sistema de assinatura e distribuição restrita a lojas especializadas., Um caso que vejo é da Warpzone, dê uma olhada caso tenha interesse. Ela é interessante por conseguir se manter agradando um público fiel e de nicho, mas que, pelo menos até agora, conseguiu se sustentar e aumentar seu lucro.

      É um tema fascinante mesmo. E nem te conto que estou fazendo um TCC sobre o assunto :)

      3 replies
    • Micro picture
      manimbrasiltec · over 3 years ago · 2 pontos

      Nossa comprei muitos essas revistas (Ação Games e GamePower 😍) Tenho elas até hoje. Hoje em dia já compro outras edições que consegui sobreviver, como a revista Xbox One e Playstation.

      2 replies
    • Micro picture
      johnny_bress · over 3 years ago · 1 ponto

      ver estas revistas da uma nostalgia viu rs

      3 replies
  • avmunico avmunico
    2016-06-30 11:41:03 -0300 Thumb picture

    multiplayer Simcity

    pessoal, aproveitando a promoção da origin peguei o simcity que queria a tempos. Ai criei uma região no servidor "america do sul", o nome da região é "alvanista" visitem la...

    SimCity (2013)

    Platform: PC
    604 Players
    50 Check-ins

    9
    • Micro picture
      armkng · over 3 years ago · 2 pontos

      Demoro Grande Excelentíssimo Vaz...
      Já me adentrei a área Alvanista no jogo SimCity, e a Cidade de Racoon City está sendo criada...bora crescer galera...

    • Micro picture
      avmunico · over 3 years ago · 1 ponto

      grande supremo mega blaster ale... Encheu de gente la, se alguém. For aqui da alva se manifeste... E vamos para as regiões mais produtivas...

  • 2015-11-27 18:22:20 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Promoção Steam

    Falaaaa pessoal! Estou passando por aqui para falar dos jogos que estou pensando em pegar nesse evento da Steam!! Que jogos vocês estão pegando, ou recomendam para este evento tão esperado?

    Segue os jogos que eu provavelmente pegarei:

    Jogo:  Grow home.      De:  19,90    Por: 9,90     Desconto:50%

    Link: http://store.steampowered.com/app/323320/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: The Stanley Parable         De:24,99  Por:4,99     Desconto:80%

    Link: http://store.steampowered.com/app/221910/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: Never Alone  De:29,90   Por:7,49   Desconto:75%

    Link: http://store.steampowered.com/app/295790/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: Shadow Warrior   De:69,90     Por:6,99   Desconto:90% 

    Link: http://store.steampowered.com/app/233130/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: Transistor    De:36,99       Por:9,24       Desconto:75%

    Link: http://store.steampowered.com/app/237930/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: Remember me         De:49,90      Por:9,99       Desconto:80%

    Link: http://store.steampowered.com/app/228300/

    __________________________________________________________________________

    Jogo: Hand of Fate    De:49,90      Por:18,39          Desconto:60%

    Link: http://store.steampowered.com/app/266510/

    @nanahcc

    8
    • Micro picture
      laumiramos · about 4 years ago · 1 ponto

      Eu não queria pegar nenhum agora, MAS, sabe como é né!

      Então acabei pegando The Cave -75% de 19,99 por 4,99.
      Peguei Antichamber -90% de 34,99 por 3,49.
      E peguei Max: The Curse of Brotherhood -80% de 27,99 por 5,49

      Never Alone estou jogando já o tinha pego antes, recomendo viu, estou adorando.

      Esses três que peguei estavam na linha lista de desejos, indies2 ^^ agora é acalmar para dezembro ^^

      Quem fez o post ? haha

      4 replies
  • avmunico avmunico
    2015-11-09 09:10:40 -0200 Thumb picture
    7
    • Micro picture
      marcusmatheus · about 4 years ago · 2 pontos

      Pois é brother.
      Apesar de lembrar muitos jogos de zumbi que existem pelo mercado, o simples fato de você ter uma única vida, muda toda a perspectiva do jogo e a tensão se mantém constante.

    • Micro picture
      chrnotodd · about 4 years ago · 2 pontos

      Pretendo pegar ele no WiiU tbm, tá bem barato. Acho que até o fim do ano pego

      3 replies
    • Micro picture
      santosmurilo · almost 4 years ago · 2 pontos

      Eu curti o estilo do game. Sobretudo a opção q ele da pra fazer stealth. Acho isso bem dificil de se conseguir em games de terror/survival.

      Curto mt stealth e curti muito poder jogar dessa forma (quase) pelo jogo todo

      Acho q vc vai curtir...

  • 2015-10-29 15:23:58 -0200 Thumb picture
    Thumb picture

    Jogos São Caros???

    Medium 3186041 featured image

    Ola pessoal, um alvis (saudação alvanista, inventei agora, mas ficou sem graça...) a todos, estamos aqui mais um dia, outra semana, e mais um post, este um pouco perigoso para esse que vos escreve, imagino que muitos não concordarão, mas acreditem não tenho a intenção de ofender ninguém, e sim pensarmos e discutirmos da melhor maneira possível como essa persona sempre se propôs...

    O assunto ao qual quero tratar é: “os games são caros?”. Sempre que converso com um amigo não gamer, e falo o quanto pago em um jogo, começam os comentários do tipo: “nossa!!! Você é doido? Pagar isso em um jogo?”, ou “ah eu não pagaria nunca, é muito caro.”. Pois bem levando isso em conta, e também a comunidade gamer que geralmente reclama do alto custo dos jogos (principalmente aqui no Brasil, onde temos uma pesada carga tributária). Decidi então, comparar o preço dos jogos eletrônicos com outros Hobbies e outros tipos de lazer. Claro que essa comparação é meramente ilustrativa, não tem nenhuma base cientifica.

    Jogos x Cinema

    Vou levar essa comparação pra região onde moro (dados de Goiânia – GO).

    Aqui pra nós irmos a um shopping Center, e assistir uma sessão nos custa mais ou menos uns R$ 80,00 por cabeça. Calma que já explicarei (devem estar pensando: “É louco, é sessão privada com direito a odaliscas fazendo massagem em uma banheira cheia com vinho...”). Se pensarmos que vamos ao shopping e antes de entrar pra ver aquele filmasso, lançamento “Os Vingadores 2”. Pois é, antes de entrar pra sessão damos aquela passadinha na praça de alimentação, pedimos aquele sanduíche daquela franquia preferida, com batatas fritas e o indispensável refrigerante de cor escura, para aí sim correr pra fila, mas sem antes garantir aquela pipoquinha garota e quem sabe mais um copão de refri. Então essa brincadeira vai sair por uns R$ 60,00 a R$ 70,00 dependendo da sua fome.

    Agora vamos ao jogo, com R$ 70,00 R$ você compra vários títulos ai na sua loja virtual, é claro que essa mídia física ela fica um pouco mais caro, porque ai tem toda uma logística, e existe o lucro da revenda, enfim, não preciso entrar muito em detalhe aqui porque todos já sabem da dificuldade. E ainda se pensarmos, um game nos garante muito mais horas de diversão (embora não discuto isso, porque isso é pessoal. Se você estiver levando aquele (a) menino (a), isso não tem preço, rsrsrs).


    Jogos x Boliche

    Vamos a um outro tipo de lazer, e nesse caso, nem vou tão longe, com a aquisição de equipamento, vou só colocar o custo de ir lá e jogar uma noite, com os amigos e descontrair por algumas horas...

    Pra esta comparação peguei mais uma vez como referência, uma pista qualquer aqui na região, o valor de segunda a quinta é R$ 60,00 e fim de semana R$ 80,00, a pista oferece o direito de jogar com até 6 amigos. Se pegarmos e dividir esse valor pra cada amigo, sai por R$ 10,00/hora. Não é muito. Na verdade é um valor bem em conta. Mas, levemos um pouco adiante, 6 amigos não joga só 1 hora, então vamos colocar 2 horas, já sai R$ 20,00 pra cada, e claro que esse intervalo não passa sem que se tome um refrigerante/cerveja, e come alguma coisinha. Então vamos colocar a consumação de R$ 50,00 por pessoa. Mas uma vez ressalto não é caro, mas isso é o que você gastou para 2 horas de diversão, se colocarmos que você e seus amigos vão 2x por mês, já garante um game AAA (claro que isso não sendo em data de lançamento). Então mais uma vez eu questiono: “será que o game é realmente caro?”


    Jogos x Paintball

    Mudando um pouco os ares e indo pra algo que é um pouco mais caro, e vocês perceberam até aqui que o texto é tendencioso (rsrsrs), um pouco inflacionado para tentar faze-los concordar com o seu escritor.

    O paintball também é um outro Hobbies um pouquinho caro, se compararmos ao nosso (vídeo game). Para essa comparação também vou pegar aqui na região. Pois bem pegando uma forma padrão usada aqui, que é: “1 hora + 100 bolinhas” o preço não sai por menos de R$ 30,00. Alguém que já jogou, sabe de cara que isso é uma pratica pra iludir os novatos, porque sabemos que 100 bolinhas vai na primeira partida do entusiasta, ou seja uns 5 minutos dependendo da prática (Speed ou Real Action), isso sem falar, que o cara que já jogou sabe que vai gastar um pouco mais no equipamento de segurança e máscara, porque sabe que isso faz muita diferença. Então pra um fim de semana qualquer de diversão com umas 3 horas (porque é bom e você não quer parar), você vai gastar uns R$ 150,00. A compra é um investimento um pouco mais pesado variando da qualidade do equipamento, um marcador mediano sai pelos seus R$ 800,00, mais uma máscara no valor de R$ 400,00 e se o cara estiver afim de gastar mais uns R$ 600,00 que envolve roupa, calçado e outros acessórios, e ainda assim um fim de semana de jogatina não sai por menos de R$ 100,00. Mas recomendo porque vale muito a pena.


    Jogos x Aeromodelismo

    Uma outra atividade muito prazerosa mas também bem “salgadinha” é o: “Aeromodelismo”. Este eu não conheço um clube que você possa ir lá e pagar para se divertir por algumas horas. Embora em algumas cidades exista clubes que você paga mensalidade, mas é cada um com seu equipamento. O custo para um iniciante pegar um modelinho básico que lhe permita voar e aprender (e quebrar, porque sim, isso vai acontecer e muito até pegar o jeito...) é de R$ 650,00 no Mercado Livre, aí existe todo um custo de manutenção, pra repor peças que vai variar muito e não tem como medir aqui. Mas para esse também existe um custo só para a pratica, sem colocar em conta a aquisição do equipamento, que aqui no interior, eu colocaria como uns R$ 80,00, que é pra você pegar seu brinquedo, montar, abastecer (ou comprar bateria), comprar o refrigerante, pegar seu carro/moto e ir pra um lugar pra voar.

    Então meus amigos, como viram o texto não é muito imparcial, como mencionado acima ele é bem tendencioso, mas por um lado bom. É claro que existem muitas outras formas de lazer e Hobbies mais em conta, que garantem tanta diversão quanto senão mais. Mas embora esses valores mencionado possam variar bastante de região pra região, ainda assim se pegarmos os jogos não são tão caros, não são baratos também, mas comparando com outras práticas, valem a pena. E chegando aqui me pergunto se existe algo caro, se existe um valor para o que gostamos de fazer. Como já foi dito por aqui em um texto do nosso colega @armkng. Então é isso ai, espero que tenham gostado, que possam participar, dizerem o que acham e quem sabe compartilhar os Hobbies que vocês tem além game.

    @avmunico

    Leia também:

    Super Valorização dos Jogos

    Sabemos o que queremos?

    Multiplayer Local ou Online?

    Assassin's Creed Syndicate

    Platform: Xbox One
    294 Players
    121 Check-ins

    30
    • Micro picture
      ticianavalle · about 4 years ago · 11 pontos

      Meu irmão me ensinou algo quando eu era mais nova, existem dois valores, o de mercado, e o agregado. Eu, por exemplo, não dou 300 em um sapato, minha player 2 dá. Eu dou 300 num jogo, ela não. Pra mim, o jogo vale mais que o sapato. Pra ela, o sapato vale mais que o jogo. Mas eu preciso pensar se AQUELE jogo vale realmente 300 reais. Aí eu entro em outra coisa, que é o mercado. Gente vendendo jogo da Nintendo usado por 300 conto pq "é raridade". Não é bem assim, a especulação já mostrou não ser boa pra ninguém, e nos jogos não é diferente. O mundo "ideal" seria nego ser justo, sem essa de querer passar por cima das pessoas e ter lucro de qualquer jeito, porque aí ele se torna a indústria que ele mesmo reclama.

      4 replies
    • Micro picture
      laumiramos · about 4 years ago · 2 pontos

      Vou logo dizendo texto legal, e vai muito de gosto e bolso ^^
      Mas vamos lá, pelo menos pra mim, já faz um tempo que não vou para cinema é muito raro ir por que sinceramente os filmes estão bem decepcionantes, então o cara só vai pro cinema quanto títulos "importantes" mesmo são anunciado, então, no máximo umas 4 vezes no ano. Como a grande maioria tem uma NET razoável e gosta de praticidade (sedentarismo owna uhull) tem os torrents e netflix ai ^^

      Boliche ainda tenho que ir hahaha Mas acho que qualquer saída sempre e gasto mais do que previsto, tem o lazer, a comida, a bebida . . . o amigo que esqueceu a carteira em casa . . . e por ai vai ^^

      Questão do paintball esse texto foi mais pra quem quer se profissionalizar haha Mas em médio são 30 a 40 reais mesmo. Aqui onde moro são 30/35 reais com 200 bolinhas e claro com toda a proteção, mas, é verdade mesmo iniciantes mandam ver no dedão e as bolinhas vão em 10 minutos ou menos hahaha

      Aeromodelos nem comento $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ haha
      Acho que faltou a comparação mais polêmica ai hein . . . os finais de semanas para beber opIUAOPIUAOIPUAOIOPUPAUOAUOPUPOAUOI

      Mas como eu disse vai de gosto e de bolso, uma coisa que você gasta em jogos para alguns sejam um absurdo assim como ele pode gastar com roupas e você acha um absurdo . . vai de gosto e bolso ^^

      1 reply
    • Micro picture
      slayvpa · about 4 years ago · 2 pontos

      Acho que devia ter incluído no texto o fato de colecionadores, que é o lado mais hardcore da parada dos games rs, gastarem o mesmo ou a mais com quem gasta com Aeromodelismo ou paintball "profissional", acaba saindo mais caro mensalmente, colecionar jogos do que praticar um desses 2 exemplos citados no seu texto.

      Mas acredito que colecionar seja o que for um hobby caro, principalmente quando não se tem metas de quanto gastar por mês, o limite do preço que deseja pagar ou quando tem "aquele jogo que eu queria muito" mas a cota do mês já passou do limite.

      Se for comprar somente aquele jogo que está afim e te deixar meses jogando o mesmo jogo que curte, ou ser casual por pura espontânea pressão do nosso tempo curto te digo que acaba sendo muito mais em conta os jogos do que qualquer um dos hobbys citados. Mas para colecionadores ou platinadores que tem milhões de jogos para comprar/platinar acaba saindo mais caro, do que ir no cinema para assistir todos os filmes lançados no mês(contando somente os ingressos e pipocas entre as seções).

  • manopanco Lucas Souza
    2015-10-02 17:17:03 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    80
    • Micro picture
      chiuauadospampas · about 4 years ago · 3 pontos

      A Coisa mais épica e verdadeira que vi essa semana!

    • Micro picture
      ghostsnakin · about 4 years ago · 3 pontos

      Kkkkkkkkkkkkkkkkk Perfeito

    • Micro picture
      raiden · about 4 years ago · 4 pontos

      "E eles fedem a Toddynho e Ritalina, senhor."

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK.......

  • 2015-09-18 22:30:50 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...