2015-10-30 22:23:30 -0200 2015-10-30 22:23:30 -0200
anotherfox Eric Ribeiro (SlashDemon)

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain - Review

Single 3186943 featured image

[ESSE POST CONTEM SPOILER]

O jogo que marca a saída de Hideo Kojima da Konami mostra que MGS ainda tinha como evoluir, acrescentando uma jogabilidade que sem duvidas é a melhor da franquia, gráficos espetaculares, e um stealth completo e incrivel.

HISTORIA: A historia começa com Punished ''Venom'' Snake, acordando de seu coma de 9 anos depois dos ocorridos em Ground Zeroes, e indo atras de sua vingança contra Skull Face e a XOF.

A historia do começa em ritmo lento, com algumas missões de resgate etc, porém depois mostra seu potencial total, revelando uma historia rica porém com algumas falhas, primeiro que se você quiser entender por completo a historia do jogo, reserve uma tarde de seus dias para ouvir centenas de fitas que você recebe no decorrer das missões, coisa que é um pouco broxante afinal MGS sempre teve Cinematics incriveis e que explicavam muito bem a historia, aqui é só um audio rodando enquanto você olha pra cara da Quiet ou do D-Dog (eu sei que da pra ouvir as fitas enquanto você joga porém é bem complicado prestar atenção nas legendas/áudio enquanto se preocupa com o inimigo não te ver).

O jogo é separado em 2 capítulos (ou seria 3?) onde o primeiro é focado na vingança contra Skull Face e o segundo contra a Cipher/Patriots, e devo admitir, o primeiro capítulo é incrivel mas o segundo nem tanto, o segundo é basicamente algumas poucas missões, as missões do capítulo anterior nos modos EXTREME, TOTAL STEALTH e SUBSISTENCE, e um desfeixo para uma das personagens do jogo (que só pra deixar claro foi espetacular e digno da franquia Metal Gear ).

PERSONAGENS

Venom Snake: Primeiramente, aqui não controlamos Big Boss, e sim um sósia dele, no momento em que o helicoptero explode em Ground Zeroes, o médico encarregado de tirar a bomba do corpo de Paz entra na frente de Big Boss e leva todo o impacto, assim Big Boss junto com Ocelot usam de hipnose para fazer com que ele achasse que é o Big Boss, enquanto Big Boss trabalhava de forma politica e conspiratória.

Porém ainda assim Venom Snake é praticamente Big Boss, ''mesma personalidade'', mesma aparência, então não tem muito o que falar dele para quem já conhece o personagem.

Revolver Ocelot: O nosso grande conspirador Ocelot aqui faz um papel um tanto quanto inesperado, fazendo normamente um papel de bom moço e lembrando a todos que quem manda ali é o Snake, alem de ser o unico alem de Big Boss que sabia de seu segredo.

''Kaz'' Miller: Miller sem duvida de todos é o que mais queria aquela vingança, Kaz perdeu seu braço e sua perda enquanto Big Boss estava em coma, ele queria vingança por terem destruido seu lar, agindo muitas vezes de forma inpusiva e as vezes descontrolada, porém um dos personagens mais humanos do jogo.

Huey: Eu irei definir Huey aqui em tres palavras ''FILHA DA PUTA'', sem duvida Huey aqui é um grande filho da puta, além de descobrimos que ele estava envolvido no ataque a MSF, foi ele que provocou a mutação do Parasita das cordas vocais matando milhares de seus soldados entre muitas outras coisas que definem esse personagem como ''FDP'', sem duvida quem jogou Peace Walker nunca imaginaria que ele fosse capaz de fazer tudo isso.

Skull Face: Sem duvida um grande filha da puta tambêm, porém um FDP mal aproveitado,aqui ele aparece poucas vezes, alêm de ser responsavel por uma das cenas mais ''ZZZ'' do jogo, onde você e ele passar alguns minutos conversando dentro de um Jeep.

Paz Ortega: Aqui tambêm temos o retorno da falecida Paz, que continua falecida, ela não passa de uma ilusão da cabeça de Snake por se sentir culpado por não ter conseguido salva-la, aqui Snake teria alusinado que Paz não avia explodido apôs ão terem achado a segunda bomba, aqui Snake imagina que acharam a segunda bomba e que o helicoptero avia explodido apôs o disparo de um missil contra o helicoptero, Paz teria pulado do helicoptero, caído no mar porém sobreviveria, e sofreria de um ''transtorno pôs-traumáticos, fazendo sua memoria  ficar travada pouco antes do final de Peace Walker.

Quiet: e logico deixamos o melhor para o final, sabe são poucos jogos que conseguem que um personagem que quase não fala ser o mais incrivel do jogo (eu mesmo não conheço nenhum), Quiet sem duvidas é a personagem mais fantastica do jogo, mesmo sem dizer quase nada, antes do lançamento do jogo todos pensavam que ela seria apenas mais um ''Sex Aparrel'' que o Kojima adora colocar, e sim ela é isso porém não só isso, ela alem de ser extremamente foda (tipo dando um tiro na cabeça do piloto de um caça), ela é uma personagem muito humana e gentil, e quando incomodada, um demônio, alêm de ser responsavel pelo maravifantaticular final do jogo.

O Veredito: MGS V: TPP pode não ter a melhor historia, porém faz bem seu objetivo, juntar a pontas soltas da historia da saga, e ser um jogo eterno, com um mundo aberto atraente e interesante, bem dificil de se enjoar, personagens incriveis porem alguns não muito aproveitados, e com um final (ou finais) de tirar o folego de tão incriveis.

Nota Final: 100/100

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Platform: XBOX 360
215 Players
133 Check-ins

2
  • Micro picture
    mateusmassa · over 4 years ago · 1 ponto

    Corrige ai, o post tem MUITOS Spoilers

Keep reading → Collapse ←
Loading...