2019-05-06 08:53:22 -0300 2019-05-06 08:53:22 -0300
historia_dos_games André Zanetti Andricopoulos Featured

Atari Lynx: o primeiro portátil com tela colorida

Single 3720003 featured image

Em 1986, 3 ex-funcionários do Amiga se unem para criar um novo sistema de aparelho portátil e logo foram contratados pela Epyx para trabalhar no projeto. Em janeiro de 1989, na CES, é apresentado pela primeira vez o Handy Game, em forma de protótipo. Com 4 botões de controle, 5 botões de ação, 2 alto-falantes estéreo e uma inovadora tela LCD colorida. Devido a dificuldades financeiras que a Epyx estava enfrentando, ela foi a procura de parceiros e a Atari fecha negócio com ela, financiando a propaganda e a produção enquanto a Epyx fazia os jogos. Ao final do ano, a Epyx declara falência e a Atari dá continuidade ao portátil, fazendo um redesenho completo do aparelho e o lançando sob o nome de Atari Lynx em setembro de 1989.

 O primeiro portátil com tela colorida da história também era o primeiro a apresentar configurações para destros e canhotos, bastando girar o aparelho ao contrário. Com uma orientação horizontal, o sistema vinha com um direcional em cruz, 2 pares de botões de ação, uma saída de som mono, mas ficava estéreo quando conectado com fones de ouvido, botões para ligar o aparelho, opções e reiniciar. Por dentro, ele vinha equipado com uma CPU de 16-bits customizada, Mikey e uma GPU de 16-bits, Suzy, que era capaz de escalonar e distorcer sprites na tela, permitindo efeitos de pseudo 3D belíssimos. Os jogos vinham formato de cartuchos e o cabo ComLynx permitia que até 15 outros portáteis pudessem ser conectados para permitir partidas em multiplayer. Tanta tecnologia devorava 6 pilhas AA em 4 ou 5 horas de uso.

 Foram lançados 5 títulos junto do aparelho. ElectroCop trazia um jogo de tiro com plataforma bem simples. Gates of Zendocon é um shoot ‘em up horizontal com 51 fases e uma jogabilidade bem rápida. Blue Lightning é o título de maior destaque do portátil, apresentando um jogo no estilo de After Burner com belíssimos efeitos de pseudo 3D para um portátil. Chip’s Challenge é um jogo de quebra-cabeças com visão superior e California Games, um porte de um dos maiores sucessos da Epyx para computadores domésticos, onde era apresentado uma série de jogos esportivos ambientados no verão. O portátil vendeu muito bem no mês de seu lançamento, mesmo custando mais do que o dobro que o GameBoy, 190 dólares.

@andre_andricopoulos, @lipherus, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @velhoretrogamer, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @luizkorynga, @marlonildo, @joanan_van_dort, @zak_yagami, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @fredson, @kb, @sergiotecnico, @srdeath [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

43
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 19 days ago · 4 pontos

    Protótipo sinistro...
    ...
    Super curioso.
    Não conhecia.
    ...

    2 replies
  • Micro picture
    joanan_van_dort · 19 days ago · 2 pontos

    Já joguei nessa jabironga ae...
    Apesar das boas ideias que ele apresentou parte da execução não foi das melhores. Mas tem seus méritos. Ele é desconfortável de usar, os botões parecem longe demais uns dos outros e lembro também que tinha um certo delay entre acionar os comandos e o aparelho responder.
    Mas rodava super bem e os jogos eram bem bonitos por estarem na tela de um portátil, e isso fazia esses probleminhas desaparecerem.
    Pena que não era meu, acabava brincando emprestado. Se na época eu tivesse grana teria comprado um desses fácil, fácil. Era um bom aparelho.

    8 replies
  • Micro picture
    darlanfagundes · 18 days ago · 2 pontos

    Que louco hein! Essa tela tá ótima! Mano, esse negócio tava muito a frente de seu tempo!

    1 reply
  • Micro picture
    kess · 18 days ago · 2 pontos

    Esse eu conhecia das revistas da época, mas nunca tive muito interesse nos primeiros portáteis...

    1 reply
  • Micro picture
    artigos · 16 days ago · 2 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

Keep reading → Collapse ←
Loading...