2020-11-20 00:35:39 -0200 2020-11-20 00:35:39 -0200
jcelove Luis Gustavo Da Luz checked-in to:
Post by jcelove: <p>Checkin de número 3000 tinha de ser um jogo lega
The Bard's Tale (2004)

Platform: PC
18 Players
10 Check-ins

Checkin de número 3000 tinha de ser um jogo legal zerado então resolvi tomar vergonha e terminar de uma vez a quest do bardo zoeiro.

Tava no cap 9 e fui até o 13 pra fechar mas lembrei porque enrolei tanto pra terminar o jogo mesmo curtindo demais o clima de galhofa e humor negro constante (que lembra uma mistura de Monty Python e o Cálice Sagrado com os Clássico underground dos RPGs freeware de PC, Dink Smallwood) o gameplay é bem repetitivo e o jogo se estende mais do que deveria mesmo tendo apenas 15h de duração já que o Bardo é jogado toda hora em fetch quests em dungeons cheias de inimigos chatos numa óbvia piada com o gênero mas que perde o charme por insistir demais em si mesma.

Melhor vendedor, só alegria groovando no arrocha.hehe

O gameplay é estilo Diablo com a difereça de que o Bardo mistura elementos de várias classes: é guerreiro, podendo usar 2 espadas, maças, espadas longas etc; um arqueiro (forma mais eficiente de atacar na maioria das vezes) e um mago/summoner que pode invocar diversos guerreiros e criatuas mágicas pra lutar por ele. Essa versatilidade da um quê de variedade aos combates mas é tanto combate que cheg auma hora que vc acaba fazendo a mesma coisa ad infinitum torcendo pra dungeon acabar.

Inesperadamente o jogo tem um overworld e até uma Airship (firebirdship na verdade) no final, podendo acessar qq área do mundo.

A câmera meio isométrica/top-down tbm não me agrada mas o clima e os diálogos do personagem somados as situações bizarras e em que se mete compensam o esforço. Ah, mao da pra deixar de mencionar o narrador q quebra a quarta parede e tira sarro o tempo inteiro do heroi.

OBVIAMENTE tinha de ter uma espada falante, mas ao menos ela é muito boa.hehe

O final me pegou de surpresa com um plot twist zoeiraço quebrando o clichezão da princesa indefesa, e o Bardo tem que escolher de que lado ficar, tendo opção de 3 finais

Obviamente escolhi o único final que compensa, o de se mandar e cuidar de si mesmo, curtindo a vida com os undeads na cidade de forma vagal e inconsequente XD

Os status finais. Não tive paciência de catar as melhores armas e armaduras mas deu de boas, apesar de não enfrentar nenhum dos dois final bosses, já que dei no pé.XD

Ao menos todas as summons deu pra pegar.

Se curte jogos estilo Diablo e enredos zoeiros, vale muito a pena dar uma chance pra esse spin of bem humorado da clássica série de dungeon crawlers de PC.

30
  • Micro picture
    _gustavo · 12 days ago · 2 pontos

    Eita, 3000 check-ins, parabéns pela marca ^^ E pela zerada tbm kkk, to com 2894 check-ins nunca reparei muito nos números kkkk. Sobre o jogo conheço Bard's Tale só de nome, preciso experimentar um dia kkk

    3 replies
  • Micro picture
    thiagobrugnolo · 12 days ago · 2 pontos

    O negócio é pura zoeira mesmo, se você pode correr dos últimos e tocar o dane-se haha. Bela sacada.

    1 reply
  • Micro picture
    molinsky · 4 days ago · 2 pontos

    Vi sua crítica do jogo. Que super texto, hein? Crítica bem feita é outra história, porque aquilo ali tá um degrau acima.

    1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...